Home‎ > ‎80 Livros que Li e Gostei‎ > ‎

O MEU EVEREST - Autor: Luciano Pires


O MEU EVEREST - Autor: Luciano Pires

"Este livro convida o leitor para uma viagem a uma das paisagens naturais mais belas e remotas do planeta. O executivo Luciano Pires, um homem como qualquer um de nós, decide realizar o seu sonho incomum: chegar ao Campo Base do Everest, a mais de 5 mil metros de altura. "O Meu Everest ­ Realizando um sonho no teto do mundo" é ao mesmo tempo literatura de viagem, reportagem e caminhos para chegar a um objetivo. O leitor sobe o Everest junto com o autor, levando na bagagem seus sonhos e aventuras."




Sinopse - O Meu Everest - Realizando um sonho no teto do mundo - Luciano Pires


"O Meu Everest é, de longe, o melhor livro de trekking escrito em português!" Luciano trocou a gravata pela mochila e o paletó por uma "parka" impermeável. Marcou as férias, despediu-se da família e saiu direto de São Paulo - Capital, para o Campo Base do Everest, a 5,3 mil metros de altura, no Nepal. Sem nunca ter feito uma caminhada com mais de dois dias. Este livro conta como foi. "Como era gostoso ver a expressão no rosto da turma quando eu dizia que estava indo para o Everest. Para o Nepal. Para Kathmandu. Nomes mágicos, com uma sonoridade diferente, imediatamente remetendo para: AVENTURA. Aqui estava eu, entrando no avião, a caminho do meu sonho. Do meu Everest." "Vi gente que aparentemente não subiria uma escada, fazendo a trilha do Everest. Homens e mulheres com mais de 70 anos. Uma senhora, sexagenária, com uma perna mecânica. Gordos e magros. Jovens e velhos...tinha de tudo. Cada um tentando chegar ao sue Everest." "Enquanto eu estava no Brasil, imaginei mais de uma vez como seria interessante encontrar o Yeti, o Abominável Homem das Neves, no momento em que eu estivesse com minha máquina fotográfica em mãos. Pois andei perguntando para a turma de lá como é essa história." "Enquanto eu me preparava para dormir, pensei no local onde eu estava. O ruído das avalanches não deixava dúvidas: aquele lugar estava vivo. Os blocos de gelo estavam se movendo. As fendas se abrindo e fechando. A qualquer momento aquilo tudo podia vir abaixo." Sem heroísmo, sem sustos, sem super-homens. Este livro conta a aventura de uma pessoa comum diante de uma situação incomum. Podia ter sido você.


RESENHA PUBLICADA NO SITE: http://www.orelhadelivro.com.br/

"O Meu Everest é, de longe, o melhor livro de trekking escrito em português!" Luciano trocou a gravata pela mochila e o paletó por uma "parka" impermeável. Marcou as férias, despediu-se da família e saiu direto de São Paulo - Capital, para o Campo Base do Everest, a 5,3 mil metros de altura, no Nepal. Sem nunca ter feito uma caminhada com mais de dois dias. Este livro conta como foi. "Como era gostoso ver a expressão no rosto da turma quando eu dizia que estava indo para o Everest. Para o Nepal. Para Kathmandu. Nomes mágicos, com uma sonoridade diferente, imediatamente remetendo para: AVENTURA. Aqui estava eu, entrando no avião, a caminho do meu sonho. Do meu Everest." "Vi gente que aparentemente não subiria uma escada, fazendo a trilha do Everest. Homens e mulheres com mais de 70 anos. Uma senhora, sexagenária, com uma perna mecânica. Gordos e magros. Jovens e velhos...tinha de tudo. Cada um tentando chegar ao sue Everest." "Enquanto eu estava no Brasil, imaginei mais de uma vez como seria interessante encontrar o Yeti, o Abominável Homem das Neves, no momento em que eu estivesse com minha máquina fotográfica em mãos. Pois andei perguntando para a turma de lá como é essa história." "Enquanto eu me preparava para dormir, pensei no local onde eu estava. O ruído das avalanches não deixava dúvidas: aquele lugar estava vivo. Os blocos de gelo estavam se movendo. As fendas se abrindo e fechando. A qualquer momento aquilo tudo podia vir abaixo." Sem heroísmo, sem sustos, sem super-homens. Este livro conta a aventura de uma pessoa comum diante de uma situação incomum. Podia ter sido você. 


Opinião Pessoal: Um livro envolvente, escrito em linguagem coloquial e com uma franqueza incrível. Para aqueles que gostam desse tipo de aventura, o texto é imperdível!

Minha Avaliação: Gostei muito!