Home‎ > ‎Partidas de Xadrez‎ > ‎

MEDUSAS ASSASSINAS!


MEDUSAS ASSASSINAS!

Amigos enxadristas. Muito cuidado quando entrardes no mar! Vigiai, porque uma rara espécie de medusa tropical, a terrível "Carybdea Alata", já colonizou todos os mares. 
Extremai as precações porque contam que as cardio toxinas de sua mordida são tão potentes e mortais que, comparado a ela, o veneno de uma serpente poderia equiparar-se a um estimulante afrodisíaco! 
Desconfiai, porque poderiam estar se banhando nas cálidas águas de uma praia e, após um encontro casual com uma dessas medusas, passar a ser "fiambre" em menos de cinco minutos! 
É que... Já estão aqui! Já chegaram! São as terríveis "Carybdeas alatas", mais conhecidas em todo o mundo como "As Medusas Assassinas"! E também sua variante na espécie humana: O meduso assassino, Igor Bondarevsky!, que, com um jogo cheio de veneno, realiza combinações magistrais que paralisam e aniquilam suas vítimas. Como nesta famosa partida...


Alexander Kotov  x  Igor Bondarevsky  -  
Leningrado, 1936

[Richard Guerrero]

1.d4 e6 2.Cf3 f5 3.g3 Cf6 4.Bg2 d5 5.O-O Bd6 6.c4 c6
Assim como na partida Glucksberg-Najdorf (Varsóvia, 1935), que já vimos anteriormente, as negras jogam aqui o conhecido "Muro de Pedra". Um sólido (ainda que pouco flexível) sistema defensivo, que foi jogado pela primeira vez no famoso match de 1843 entre o britânico Howard Staunton e o francês Pierre Charles Fournier de Saint Amant.
7.Cbd2
(Mais prometedor parece 7.b3! Com idéia de buscar a troca de bispos de casas negras com 8 Ba3! Poderia seguir 7...De7! 8.Ce5! Com jogo ativo. As negras nunca podem trocar o bispo de "d6" pelo cavalo de "e5", já que então o bispo branco de "c1" se converteria no dono absoluto das casas negras do tabuleiro.) (Outra possibilidade interessante é 7.Bf4!? Com a mesma idéia de trocar estes bispos. 7...Bxf4 8.gxf4 O-O 9.e3 E as brancas ficam com uma sólida e forte estrutura de peões centrais que compensa o peão dobrado.)
7...O-O 8.b3 De8
A dama negra se encaminha ao flanco do rei para preparar um ataque ao monarca rival. Uma estratégia habitual neste sistema de abertura.
9.Ce1 Cbd7 10.Cd3 Ce4 11.Cf3 Dh5 12.Cf4 Df7 13.Dc2 g5!
A posição já está madura para iniciar o assalto temático.
14.Cd3 Dh5! 15.Cfe5 Tf6!
Bondarevsky mobiliza energicamente todos seus efetivos.
16.f3?
Um movimento desafortunado. Se bem que o cavalo negro de "e4" resulta muito molesto, não o é menos que as debilidades no roque do rei branco que este intento de expulsão vai ocasionar.
16...Th6!
Aproveitando magnificamente a ocasião oferecida.
17.h4
(A captura do cavalo era muito perigosa para as brancas. 17.fxe4 por 17...Dxh2+ 18.Rf2 Cf6! Com forte ataque e múltiplas ameaças, entre elas, a direta Cxe4+! (Entretanto, não seria boa a aparentemente lógica 18...fxe4? por 19.Bxg5!
(19.Th1 exd3 20.Dxd3
(20.Txh2 Tf6+!) (20.exd3 Tf6+ 21.Bf4 Txf4+!) 20...Cxe5!
(20...Tf6+? 21.Re1! Dxg2 22.Dxh7+ Rf8 23.Dh8+ Re7 24.Th7+ Tf7 25.Cg6#) 21.dxe5 Dxh1!
(21...Bc5+?? 22.Be3!) 22.Bxh1 Bxe5! Ameaça a torre "a1" e o bispo de "h1". 23.Bxg5 Th2+ 24.Rg1 Th3! Igualando, pela dupla ameaça sobre "a1" e "g3".) 19...exd3
(19...Th3 20.Bf4!) (19...Th5 20.Th1!) 20.Dxd3 Bxe5
(20...Cxe5 21.dxe5 Bc5+
(21...Bxe5 22.Th1!) 22.e3!) 21.dxe5! Th5
(21...Cxe5 22.Dd4!) 22.Bf4! Cxe5 Única, diante da ameaça Th1. 23.Bxe5 Txe5 24.Th1 Tf5+ 25.Dxf5! Dxg2+ 26.Rxg2 exf5 27.cxd5 cxd5 28.Tac1! Ganhando.))
17...Cxg3 18.hxg5?
Um novo deslize. (Era necessário continuar com 18.Bxg5! Cxf1 19.Txf1! Com possibilidades equilibradas. (19.Bxh6? Dxh6 20.Rxf1 Dxh4))
18...Dh2+
(18...Cxf1? 19.gxh6)
19.Rf2 Th4!
O cerco ao rei branco vai se estreitando... (19...Cxf1 20.gxh6)
20.Tg1 Txd4! 21.Bb2
(Não se deve tentar encerrar a torre negra com 21.f4? por 21...Cxe5! 22.Cxe5 Bc5! 23.e3
(23.Be3 Txf4+) 23...Txf4+! ganhando.)
21...Dh4!?
Audaz sacrifício! (Também é interessante 21...Th4!?)
22.Bxd4 Ce4+!
Uma jogada com muitíssimo veneno! Bondarevsky estende a Kotov uma sutil cilada... (22...Dxd4+ Era igualmente boa, porém menos astuta.)
23.Re3??
O erro fatal! Agora, Bondarevsky vai nos entusiasmar e encher de emoção com uma combinação tão legendária, atraente e sugestiva como a melodia do gaiteiro Carlos Nunez "As Covas do Rei Cintolo"! (Imprescindível era 23.Rf1! Cg3+ 24.Rf2!
(24.Re1?? Dxd4! Ameaçando as duas torres brancas. 25.Cxd7
(25.Rd2 Bb4+) 25...Dxg1+! 26.Rd2 Dxa1 27.Cf6+ Rh8 ganhando) 24...Dxd4+!
(24...Ch1+?? 25.Re3!) (24...Ce4+ Conduz ao empate por repetição.) 25.e3!
(Se 25.Rxg3?? Cxe5! E as negras arrematam com brilhantismo em todas as variantes. Vejamos: 26.Rh3
(26.Cxe5 Bxe5+ 27.Rh3 Df4! E mate na seguinte.) (26.f4 Cxd3! 27.Dxd3 Dxf4+ 28.Rh3 Dg4#) (26.Rh2 Cxf3+ 27.Rh1 Dh4+) (26.Cf4 Dxf4+! 27.Rf2
(27.Rxf4 Cg4#) (27.Rh3 Cd3! e mate a a seguinte) 27...Cg4+! 28.Re1
(28.Rf1 Ce3+) 28...Bb4+ 29.Rf1
(29.Rd1 Cf2#) 29...Ce3+ Ganhando.) 26...Cg6! Ameaçando mate em "h4". 27.Bh1 Forçada! (27.f4 Cxf4+! 28.Cxf4 Dxf4 Seguido de mate.) (27.e4 fxe4! 28.fxe4 De3+ 29.Rg4 Dg3+ 30.Rh5 Dh4#) (27.Bf1 Dh4+ 28.Rg2 Dh2#) 27...Dh4+ 28.Rg2 Bh2! 29.Rf1 forçada! (29.Tgc1 Dg3+ 30.Rf1 Dg1#) 29...Bxg1 30.Rxg1 Dd4+ 31.Rh2 Dxa1 Ganhando.) 25...Dh4! E o fogo do ataque negro segue vivo...)
23...f4+! 24.Cxf4 Df2+! 25.Rd3 Dxd4+!! 26.Rxd4 Bc5+! 27.Rd3 Cxe5#!
Sensacional!
0-1

Partida no visor

Fonte: http://www.torre21.com/