Home‎ > ‎80 Livros que Li e Gostei‎ > ‎

LATITUDES AZUIS – Autor: Tony Horwitz


LATITUDES AZUIS – Autor: Tony Horwitz


“Incursões audaciosas aos lugares por onde passou o CAPITÃO COOK.” 




Neste livro, as três viagens épicas do desbravador James Cook são recontadas pelo jornalista e escritor norte-americano Tony Horwitz em 'Latitudes azuis'. Tony Horwitz homenageia o capitão Cook com uma deliciosa mistura de livro de história e diário de viagem. O livro começa com a descrição da bizarra e fascinante história da morte do Capitão Cook, brutalmente assassinado por guerreiros havaianos, e narra ainda as aventuras vividas pelo próprio autor ao refazer a trilha do desbravador do século XVIII. Navegando como parte da tripulação de uma reprodução do veleiro Endeavour, uma das embarcações de Cook, o jornalista repete alguns dos roteiros das três grandes viagens do explorador inglês pelo Oceano Pacífico. O livro é um diário de bordo bem-humorado que se revela logo no subtítulo original, Incursões audaciosas aos lugares por onde passou o capitão Cook. No roteiro, o leitor encontrará detalhes sobre Havaí, Bora Bora, Taiti e Nova Zelândia, com divertidos perfis de personagens que o autor encontrou pelo caminho. Mas Horwitz também revela as tremendas dificuldades que o capitão Cook enfrentou ao deixar o conforto da Londres georgiana para conhecer e revelar ao mundo esses distantes lugares em pleno século XVIII.


Veja a resenha do livro, publicada no site: http://resenhasnanet.blogspot.com.br/ 

Se você está procurando um trabalho de história completo, abrangente e profundo sobre as viagens do Capitão Cook, esqueça este livro.

A premissa deste livro é: como estarão atualmente os lugares que Cook visitou? Quais seriam as implicações de sua passagem? E que herança teria deixado?

Em busca dessas respostas, e sem rigor científico nenhum, bem ao contrário, o autor e seu amigo boca-do-lixo Roger viajam para locações exóticas, tanto com senso de humor como com senso crítico. Locais como Taiti, por exemplo, normalmente vistos de forma estereotipada, aparecem numa nova e surpreendente dimensão.

Aliás, a lista de locais é vasta e sempre interessante. Vou copiar do índice:

- Noroeste do pacífico

- Taiti

- Bora Bora

- Nova Zelândia

- Botany Bay (Austrália)

- Grande Barreira de Coral (Austrália)

- Ilha Selvagem

- Tonga

- North Yorkshire

- Londres

- Alasca

- Havaí

- Kealakekua (Havaí)

Ao mesmo tempo que relata suas experiências, Horwitz traça paralelos entre o que Cook viu e fez naqueles locais, o que dá um certo, embora raso, panorama histórico. Porém justamente por ser escrito em tom tão diretamente pessoal e sem compromisso também permite vislumbres e especulações sobre aspectos humanos de Cook.

Um ponto muito positivo é que o livro conta com boa bibliografia.

Sinceramente, é um livro gostoso de ler, engraçado, em alguns momentos até bobo... Mas traz informações interessantes e pode ser um bom ponto de partida para uma leitura mais séria sobre o Capitão Cook. Mas também pode ser apreciado como o que realmente é: um livro divertido e original que soube aproveitar uma boa ideia.



Opinião Pessoal: Um livro alegre, divertido e com muita informação histórica.

Minha Avaliação: Imperdível! Nota dez! 

VOLTAR‎