Home‎ > ‎

25/07 - Dia de Santiago


25/07/2020 - DIA DE SANTIAGO


Querido Apóstolo Santiago, peço-vos a vossa benção e proteção! Amém!

Em 25 de julho comemora-se o dia do padroeiro da Espanha, nosso querido Santiago de Compostela, o primeiro discípulo a beber o cálice de Jesus Cristo.

O Dia de Santiago Apóstolo é a festa em honra ao primeiro mártir dos doze apóstolos de Jesus.

Santiago é referido na Bíblia como o irmão de João Evangelista, filho de Zebedeu e Salomé, e um dos primeiros discípulos de Jesus (Mc 1, 19, 3, 17; Hebreus 12: 3-17).

Ele, juntamente com seu irmão João, além de Pedro, é testigo de episódios bíblicos de grande importância: a ressurreição da filha de Jairo (Mc 5, 37); a transfiguração (Mc 9: 2); e o Getsêmani (Marcos 14, 33).

Possivelmente, por isto, e seu caráter veemente, os dois irmãos foram apelidados por Jesus como os Filhos do Trovão (Marcos 3:17). 

Morreu por vingança do rei Herodes Agripa I contra a missão de Jesus na Terra (Atos 12: 1), no dia 25/07/44.

O caminho de Santiago, que recorda o Apóstolo, é uma das rotas de peregrinação mais populares e frequentadas do mundo.

Ele é padroeiro da Espanha, dos farmacêuticos, dos exércitos e é homenageado a cada 25 de julho.

Infelizmente, no ano de 2020 as festividades inerentes a tão magnânimo dia foram adiadas por conta da pandemia, porém, visando homenagear tal data, publico uma crônica sobre o Caminho de Santiago, que expõe a saudade e sua vontade de lá retornar um dia, escrita por uma autêntica peregrina brasileira.


Hoje é DIA DE SANTIAGO!??

Autora: Thaise Alvarez de Vicente


A autora do texto, caminhando em direção a Santiago de Compostela.

Até hoje consigo relembrar o meu primeiro dia como peregrina!

De repente, você é arrastado pra esse mundo onde absolutamente tudo (ou nada) passa a fazer sentido, onde não existe certo ou errado, onde o tempo serve apenas para dividir as noites, as experiências externas apontam uma direção, mas que não obriga a decisão do seu caminhar!

Ali é o grande encontro com você mesmo! E eu sempre relato essa sensação tão rara de se bastar!

O que era apenas um sobrevoo, passa a ser um mergulho intenso, e a alma reconhece cada sensação ocorrida durante tantas novidades afloradas a cada dia!

Posso afirmar que é o sonho mais real já vivido! E aqueles que ainda não tiveram a sorte de fazer parte desse universo paralelo, podem julgar a "insanidade" que todas as palavras aparentam ter!

Mas os que se dispuseram a levar corpo e alma por essa louca experiência, deve se identificar com o tom e a intensidade do relato!

Ninguém (ou quase) passa ileso pelo Caminho!

Até os mais resistentes admitem sentir a energia única emanada desse local sagrado!

E eu acredito, que é a partir de quando as perguntas deixam de ter importância, a leveza passa a ser sua companheira e todas as pequenas coisas passam a ter um sentido absurdamente especial, que você se sente entregue, e entende o que te rodeia!

Nada faz falta, nada além do que você possui, a simplicidade tem um destaque verdadeiramente puro e a beleza ganha um brilho nunca irradiado antes!

A alma peregrina tomando forma, força e coragem!

Nessa altura do campeonato, o meu mísero lado racional já era só uma lembrança, e as lágrimas frequentemente insistiam em derramar!

E é essa explosão de sensações que provoca a vontade irresistível de retornar e reviver a magia do Caminho!


RECORDAÇÕES...

Autora: Thaise Alvarez de Vicente


A autora, em um momento reflexivo...

Hoje apareceu a recordação desse meu texto e deu ainda mais saudade..

“De repente, você é arrastado pra esse mundo onde absolutamente tudo (ou nada) passa a fazer sentido, onde não existe certo ou errado.. Um grande encontro com você mesmo, uma sensação rara de se bastar!

O que era apenas um sobrevoo, passa a ser um mergulho intenso, e a alma reconhece cada sensação ocorrida durante tantas conexões afloradas no dia!

Cada um tem e sente EXATAMENTE o que precisa e o que deseja, mesmo que num passado inconsciente, essas necessidades permanecessem um tanto ocultas ou pouco claras pelas superficiais reflexões da nossa rotina diária.

Posso afirmar que é o sonho mais real já vivido! Ninguém (ou quase) passa ileso pela energia única emanada desse local sagrado!

O Caminho, assim como nossa vida, traz consigo infinitos questionamentos!

Afinal, porque estar ali? Será mesmo que uma jornada jorrada também por suas dores, consegue invadir os lugares obscuros que escondemos no decorrer da vida, ou que tapamos tão friamente, talvez por medo de encontrar a verdade? 

Não é fácil encarar as fragilidades enrustidas em nosso ser e, pra muitos, mais difícil ainda é o encontro "solitário" e profundo consigo mesmo!

Eu sempre digo que só termina plenamente, quem se entrega, quem vive, quem deixa seu coração aberto, quem escuta os sinais do seu interior, e se permite ficar vulnerável a tudo o que o coração esteja disposto a receber!

Quem enxerga o Caminho com olhos capazes de ver o infinito que é a vida!



Bom Caminho a todos!!