Home‎ > ‎Jogos Inteligentes‎ > ‎

SOBRE QI E INTELIGÊNCIA

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE QI E INTELIGÊNCIA



O que são Testes de QI?

São testes que visam avaliar a capacidade cognitiva de uma pessoa em relação a sua faixa etária. Nesses testes, quase sempre são empregadas medidas como: tempo médio de solução dos problemas, quantidade de erros/acertos, etc.

A sigla QI quer dizer Quoeficiente de Inteligência e foi criada por Wilhelm Stern, em 1912. Ele também introduziu os termos "idade mental" e "idade cronológica".

Distribuição quantitativa do QI

Os testes são projetados para o coeficiente médio seja em torno de 100, e que a curva seja muito próxima de uma Gaussiana (distribuição normal).

Correlação com Sucesso

O QI é estudado porque ele se correlaciona muito bem com sucesso medido em uma variedade de eventos na vida de um sujeito. Pessoas com alto QI geralmente tem altos graus de educação (mestres, doutores e pós-doutores), salários elevados e saúde ótima. Por outro lado, a sensação de felicidade pessoal não parece estar ligada com a inteligência do sujeito.


Inteligências múltiplas?

Alguns cientistas argumentam que a inteligência é um conceito demasiadamente complexo e multiplanar, logo é impossível condensá-la em um único número. Uma teoria bastante aceita, proposta pelo pisicólogo Howard Gardner, é que existe oito tipos de inteligência: inter-pessoal, intra-pessoal, cinemática, linguística, lógica, musical, naturalista e existencial.

  • inter-pessoal: capacidade de entender, motivar e lidar com outras pessoas;
  • intra-pessoal: capacidade de conhecer a si próprio. Fundamental para poetas e psicólogos;
  • cinemática: capacidade de usar o corpo humano no seu limite, como contorcionistas, dançarinos e esportistas;
  • linguística: habilidade fora do como para com a língua escrita e falada. Presente em grandes escritores como Camões;
  • lógica: capacidade de raciocínio matemático fora do padrão, capacidade de análise de problemas científicos e proposição de hipóteses e teorias;
  • musical: habilidade nata em compor e produzir música.
  • naturalista: total sinergia com a natureza, presente em biólogos de renome, como Charles Darwin;
  • existencial: capaz de formular e questionar a existência de si e de o que o cerca. Presente, obviamente, em filósofos.

Como é classificado o QI?

A classificação clássica proposta por Lewis Terman, segundo o artigo no wikipédia, é a seguinte:

  • QI acima de 140: Genialidade
  • 121 - 140: Inteligência muito acima da média
  • 110 - 120: Inteligência acima da média
  • 90 - 109: Inteligência normal (ou média)
  • 80 - 89: Embotamento
  • 70 - 79: Limítrofe
  • 50 - 69: Cretino

Segundo o wikipedia também, a classificação moderna proposta por Davis Wechsler é:

  • QI acima de 127: Superdotação
  • 121 - 127: Inteligência superior
  • 111 - 120: Inteligência acima da média
  • 91 - 110: Inteligência média
  • 81 - 90: Embotamento ligeiro
  • 66 - 80: Limítrofe
  • 51 - 65: Debilidade ligeira
  • 36 - 50: Debilidade moderada
  • 20 - 35: Debilidade severa
  • QI abaixo de 20: Debilidade profunda

A onde surgiu o primeiro teste de QI?

O primeiro teste surgiu na China há mais de 1500 anos atrás, mas somente no início do século XX, na França, eles começaram a ter significado científico.



OS QIs MAIS ALTOS DO MUNDO! 

Pessoas ainda vivas:

 

Kim Ung-yong - físico e engenheiro coreano. Com 3 anos de idade, começou a aprender cálculo diferencial. Aos 4, já sabia ler e escrever em japonês, coreano, alemão e inglês (a ponto de compor poesias nesses idiomas). Entrou para o Guinness Book - o Livro dos Recordes - com seu QI de 210 pontos.

 

Christopher Michael Langan - o homem mais inteligente da América, com um QI de 195 pontos. Criou o "CTMU" (Cognitive-Theoretic Model of the Universe), teoria do relacionamento entre a mente e a realidade. É autodidata e trabalha atualmente em seu rancho.

 

Philip Emeagwali - engenheiro de computação e geólogo nigeriano. Em 1989, ganhou um prêmio do Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE, sigla em inglês) por seu trabalho com supercomputadores da série "Connection Machine", que permitiu um grande avanço nos estudos sobre o petróleo. Possui um QI de 190 pontos.

 

Outros gênios da atualidade:
 

Garry Kasparov - russo campeão mundial de xadrex. QI de 190 pontos.

Marilyn Vos Savant - autora e colunista de revistas norte-americana. QI de 186 pontos.

James Woods - ator norte-americano. QI de 180 pontos.

John H. Sununu - político norte-americano. QI de 180 pontos.

Benjamin Netanyahu - político israelense e ex-Primeiro Ministro de seu país. QI de 180 pontos.

Andrew Wiles - matemático britânico, professor da Universidade de Crambridge. QI de 170 pontos.

Judith Polgar - húngara campeã mundial de xadrez, a melhor enxadrezista mulher de todos os tempos. QI de 170 pontos.

Robert Byrne - jogador de xadrez norte-americano, considerado "Grandmaster", o maior título que um enxadrezista pode alcançar. QI de 170 pontos.

Bobby Fischer - outro jogador de xadrez dos Estados Unidos. QI de 167 pontos.

Stephen W. Hawking - doutor em cosmologia e um dos mais consagrados físicos teóricos do mundo. É britânico e possui um QI de 160 pontos.

Paul Allen - um dos fundadores da Microsoft e uma das pessoas mais ricas do mundo (com uma fortuna estimada em 18 bilhões de dólares). QI de 160 pontos.

Sharon Stone - atriz e modelo norte-americana. QI de 157 pontos.
 

VOLTAR‎