Home‎ > ‎80 Livros que Li e Gostei‎ > ‎

O DIÁRIO DE UM MAGO – Autor: Paulo Coelho


O DIÁRIO DE UM MAGO – Autor: Paulo Coelho



“Quem corre atrás da magia quer um caminho para atingir os seus sonhos. Eternamente a buscar as fontes que o possam ajudar a descobrir o enigma das coisas, o espírito humano beneficia de todas as luzes que rasgam a noite dos seus mistérios. Assim, o Diário de um Mago é um presente valioso que nos foi dado a todos e (...) não pretende ensinar-nos nada- ou quase nada (...) é uma promessa de que qualquer um pelo seu pé e pelo seu passo é absolutamente capaz de fazer o seu Caminho, de atingir o seu Sonho e conquistar a sua Espada.” 




Sinopse: O Diário de Um Mago conta a história da viagem de Paulo Coelho pelo lendário caminho de Santiago de Compostela em busca de uma sabedoria ancestral.

Foi uma viagem que transformou a sua vida para sempre e que inaugurou uma excepcional carreira como escritor.

O Diário de Um Mago revela-nos o caminho para a sabedoria que habita no interior de todos nós.

Paulo Coelho é um famoso autor, tanto nacionalmente como internacionalmente, contudo até há data nunca li nada deste senhor. Assim, aproveitando esta edição comemorativa do seu primeiro livro, "O Diário de um Mago", resolvi partir à descoberta da escrita que encantou muitos.

Desde o início ficou a dúvida se esta trata-se, ou não, de uma histórica verídica, se de facto Paulo Coelho percorreu o famoso caminho de Santiago de Compostela, acompanhado de um guia?!

Penso que sim, a veracidade do relato leva-me a crer que, de facto, o autor percorreu todos os quilómetros daquele estranho trilho. As razões, contudo que levaram-no a palmilhar uma das rotas religiosas mais antigas do mundo deixaram-me com certas dúvidas...

O livro é carregado de uma atmosfera mística, uma vez que a nossa personagem larga a sua vida quotidiana para procurar pela "sua espada", quando perdeu esta mesma na sua consagração na ordem da Tradição como Mago. Alia-se, então, a Petrus, o seu guia pelo caminho e juntos vão descobrir o caminho "das pessoas comuns" partilhando um sem número de emoções e afetos.

Petrus ensina a Paulo as práticas de RAM, exercícios com o intuito de levar as pessoas a compreender o mundo que os rodeia, descobrir dimensões que escapam aos olhos de outros passam escondidas, reaprender a viver com humildade, sem receios com vista a deixarmos os males da sociedade para trás.

Para mim são estas práticas descritas com pormenores em quase todos os capítulos do livro, aliadas a factos históricos reais que fazem a leitura do livro valer a pena. Conseguem ser originais e atractivas, apesar de algumas impraticáveis (no sentido de não obtermos a resposta desejada) e são elas que permitem a Paulo sobreviver no "Bom Combate" que se advinha na vida dele.

Dito isto, trata-se de um livro bastante esotérico, com algumas situações que achei pouco reais e estranhas para o tipo de livro. Quero dizer com isto, que a ação de algumas personagens pareceu por vezes retrógrada e suponho que para outros até podiam ser ofensivas.

Nada que na minha opinião afete a leitura e o principal objetivo da história. No fim ficou a sensação que podia ter sido melhor explorado esta ordem da Tradição e que certas conclusões finais não fossem tão banais.

Trata-se de um livro bom, não esquecendo que se trata do primeiro livro que o autor publicou. Um bom começo para uma carreira que deslumbrou o mundo.



Opinião Pessoal: Um apaixonante relato da peregrinação de Paulo Coelho pelo Caminho de Santiago, em 1986. O Diário de Um Mago é uma fascinante parábola sobre a necessidade de se encontrar um caminho na vida e, finalmente, descobrir que o extraordinário está no caminho das pessoas comuns. Uma leitura que recomendo, pois foi através desse livro que nasceu minha vontade de percorrer o Caminho de Santiago pela primeira vez, em 2001.

Minha Avaliação: Excelente! Inspirador!

VOLTAR‎