Home‎ > ‎Partidas de Xadrez‎ > ‎

COM A MORTE NOS CALCANHARES!


COM A MORTE NOS CALCANHARES!

Como faço todas as semanas, tenho o prazer de apresentar-lhes uma partida espetacular. Para esta ocasião, escolhi uma famosa partida jogada em 1914 entre Nimzowitsch e Tarrasch, sem dúvida dois dos melhores jogadores do mundo nesses tempos.
Nela, Tarrasch surpreende totalmente a Nimzowitsch, sacrificando consecutivamente seus dois bispos para destroçar o roque branco, o que deixa o rei deste bando com a morte pisando-lhe os calcanhares, como no filme de Cary Grant...


Nimzowitsch,Aaron  x  Tarrasch, Siegbert  -  
St Petersburg (Rusia), 1914

[Richard Guerrero]

Partida no visor
1.d4 d5 2.Cf3 c5!? 
Tarrasch costumava decidir-se com freqüência por este imediato ataque ao centro quando o branco abria o jogo com seu peão dama.
3.c4 e6 4.e3 Cf6 5.Bd3 Cc6 6.O-O Bd6 7.b3 O-O 8.Bb2 b6 9.Cbd2 Bb7 10.Tc1 De7 
Ambos contrincantes desenvolveram harmonicamente suas peças e a posição resultante deve ser qualificada como equilibrada, com iguais possibilidades para os dois lados.
11.cxd5 exd5 12.Ch4!?
Interessante jogada que ameaça a muito molesta 13. Cf5 e com a qual Nimzowitsch aceita perder um tempo para provocar o enfraquecimento negro com g6, o que daria grande força ao bispo branco de b2, depois da prévia troca de peões centrais.
12...g6 13.Chf3 Tad8 14.dxc5
Agora podemos apreciar com clareza os resultados da estratégia de Nimzowitsch: a perda de tempos do cavalo lhe permitiu, em troca, potenciar enormemente seu bispo de casas negras.
14...bxc5 15.Bb5?! 
Com idéia de trocar este bispo pelo cavalo negro e reforçar assim o domínio branco das casas centrais d4 e e5, evitando que o negro possa jogar o avanço d4 e volte a fechar o bispo de b2. Porém, este bispo estava bem colocado em d3 e trocá-lo não vai ser nada bom para as brancas, como vamos ver...
15...Ce4! 
(Evidentemente não é possível 15...Ce5? 16.Cxe5 Bxe5 17.Bxe5 Dxe5 18.Txc5 Perdendo tontamente um peão.)
16.Bxc6 Bxc6 17.Dc2 Cxd2 18.Cxd2 
O branco parece ter conseguido seu objetivo de evitar que o negro possa jogar d4, porém isso é só uma lamentável ilusão de ótica...
18...d4! 
Apesar de tudo! Tarrasch sacrifica brilhantemente o peão "d" para que seus dois bispos tenham as linhas abertas, apontando perigosamente ao roque contrário, colocando graves ameaças...
19.exd4?? 
Que alguém detenha esta horrível jogada! "Que a detenham!" vai cantando por aí David Civera. Não!! Nimzowitsch não pode comer o peão e ficar tão tranqüilo como se nada tivesse acontecido. Diabos! Que o rival não é um pobre coitado! O rival é o grande Tarrasch, e o grande Tarrasch, com toda a artilharia apontando para o roque, é "mais perigoso que um primata com um revólver!" Mais perigoso inclusive que McGiver em uma ferraria! Há que ter mais respeito por um rival desta categoria! Nimzowitsch deveria ter suspeitado de algo, deveriam ter se acendido as luzes de alarme e ter intuído e descoberto o que se lhe ameaçava!
19...Bxh2+! -+ 
O rei de Nimzowitsch vai ficar agora mais indefeso do que os pobres adolescentes desse belo filme denominado "O Massacre da serra elétrica".
20.Rxh2 
(Não era melhor 20.Rh1 Dh4 -+ ganhando rapidamente.)
20...Dh4+ 21.Rg1 Bxg2!! 
Entregando brilhantemente o outro bispo. Nimzowitsch tem agora mais problemas! De início, já se ameaça mate em h1.
22.f3 
(Se 22.Rxg2 Dg4+ 23.Rh2 Td5 Seguido de mate de torre em h5.)
22...Tfe8! 
Fechando a retirada do rei adversário.
23.Ce4
(Conduz ao mate 23.Rxg2 Te2+ 24.Rg1 Dh2#)
23...Dh1+ 24.Rf2 Bxf1! 25.d5 
Com idéia de tentar montar o trem do desespero, ante a ausência de alternativas válidas. Nimzowitsch está sofrendo mais do que o Chewaka, da Guerra das Estrelas, em um anúncio de "epilady". É que o pobre já não sabe o que fazer para se defender... (Não é possível 25.Txf1 Dh2+ ganhando a dama.) (Nem 25.Cf6+ Rh8 26.Cxe8 Dg2+ 27.Re3
(27.Re1 Txe8+ 28.Rd1 Dxf3+ 29.Rd2 De3+ 30.Rd1 De1#) 27...Txe8+ 28.Rf4 g5+ 29.Rf5 Dxf3+ 30.Rxg5 f6+ 31.Rh6 Dh3#)
25...f5! 26.Dc3 
Buscando a defesa ativa ameaçando mate em um, porém a posição branca já está madura e Tarrasch vai ser um magnífico coletor... ({Tampouco podia salvar a posição com} 26.Cf6+ Rf7 27.Cxe8 Dg2+ 28.Re3 Txe8+ que voltava a conduzir o rei branco ao matadouro.)
26...Dg2+ 27.Re3 
(27.Re1 De2#)
27...Txe4+! 
O golpe de misericórdia!
28.fxe4 f4+ 
(Mais rápido se daria o mate com 28...Dg3+! 29.Rd2 Df2+ 30.Rd1 De2#)
29.Rxf4 Tf8+ 30.Re5 
(30.Re3 Df2#)
30...Dh2+ 31.Re6 Te8+ 32.Rd7 
(32.Rf6 Dh4#)
32...Bb5#! 
Ainda que, sem dúvida, este final é mais bonito! Até a próxima partida!
0-1 

Partida no visor


Fonte: http://www.torre21.com/