Home‎ > ‎Cam. da Fé "Sentimental"‎ > ‎

FINAL


FINAL 

Nunca saberemos o quão resistentes somos até que ser forte seja a única escolha.” 


Mãe Maria, a vossa benção e proteção!

A imaginação, a criatividade, os valores, a confiança, a energia, a perseverança, a superação, a capacidade de decidir, o controle dos medos, a gestão das emoções, a capacidade de enfrentar fracassos, a ambição, o amor-próprio, o bom humor, a serenidade e muitos outros fatores essenciais para planejar e realizar desafios enriquecedores são elementos que não podem ser treinados em uma academia, nem comprados em uma loja, nem mesmo aprendidos em uma escola, em um livro ou manual teórico.

Todos esses aspectos são ferramentas indispensáveis para poder abrir o caminho em direção à qualquer um dos nossos objetivos, e só conseguiremos isso a partir do curso das nossas ações e atitudes que, para o bem e para o mal, vão formando nosso caráter. 


Mais um Diploma do Caminho da Fé.

Partindo dessa premissa, nós não estamos obrigados a passar os anos que nos foram concedidos neste mundo de forma rotineira, como se fosse algo predestinado ou programado anteriormente por uma existência na qual devemos fazer em cada momento o que nos cabe, como uma busca permanente do conforto e da segurança, como um caminho puro que nos leva a consumir etapas predeterminadas e sempre previsíveis.

A vida pode ser muito mais do que isso, e cabe ser considerada um projeto emocionante, uma imensa aventura em todos os níveis, um caminho que escolhemos a cada momento e, acima de tudo, uma ação permanente que decidimos conduzir em cada etapa.

E foi pensando nessas otimistas assertivas que me pus a caminhar em direção aos meus objetivos e jamais me arrependi. 

Afinal, depois de percorrer 111 quilômetros a pé, por locais silenciosos e ermos e, solitário, aportar do Santuário da Mãe Aparecida sem intercorrências físicas, novamente, constituiu-se uma graça suprema, com sabor de conquista. 

Não foi a primeira vez que cheguei a pé em Aparecida e, Deus permitindo, também não será a derradeira. 


Gratidão, outra vez, Mãe Aparecida, por mais essa peregrinação!

No momento, minha preocupação é expressar meu agradecimento por mais essa vitória de fé e esperança.

Na certeza de que meus pleitos foram alcançados e as preces de gratulação servirão de lenitivo ao meu jubiloso coração.

Então, Nossa Senhora Aparecida, obrigado por tudo e, ELE permitindo, um até breve esperançoso!

Bom Caminho a todos! 

Março/2018