Home‎ > ‎80 Livros que Li e Gostei‎ > ‎

DIÁRIO DE BORDO – Autor: André Homem de Melo


DIÁRIO DE BORDO – Autor: André Homem de Melo 


“As aventuras do primeiro velejador brasileiro a dar a volta no mundo em solitário, sem escalas, pelo Oceano Austral.” 




Diário de bordo é o relato das viagens transoceânicas de André Homem de Melo. Ele conta toda a sua trajetória, desde a compra do barco nos EUA, a viagem até o Brasil, a travessia do Atlântico nas comemorações dos 500 anos do descobrimento. André foi o primeiro brasileiro a dar a volta ao mundo em solitário sem escalas pelo Oceano Austral. Uma aventura sem igual.

Descrição do Livro Diário de Bordo: O livro narra um dos maiores feitos da vela oceânica brasileira: à volta ao mundo em solitário, sem escalas, pelo Oceano Austral.

A viagem empreendida por André durou 6 meses e foi feita através da região mais perigosa para navegação do planeta. Em sua rota, André passou pelo Cabo da Boa Esperança – também conhecido como Cabo das Tormentas – pelo Cabo Leeuwin, na Austrália, pelo sul da Nova Zelândia e pelo temido Cabo Horn, no extremo sul da América do Sul.

“Diário de Bordo” não se limita à narrativa da volta ao mundo. André também conta duas outras importantes viagens que empreendeu antes de se aventurar pelo Oceano Austral. A primeira foi de São Francisco na Califórnia a Ilhabela no litoral paulista. Nesta viagem ele começou a escrever um diário de bordo, que deu origem a este livro. O outro feito foi à viagem comemorativa aos 500 do descobrimento do Brasil. André foi de Ilhabela a Portugal, e de lá, no dia 9 de março de 2000 partiu junto com outras 36 embarcações que, fazendo a rota de Cabral, atracaram no país em 22 de abril.

“Diário de Bordo” empolga da primeira à última página, e leva ao leitor, muito mais do que emoção. Ele também leva uma lição de determinação e capacidade de superação do homem frente às adversidades. Um livro para ser lido e vivido.

"Alguns velejadores se dedicam a aprimorar a técnica da velocidade, da estratégia, da tática e das manobras para vencer seus oponentes em regatas, outros, se dedicam não só a isso, mas também a vencer a solidão, o medo, a natureza e a imensidão do mar. André é um desses navegadores que nos enchem de orgulho por sua bravura e dedicação. Sua história é, sem dúvida, um grande exemplo e uma grande aventura.” (Lars Grael)

“O mar te levou a realizar teu sonho. A energia do mar te deu forças para suplantar todos os desafios. Só quem já sentiu as forças do mar sabe o quanto nós somos pequenos neste mundo. Teu feito, navegando em solitário nas latitudes dos fortes ventos, é grandioso.” (Vilfredo Schurmann)

"Navegar sozinho pelos mares mais tempestuosos do planeta é um feito para poucos. Sua trajetória é um exemplo de amor ao mar e à navegação solitária." (Torben Grael)



Opinião Pessoal: Um livro agradável e muito bem escrito, que narra as imensas dificuldades superadas por um velejador solitário, mas extremamente disciplinado e perseverante, a fim de conseguir seu intento. 

Minha Avaliação: Excelente! Empolgante!

VOLTAR‎