Home‎ > ‎Caminho do Mar - Portugal‎ > ‎

INFORMAÇÕES SOBRE O CAMINHO DO MAR


INFORMAÇÕES SOBRE O CAMINHO DO MAR





O Caminho do Mar é uma rota de peregrinação, totalmente, identificada e sinalizada com setas azuis e amarelas e, em alguns locais, com marcos, desde a porta da Igreja do Estoril (dedicada a Santo Antônio), a Fátima.

Eventualmente, após aportar em Fátima, se os peregrinos desejarem prosseguir até Santiago de Compostela, poderão utilizar o Caminho Central Português de Santiago (por Ansião) ou o Caminho Nascente (por Tomar).

Mais de 80% de seu percurso está situado longe das auto-viais nacionais, mas, em determinados trechos, percorrem-se estradas municipais asfaltadas, contudo, virtualmente, sem tráfego.

Seu trajeto é de rara beleza e você encontrará muitos momentos de contemplação e silêncio em todo o itinerário.

O Caminho do Mar está sinalizado desde o dia 27 de abril de 2013 e sua extensão, entre Estoril e Fátima, é de cerca de 207 quilômetros.




CAMINHO DO MAR

(Fonte: http://www.cnc.pt/artigo/3126)

Uma rota de preferência “off-road”, visando evitar o risco de tráfego e rodovias, mas, também, para que o caminho possa proporcionar aos peregrinos um ambiente mais contemplativo.

Obviamente, sempre cruzando locais que poderão fornecer apoio logístico.

Sobre o contexto histórico, como se sabe, o Caminho para Fátima tem cerca de 100 anos, contudo, o Caminho de Santiago tem mais de 1.000.

Baseamos a identificação deste percurso na tradição dos peregrinos que vieram de Lisboa, por terra ou mar, até Cascais, pernoitaram no convento de São Jerônimo na Penha Longa e continuaram por Sintra, Mafra, Torres Vedras, Caldas da Rainha, etc ....


Igreja de Santo Antônio, em Estoril, Portugal, oficialmente, o local de início do Caminho do Mar.

Há registros históricos sobre o assunto, e um dos conhecedores dessa tradição e realidade é o Prof. Vitor Manuel Adrião, historiador, que publicou livros sobre o tema, como “Santiago de Compostela - Mistérios da Rota Portuguesa”.

Inflexão para Fátima, é uma tradição dos últimos 100 anos, das pessoas que o caminho atravessa.

Mais uma prova de tradição e existência deste caminho, você encontrará numa imagem impressa na Credencial Peregrina fornecida pela Arquidiocese de Santiago de Compostela.

Aproveito, ainda, para informar que já se encontra sinalizado o Caminho de Nazaré a Fátima, juntando os dois Santuários Marianos.