Home‎ > ‎100 Livros que Li e Gostei‎ > ‎

EVEREST: VIAGEM À MONTANHA ABENÇOADA – Autor: Thomaz Brandlin


EVEREST: VIAGEM À MONTANHA ABENÇOADA – Autor: Thomaz Brandolin




Uma das montanhas mais exploradas por obras literárias no montanhismo mundial sem dúvida é o Monte Everest.

Do alto de seus 8848m de altura acima do nível do mar, sua imponência parece desafiar desde o turista menos preparado até mesmo os mais ambiciosos montanhistas do planeta.

Pelo volume de interesse que desperta, há vários veículos que exploram a temporada de escalada ao seu cume de maneira indiscriminada e claramente inspirada nos tabloides de celebridades.

Procurando realizar uma obra mais séria, e menos carnavalesca, o autor Thomaz Brandolin narrou com elegância e excelência as histórias da primeira expedição brasileira ao Monte Everest em 1992.

Com riqueza de detalhes Brandolin oferece ao leitor antes de tudo uma aula de como preparar uma expedição, passando por todos os tópicos obrigatórios.

Baseado nas palavras de Thomaz Brandolin pode-se aprender o que fazer, e o que não fazer quando se deseja organizar a sério uma expedição de alta montanha.

O conteúdo do livro “Everest: Viagem à Montanha Abençoada” é um retrato de um montanhismo mais profissional e sério e menos comercial como é amplamente visto em sites de baixa qualidade que simplesmente exploram quase que exclusivamente o tema do Everest (e que inclusive explora seus textos indevidamente) sem ter nenhuma identidade com o esporte nem com a filosofia do montanhismo.

O grande mérito de Thomaz Brandolin em sua obra é conseguir unir informação técnica com descrições de fatos históricos com uma riqueza de conteúdo e detalhes únicos.

Por tamanha qualidade técnica o livro merece não somente ser destacado como uma obra de qualidade na língua portuguesa, mas também da literatura de montanha mundial.


Sinopse: Para chegar ao sopé da "montanha abençoada", os obstáculos são bem maiores do que as tempestades de neve, paredões imensos e escorregadios e os ventos de até 200 km por hora que atormentam os aventureiros que se dispõem a escalar os 8.848 metros do Monte Everest.

Entre o sonho da escalada e o topo do Everest se interpõem a barreira burocrática das autoridades chinesas, pesadas taxas, toneladas de equipamentos, meses de treinamento e uma fila de espera de dois anos e meio para obter a autorização.

Uma expedição de oito brasileiros comandada pelo alpinista Thomaz Brandolin enfrentou pacientemente todas as dificuldades possíveis e imagináveis para concretizar o sonho de fazer a primeira expedição brasileira ao Monte Everest. Este relato conta esta aventura magistral. Da preparação aos tormentos da altitude e da escalada, passando por mosteiros no Tibet, aventuras exóticas, personagens de ficção que vivem ao pé da "montanha misteriosa", temos um fascinante livro de aventuras que abre ao leitor um mundo até então desconhecido.


Opinião Pessoal: Um livro mágico e muito bem escrito, retratando a saga da primeira expedição brasileira a escalar o mítico Monte Everest.


Minha Avaliação: Excelente!