Home‎ > ‎

Piadas I - Vamos rir?

PIADAS e TEXTOS HILÁRIOS!

A seleção de piadas, a seguir, é produto de uma meticulosa pesquisa de textos feita na rede mundial de computadores. 
Como se sabe, uma das grandes características da Internet é a de permitir, com extrema facilidade, um intercâmbio de informações inestimáveis entre seus usuários, sem que haja, na maior parte dos casos, a preocupação em conceder os devidos créditos aos criadores dos textos veiculados. 
Em certas situações, a tradição nos sugere que a autoria seja realmente desconhecida. 
Como as piadas já se tornaram de domínio público, não me sinto responsável pela falta de autoria delas, o que não me impede de sentir imensa curiosidade em saber quem seriam os autores de tão brilhantes e divertidos textos. 


200 – CACHORRO CORINTHIANO
Dois amigos conversando:
- Acho que o meu cachorro é corintiano! – diz um deles.
- Ah, pára com isso! Imagina que cachorro liga pra futebol!
- Tô te falando… Você precisa ver para crer, toda vez que o Corinthians perde, ele se esconde na casinha e fica chorando. Quando o Corinthians empata ele vai pra cozinha e não sai mais. Fica todo sem graça…
- E quando o Corinthians ganha? – perguntou o amigo, começando a acreditar.
- Ainda não sei… Só tenho o cachorro há um ano! 

199 – DEZ ANOS
Na feira de arte, o turista escolhe um quadro:
— Gostei! Vou levar este!
— O senhor fez uma ótima escolha! Essa tela me custou dez anos de vida! — diz o pintor.
— Caramba! Dez anos? Deve ter dado um trabalhão! — diz o comprador.
— Ô se deu! Foram dois dias para pintar e o resto para conseguir vender!

198 – AMIGOS NO BAR 
Dois amigos estão no bar, quando um deles fala:
- Você está vendo aqueles dois velhos bebendo na outra mesa, em uns vinte anos nós estaremos assim também.
O outro olhou e disse: 
- Cara, é melhor você parar de beber. Aquilo é um espelho, porra! 

197 – ÚLTIMA PACIENTE
Um ginecologista aguarda sua última paciente que não chega. Depois de uma hora, ele resolve tomar um gim-tônica para relaxar.
Ele se instala numa poltrona para ler o jornal, quando toca a campainha.
É a paciente que chega toda sem graça e pede desculpas pelo atraso.
— Não tem importância. — responde o médico — Olhe, eu estava tomando um gim-tônica enquanto a esperava. Quer um também para relaxar?
— Aceito com prazer! — responde a paciente aliviada.
Ele lhe serve um copo, senta-se na sua frente e começam a conversar.
De repente ouve-se um barulho de chave na porta do consultório.
O médico leva um susto, levanta-se e diz:
— Minha mulher! Rápido, tire a roupa e abra as pernas, senão ela pode pensar bobagem!

196 – PEGAR NOS SEIOS
Numa praia, um velhinho chega para uma loiraça de tanguinha e pede descaradamente:
— Posso pegar nos seus seios?
— Sai pra lá, velho pervertido! — Responde a moça.
— Quero pegar nos seus seios. Eu pago 50 reais!
— 50 reais? — Indignada, a moça completa — Você acha que eu sou o quê?
— Me deixe apalpar seus seios e eu lhe dou 100 reais!
— Sai pra lá, velho! — Desconversa a moça.
— E se eu der 500 reais? — Propõe o velhinho.
A moça dá um tempo, e responde:
— Não. Eu disse não!
— Eu lhe dou 1.000 reais!
A moça pensa consigo: "Ele é velho, parece inofensivo... vou aceitar esses 1000 reais", e responde:
— Tudo bem... Mas só por 30 segundos.
O velhinho se aproxima, pega os fartos seios com as duas mãos em concha e, apalpando-os exclama:
— Oh, meu Deus... Oh, meu Deus... Oh, meu Deus...
A moça, intrigada, pergunta:
— Por que é que você não para de dizer "Oh, meu Deus"?
E o velhinho, sempre amassando os seios, responde:
— Oh, meu Deus... Onde é que eu vou arrumar 1.000 reais?


195 – FAZENDO COMPRAS
Um grupo de homens está na sauna quando o celular começa a tocar:
— Alô!
— Querido?
— Sim, querida.
— Está na sauna?
— Estou.
— Sabe o que é? Estou em frente a uma loja de roupas com um Casaco de Vison magnífico, lindo! Posso comprá-lo?
— Quanto custa o Vison?
— Só custa 3.000 reais.
— Bom, está bem. Compre.
— Ah, que ótimo! Outra coisa. Acabei de passar na concessionária Mercedes e vi o último modelo que eles lançaram. É fantástico! Falei com o vendedor e ele disse que pode fazer um preço camarada...
— Quanto é o preço camarada?
— Meu amor, são só 60.000 reais!
— Bom, estamos com dinheiro nesse momento, então ok. Mas por esse preço quero com todos os opcionais.
— Pode deixar! Olha, antes de desligar só mais uma coisa.
— O quê?
— Hoje de manhã, passei em frente à imobiliária e reparei que aquela casa que vimos no ano passado está à venda. Lembra? Aquela com piscina, jardim e churrasqueira, completamente isolada, em frente àquela praia magnífica?
— E quanto é que ela custa?
— Meu querido, só custa 450.000 reais!
— Bom, pode comprar, mas pague, no máximo, 420.000 reais.
— Está bem, meu amor. Obrigada. Então até logo.
— Até logo.
Ele desliga o telefone e pergunta aos outros:
— Alguém sabe de quem é este celular?


194 – TOUROS
Um rancheiro lá de Mato Grosso tinha uma fazendona com 900 vaquinhas, e três touros sortudos que davam conta delas: o maior tinha 500 vacas sob seu comando, o do touro do meio tinha 300, e o menorzinho, só 100 vacas.
Um dia ouviram falar que o fazendeiro iria comprar mais um touro, da índia.
O maior touro disse:
— Eu não vou me separar das minhas vacas, nem a pau!
Nisso o touro médio disse a mesma coisa, e o júnior jurou que nem fudendo ele se separaria de suas 100 vaquinhas...
No dia do tal touro chegar, eles viram a caminhonete chegar na fazenda chacoalhando, tremendo, e de repente, quando a caminhonete parou, sai um tourão urrando, esperneando, babando na goela, um monstro de macho!
Nisso os 3 touros ficam espantados.
O maior disse:
— Quem sabe eu consiga me separar de algumas de minhas vacas.
O touro médio diz a mesma coisa e saiu chiando... Só o Júnior é que começou a grunhir, urrar, patear o chão. O mais velho disse a ele:
— Cê ta é louco! Tá querendo comprar briga com aquele bichão?
— Que nada! Eu só quero que ele saiba que eu não sou vaca!


193 – PREVISÃO DO TEMPO
Com a aproximação do inverno, os índios foram ao cacique perguntar se o inverno seria rigoroso. O chefe, vivendo tempos modernos, não tinha aprendido os segredos de meteorologia como seus ancestrais. Mas claro, não podia mostrar insegurança ou dúvida. Por algum tempo olhou para o céu, estendeu as mãos para sentir os ventos e em tom sereno e firme disse:
— Teremos um inverno muito forte... é bom ir colhendo muita lenha!
No dia seguinte, preocupado com o chute, foi ao telefone e ligou para o Serviço Nacional de Meteorologia e ouviu a resposta:
— Sim, o inverno deste ano será muito frio!
Sentindo-se mais seguro, dirigiu-se a seu povo novamente:
— É melhor recolhermos muita lenha... teremos um inverno rigoroso!
Dois dias depois, ligou novamente para o Serviço Meteorológico e ouviu a confirmação:
— Sim... este ano o inverno será rigoroso!
Voltou ao povo e disse:
— Teremos um inverno muito rigoroso. Recolham todo pedaço de lenha que encontrarem, teremos que aproveitar os gravetos também.
Uma semana depois, ainda não satisfeito, ligou para o Serviço Meteorológico outra vez:
— Tem certeza de que teremos um inverno tão forte?
— Sim. Este ano teremos um frio intenso, nós temos certeza.
— Como tem tanta certeza?
— É que os índios estão recolhendo lenha pra cacete este ano...


192 – CONSCIÊNCIA PESADA
Um casal dormia profundamente, como inocentes bebês... 
De repente, lá pelas três horas da manhã, escutam ruídos fora do quarto. 
A mulher se sobressalta e, apavorada, sussurra para o homem que dorme ao seu lado: 
-Aaaaaiiiiiii, meu Deus, deve ser o meu marido!!! 
O cara se levanta rapidamente e, ensandecido, pula pelado pela janela. 
Na queda, se arrebenta nos espinhos de uma roseira e, quando sai da roseira, cai sentado com a bunda numa moita cheia de urtiga. 
Todo machucado e coçando mais que cachorro vagabundo cheio de pulgas, ele volta irritado e diz à mulher: 
- Sua louca, maluca, pirada do cacete... olha a merda que eu tô! Teu marido sou eu, pô!!! 
- Ah, é?!?!? E pulou a janela porquê? 
Moral da estória: "Consciência pesada é um problema sério, muito sério..."

191 – SOGRAS
O marido chega em casa vindo do hospital, onde visitou sua sogra. 
Sua mulher pergunta: - Como esta a minha mãe? 
O marido responde: - Sua mãe está muito bem, saudável como um cavalo e ainda viverá por muito tempo. 
Na semana que vem ela receberá alta do hospital e virá morar conosco por muitos e muitos anos. 
A mulher, surpresa, pergunta: - Como pode ser? Ontem mesmo ela parecia estar no seu leito de morte e a equipe médica dizia que ela deveria ter poucos dias de vida!? 
O marido responde: - Eu não sei como estava ontem, mas hoje, quando perguntei ao médico sobre o estado de sua mãe, ele me respondeu que deveríamos nos preparar para o pior.


190 – POLICIAL MACHÃO
O policial de uma pequena cidade para um motorista por excesso de velocidade.
— Mas, seu guarda, eu posso explicar... — replica o motorista.
— Fique quieto! Vou colocá-lo na cadeia até o chefe chegar! — esbraveja o policial.
— Mas, por favor, eu só queria dizer que...
— Silêncio! Você está preso! Se abrir a boca, apanha! Então, ele joga o coitado em uma cela, sozinho, e vai embora sem lhe dar atenção.
Horas mais tarde, o guarda volta:
— O chefe está chegando! Sorte a sua que hoje foi ao casamento da filha dele. Deve estar de bom humor.
— Duvido muito... Se tivesse me deixado falar, saberia que o noivo sou eu!


189 – DICIONÁRIO DE MINEIRO:
- lidileite (litro de leite)
- mastumate (massa de tomate)
- dendapia (dentro da pia)
- kidicarne (kilo de carne)
- tradaporta (atrás da porta)
- badacama (debaixo da cama)
- pincumel (pinga com mel)
- iscodidente (escova de dente)
- nossinhora (nossa senhora)
- pondions (ponto de ônibus)
- denduforno (dentro do forno)
- doidimais (doido demais)
- tidiguerra (tiro de guerra)
- dentifrisso (dentifrício)
- ansdionti (antes de ontem)
- séssetembro (sete de setembro)
- sápassado (sábado passado)
- oiuchero (olha o cheiro!)
- pradaliberdade (praça da liberdade)
- vidiperfumi (vidro de perfume)
- oiproceve (olha pra você ver!)
- tissodai (tira isso dai)
- rugoiais (rua Goiás)
- onquie (onde que e?)
- casopo (caixa de isopor)
- quainahora (quase na hora)
- ostrudia (outro dia)
- onquoto (onde que estou)
- pronostamuinu (para onde nós estamos indo?)


188 –CÚMULOS
Qual é o cúmulo da confiança? R: Jogar palitinho por telefone
Qual é o cúmulo da rebeldia? R: Fugir de casa quando se mora sozinho
Qual é o cúmulo da maldade? R: Colocar uma tachinha no assento da cadeira elétrica
Qual é o cúmulo da organização? R: Tomar sopa de letrinhas em ordem alfabética
Qual é o cúmulo do ciúme? R: Brigar com a esposa porque ela abriu as pernas na hora do parto
Qual é o cúmulo da amnésia? R: É... putz, esqueci!
Qual é o cúmulo do auto-controle? R: Vomitar de canudinho..
Qual é o cúmulo da incompetência? R: Ser reprovado no exame de fezes
Qual é o cúmulo do vegetarianismo? R: Levar a namorada para atrás da moita e comer a moita.
Qual é o cúmulo da distração? R: Na lua de mel, levantar da cama, deixar 100 reais na mesinha de cabeceira e ir embora.
Qual é o cúmulo da precaução? R: Bicha tomar pílula!
Qual é o cúmulo da economia? R: Usar o papel higiênico dos dois lados
Qual é o cúmulo da sorte? R: Ser atropelado por uma ambulância
Qual é o cúmulo do engano? R: Uma minhoca entrar numa macarronada achando que é uma suruba.
Qual é o cúmulo da preguiça? R: Casar com uma mulher grávida de outro.
Qual é o cúmulo da ineficiência? R: Tirar meleca do nariz usando luvas de boxe!
Qual é o cúmulo da má pontaria? R: Atirar uma pedra no chão e errar..
Qual é o cúmulo da incompetência? R: Deixar o bichinho virtual escapar


187 - PAI, O QUE SÃO EMBARGOS INFRINGENTES?
-É o seguinte, imagine que nossa casa seja um Tribunal e que quando alguém erra, é julgado e todos podem votar!
Um dia, por exemplo, o papai comete um deslize: É pego traindo sua mãe com 3 prostitutas.
Eu irei a julgamento.
Sua mãe, a mãe dela, o pai dela, sua irmã mais velha, você e seu irmão mais velho, votam pela minha condenação.
Meu pai, minha mãe, o Totó e a Mimi, nossa gatinha, votam pela minha absolvição.
-Tá pai, mas aí você é condenado, não?
-Sim, fui, aí é que entram os tais dos "Embargos Infringentes" meu filho.
Como eu ganhei quatro votos a favor da minha absolvição, tenho direito a um novo julgamento.
-Mas pai, no novo julgamento todos vão votar do mesmo jeito.
-Não se eu tiver trocado a sua mãe, o pai dela e a mãe dela pelas três prostitutas...


186 – FRASES ENGRAÇADAS
- A luz viaja mais rápido que o som. Por isso algumas pessoas parecem brilhantes até você ouvi-las falando.
- Perguntei ao meu espelho mágico se havia no mundo alguém mais belo do que eu. Talvez depois que parar de rir ele me responda!
- Sabe aquela hora em que dá aquela vontade de arrumar a casa e lavar a louça ... pois é ... eu também não!
- Quem nunca teve dor de barriga num ônibus, não sabe o significado literal da expressão: "cagando e andando".
- Por que os filhos do Bin Laden são felizes? R: Porque o papai Osama.
- Loira: -Pai, roubaram meu carro. -Você conseguiu identificar os ladrões filha? -Não pai, mas anotei a placa do carro.
- Amor não é uma coisa que mexe por dentro e deixa marcas quando passa. O nome disso é diarreia.
- Só existe um lugar no Brasil onde não existem políticos corruptos: na cadeia!
- Te desejo. Quero te levar pra cama. Fazer você suar, tremer. Quero ver você delirar. Te espero! Assinado: A gripe."
- Se alcoolismo é doença, ressaca deveria render atestado médico.
- O homem é o único animal que pensa que pensa.
- O Ministério da Saúde adverte: "Seque-se bem após o banho. Água parada em pneus dá dengue”.
- Fica tranquilo! Eu nunca dirigi, mas tantos anos de Mario Kart devem servir para alguma coisa.
- Enquanto houver amanhã, minha preguiça será imortal.
- Ajude seu candidato a trabalhar. Não vote nele.
- Tem veneno pra rato? - Tem, vai levar? - Não, vou trazer os ratos pra comer aqui.
- Sinto você me chupando, seu gemido me enlouquece. Procuro o teu corpo e não acho. Acendo a luz. Agora te pego pernilongo desgraçado!
- Se a Terra não girasse, existiriam menos tontos no mundo?
- Não entendo como alguém pode ser viciado em drogas, em um mundo que existe chocolate e internet.
- Andam falando que eu não presto. Veja que ousadia, as pessoas agora deram para falar a verdade.
- Fiz um teste pra saber o dia do meu casamento e o dia da minha morte. Os dois deram a mesma data!
- Meu pai me bateu só porque eu estava usando uma minissaia. Poxa pai, eu já sou um garoto de 15 anos!
- Acho que o Tiririca vai ser um ótimo deputado. Ele já é acostumado com circo mesmo!
- 92% dos brasileiros são ruins em matemática, os outros 16% são péssimos!
- Joãozinho, diga uma frase com a palavra formatar: "Professora, leve esta faca se acaso formatar alguém."
- Percebi que a bebida exalta a minha beleza. Sempre que minha mulher me vê bêbado ela diz: "Bonito, hein!
- Nem sempre onde há fumaça há fogo. Às vezes é só um show de reggae.
- Joãozinho, me diga qual é o tempo verbal da frase: 'Isso não poderia ter acontecido?' - Preservativo imperfeito professora!
- A primeira amnésia a gente nunca esquece!
- No Brasil os impostos se atraem.
- A humanidade está perdendo os seus gênios. Aristóteles faleceu, Newton já era. Einstein morreu e eu não estou passando muito bem hoje.
- Na vida tudo é relativo. Um fio de cabelo na cabeça é pouco. Na sopa, é muito.
- Antes eu não era perfeito ... faltava-me a modéstia.
- Estudos mostram que o brasileiro caminha 1.440 Km por ano e bebe 86 L de cerveja. Ele faz 16,7 Km por litro, não é incrível?!
- Eu só bebo socialmente. Mas ultimamente estou tão social...
- Querida matemática, estou cansado de tentar encontrar o seu "X". Aceite o fato de que ele se foi. Sinto muito!
- Eu sou adepto do ensino à distância. Sempre preferi ficar longe da escola.
- Quem nunca disse "Vou contar para minha mãe" quando era criança, não sabe o que é intimidar alguém!
- Pai, me dá dinheiro pra ir no show do 50 Cent? - Filho, toma aqui R$1,00 e leva sua irmã.
- Quando começa a tocar funk eu não consigo ficar sentado. Eu me levanto e vou embora.
- Conjugando o verbo Facebook: Eu posto, Tu comentas, Ele curte, Nós compartilhamos, Vós publicais, Eles riem, Ninguém trabalha.
- Comida gordurosa é romântica. Vai direto pro coração.
- Sexo é igual vestibular, não importa a posição, o importante é estar dentro!
- A diferença entre casamento e prisão é que na prisão se pode jogar futebol aos domingos.
- Não estou ficando velho, é o meu espelho que não é Full HD.
- Meu nome é Alfredo. Al para os amigos, Fre para os conhecidos e Do para qualquer um.
- Herrar é umano, mas analfabetismo é coiza çéria.
- Sonho com um mundo melhor, onde a Dona Chica não atire o pau no gato-tô-tô.
- Minha mulher disse que não sou bom de cama. Como ela pôde formar uma opinião em menos de dois minutos?
- Mamãe, por que você bateu naquela mulher que a gente viu chorando no túmulo do papai?
- Tem dias que eu estou tão nervoso que nem boa noite pro William Bonner eu dou.
- Em terra de bêbado, álcool em gel é patê!
- Não tenho medo de ser demitido, até porque a diferença de salário não seria tão grande.
- 1 em cada 4 pessoas tem alguma deficiência mental. Fique de olho em três dos seus amigos. Se eles parecerem normais, o retardado é você!
- Dizem que todas as pessoas tem um lado bonito. Então acho que eu sou um círculo.
- Faz uma semana que não falo com a minha mulher ... não gosto de interrompê-la.
- Se chefe fosse um arquivo, ele teria extensão .fdp.
- Casamento é igual Workshop... Enquanto um work, o outro shop.
- Sou doutor em bipolaridade. Otorrino ou Otochorando.
- Você diz "eu te amo" e a pessoa já vai logo pensando que você está interessado nela.
- Tem coisas na vida que valem mais do que dinheiro, como, por exemplo, barras de ouro.
- É claro que não acredito em outras vidas. Não acredito nem nesta.
- Algumas pessoas só estão vivas porque é ilegal atirar nelas.
- Eu sou tão solitário que eu tenho que mandar e-mail pra mim mesmo, porque nem spam eu recebo.
- Eu não estou dormindo. Há um inseto no meu olho e eu estou tentando sufocá-lo.
- Quem disse que dinheiro não traz felicidade não sabia onde fazer compras!
- A adolescência é um período de mudanças rápidas. Entre os 12 e os 17 anos, por exemplo, os pais envelhecem 20 anos.
- Todos sabem que se empurrarmos um japonês com o pinto duro na parede, ele quebra o nariz.
- Se você pensa que é muito pequeno para fazer diferença, tente dormir em um quarto fechado com um mosquito.
- É muito mais fácil conter a nossa raiva quando o outro cara é maior do que a gente.
- A probabilidade de alguém estar te observando é proporcional à estupidez da sua ação.
- O concurso de Miss Universo é armado. Todas as vencedoras são da Terra.
- Você é um amigo tão bom que se estivéssemos afundando e houvesse só um salva-vidas... eu sentiria demais a sua falta!
- O cérebro humano é maravilhoso. Ele trabalha no momento em que nascemos, e não para até que você fale em público.
- Engraçado como a morte acaba com a vida da gente.
- Nunca empreste dinheiro a amigos. Causa amnésia!
- As minhas fotos tem definição HD: Horrível Demais.
- Malandro é o Canguru que já nasce com o “Bolsa Família”.
- Salário mínimo é como menstruação, vem uma 1 por mês, dura 3 ou 4 dias e se atrasar deixa todo mundo louco.
- Com o tempo eu aprendi o significado de amor ao próximo. Não me ama? Próximo!
- Tem um corno lendo essa frase. Ele vai ler até o fim porque além de corno é curioso e vai confirmar isso dando uma risadinha.
- Eu sou aquele tipo de homem que a mulherada disputa: diz "puta que o pariu que homem feio”!
- Sabia que amanhã é o dia mundial do corno? Não? Pois é, o corno é sempre o último a saber.
- Eu era bom em matemática antes de decidirem misturar o alfabeto com os números.
- Dinheiro não traz felicidade, mas, ajuda em uns 97%.
- Tamanho não é documento e dinheiro não traz felicidade. Autor: Um pobre com pinto pequeno.
- É por isso que eu adoro o meu GPS. Não importa o problema que eu esteja enfrentando, ele sempre me diz: "Siga em frente."
- O que um álcool falou para o outro? R: Êta nóis.
- Estou mais perdido que político honesto em Brasília.
- Se for bebê não dirija! Espere até completar 18 anos.


185 – 3 IRMÃOS
Eram 3 irmãos: o Pum, o Calaboca, e o Respeito.
O Pum cometeu um crime e foi preso e o Calaboca e o Respeito foram soltá-lo da cadeia. 
O Respeito tinha medo da delegacia e então ficou na esquina e o Calaboca entrou.
O delegado logo perguntou…
- Qual é o seu nome:
- Calaboca.
- Uai. Cadê o Respeito?
- Ficou na esquina.
- O que você veio fazer aqui?
- Soltar o Pum.


184 – CELULAR
Amigo é para essas coisas...
- Esta é uma dica interessante...
Há sugestões verdadeiramente úteis, e essa é uma delas:
"Um homem gravou o número da sua amante com o nome de BATERIA FRACA e sempre que a amante liga, na ausência dele, a esposa pega no celular e põe para carregar" !!!


183 - NO SALÃO DE BELEZA..
Duas clientes em um salão de beleza, quando a loira diz:
- Desculpe perguntar, amiga, mas reparei que você não tem nenhum fio de cabelo branco. Como é possível?
- É muito fácil, amiga: pinto de preto.
- E a Loira:
- Desculpe a ousadia, mas você poderia me dar o telefone desse negão?


182 - HOMEM FALHA AO TENTAR ENGRAVIDAR A MULHER DO VIZINHO, NA ALEMANHA... 
“Um homem que vive na Alemanha foi processado por não conseguir engravidar a mulher do vizinho. Depois de ser contratado por 2 mil euros (cerca de R$5,7 mil) para isso. Demetrius Soupolos e a mulher Traute queriam ter uma criança, mas descobriram que Soupolos não poderia ter filhos. Por isso, decidiram contratar Frank Maus na esperança que o homem casado e com dois filhos pudesse engravidar Traute. A informação foi divulgada pela publicação alemã 'Bild'. Depois de seis meses e nenhuma gravidez, com uma média de três tentativas por semana, Soupolos insistiu para que Frank Maus passasse por exames médicos. Os testes mostraram que o vizinho também é estéril. Por isso, a mulher de Maus foi obrigada a admitir que as duas crianças não eram dele.”
Agora, decida você o que é pior:
1) Ir à justiça cobrar um cara que comeu sua mulher por seis meses.
2) Contratar um cara para comer sua mulher por seis meses.
3) Descobrir que você é estéril enquanto tenta engravidar a mulher do vizinho recebendo para isso.
4) Descobrir que os dois filhos que você tem não são seus.
5) “Cornear” o vizinho e descobrir que já foi corno no mínimo duas vezes.
6) Ser denunciado no PROCON pela má qualidade dos serviços prestados.
7) Ter que devolver todo o dinheiro e assumir a cornitude ou melhor seria dizer cornidão.
8) Todas as anteriores. 


181 - MARIDO APOSENTADO NO SUPERMERCADO
Depois que me aposentei, minha mulher insiste que eu a acompanhe quando vai fazer compras no supermercado.
Infelizmente, como a maioria dos homens, eu acho que fazer compras é chato e ela fica horas nisso, então nada mais justo do que eu ficar inventando formas de passar o tempo…
Resultado: Ontem, minha querida esposa recebeu a seguinte carta do Hipermercado Gigante Ltda:
Prezada Sra. Silva,
Durante os últimos seis meses, seu marido tem causado grandes transtornos em nossa loja. Não podemos mais tolerar o comportamento dele e, portanto, somos obrigados a proibir-lhe a entrada.
Nossas queixas contra seu marido estão listadas abaixo e documentadas através de nossas câmeras do circuito interno.
1. 15/Junho: Pegou 24 caixas de preservativos e colocou-as nos carrinhos de compra de outros consumidores enquanto não prestavam atenção.
2. 02/Julho: Acertou TODOS os alarmes da seção de relógios para tocarem a intervalos de 5 minutos.
3. 07/Julho: Fez uma trilha de molho de tomate pelo chão da loja indo até o banheiro feminino.
4. 19/Julho: Dirigiu-se a uma funcionária e disse em tom oficial: “Código 3 na seção de Utilidades Domésticas. Dirija-se imediatamente para lá”. Isto fez com que a funcionaria abandonasse seu posto e fosse repreendida elo gerente, o que resultou em um grave incidente com o Sindicato.
5. 14/Agosto: Moveu o aviso de “Cuidado – Piso Molhado” para a seção de carpetes.
6. 15/Agosto: Disse para as crianças que acompanhavam os clientes que elas poderiam brincar nas barracas da seção de camping se trouxessem travesseiros e cobertores da seção de cama, mesa e banho.
7. 23/Agosto: Quando um funcionário perguntou se ele precisava de alguma ajuda, ele começou a chorar e gritar: “Porque vocês não me deixam em paz?” O resgate foi chamado.
8. 04/Setembro: Usou uma de nossas câmeras de segurança como espelho para tirar caca do nariz..
9. 10/Setembro: Enquanto examinava armas no departamento de caça, perguntava insistentemente à atendente onde ficavam os antidepressivos.
10. 03/Outubro: Movia-se pela loja de forma suspeita, enquanto cantarolava alto o tema do filme “Missão Impossível”.
11. 06/Outubro: No departamento automotivo, ficou imitando o gestual da Madonna usando diferentes tamanhos de funis.
12. 18/Outubro: Escondeu-se atrás de um rack de roupas e quando as pessoas procuravam algum artigo, gritava: “Você me achou, você me achou!”
13. 21/Outubro: Cada vez que era dado algum aviso no sistema de som da loja, colocava-se em posição fetal e gritava: “Ah não, aquelas vozes de novo!”
E, por fim:
14. 23/Outubro: Foi a um dos provadores, fechou a porta, esperou um momento e então gritou: “Ei, não tem papel higiênico aqui.” Uma de nossas atendentes desmaiou.
Atenciosamente,
Hipermercado Gigante Ltda.


180 - LOIRA
Um jovem ventríloquo estava fazendo uma turnê e foi dar espetáculo num bar em uma cidadezinha. Estava desfiando o seu repertório usual sobre a burrice das loiras quando uma loiraça sentada na quarta fileira se levantou e disse:
- Já ouvi o suficiente das suas piadas denegrindo as loiras, seu idiota. O que o faz pensar que pode esteriotipar as mulheres desse jeito? O que tem a ver os atributos físicos de uma pessoa com o seu valor como ser humano? São caras como você que impedem que mulheres como eu sejam respeitadas no trabalho e na comunidade, que nos impedem de alcançar o nosso pleno potencial a nível de pessoa.
Confuso, o ventríloquo começou a se desculpar.
- Minha senhora, não foi essa a minha intenção...
E, a loira, em tom raivoso, diz:
- Fique fora disso, meu senhor. Estou falando é com esse rapazinho desprezível sentado em seu colo!!!


179 - A VELHINHA TARADA
Um homem maravilhoso, com um corpo escultural havia acabado de concluir seus estudos e não tinha dinheiro para pagar suas contas. Foi então que decidiu se prostituir. Colocou na porta do seu apartamento um cartaz com letras garrafais:
NA CAMA: R$ 100,00
NO SOFÁ: R$ 50,00
NO CHÃO: R$ 25,00
Uma velhinha que passava por lá no momento, parou e ficou olhando com atenção aquele cartaz... Correu para casa, pegou do maço de dinheiro no fundo da sua gavetinha uma nota de R$ 100,00 e voltou em seguida ao endereço do jovem prostituto. 
Ao ver o jovem, mostrou a ele a nota novinha que levava na mão... O rapaz pegou o dinheiro e disse:
- São R$ 100,00 vovó... Quer uma na caminha, né?
Sorrindo, a velhinha responde:
- Não seja ingênuo, meu filho... Eu quero é quatro no chão!!


178 - DERCY GONÇALVES NO CÉU:
- Porra tá frio aqui em cima.
- O céu não tem temperatura, minha senhora – pondera um porteiro celestial de plantão..
- Não tem o cacete. Tá frio sim senhor – insiste Dercy.
- Prefere o inferno? Lá é mais quentinho!
- Manda tua mãe pra lá. Cadê o Pedro?
- Pedro só atende aos purificados.
- E eu tô suja por acaso? Tô cagada, esporreada?
- Você primeiro tem que passar pelo purgatório, ajustar umas continhas…
- Não devo nada a veado nenhum.
- Você foi muito sapeca lá por baixo.
- Como é que você sabe? Andava escondido debaixo das minhas saias?
- Dercy, daqui de cima a gente vê tudo.
- Vê porra nenhuma. Vê a pobreza, a violência, meninas de 4 anos sendo estupradas pelos pais, político metendo a mão no dinheiro dos pobres, carinha cheirando até bosta pra ficar doidão? O que vocês veem? Só me viam?
- Você fala muito palavrão.
- Eu sempre disse que o palavrão estava na cabeça de quem escutava.
Palavrão é a fome, a falta de moral destes caras que pensam que o mundo é deles. Esses goelas grandes e seus assessores laranjas, tangerinas e o cacete!
- Está vendo? Outro palavrão.
- Cacete é palavrão, seu porteiro do caralho? Palavrão é a Puta Que o Pariu!
(silêncio por alguns segundos)
- Seja bem vinda Dercy.. Sou Pedro. Pode entrar.
- CARAAAAAALHO! Não é que eu morri mesmo?! Vou para o purgatório?
- Não, pelo purgatório você já passou. Foram 101 anos de Brasil. Agora, venha descansar!


177 - PALESTRA DA MADRUGADA
Quatro horas da manhã, um homem com andar meio cambaleante caminha pela rua escura.
Um carro da polícia se aproxima e os policiais resolvem averiguar a situação:
- Aonde vai o cidadão a uma hora destas??
- Estou indo assistir uma palestra.
- Palestra?! A esta hora? Sobre o quê??
- Sobre os efeitos do álcool e das drogas no corpo humano. Os danos causados pela esbórnia. A farra na degradação da vida amorosa conjugal. Nos impactos negativos sobre o sistema nervoso central e periférico advindos dessa vida desregrada. Dos malefícios aos órgãos internos e também externos devastados pela ingestão desenfreada de fumo, álcool e drogas ilícitas. E a vida sem Deus no coração.
- Ô meu, fala sério! E quem vai dar uma palestra desta abrangência e relevância científica a esta hora da madrugada?
- Minha esposa, quando eu chegar em casa!!!


176 - REMORSO DO GAÚCHO
'GAUDENCIO, o gaucho guapo, lá de CACEQUI entra na delegacia de polícia de sua cidade, dá uma arrumadita na sua camiseta do DESAFIO de TROVADORES e dirige-se ao delegado:
-Vim me entregar, cometi um crime e desde então não consigo viver em paz.
- Tchê, disse o delegado, as leis aqui são muito brabas e são cumpridas e se tu és mesmo culpado não terá apelação nem dor de consciência que te livre da cadeia, mas fala... 
- Atropelei um petista na estrada BR-290, perto de ROSARIO DO SUL.
- Ora xirú, como tu podes te culpar se estes petistas atravessam as ruas e as estradas a todo tempo?
- TCHÊ, mas o vivente estava no acostamento. 
- Se estava no acostamento é porque queria atravessar; se não fosse tu, seria outro qualquer.
- Mas não tive nem a hombridade de avisar a família daquele qüera, sou um porqueira!
- Bueno, se tu tivesse avisado, haveria manifestação, repúdio popular, passeata, repressão, pancadaria e morreria muito mais gente, tu sabes muito bem como são esses caras, gostam de se fazerem de vitimas, Acho o senhor um pacifista, merece uma estátua. 
- Mas senhor delegado, eu enterrei o coitado ali mesmo, na beira da estrada.
- Tá provado, tu és um grande humanista... enterrar um petista... és um benfeitor. Outro qualquer o abandonaria ali mesmo para ser comido por urubus, graxains e outros animais, provavelmente até hienas.
- Mas enquanto eu o enterrava, ele gritava: estou vivo, estou vivo!
- Garanto que era mentira dele. Esses petistas mentem muito!!!! 


175 - O PAI SETENTÃO...
O casamento de um coroa de mais de setenta anos com uma gatinha de 20 foi o motivo de muita gozação.
Mas, um ano depois, o casal apresenta-se no hospital para o nascimento do seu primeiro filho. 
A enfermeira sai da sala de partos para felicitar o coroa e diz-lhe: «- É espantoso!.... Como é que o Sr. consegue na sua idade?...» 
O velho sorri e diz :- "Tem-se que manter o motor trabalhando...”
No ano seguinte, o casal aparece de novo no hospital para o nascimento do segundo filho.
A mesma enfermeira acompanha o parto e sai para felicitar o pai, dizendo-lhe:- “O Senhor é incrível!.... Como é que consegue?...» 
O velho sorri e diz :- “Tem-se que manter o motor trabalhando...”
Mais um ano e o casal aparece no mesmo hospital, para o nascimento do terceiro filho. 
A mesma enfermeira acompanha uma vez mais o parto e, após o nascimento, vai de novo ter com o coroa, sorri e lhe diz:- “ O Sr. é mesmo incrível!!... Como é que consegue?....» 
O velho sorri e diz:- “É como já lhe disse....Tem-se que manter o motor trabalhando...”
A enfermeira continua a sorrir..... dá-lhe um tapinha nas costas, e diz:
“É bom trocar o óleo.....este já saiu preto!”


174 – MÉDICOS..
O médico estava tendo um caso com a enfermeira.
Após um tempo, ela lhe disse que estava grávida.
Não querendo que sua mulher soubesse, ele deu dinheiro à enfermeira, mandou que ela fosse para a Itália e tivesse o bebê por lá.
- Mas como vou avisar você quando o bebê nascer, ela perguntou.
- Apenas mande um postal e escreva ''espaguete''.
Cuidarei de todas as despesas da criança.
Sem alternativa, ela pegou o dinheiro e voou para a Itália.
Alguns meses se passaram e uma noite, quando o médico chegou em casa, a esposa disse:
- Querido, você recebeu um cartão-postal da Europa pelo correio hoje, e eu não consigo entender o significado da mensagem.
O médico leu o cartão, caiu no chão com um violento ataque cardíaco, e foi transportado imediatamente à emergência do hospital. 
O chefe do plantão perguntou à esposa:
- Aconteceu algo que possa ter causado o ataque cardíaco?
- Ele apenas leu este cartão postal onde está escrito:
“Espaguete, espaguete, espaguete, espaguete e espaguete. Três com linguiça, e dois sem.”


173 – PARA REFLETIR..
Uma menina muito bonita e pobrezinha conheceu um rapaz jovem, rico, bonito, ético, que conseguiu bons empregos pros seus irmãos, comprou uma casa para sua mãe e a levava para viajar e aproveitar o melhor da vida.
Casaram-se e um mês depois do casamento a filha volta para casa da mãe dizendo que iria se separar.
-Mas minha filha como assim? Um rapaz tão bom, meu genro perfeito!
-Mamãe, fico com vergonha de lhe contar, mas é que .. é que ... ele que comer meu cu todo dia! De manhã, de tarde e de noite. Umas 10 vezes ao dia, não aguento mais!
-Minha filha, tem homem que curte essas coisas mesmo. O que é esse pequeno defeito perto de tudo que ele faz por você, do que ele faz por nós?
-Mamãe meu cu parecia uma moedinha de 5 centavos quando nos casamos e hoje já parece um moedão de 25 centavos.
-AHHH.. TENHA DÓ minha filha, agora você vai ficar criando caso por causa de 20 CENTAVOS?
MORAL DA HISTÓRIA: Só briga por 20 centavos quem toma no cu todos os dias!


172 – CASAMENTO À MODA ANTIGA
Ontem encontrei um velho amigo que há muitos anos não via.
Perguntei-lhe:
-E ai meu amigo, quais as novidades?
-Pô cara, casei. E casei à moda antiga!
-À moda antiga? Então foi naquelas carroças que havia antigamente, levou um banho de arroz...
-Que nada! Casei à moda antiga, porra, CASEI COM UMA MULHER !!!!


171 - JOÃOZINHO E OS CUBANOS
A turma de alfabetização da escola recebe a visita de um representante de Cuba junto com os puxas-sacos do Partidão, PTs, etc..., e a professora está preocupadíssima com o Joãozinho, que é sempre desbocado.
- Joãozinho, atenção, não vai me envergonhar na presença do político estrangeiro hein? É melhor ficar de boca fechada.
- Tá bem, professora!
O Político chega e conversa com os alunos, pergunta se já sabem ler, se gostam da professora e toda aquela balela de sempre... Dirigindo-se ao Joãozinho, fala:
- E você, já lê bem?
- Leio sim senhor.
- E qual a palavra mais bonita que você aprendeu?
A professora gela, e Joãozinho responde:
- Cubanos.
Ela respira aliviada. O Secretário insiste:
- E por quê?
-Porque começa com CU acaba com ANUS, e ninguém me tira da cabeça que esse B do meio não seja de BOSTA...........


170 - UM RATO. UMA FAZENDA E OS DEMAIS (Uma fábula corporativa)
Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo no tipo de comida que haveria ali.
Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado.
Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos:
– Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa!
A galinha disse:
– Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso seja um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.
O rato foi até o porco e disse:
– Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira!
– Desculpe-me Sr. Rato, disse o porco, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser orar. Fique tranquilo que o Sr. será lembrado nas minhas orações.
O rato dirigiu-se à vaca. E ela lhe disse:
– O quê? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que não!
Então, o rato voltou para casa abatido para encarar a ratoeira.
Naquela noite, ouviu-se um barulho, como o da ratoeira pegando sua vítima.
A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pegado.
No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pegado a cauda de uma cobra venenosa. E a cobra picou a mulher… O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre. 
Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja de galinha. 
O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.
Como a doença da mulher continuava, os amigos e os vizinhos vieram visitá-la.
Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco.
A mulher não melhorou e acabou morrendo.
Muita gente veio para o funeral. 
O fazendeiro então sacrificou a vaca, para alimentar todo aquele povo.
“Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se de que, quando há uma ratoeira na casa, toda fazenda corre risco. 
O problema de um é problema de todos!” (Autor Desconhecido)


169 - A PESCARIA DO REI (FÁBULA ELUCIDATIVA)
Era uma vez um rei que queria ir pescar.
Ele chamou o seu Ministro Meteorologista e pediu-lhe a previsão do estado do tempo para as próximas horas.
Este lhe assegurou que não iria chover.
No caminho, ele encontrou um camponês montando seu burro que, ao ver o rei, disse:
- "Majestade, é melhor regressar ao palácio porque vai chover muito."
É claro que o rei ficou pensativo:
- "Eu tenho um Ministro Meteorologista muito bem pago que me disse o contrário. Vou seguir em frente."
E assim fez e, claro, choveu torrencialmente, a pescaria ficou estragada e o rei encharcado e resfriado.
Furioso, voltou para o palácio e despediu o Ministro.
Ele convocou o camponês e ofereceu-lhe o cargo, mas este, sincero (não era político), disse-lhe:
- "Senhor, eu não entendo nada disso, mas se as orelhas do meu burro estão caídas, significa que vai chover."
O rei, então, usou a lógica e nomeou o burro.
Assim começou o costume de nomear burros que, desde então, têm as posições mais bem pagas nos governos.


168 – ÁRABES X JUDEUS
O árabe vai à loja do judeu para comprar sutiãs pretos. 
O judeu, pressentindo bons negócios, diz que são raros e poucos e vende por 40 euros cada um.
O árabe compra 6, e volta alguns dias depois querendo mais duas dúzias.
O judeu diz que as peças vão ficando cada vez mais raras e vende por 50 euros a unidade.
Um mês mais tarde, o árabe compra o que resta por 75 euros cada. 
O judeu, encucado, lhe pergunta o que faz com tantos sutiãs pretos.
Diz o árabe:
- Corto o sutiã em dois, faço dois chapeuzinhos e vendo para os judeus por 100 euros cada.
FOI AÍ QUE A GUERRA COMEÇOU... 


167 - O AMENDOIM
O cara estava bebendo cerveja, comendo amendoim e vendo TV na sala, "vigiando" a filhinha de 15 anos que namorava na varanda. 
Sono pegando, cerveja fazendo efeito, ouvido começa a coçar e o babaca começa a cutucar o ouvido com um amendoim até que a casca do amendoim quebra e o caroço de amendoim entala no ouvido. 
O cara fica desesperado, começa a tentar tirar o amendoim com o dedo e empurra mais prá dentro! Pega uma tampinha de caneta Bic e, merda! O amendoim entrou mais ainda. 
Nisso o sujeito já estava louco, gritando, chamando a mulher, que veio correndo, apavorada já queria levar o maridão bêbado para o hospital, o cara não queria - que mico! 
Sou um cara de posição, não posso me expor ao ridículo, etc..
A filha e o namorado (de 17 anos...) entram na sala pra ver o que estava acontecendo.
A filha: - "Pai, que é isso! Que vergonha!" 
O gaiato (namorado da filha): -"Calma, que eu dou um jeito! Quando era escoteiro, eu que socorria os amigos!" 
O entalado, que tava sem graça, apavorado, e agora puto com aquele sujeitinho dando palpite, acabou aceitando ajuda.
O sujeitinho mete dois dedos no nariz do marmanjo, diz:
-"Fecha a boca e sopra pelo nariz com bastante força!!" 
E não é que o maldito amendoim saiu do ouvido? 
O namoradinho sai todo convencido, a filha toda apaixonada, e a mulher, encantada com o eficientíssimo rapaz e diz para o maridão: 
-"Viu que gracinha? Tão calmo e tão controlado nas emergências. O que será que ele vai ser?!?!?! " 
E o maridão, bufando de raiva, responde: 
- "Pelo cheiro dos dedos do filho da puta, ginecologista!!!!"


166 - NUNCA SUBESTIME OS IDOSOS
Uma velhinha foi ao supermercado e colocou a ração de gato mais cara no carrinho.
A moça do caixa disse:
- Me desculpe, mas nós não podemos lhe vender a ração de gatos sem provas de que a senhora realmente tem gatos. 
Muitos idosos compram ração de gatos para comer, e a gerência quer provas de que a senhora esteja realmente comprando a ração para o seu gato.
A velhinha foi para casa, pegou o gato e o levou ao supermercado e eles então venderam a ração prá gato.
No dia seguinte, a velhinha foi ao supermercado novamente e comprou 12 dos mais caros biscoitos prá cachorro.
A caixa, novamente, pediu provas de que ela realmente tinha um cachorro, explicando que os idosos costumavam comer comida de cachorro.
Frustrada, ela foi para casa e voltou com seu cachorro, e pôde levar os biscoitos.
No outro dia, a velhinha voltou ao mercado trazendo uma caixa com um buraco na tampa e pediu para a moça colocar o dedo no buraco.
A moça da caixa disse: 
- Não! pode ter uma cobra aí dentro !!!
A velhinha lhe assegurou que não tinha cobra de estimação, e que não havia nada na caixa que pudesse mordê-la..
Então a moça do caixa enfiou o dedo no buraco, tirou, cheirou e disse:
-Hummmmmm... mas isto é MERRRRDA!!!
A velhinha então sorriu de orelha a orelha e confirmou:
-É MERRRRDA!!! mesmo! 
Agora, minha querida, eu posso comprar três rolos de papel higiênico???


165 - PIADINHAS SOBRE O NOVO PAPA:
1) - Do jornal Corrieri de la Sierra:- "Em um surto inédito de humildade um Argentino aceitou um cargo abaixo de Deus." 
2) - De um escriba brasileiro anônimo:- "Eu sempre sonhei em ver um Argentino beijar o solo brasileiro." 
3) - Os Argentinos desejam que os primeiros atos do Papa Argentino sejam:-
- Início do processo de beatificação do comandante Chavez.
- Mudança da sede do Vaticano para Bariloche 
- A mudança do nome da Capela Sistina para Capela CRISTINA.
4) Dizem que o novo Papa é o homem mais importante do mundo e um dos mais importantes da Argentina.
5) Antes de escolher o nome "Francisco", os cardeais tiveram um enorme trabalho para convencer Dom Bergoglio de que "Jesus II" não ia pegar bem.
6) Comentário à boca pequena que está se espalhando nos corredores do Vaticano:- "Não havia um Argentino tão perto de Cristo desde Judas".
7) O Papa vai autorizar o uso da Hóstia em pó, para que o Maradona possa comungar..
8) O PAPA FRANCISCO JÁ CONSEGUIU O PRIMEIRO MILAGRE, FAZER COM QUE O MUNDO GOSTE DE UM ARGENTINO.


164 - A BORRACHINHA .....
Na fila do ônibus estavam uma senhora e todos seus 10 filhos. 
Junto deles estava um senhor de meia idade, com uma das pernas de pau. 
O ônibus chegou, a criançada entrou primeiro e ocupou todos os bancos vazios.
O senhor e a senhora entraram e ficaram de pé. 
Na arrancada do ônibus o senhor da perna de pau, com visível dificuldade, desequilibrou-se para trás, e o barulho foi inconfundível: 
TOC... TOC... TOC... TOC...
Quando o ônibus freou, a mesma coisa aconteceu, agora para frente: 
TOC... TOC... TOC... TOC...
Na arrancada, novamente: 
TOC... TOC... TOC... TOC......E assim foi, por várias vezes.
Num determinado momento, já incomodada com o barulho e, ao mesmo tempo, tentando ser gentil, a mãe das 10 crianças disse ao perneta:
- Perdão, mas eu gostaria de fazer uma sugestão ao senhor... Por que o senhor não coloca uma borrachinha na ponta do pau, com certeza vai diminuir o barulho e incomodar menos a todos.
Imediatamente, o perneta respondeu:
- Agradeço a sugestão, mas há alguns anos atrás, se a senhora também tivesse colocado uma borrachinha na ponta do pau, todos nós estaríamos sentados.
O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: "USE BORRACHINHA"


163 - SETE MILAGRES QUE O PAPA FEZ E VOCÊ NÃO PERCEBEU:
Em vez de sete pecados, sete milagres.
A passagem do Papa pelo Brasil já provocou fenômenos suficientes para serem estudados por décadas.
A seguir, sete coisas que ninguém consegue explicar, verdadeiros milagres de Francisco.
1) Andou de carro no Rio de Janeiro de janela aberta e não foi assaltado.
2) Fez o povo brasileiro aplaudir um argentino.
3) Andou no meio da polícia do Rio e não apanhou.
4) Encontrou Renan Calheiros e não foi acusado de nada.
5) Encontrou o governador e não gritou: “Cadê o Amarildo da Rocinha?”"
6) Ficou engarrafado no Rio e não apareceu nenhum vendedor de Biscoito Globo.
7) Usou saia em Copacabana e não levou cantada.


162 - SIGNIFICADO DA PALAVRA ANFITRIÃO:
Na mitologia grega, Anfitrião era marido de Alcmena, a mãe de Hércules.
Enquanto Anfitrião estava na guerra de Tebas, Zeus tomou a sua forma para deitar-se com Alcmena, e Hermes tomou a forma de seu escravo, Sósia, para montar guarda no portão. 
Uma grande confusão foi criada, pois evidentemente, Anfitrião duvidou da fidelidade da esposa.
No fim, tudo foi esclarecido por Zeus, e Anfitrião ficou contente por ser marido de uma mulher escolhida do deus.
Daquela noite de amor nasceu o semideus Hércules. A partir daí, o termo anfitrião passou a ter o sentido de 'aquele que recebe em casa'.
Portanto, ANFITRIÃO é sinônimo de: CORNO MANSO E FELIZ!
RESUMINDO: QUANDO DISSEREM QUE VOCÊ É UM BOM ANFITRIÃO FIQUE DE ORELHA EM PÉ.
CULTURA DEMAIS É UMA MERDA!


161 - CALOR E FRIO APÓS O SEXO
Um casal de idosos vai ao médico. 
Ao terminar o exame, o médico pergunta ao velhinho: 
- 'Sua saúde parece boa. O senhor tem alguma pergunta, ou existe alguma coisa que o preocupa?' 
- 'Na verdade, existe', diz o velhinho. 'Depois de fazer sexo com minha esposa, em geral sinto muito calor depois da primeira, e, depois da segunda, sinto muito frio!' 
O médico diz que nunca ouviu falar disso e vai pesquisar. 
Em seguida, o médico examina a velhinha, e diz: 
-'Tudo está muito bem com a senhora. Existe alguma coisa que a preocupa?' 
A senhora diz que não tem nenhuma pergunta ou preocupação. 
O médico então diz a ela: 
- 'Seu marido diz ter um problema um pouco estranho. Ele disse que sente muito calor depois de fazer sexo a primeira vez, e que sente muito frio depois da segunda. A Sra. tem ideia do porquê?' 
- 'Oh, aquele velho maluco! É porque a primeira é em janeiro, e a segunda, em julho'.......


160 – A UROLOGISTA
Ontem fui ver o urologista, para fazer um controle anual.
Para minha surpresa vi que se tratava de uma lindíssima mulher, ou seja, era uma urologista!!!
Eu fiquei um pouco nervoso e sem saber o que fazer.
Mas ela me tranquilizou e me disse:
"Não se preocupe, eu sou uma profissional e já tenho visto e feito praticamente tudo... portanto me diga qual é o seu problema que eu irei examiná-lo, fazendo tudo o que for necessário..."
Então eu respondi timidamente:
"Minha esposa diz que meu pênis tem um gosto estranho..."


159 – RECEITA DA VOVÓ..
O médico, que havia tratado a Dona Berta em quase toda a sua vida, aposentou-se e foi substituído por outro colega.
Na consulta seguinte, o novo médico pediu à Dona Berta a lista dos medicamentos que lhe haviam sido receitados.
Quando o jovem médico viu a lista, ficou atónito!!!
- Dona Berta, sabe que estas pílulas são...são... ANTICONCEPCIONAIS???-
- Sim, doutor, elas ajudam-me a dormir.
- Dona Berta, eu afirmo peremptoriamente que não há ABSOLUTAMENTE NADA nestas pílulas que faça uma pessoa dormir!
A velhinha deu um sorriso, e disse:
- Sim, eu sei... mas, para mim, FAZ! 
Todas as manhãs EU dissolvo uma pílula no suco de laranja da minha neta, que tem 16 anos e, assim, durmo em paz... TODAS AS NOITES...


158 – O BODE E AS CABRAS
Manhã tranquila numa cidadezinha de Mato Grosso, dia desses....
O padre estava em frente à igreja quando viu passar uma garotinha de uns nove ou dez anos, pés descalços, franzina, subnutrida, ar angelical, conduzindo umas seis ou sete cabras.
Era com esforço que a garotinha conseguia reunir as cabras e fazê-las caminhar.
O padre observava a cena.
Começou a imaginar se aquilo não era um caso de exploração de trabalho infantil e foi conversar com a menina.
-Olá, minha jovem.
Como é o seu nome?
-Rosineide, seu padre.
-O que é que você está fazendo com essas cabras, Rosineide?
-É pro bode cobrir elas, seu padre.
Tou levando elas lá prá fazenda do seu José.
-Me diga uma coisa, Rosineide, seu pai ou seus irmãos não podiam fazer isso?
-Já fizeram... Mas num dá cria... Tem que ser um bode merrrmo!


157 – SURPRESA!
UMA BELA MULHER VAI AO MÉDICO PARA EXAMES DE ROTINA:
- Seu pulmão, seu coração e a sua pressão estão ótimos - diz o médico.
Agora me deixe ver essa coisinha que costuma meter todos em grandes encrencas.
A mulher prontamente tira o vestido e quando começa a tirar a calcinha é interrompida:
- Não... não...! Não precisa tirar a roupa, minha senhora...
Só quero que me mostre a sua língua...!!!


156 – MOMENTO FILOSÓFICO 
Pergunta o discípulo ao mestre budista:
- Mestre, qual é o segredo da longevidade?
Responde o Mestre:
- Só comer verdura, dormir cedo e renunciar ao fumo, sexo e a bebida. 
- Mestre, assim se terá uma vida longa?
- Não, mas vai parecer uma eternidade...

155 - O RADINHO DA VOVÓ
Esta carta foi enviada ao diretor de uma escola primária que havia oferecido um almoço em homenagem às pessoas idosas da comunidade.
Durante o almoço, uma das senhoras convidadas, de idade avançada, ganhou um rádio num sorteio realizado com os cupons que foram entregues na porta.
Ela escreveu uma carta emocionada em agradecimento aos promotores do evento.
Este relato é uma homenagem a toda a humanidade e serve para refletirmos sobre as relações humanas.
*“Caros alunos e membros da direção: **
Deus abençoe a vocês pelo lindo rádio que ganhei durante o almoço em homenagem aos idosos! Eu tenho 84 anos e moro em um Lar de Velhinhos carentes. Toda a minha família já faleceu e não tenho mais parentes.
Por isso, foi muito reconfortante saber que existem pessoas que ainda levam em consideração o meu bem estar e paz de espírito.
Aqui no nosso Lar, divido o quarto com uma companheira mais idosa do que eu (ela tem 95 anos de idade) que não pode comparecer ao almoço por estar muito deprimida.
Durante todos esses anos em que convivemos juntas, ela teve um Radinho como o que ganhei e que lhe fazia companhia constante.
Ela nunca permitiu que eu ouvisse o rádio dela, mesmo quando estava dormindo ou ausente.
Há algum tempo, no entanto, o rádio dela caiu do criado mudo e se espatifou no chão. Foi muito triste para ela, que chorou muito.
Então eu ganhei este rádio e, no dia seguinte ao almoço, ela pediu-me humilde e comovidamente para ouvi-lo e eu, olhando para seus olhinhos marejados, disse:
* - Nem fudendo, sua velha filha da puta!! *
- Assim caminha, caminhou e caminhará a HUMANIDADE.
Obrigada por me proporcionarem essa inesquecível oportunidade!


154 - EXCURSÃO DAS VELHINHAS
Um policial avista um ônibus em baixa velocidade, acha estranho e manda parar.
É uma velhinha ao volante do ônibus, acompanhada de suas amigas.
O guarda adverte:
- Senhora, andar devagar demais pode provocar acidente!
- Seu guarda, eu sigo a sinalização, diz a mulher, apontando a placa: BR-30.
- Senhora! Essa placa não indica limite de velocidade, e sim, o número da estrada.
- Trate de prestar mais atenção, certo? Só mais uma coisa:
- Suas amigas estão bem? Parecem assustadas...

- Elas já vão melhorar. É que acabamos de sair da BR-201...!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

153 - COMER GALINHA FAZ MAL 
Tulinho e Lucília eram muito amigos e sempre dividiam o lanche na escola. Na hora do recreio, Lucília comentava com o amiguinho:
- Puxa, outra vez lanche de galinha. Como galinha a toda a hora! Sempre galinha. Já estou criando até penugem.
Tulinho, muito curioso, pede para Lucília mostrar onde estavam aparecendo as penugens. Ela levanta a saia, mostra, e ele diz:
- Sabe uma coisa? A minha mãe também tem a mania da galinha... Eu também já estou com penugem! E a menina, curiosa também, pergunta:
- É? Então, mostra, quero ver se é igual à minha... 
Tulinho baixa as calças, e ela diz:
- NÓÓÓÓssssaaaa, Tulinho! Você tá pior que eu. JÁ TEM PESCOÇO E MOELA!!!


152 – PSICÓLOGOS...
Um casal vai a um psicólogo, após 20 anos juntos. 
Logo chegando ao consultório, o terapeuta, jovem, bonitão, supermalhado, pergunta qual é o motivo da consulta, e a mulher responde:
- Pouca atenção, falta de intimidade, vazio, solidão, egoísmo, carinho, não me sinto amada e desejada...e por aí vai...
O psicólogo se levanta, se aproxima da mulher, pede que ela também se levante, a abraça e a beija na boca com intensa paixão, enquanto o marido os observa impressionado. 
A mulher fica muda e se senta meio atordoada. 
O terapeuta vira para o marido e diz:- 
Isto é o que sua mulher precisa pelo menos 3 vezes por semana! 
Você consegue?
O marido pensa um pouco e responde:
- Bom, eu posso trazê-la segunda e quarta, mas...nas sextas, eu jogo bola!


151 – ADVOGADOS x CONTADORES
Três advogados e três contadores estavam viajando de trem para uma conferência.
Na estação, os três advogados compraram um bilhete cada um, mas perceberam que os três contadores compraram um só bilhete.
- Como é que os três vão viajar só com um bilhete? perguntou um dos advogados.
- Espere e verá - respondeu um dos contabilistas. Então, todos embarcaram.
Os advogados foram para suas poltronas, mas os três contadores se trancaram juntos no banheiro.
Logo que o trem partiu, o fiscal veio recolher os bilhetes.
Ele bateu na porta do banheiro e disse:
- O bilhete, por favor.
A porta abriu só uma frestinha e apenas uma mão entregou o bilhete. O fiscal pegou e foi embora.
Os advogados viram e acharam a ideia genial.
Na volta os três contadores compraram um só bilhete novamente.
Porém, para espanto deles, os advogados não compraram nenhum.
- Mas como é que vocês vão viajar sem passagem? um contador perguntou perplexo.
- Espere e verá - respondeu um dos advogados.
Todos embarcaram, os advogados se espremeram dentro de um banheiro e os contadores foram se espremer em outro banheiro, ao lado. O trem partiu.
Logo depois, um dos advogados saiu, foi até a porta do banheiro dos contadores, bateu e disse:
- O bilhete, por favor!

150 - LOIRA ADVOGADA

A loira se formou em Direito, mas está com uma porção de dúvidas, então resolve formular um questionário para a OAB:
01. Qual a capital do estado civil?
02. Dizer que gato preto dá azar é preconceito racial?
03. Com a nova Lei Ambiental, afogar o ganso passou a ser crime?
04. Pessoas de má fé são aquelas que não acreditam em Deus?
05. Quem é canhoto pode prestar vestibular para Direito?
06. Levar a secretária eletrônica para a cama é assédio sexual?
07. Quantos quilos por dia emagrece um casal que optou pelo regime parcial?
08. Tem algum direito a mulher em trabalho de parto sem carteira assinada?
09. A gravidez da prostituta, no exercício de suas funções profissionais, caracteriza acidente de trabalho?
10. Seria patrocínio o assassinato de um patrão?
11. Cabe relaxamento de prisão nos casos de prisão de ventre?
12. A marcha processual tem câmbio manual ou automático?
13. Provocar o Judiciário é, xingar o juiz?
14. Se um motel funciona somente das 8 às 18 horas, podemos dizer que  ali só ocorrem transações comerciais?
15. Para tiro à queima-roupa é preciso que a vítima esteja vestida?

149 – NIVEIS DE SABEDORIA

Veja o seu e a importância do aprofundamento científico!

O DOUTORADO
O dissacarídeo de fórmula C12H22O11, obtido através da fervura e da evaporação de H2O do líquido resultante da prensagem do caule da ramínea Saccharus officinarum Linneu, 1758, isento de qualquer outro tipo de processamento suplementar que elimine suas impurezas, quando apresentado sob a forma geométrica de sólidos de reduzidas dimensões e arestas retilíneas, configurando pirâmides truncadas de base oblonga e pequena altura, uma vez submetido a um toque no órgão do paladar de quem se disponha a um teste organoléptico, impressiona favoravelmente as papilas gustativas, sugerindo impressão sensorial equivalente provocada pelo mesmo dissacarídeo em estado bruto, que ocorre no líquido nutritivo da alta viscosidade, produzindo nos órgãos especiais existentes na Apis mellifera, Linneu, 1758. No entanto, é possível comprovar experimentalmente que esse dissacarídeo, no estado físico-químico descrito e apresentado sob aquela forma geométrica, apresenta considerável resistência a modificar apreciavelmente suas dimensões quando submetido a tensões mecânicas de compressão ao longo do seu eixo em consequência da pequena capacidade de deformação que lhe é peculiar.

O MESTRADO

A sacarose extraída da cana de açúcar, que ainda não tenha passado pelo processo de purificação e refino, apresenta-se sob a forma de pequenos sólidos tronco-piramidais de base retangular, impressiona agradavelmente o paladar, lembrando a sensação provocada pela mesma sacarose produzida pelas abelhas em um peculiar líquido espesso e nutritivo. Entretanto, não altera suas dimensões lineares ou suas proporções quando submetida a uma tensão axial em consequência da aplicação de compressões equivalentes e opostas.

O GRADUADO

O açúcar, quando ainda não submetido à refinação e, apresentando-se em blocos sólidos de pequenas dimensões e forma tronco-piramidal, tem sabor deleitável da secreção alimentar das abelhas; todavia não muda suas proporções quando sujeito à compressão.

O MEDIANO
Açúcar não refinado, sob a forma de pequenos blocos, tem o sabor agradável do mel, porém não muda de forma quando pressionado.

ENSINO FUNDAMENTAL
Açúcar mascavo em tijolinhos tem o sabor adocicado, mas não é macio ou flexível.

OS SÁBIOS DO POVO
Rapadura é doce, mas não é mole, não!

148 – VAMOS ORAR?

ORAÇÃO DAS MULHERES:
"Querido Deus:
Até agora o meu dia foi bem: Não fiz fofoca, não perdi a paciência, não fui gananciosa, sarcástica, rabugenta, chata e nem irônica.
Não reclamei, não praguejei, não gritei, nem tive ataques de ciúmes...
Não comi chocolate...
Também não fiz débitos em meu cartão de crédito e não dei cheques parcelados...
Mas estou para levantar da cama a qualquer minuto...
E aí sim...
Vou precisar realmente da sua ajuda!!!!
AMÉM!!!"

ORAÇÃO DOS HOMENS:  (A MELHOR E VERDADEIRA...)...AMÉM

"Um brinde a nós, homens, portadores da inteligência e que nenhuma  mulher  sabe dar valor!
Que as nossas sejam nossas, que as deles sejam nossas, que as nossas nunca sejam deles, e que se forem deles, que sejam frias!!!
Bebo porque vejo no fundo deste copo a imagem da mulher amada...
Que a fonte nunca seque e que nossa sogra nunca se chame Esperança, porque Esperança é a última que morre!
Que nossa esposa seja rica, que as nossas amantes sejam gostosas e que elas nunca se encontrem.
Deus é 10, Romário é 11, uísque é 12, Zagallo é 13, e acima de 14 eu tô pegando!
Que sobre, nunca nos falte, e que a gente dê conta de todas,
AMÉM!!!"

147 – TROCA DE NOMES

O Tribunal de Justiça recebeu o seguinte requerimento: 
Esmeraldas, 5 de março de 2011 

Eu, Maria José Pinto, gostaria de saber da possibilidade de se abolir o sobrenome Pinto de meu nome, já que a presença do Pinto me tem deixado embaraçada em várias situações. 
Desde já antecipo agradecimento e peço deferimento. 
Maria José Pinto. 

Em resposta, o Tribunal lhe enviou a seguinte mensagem padrão: 
Cara Senhora Pinto, 
Sobre sua solicitação de remoção do Pinto, gostaríamos de lhe dizer que a nova legislação permite a retirada do seu Pinto, mas o processo é complicado. 
Se o Pinto tiver sido adquirido após o casamento, a retirada é mais fácil, pois, afinal de contas, ninguém é obrigado a usar o Pinto do marido se não quiser. 
Se o Pinto for de seu pai, se torna mais difícil, pois o Pinto a que nos referimos é de família e vem sendo usado por várias gerações. 
Se a senhora tiver irmãos ou irmãs, a retirada do Pinto a tornaria diferente do resto da família. 
Cortar o Pinto de seu pai pode ser algo que vá chateá-lo. 
Outro problema, porém, está no fato de seu nome conter apenas nomes próprios, e poderá ficar esquisito caso não haja nada para colocar no lugar do Pinto. 
Isso sem falar que, caso tenha sido adquirido com o casamento, as demais pessoas estranharão muito ao saber que a senhora não possui mais o Pinto de seu marido. 
Uma opção viável seria a troca da ordem dos nomes. 
Se a senhora colocar o Pinto atrás da Maria e na frente do José, o Pinto pode ser escondido, porque a senhora poderia assinar o seu nome como Maria P. José. 
Nossa opinião é a de que esse preconceito contra este nome já acabou há muito tempo e que, já que a senhora já usou o Pinto do seu marido por tanto tempo, não custa nada usá-lo um pouco mais. 
Eu mesmo possuo Pinto, sempre o usei e muito poucas vezes o Pinto me causou embaraços. 
Atenciosamente, 
Desembargador H. Romeu Pinto C. Bento - Tribunal de Justiça - Brasília/DF 

146 - BRIGA...

Briga durante o café:
Após uma discussão, o marido sai para o trabalho e grita-lhe:
- E fique sabendo que nem na cama você é boa!!!!!!!
Passado algum tempo, arrepende-se e liga para casa para pedir desculpas.
A mulher demora a atender.
- Por que é que demorou tanto para atender?
- Eu? Estava na cama - responde ela.
- Na cama, fazendo o quê, a uma hora dessa??
- Ouvindo uma segunda opinião...

145 – O CÃO E O COELHO

Eram dois vizinhos. Um deles comprou um coelho para os filhos. Os filhos do outro vizinho também quiseram um animal de estimação. O homem comprou um filhote de pastor alemão. 
Conversa entre os dois vizinhos: 
- Ele vai comer o meu coelho! 
- De jeito nenhum. O meu pastor é filhote. Vão crescer juntos, pegar amizade... 
E, parece que o dono do cão tinha razão. Juntos cresceram e se tornaram amigos. Era normal ver o coelho no quintal do cachorro e vice-versa. As crianças, felizes com os dois animais. 
Eis que o dono do coelho foi viajar com a família e o coelho ficou sozinho. No domingo, à tarde, o dono do cachorro e a família tomavam um lanche quando, de repente, entra o pastor alemão com o coelho entre os dentes, imundo, sujo de terra, morto. Quase mataram o cachorro de tanto agredi-lo, o cão levou uma surra! 
Dizia o homem: 
- O vizinho estava certo, e agora? Só podia dar nisso! 
Mais algumas horas e os vizinhos iam chegar. E agora?! Todos se olhavam. 
O cachorro, coitado, chorando lá fora, lambendo os seus ferimentos. 
- Já pensaram como vão ficar as crianças? 
Não se sabe exatamente quem teve a ideia, mas parecia infalível: 
- Vamos lavar o coelho, deixá-lo limpinho, depois a gente seca com o secador e o colocamos na sua casinha. 
E assim fizeram. Até perfume colocaram no animalzinho. Ficou lindo, parecia vivo, diziam as crianças. Logo depois ouvem os vizinhos chegarem. Notam os gritos das crianças. 
- Descobriram! 
Não passaram cinco minutos e o dono do coelho veio bater à porta, assustado. Parecia que tinha visto um fantasma. 
- O que foi? Que cara e essa? 
- O coelho, o coelho... 
- O que tem o coelho? 
- Morreu! 
- Morreu? Ainda hoje à tarde parecia tão bem. 
- Morreu na sexta-feira! 
- Na sexta? 
- Foi. 
Antes de viajarmos as crianças o enterraram no fundo do quintal e agora reapareceu! 
A história termina aqui. 
O que aconteceu depois não importa. Mas o grande personagem desta história é o cachorro. Imagine o coitado, desde sexta-feira procurando em vão pelo seu amigo de infância. Depois de muito farejar, descobre o corpo morto e enterrado. 
O que faz ele? 
Provavelmente com o coração partido, desenterra o amigo e vai mostrar para seus donos, imaginando fazer ressuscitá-lo. 
E o ser humano continua julgando os outros... Outra lição que podemos tirar desta história é que o homem tem a tendência de julgar os fatos sem antes verificar o que de fato aconteceu. 
Quantas vezes tiramos conclusões erradas das situações e nos achamos donos da verdade? 
Histórias como esta são para pensarmos bem nas atitudes que tomamos.

144 – PARA RIR, SEM MODERAÇÃO!

Para quem gosta de se automedicar - Remédios que deveriam estar nas prateleiras de todas as farmácias:

SEMANCOL 
Indicações: Tratamento da falta de noção em geral.
Contraindicações: Não há. Um pouco de Semancol provou-se benéfico a quaisquer usuários. 
Efeitos colaterais: Foram relatados alguns casos em que o uso de Semancol gera uma forte depressão logo nas primeiras semanas de uso. Normalmente porque o paciente passa a perceber o que fazia/era antes, então surta. Exemplos: "Oh, meu Deus. Eu usava mesmo a bota por cima da calça?!? Quero morreeeeeer!"

CHÁ DE SUMIÇO  
Indicações: Medicamento fitoterápico indicado em caso de incômodos agudos de fonte externa. Um saquinho de Chá de Sumiço é capaz de fazer o paciente desaparecer por completo durante um período de duas a três horas. 
Contraindicações: Não endossamos o uso do chá em casos de: perseguição policial, teste de paternidade, casamentos (civil ou religioso), dia de prova de matemática.
Efeitos colaterais: Após passar o efeito do chá, é comum que o problema externo ainda se mostre presente. Após o consumo do chá e ao fim do seu efeito, alguns pacientes relataram dor de cabeça por conta da chuva de perguntas do tipo "onde raios você se meteu???"

ESQUECIL
Indicações: Problemas de coração partido, traumas em geral, Copa do Mundo de 2006. 
Contraindicações: Pessoas casadas, garçons, gestantes loiras (podem esquecer da gravidez e acabar fazendo uma lipo na barriga). 
Efeitos colaterais: Esquecil apaga completamente a memória recente. Cuidado com a superdosagem! Há casos de usuários de Esquecil que alegaram intenção de votar no Lula.

DESGARGALHOL
Indicações: Muito indicado em casos de crises de riso súbitas e inapropriadas, como em velórios, missas, reuniões em que o chefe tem um feijãozinho no dente. 
Contraindicações: Para os momentos em que o chefe resolve contar piadinhas sem graça, para pessoas que trabalham como claque, mulatas globeleza e o Bira (do Programa do Jô). 
Efeitos colaterais: O uso contínuo endurece as feições, além de tornar a vida bem mais chata.

CTRL+ZOL
Indicações: Gafes e similares. Perfeito naqueles momentos logo após falar uma besteira tão grande que você tem vontade de arrancar sua cabeça, colocar num saco de papel e enterrar no quintal. 
Contraindicações: Não indicamos a aplicação do medicamento em promessas políticas, no pôquer e nem durante partidas de futebol - principalmente contra o meu Flamengo. 
Efeitos colaterais: A superdosagem trava o sistema nervoso central, sendo obrigatório o uso do medicamento Ctrl+Alt+Delina.

FICABONZIN 
Indicações: Criancinhas malcriadas e/ou hiperativas, em qualquer idade. Ficabonzin tem em sua fórmula Pesabundil , um composto capaz de criar uma sensação de peso nas nádegas dos pestinhas, mantendo-os sentadinhos no lugar, sem quebrar nada. Contém também antipentelhomicina, que provoca paralisia completa das cordas vocais, impedindo berros e manhas. 
Contraindicações: Adultos do sexo masculino, que com o tempo passam a produzir espontaneamente Pesabundil em seu organismo. Se você der Ficabonzin a um adulto destes, nunca mais o inútil se levanta do sofá. 
Efeitos colaterais: Maridos que usam Ficabonzin em suas esposas, com o intuito de calá-las e fazê-las ir menos ao shopping, devem saber que o Pesabundil pesa mesmo, e que depois de certa idade tudo o que muito pesa, cai!

------------------------------------------------------

Piada

O Mineiro Zé
Zé: Bença padre.
Padre: Deus o abençoe meu filho.
Zé: Padre, o Sr. lembra do João pintor?
Padre: É claro meu filho.
Zé: Pois é padre, o João veio a falecer,
Padre: Que pena, morreu de quê?
Zé: Moro numa rua sem saída e minha casa é a última. Ele desceu com o carro e bateu no muro de casa.
Padre: Coitado, morreu de acidente.
Zé: Não, ele bateu com o carro e voou pela janela. Caiu dentro do meu quarto e bateu a cabeça no meu guarda roupa de madeira.
Padre: Que pena, morreu de traumatismo craniano.
Zé: Não padre, ele tentou se levantar pegando na maçaneta da porta que se soltou e ele rolou escada abaixo.
Padre: Coitado, morreu de fraturas múltiplas.
Zé: Não padre, depois de rolar a escada ele bateu na geladeira, que caiu em cima dele.
Padre: Que tragédia, morreu esmagado.
Zé: Não, ele tentou se levantar e bateu as costas no fogão, a sopa que estava fervendo caiu em cima dele.
Padre: Coitado, morreu desfigurado.
Zé: Não padre, no desespero saiu correndo, tropeçou no cachorro e foi direto na caixa de força.
Padre: Que pena, morreu eletrocutado.
Zé: Não padre, morreu depois de eu dar dois tiros nele.
Padre: Filho, você matou o João?
Zé: Uai, o cara estava destruindo minha casa...

-----------------------------

Até que enfim, hem Joãozinho?

A professora esta tendo dificuldades com um dos alunos, (advinha quem, quem?)
Joãozinho qual é o seu problema?
Sou muito inteligente para estar no primeiro ano. Minha irmã está no terceiro ano eu sou mais inteligente do que ela. Eu quero ir para o terceiro ano também!
A professora, vendo que não vai conseguir resolver este problema, o manda para a diretoria. Enquanto o Joãozinho espera na antesala, a professora explica a situação para o diretor.
O diretor diz para a professora que vai fazer um teste com o garoto.
Como é certo que ele não vai conseguir responder a todas as perguntas, vai mesmo ficar no primeiro ano. A professora concorda. Chama o Joãozinho e explica-lhe que ele vai ter que passar por um teste e o menino aceita.
O Diretor pergunta para o Joãozinho:
Joãozinho, quanto é 3 vezes 3?
9
E quanto é 6 vezes 6?
36
O diretor continua com a bateria de perguntas que um aluno do terceiro ano deve saber responder. Joãozinho não comete erro algum, o diretor então diz para a professara:
Acho que temos mesmo que colocar o Joãozinho no terceiro ano A professora (conhecedora do comportamento do menino) diz: - Posso fazer algumas perguntas também?
O diretor e o Joãozinho concordam. A professora pergunta: - O que é que a vaca tem quatro e eu só tenho duas?
Joãozinho pensa um instante e responde:
PERNAS
Ela faz outra pergunta: - O que é que há nas suas calças que não há nas minhas?
O diretor arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper....
BOLSOS  (responde o Joãozinho)
Mais uma = O que é que entra na frente da mulher e que só pode entrar atrás do homem?
Estupefato com os questionamentos, o diretor prende a respiração....
A LETRA M . (responde Joãozinho)
A professora continua a arguição:
Onde é que a mulher tem o cabelo mais enrolado?
NA ÁFRICA (responde Joãozinho de primeira)
E continua:
O que é que entra duro e saí mole pingando?
O diretor apavorado. E o Joãozinho responde
O MACARRÃO NA PANELA
E a professora não para:
O que é que começa com B, tem C no meio, Termina com A e para ser usada é preciso abrir as pernas?
O diretor fica paralisado. E o Joãozinho responde:
A BICICLETA.
E a professora continua:
Qual o monossílabo tônico que começa com a letra C termina com a letra U e ora está sujo ora está limpo?
O diretor começa a suar frio.
O CÉU, professora
O que é que começa com C tem duas letras, um buraco no meio e eu já dei para varias pessoas?
CD
Não mais se contendo , o diretor interrompe, respira aliviado e diz para a professora:
P... Q.. P....! Põe esse moleque como diretor, pois eu errei todas!!!

--------------------------------------------

Saiu no New York Times

Gerentes de uma editora americana estão tentando descobrir por que ninguém  notou que um dos seus Empregados estava morto, sentado à sua mesa havia CINCO DIAS, até que alguém perguntou se ele estava bem. 
George Turklebaum, 51, que trabalhava como revisor em uma firma de Nova York há 30 anos, sofreu um ataque cardíaco no andar onde trabalhava (andar  aberto, sem divisórias) com outros 23 funcionários. 
Ele morreu na segunda-feira, mas ninguém notou até o sábado seguinte pela manhã, quando um funcionário da limpeza o questionou por que ainda estava trabalhando no final de semana. Seu chefe, Elliot Wachiaski, disse: "O George era sempre o primeiro a chegar todo dia e o último a sair no final do expediente. Ele estava sempre envolvido no seu trabalho e o fazia sozinho." Ironicamente, George estava revisando um livro médico quando morreu. 
Sugestão: De vez em quando balance a cabeça para os seus colegas de trabalho terem certeza de que você está vivo. E...
Moral da História: "Não trabalhe demais. Ninguém nota mesmo... Só quando você atrapalha a faxina..."

------------------------------------------

Uma questão de perspectiva 

Um mendigo se aproxima de uma loira cheia de sacolas de compras da Daslu, e diz: - Madame, eu estou sem comer há 4 dias. 
E a madame: 
- Meu Deus! Como eu gostaria de ter a sua força de vontade!

-------------------------------------------------------

143 – A BULA DO VIAGRA! 

- Vai, Horácio. Toma logo. 
- Eu não tomo nada sem antes ler a bula. Cadê meus óculos? 
- Pendurados no seu pescoço. 
- Isso é ridículo, Maria Helena. Ridículo!!! 
- Então, todos os homens da sua idade são ridículos. Porque todos estão tomando! E não me puxa esse lençol, fazendo o favor. Olha aí o bololô que você me faz nas cobertas! 
- A humanidade conseguiu crescer e se multiplicar durante milênios sem isso. Nós dois crescemos e nos multiplicamos sem isso. Taí o Pedro Paulo, taí o Zé Augusto que não me deixam mentir. Fora aquele aborto que você fez. 
- Horácio, eu não vou discutir isso com você agora. Toma logo esse negócio. 
- Isso aqui faz mal prô coração, sabia? Um monte de gente já morreu tentando dar uma trepadinha farmacêutica. 
- Foi por uma boa causa. E não faz mal coisa nenhuma. Só pra quem é cardíaco e toma remédio. Você não é cardíaco. Nem coração você tem mais. 
- Não começa, Maria Helena, não começa. 
- Pode ficar sossegado que você não vai morrer do coração por causa dessa pilulinha. Eu vi num programa do GNT um velhinho de 92 anos que toma isso todo dia. 
- Sério? 
- Preciso de sexo, Horácio. 
- Mas hoje é segunda, Maria Helena... 
- Quero trepar!!! Foder!!! Ser comida por um macho de pau duro!!!
- Francamente, Maria Helena, que boca. Parece que saiu da zona. 
- Quero ser penetrada, quero gozar. 
- O sexo é uma ditadura, Maria Helena A gente tá na idade de se livrar dela. 
- Saudades da dita dura. Olha só, você me fez fazer um trocadilho de merda. 
- Além do mais, Maria Helena, nós já tivemos um número mais do que suficiente de relações sexuais na vida, por qualquer padrão de referência, nacional ou estrangeiro. A quantidade de esperma que eu já gastei nesses anos todos com você dava pra encher a piscina aqui do prédio. 
- Com o esperma que você ordenhou manualmente, talvez. O que o senhor gastou comigo não daria nem pra encher o bidê aqui de casa. Um penico, talvez. Até a metade. 
- Maria Helena... 
- E faz quase um ano que não pinga uma gota lá dentro! 
- Sossega o facho, mulher. Vai fazer ioga, tai chi chuan. Já ouviu falar em feng shui, bonsai, shiatsu ? Arranja um cachorro. Quer um cachorro? Uma salsichinha? 
- Quero um salsichão, Horácio. Olha aí: outra piadinha infame. 
- É porque você está com idéia fixa nessa porcaria. 
- Que porcaria? 
- O sexo, Maria Helena, o sexo. 
- Sabe o que mais que deu naquele programa sobre sexo, Horácio? 
- Não estou interessado. 
- Deu que as mulheres com vida sexual ativa têm muito menos chance de ter câncer. É científico. 
- Come brócolis que é a mesma coisa, Maria Helena. Protege contra tudo que é câncer. Também é científico, sabia? E puxado no azeite, com alho, fica uma delícia. 
- A que ponto chegamos, Horácio. Eu falando de sexo e você me vem com brócolis puxado no azeite! 
- Com alho. 
- Faça-me o favor, Horácio. 
- Maria Helena escuta aqui, você já tem 50 anos, minha filha, dois filhos adultos, já tirou um ovário, já... 
- Não fiz 50 ainda. Não vem não. E o que é que filho e ovário têm a ver com sexo? 
- Maria Helena, me escuta. Depois de uma certa idade, as mulheres não precisam mais de sexo. 
- Ah, não? Quem decidiu isso? 
- Sexo nessa idade é pras imaturas. Pras deslumbradas, pras iludidas que não sabem envelhecer com dignidade. 
- Prefiro envelhecer com orgasmos
- O que é que o Freud não diria de você, Maria Helena. 
- E de você, então, Horácio? No mínimo, que você virou gay depois de velho. Boiola. 
- Maria Helena! Faça-me o favor. Eu tenho que ouvir isso na minha própria casa, na minha própria cama, diante da minha própria televisão? 
- Aliás, gay gosta de trepar. É o que eles mais gostam de fazer. Você virou outra coisa, sei lá o quê. Um pingüim de geladeira, talvez. 
- Maria Helena, dá um tempo, tá? Tenho mais o que fazer. 
- Fazer? Essa é boa. O que é que um bancário aposentado com salário integral tem pra fazer na vida, posso saber?  Ficar jogando bilhar a tarde inteira?
- Sem comentários, Maria Helena, sem comentários. 
- Tá bom, sem comentários. Bota os óculos e lê duma vez essa bendita bula. 
- Só que precisa de dois óculos pra ler isso. Olha só o tamanhico da letra. Se é um negócio pra velho, deviam botar uma letra bem grande. Pelo menos isso. 
- Vira o foco do abajur para cá... assim... melhorou? 
- Abaixa essa televisão também. Não consigo me concentrar ouvindo novela. Mais. Mais um pouco. 
- Pronto, patrãozinho. Sem som. Vai, lê duma vez. 
- O princípio ativo do medicamento é o citrato de sildenafil. 
- Sei. 
- Veículos excipientes: celulose microcristalina... 
- Celulose vem da madeira. Pau, portanto. Bom sinal. 
- Onde foi parar a sua pouca educação, Maria Helena? 
- Vai lendo, Horácio. Depois conversamos sobre a minha pouca educação.. 
- Cros... camelose sádica. Croscamelose. Castrepa, Maria Helena. Eu me recuso a tomar um troço com esse nome. Deve ser alguma secreção de camelo. Se não for coisa pior. 
- Não é camelose. Num tá vendo aí? É caRmelose. Deve ser algum adoçante artificial. Pro seu pau ficar doce, meu bem. 
- Putz. Só rindo mesmo. A menopausa acabou com a sua lucidez, Maria Helena. 
- Troco toda a lucidez do mundo por um pau tinindo de tesão por mim. 
- Absurdo, absurdo. 
- Que mais, que mais, Horácio? 
 Dióxido de titânio. 
- Ah, titânio. Pro negócio ficar bem duro. 
- índigo carmim... 
- índigo? Deve ser o que dá o azul da pilulinha. 
- Será que esse negócio não vai deixar o meu pau azul, Maria Helena? 
- E daí, se deixar? Você não sai por aí exibindo o seu pênis, que eu saiba. Ou sai? 
- Mas, e se eu for a um mictório público? o que é que o cara ao lado não vai pensar do meu pinto azul? 
- Diz que você é um alienígena, ora bolas. Que o seu corpo está pouco a pouco se adaptando à Terra, que ainda faltam alguns detalhes. Ou explica que você é um nobre, de sangue e pinto azul. Ou não diz nada, ora bolas. Acaba de mijar, guarda o pinto azul e vai embora, pô. 
- Escuta. Agora vem a parte que explica como esse petardo funciona. 
- Isso. Quero ver esse petardo funcionando direitinho. 
- Presta atenção. 'O óxido nítrico, responsável pela ereção do pênis, ativa a enzima guanilato ciclase, que, por sua vez, induz um aumento dos níveis de monofosfato de guanosina cíclico, produzindo um relaxamento da musculatura lisa dos corpos cavernosos do pênis e permitindo assim o influxo de sangue:' Cacete. Corpos cavernosos Já pensou, Maria Helena? Corpos cavernosos sendo inundados de sangue? Puro Zé do Caixão. 
- Corpo cavernoso só pode ser herança do homem das cavernas. Vocês homens evoluem muito lentamente. 
- Pára de viajar, Maria Helena. Parece que fumou maconha. 
- Não era má idéia. Pra relaxar. Vou roubar do Pedro Paulo. Eu sei onde ele esconde. Podíamos fumar juntos. 
- Eu já tô relaxado. Tô até com sono, pra falar a verdade. 
- Lê, lê, lê, lê aí. Você já dormiu tudo a que tinha direito nessa vida. 
- Vou ler. 'Todavia, o sildenafil não exerce um efeito relaxante diretamente sobre os corpos cavernosos..:' 
- Não? 
- Não, Maria Helena. Ele apenas 'aumenta o efeito relaxante do óxido nítrico através da inibição da fosfodiesterase-5, a qual' - veja bem, Maria Helena, veja bem - 'a qual é a responsável, pela degradação do monofosfato de guanosina cíclico no corpo cavernoso?'. Ouviu isso? 
- Degradação, Maria Helena. Dentro dos meus próprios corpos cavernosos. Degradante.. 
- Degradante é pau mole. 
- Olha o nível, Maria Helena! Olha o nível!! Vamos ver os efeitos colaterais. Olha lá: dor de cabeça. Você sabe muito bem que se tem uma coisa que eu não suporto na vida é dor de cabeça. 
- Na cultura judaico-cristã é assim mesmo, Horácio. Pra cabeça de baixo gozar, a de cima tem que padecer. 
- Não me venha com essa sua erudição de internet, Maria Helena. Estamos off-line. 
- Deixa de ser criança, Horácio. Se der dor de cabeça você toma um Tylenol, reza uma ave-maria, canta o 'Hava Naguila' que passa. 
- Outro efeito colateral: rubor. Rá, rá. Vou ficar com cara de quê, Maria Helena? De camarão no espeto? 
- Se for camarão com espeto, tá ótimo. Que mais, que mais? 
- Enjôos. Ó céus! Enjôos... 
- Você sempre foi um tipo enjoado, Horácio. Ninguém vai notar a diferença. 
- Vamos ver o que mais... hum.. dispepsia. Que lindo. Vou trepar arrotando na sua cara. 
- Você me come por trás. Arrota na minha nuca. 
- É brincadeira... É essa a sua idéia de amor, Maria Helena? 
- Isso não tem nada a ver com amor, Horácio. Já disse: é profilaxia contra o câncer. E arrotar, você já arrota mesmo o dia inteiro, sem a menor cerimônia. Na mesa, na sala, em qualquer lugar. 
- Como se você não arrotasse, Maria Helena. 
- Mas não fico trombeteando os meus arrotos. Isso é coisa de machão broxa. Em vez de trepar com a esposa, fica arrotando alto pra se sentir o cara do pedaço. 
- Como você é simplória, Maria Helena, como você é... menor. Desculpe, mas acho que o seu cérebro anda encolhendo, sabia? Ou mofando. Ou as duas coisas. 
- Vai, Horácio, chega de conversa mole. E de pau idem. Pula os efeitos colaterais. 
- Como, 'pula os efeitos colaterais'? É porque não é você quem vai tomar essa meleca, né? Vou ler até o fim. Os efeitos colaterais são a parte mais importante. Olha lá: gases. Que é que tá rindo aí? 
- Do efeito cu-lateral. Desculpa. Esse foi de propósito. Não agüentei.. 
- Admiro seu humor refinado, Maria Helena. Torna você uma mulher tão mais sedutora, sabia? 
- Obrigada, Horácio.' Agora, quanto aos seus gases, pode relaxar o esfíncter, meu filho. Numa boa. Tô tão acostumada que até sinto falta quando estou sozinha. Sério. Fico pensando: Ah, se o Horácio estivesse aqui agora pra soltar uma bufa de feijoada com cerveja na minha cara... 
- Maria Helena, qualquer dia você vai ganhar o Oscar da vulgaridade universal. 
- Vou dedicar a você. 
- Vamos ver que mais temos aqui em matéria de efeitos colaterais. Ah! Congestão nasal. Que gracinha. Vou ficar fanho, que nem o Donald. Qüém, qüém. Qüém. 
- Um pateta com voz de pato. Perfeito. 
- Ridículo. Absurdo. Idiota. 
- Ridículo você já é, Horácio. E quem não é? Além do mais, é só calar a boca que você não fica fanho. 
- Ah, tá. E se eu quiser falar alguma coisa na hora? 
- Você não diz nada de interessante há mais de dez anos, Horácio. Vai dizer justo na hora de trepar? 
- Eu não nasci para dizer coisas interessantes a você, Maria Helena. 
- Já percebi. 
- Hum. Ouve só; diarréia! 
- Quê? 
- É outro efeito colateral dessa bomba aqui. Fala sério, Maria Helena. Isto aqui é um veneno. Não sei como eles vendem sem receita. 
- Deixa de ser pueril, Horácio. Magina se alguém vai ter todos os efeitos colaterais ao mesmo tempo. No máximo um ou dois. 
- A caganeira e os arrotos, por exemplo? Ou a ânsia de vômito e os gases? 
- Faz um cocozinho antes. Pra esvaziar! Agora, Horácio. Eu espero. 
- Eu não estou com vontade de fazer cocozinho nenhum, Maria Helena. Faça-me o favor. E olha aqui, mais um efeito colateral: visão turva. 
- Você bota os seus óculos de leitura. E que tanto você quer ver que já não viu? 
- Maria Helena, você não entendeu? Essa droga perturba seriamente a visão. Vou ficar cego por sei lá quantas horas, quantos dias. E tudo por causa de uma reles trepadinha? E se a minha visão não voltar? Vou andar de bengala branca pro resto da vida? 
- Pode deixar que eu guio a sua bengala, Horácio. Olha, pensa no lado bom da cegueira: você vai poder me imaginar 20 anos mais moça. Trinta, se quiser. 
- Maria Helena, desisto. Não vou tomar essa porcaria e tá acabado. 
- Dá aqui essa cartela, Horácio. Abre a boca. Pronto. Engole. Olha a água aqui. Isso. Que foi? Engasgou, amor?! Tosse pra lá,ô! Me borrifou toda! Que nojo! Quer que bata nas suas costas?   Ai, meu Deus! Horácio? Você está bem? Respira fundo! Isso, isso... E aí, amor? Melhorou? Morrer afogado num copo d'água ia ser idiota demais, até prum cara como   você. 
- Arrr! E com essa pílula monstruosa entalada na garganta, ainda por cima! Ufff! Me dá mais água 
- Quanto tempo isso aí demora pra fazer efeito? 
- Isso aí o quê? 
- A pílula, Horácio, a pílula. 
- E eu sei lá? 
- Vê na bula, Horácio. 
- Hum... tá aqui: 30 minutos. 
- Ótimo. Dá tempo de ver o fim da minha novela.

 142 - ABRAÇANDO A IMPERFEIÇÃO (Autor Desconhecido)

Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, na hora do jantar. E eu me lembro, especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho muito duro. 
Naquela noite longínqua, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas bastante queimadas, defronte ao meu pai. Eu me lembro de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato. Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia, na escola. 
Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geléia e engolindo cada bocado. 
Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por haver queimado a torrada. E eu nunca esquecerei o que ele disse: 
- Baby, fica tranquila, eu adoro torrada queimada. 
Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada. Ele me envolveu em seus braços e me disse: 
- Companheiro, sua mãe teve hoje, um dia de trabalho muito pesado e estava realmente cansada. Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas também não são perfeitas. E eu também não sou um melhor empregado, ou cozinheiro! 
O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros. 
Essa é a minha oração para você, hoje. Mantenha a neutralidade e a conexão. Que possa aprender a levar o bem, o mal, as partes feias de sua vida colocando-as aos pés do Criador. Porque afinal, Ele é o único que poderá lhe dar um relacionamento no qual uma torrada queimada não seja um evento destruidor. 
De fato, poderíamos estender esta lição para qualquer tipo de relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos, e com amigos. 
Não ponha a chave de sua felicidade no bolso de outra pessoa, mas no seu próprio. 
Veja pelos olhos de Deus e sinta pelo coração dEle; você apreciará o calor de cada alma, incluindo a sua. 
As pessoas sempre se esquecerão do que você lhes fez, ou do que lhes disse, mas nunca esquecerão o modo pelo qual você as acolheu e valorizou. 


141 - COMO UM ENGENHEIRO CONTA ESTÓRIA PARA O FILHO DORMIR:

O filho quer dormir e pede ao pai (engenheiro) para contar uma estória e ele conta a dos três porquinhos.
"Meu Filho, era uma vez três porquinhos, P1, P2 e P3, e um Lobo Mau, por definição, LM, que os vivia atormentando.
P1 era sabido e já era formado em Engenharia.
P2 era arquiteto e vivia em fúteis devaneios estéticos, absolutamente desprovidos de cálculos rigorosos.
P3 fazia Estilismo e Moda na ECA.
LM, na Escala Oficial da ABNT para medição da Maldade (EOMM), era Mau nível 8,75 (arredondando a partir da 3ª casa decimal para cima). LM também era um mega investidor imobiliário sem escrúpulos e cobiçava a propriedade que pertencia aos Pn (onde 'n' é um número natural e varia entre 1 e 3), visto que o terreno era de boa conformidade geológica e configuração topográfica, localizado próximo à Granja Viana.
Mas, nesse promissor perímetro, P1 construiu uma casa de tijolos, sensata e logicamente planejada, toda protegida e com mecanismos automáticos.
Já P2 montou uma casa de blocos articulados feitos de mogno, que mais parecia um castelo lego tresloucado.
Enquanto P3 planejou no Autocad e montou ele mesmo, com barbantes e isopor como fundamentos, uma cabana de palha com teto solar, e achava aquilo 'o máximo'.
Um dia, LM foi até a propriedade dos suínos e disse, encontrando P3:
- 'Uahahhahaha, corra, P3, porque vou gritar, e vou gritar e chamar o CREA para denunciar sua casa de palha projetada por um formando em Comunicação e Expressão Visual !'
Ao que P3 correu para sua amada cabana, mas quando chegou lá os fiscais do CREA já haviam posto tudo abaixo. Então P3 correu para a casa de P2.
Mas quando chegou lá, encontrou LM à porta, batendo com força e gritando:
- 'Abra essa porta, P2, ou vou gritar, gritar e gritar e chamar o Greenpeace, para denunciar que você usou madeira nobre de áreas não-reflorestadas e areia de praia para misturar no concreto.'
Antes que P2 alcançasse a porta, esta foi posta a baixo por uma multidão ensandecida de eco-chatos que invadiram o ambiente, vandalizaram tudo e ocuparam os destroços, pixando e entoando palavras de ordem.
Ao que segue P3 e P2 correm para a casa de P1. Quando chegaram na casa de P1, este os recebe, e os dois caem ofegantes na sala de entrada.
P1: - 'O que houve?'
P2: - 'LM, lobo mau por definição, nível 8.75, destruiu nossas casas e desapropriou os terrenos.'
P3: - 'Não temos para onde ir. E agora, que eu farei? Sou apenas um formando em Estilismo e Moda!'
Tum-tum-tum - tum-tuuummm!!!! (isto é somente uma simulação de batidas à porta, meu filho! o som correto não é esse.)
LM: - 'P1, abra essa porta e assine este contrato de transferência de posse de imóvel, ou eu vou gritar e gritar e chamar os fiscais do CREA em cima de você!!! e se for preciso até aquele tal de CONFEA.'
Como P1 não abria (apesar da insistência covarde do porco arquiteto e do...do... estilista), LM chamou os fiscais.
Quando estes lá chegaram, encontraram todas as obrigações e taxas pagas e saíram sem nada argüir. Então LM gritou e gritou pela segunda vez, e veio o Greenpeace, mas todo o projeto e implementação da casa de P1 era ecologicamente correta.
Cansado e esbaforido, o vilão lupino resolveu agir de forma irracional (porém super comum nos contos de fada): ele pessoalmente escalou a casa de P1 pela parede, subiu até a chaminé e resolveu entrar por esta, para invadi-la.
Mas quando ele pulou para dentro da chaminé, um dispositivo mecatrônico instalado por P1 captou sua presença por um sensor térmico e ativou uma catapulta que impulsionou com uma força de 33.300 N (Newtons) LM para cima com uma inclinação de 32,3° em relação ao solo.
Este subiu aos céus, numa trajetória parabólica estreita, alcançando o ápice, aonde sua velocidade vertical chegou a zero, a 200 metros do chão.
Agora, meu filho, antes que você pegue num repousar gostoso e o Papai te cubra com este edredom macio e quente, admitindo que a gravidade vale 9,8 m/s², calcule:
a) a massa corporal do lobo.
b) o deslocamento no eixo 'x' do lobo, tomando como referencial a chaminé.
c) a velocidade de queda de LM quando este tocou o chão (considere o atrito pela resistência do ar).
Boa noite!"\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

140 – VERANEIO NO SUL (PAULO WAINBERG)
Está chegando o verão e com ele o veraneio, como chamamos aqui no Sul. 
Não sei se vocês, de outros Estados, sabem, mas temos o mais fantástico litoral do País: de Torres ao Chuí, uma linha reta, sem enseadas, baias, morros, reentrâncias ou recortes. Nada! 
Apenas uma linha reta, areia de um lado, o mar do outro. 
Torres, aliás, é um equívoco geográfico, contrário às nossas raízes farroupilhas e devia estar em Santa Catarina. 
Característica nossa, não gostamos de intermediários. 
Nosso veraneio consiste em pisar na areia, entrar no mar, sair do mar e pisar na areia. 
Nada de vistas deslumbrantes, vegetações verdejantes, montanhas e falésias, prainhas paradisíacas e outras frescuras cultivadas aí para cima. 
O mar gaúcho não é verde, não é azul, não é turquesa. 
É marrom! 
Cor de barro iodado é excelente para a saúde e para a pele! E nossas ondas são constantes, nem pequenas nem gigantes, não servem para pegar jacaré ou furar onda. O solo do nosso mar é escorregadio, irregular, rico em buracos. Quem entra nele tem que se garantir. 
Não vou falar em inconvenientes como as estradas engarrafadas, balneários hiper-lotados, supermercados abarrotados, falta de produtos, buzinaços de manhã de tarde e de noite, areia fervendo, crianças berrando, ruas esburacadas, tempestades e pele ardendo, porque protetor solar é coisa de fresco e em praia de gaúcho não tem sombra. Nem nos dias de chuva, quase sempre nos fins-de-semana, provocando o alegre, intermitente, reincidente e recorrente coaxar dos sapos e assustadoras revoadas de mariposas. 
Dois ventos predominam, em nosso veraneio: o nordeste – também chamado de nordestão – e o sul, cuja origem é a Antártida. 
O nordestão é vento com grife e estilo.... estilo vendaval. 
Chega levantando areia fina que bate em nosso corpo como milhões de mosquitos a nos pinicar. Quem entra no mar, ao sair rapidamente se transforma no – como chamamos com bom-humor – veranista à milanesa. A propósito, provoca um fenômeno único no universo, fazendo com que o oceano se coloque em posição diagonal à areia: você entra na água bem aqui e quando sai, está a quase um quilômetro para sul. Essa distância é variável, relativa ao tempo que você permanecer dentro da água. 
Outra coisa: nosso mar é pra macho! 
Água gelada vai congelando seus pés e termina nos cabelos. Se você prefere sofrer tudo de uma vez, mergulhe e erga-se, sabendo que nos próximos quinze minutos sua respiração voltará ao normal: é o tempo que leva para recuperar-se do choque térmico. 
Noventa por cento do nosso veraneio é agraciado pelo nordestão que, entre outras coisas, promove uma atividade esportiva praiana, inusitada e exclusiva do Sul: Caça ao guarda-sol. Guarda-sol, você sabe, é o antigo guarda-sol, espécie de guarda-chuva de lona, colorida de amarelo, verde, vermelho, cores de verão, enfim, cujo cabo tem uma ponta que você enterra na areia e depois senta embaixo, em pequenas cadeiras de alumínio que não aguentam seu peso e se enterram na areia. 
Chega o nordestão e... lá se vai o guarda-sol, voando alegremente pela orla e você correndo atrás. Ganha quem consegue pegá-lo antes de ele se cravar na perna de alguém ou desmanchar o castelo de areia que, há três horas, você está construindo com seu filho de cinco anos. 
O vento sul, por sua vez, é menos espalhafatoso. Se você for para a praia de sobretudo, cachecol e meias de lã, mal perceberá que ele está soprando. É o vento ideal para se comprar milho verde e deixar a água fervente escorrer em suas mãos, para aquecê-las. 
Raramente, mas acontece, somos brindados com o vento leste, aquele que vem diretamente do mar para a terra. Aqui no Sul, chamamos o vento leste de ‘vento cultural’, porque quando ele sopra, apreendemos cientificamente como se sentem os camarões cozinhados ao bafo. 
E, em todos os veraneios, acontece aquele dia perfeito: nenhum vento, mar tranquilo e transparente, o comentário geral é: “foi um dia de Santa Catarina, de Maceió, de Salvador” e outras bichices. Esse dia perfeito quase sempre acontece no meio da semana, quando quase ninguém está lá para aproveitar. Mas fala-se dele pelo resto do veraneio, pelo resto do ano, até o próximo verão. 
Morram de inveja, esta é outra das coisas de gaúcho! 
Atenta a essas questões, nossa indústria da construção civil, conhecida mundialmente por suas soluções criativas e inéditas, inventou um sistema maravilhoso que nos permite veranear no litoral a uma distância não inferior a quinhentos metros da areia e, na maioria dos casos, jamais ver o mar: os famosos condomínios fechados. 
A coisa funciona assim: a construtora adquire uma imensa área de terra (areia), em geral a preço barato porque fica longe do mar, cerca tudo com um muro e, mal começa a primavera, gasta milhares de reais em anúncios na mídia, comunicando que, finalmente agora você tem ao seu dispor o melhor estilo de veranear na praia: longe dela. Oferece terrenos de ponta a ponta, quanto mais longe da praia, mais caro é o terreno. Você vai lá e compra um. 
Enquanto isso a construtora urbaniza o lugar: faz ruas, obras de saneamento, hidráulica, elétrica, salão de festas comunitário, piscina comunitária com águas térmicas, jardins e até lagos e lagoas artificiais onde coloca peixes para você pescar. Sem falar no ginásio de esportes, quadras de tênis, futebol, futebol-sete, se o lago for grande, uma lancha e um professor para você esquiar na água e todos os demais confortos de um condomínio fechado de Porto Alegre, além de um sistema de segurança quase, repito, quase invulnerável. 
Feliz proprietário de um terreno, você agora tem que construir sua casa, obedecendo é claro ao plano-diretor do condomínio que abrange desde a altura do imóvel até o seu estilo. 
O que fazemos nós, gaúchos, diante dessa fabulosa novidade? Aderimos, é claro. 
Construímos as nossas casas que, de modo algum, podem ser inferiores às dos vizinhos, colocamos piscinas térmicas nos nossos terrenos para não precisar usar a comunitária, mobiliamos e equipamos a casa com o que tem de melhor, sobretudo na questão da tecnologia: internet, TV à cabo, plasma ou LCD, linhas telefônicas, enfim, veraneamos no litoral como se não tivéssemos saído da nossa casa na cidade. 
Nossos veraneios costumam começar aí pela metade de janeiro e terminar aí pela metade de fevereiro, depende de quando cai o Carnaval. Somos um povo trabalhador, não costumamos ficar parados nas nossas praias. 
Vamos para lá nas sextas-feiras de tarde e voltamos de lá nos domingos à noite. Quase todos na mesma hora, ida e volta. 
É assim que, na sexta-feira, pelas quatro ou cinco da tarde, entramos no engarrafamento. Chegamos ao nosso condomínio lá pelas nove ou dez da noite. Usufruímos nosso novo estilo de veranear no sábado – manhã, tarde e noite – e no domingo, quando fechamos a casa. 
Adoramos o trabalhão que dá para abrir, arrumar e prover a casa na sexta de noite, e o mesmo trabalhão que dá no domingo de noite. 
E nem vou contar quando, ao chegarmos, a geladeira estragou, o sistema elétrico pifou ou a empregada contratada para o fim-de-semana não veio. 
Temos, aqui no Sul, uma expressão regional que vou revelar ao resto do mundo: 
-Graças a Deus que terminou esta bosta de veraneio! 

139 - DIÁRIO DE UMA LOIRA NA AUTO ESCOLA
5 de Janeiro
Passei no exame de direção! 
Posso agora dirigir o meu próprio carro, sem ter que ouvir as recomendações dos instrutores, sempre dizendo: 'por aí é sentido proibido!', 'vamos sair da contramão!', 'olha a velhinha!', 'freia! freia!', e outras coisas do gênero. Nem sei como aguentei estes últimos dois anos e meio...
_____________________________
8 de Janeiro
A Auto-Escola fez uma festa de despedida para mim! Fiquei muito emocionada! Os instrutores nem sequer deram aulas! Um deles disse que ia à missa... Juro que vi outro com lágrimas nos olhos e todos disseram que iam embebedar-se, para comemorar. Achei simpática a despedida, mas penso que a minha carteira não merecia tal exagero. Eles foram muito generosos! Umas gracinhas mesmo!
_____________________________
12 de Janeiro
Comprei meu carro e, infelizmente, tive que deixá-lo na concessionária para substituir o para-choque traseiro, pois, quando tentei sair, engatei marcha a ré ao invés da primeira. Deve ser falta de prática! ´Também... há uma semana que não dirijo... 
_____________________________
14 Janeiro
Já tenho o carro. Fiquei tão feliz ao sair da concessionária, que resolvi dar um passeio. Parece que muitos outros tiveram a mesma ideia, pois fui seguida por inúmeros automóveis, todos buzinando como num casamento. Para não parecer antipática, entrei na brincadeira e reduzi a velocidade de 10 para 5 km por hora. Os outros gostaram e buzinaram ainda mais. Foi muito legal...
_______________________________
22 Janeiro
Os meus vizinhos são impecáveis. Colocaram “posters” avisando em grandes letras 'ATENÇÃO ÀS MANOBRAS' e marcaram, com tinta branca fluorescente, um lugar bem espaçoso para eu estacionar e, para minha segurança e conforto, proibiram os filhos de saírem à rua enquanto durassem as manobras. Penso que é tudo para não me perturbarem. Ainda há gente boa neste mundo...
_______________________________
10 de Fevereiro
Os outros motoristas tem hábitos estranhos.
Além de acenarem muito, estão sempre gritando. 
Não escuto nada, por estar com os vidros fechados, mas parece que querem dar informações. Digo isto porque julgo ter percebido, através de leitura labial, um deles dizendo: 'Vai para casa '. Não sei como ele adivinhou para onde eu ia! Acho isso espantoso. De qualquer modo, quando eu descobrir onde fica o botão que desce os vidros, vou tirar muitas dúvidas.
________________________________
19 de Fevereiro
A Cidade é muito mal iluminada. Fiz hoje meu primeiro passeio noturno e tive de andar sempre com o farol alto aceso, para ver direito. Todos os motoristas com quem cruzei pareciam concordar comigo, pois também ligaram o farol alto e alguns chegaram mesmo a acender outros faróis que tinham. Só não entendi a razão das buzinadas. Talvez para espantar algum bicho. Sei lá.
________________________________
26 de Fevereiro
Hoje me envolveram num acidente. Entrei numa rotatória e como tinha muito carro (não quero exagerar mas deviam ser, no mínimo, uns quatro!), não consegui sair. Fui dando voltas bem juntinho ao centro, à espera de uma oportunidade, de tal forma que acabei por ficar tonta, e bati no monumento no centro da rotatória. Acho que deviam limitar a circulação nas rotatórias a um carro de cada vez.
________________________________
3 de Março
Estou em maré de azar. Fui buscar o carro na oficina e, logo na saída, troquei os pés, acelerando fundo em vez de frear. Bati num carro que ia passando, amassando todo o lado direito. O motorista, por coincidência, era o Inspetor que me aprovou no exame de direção. Um bom homem, sem dúvida. Insisti em dizer que a culpa era minha, mas ele educadamente, não parava de repetir para si mesmo: 'É tudo minha culpa! É tudo minha culpa! Que Deus me perdoe!'

138 – COMO SE DIVERTIR NO SUPERMERCADO...

PORQUE AS MULHERES NÃO DEVEM LEVAR OS HOMENS PARA AS COMPRAS 
Depois que me aposentei, minha mulher insiste que eu a acompanhe quando vai fazer compras no supermercado.

Infelizmente, como a maioria dos homens, eu acho que fazer compras é chato e tenho que ficar inventando formas de passar o tempo. E a minha mulher é igual à maioria das mulheres, fica horas fazendo compras. Resultado: ontem, minha querida esposa recebeu a seguinte carta do Big:
Cara Sra. Souza,
Durante os últimos seis meses, seu marido tem causado grandes transtornos em nossa loja. Não podemos mais tolerar seu comportamento e, portanto, somos obrigados a proibir sua entrada. Nossas queixas contra seu marido estão listadas abaixo e documentadas através de nossas câmeras do circuito interno.
01. 15/Junho: Pegou 24 caixas de preservativos e colocou-as nos carrinhos de compra de outros consumidores enquanto não prestavam atenção.
02. 02/Julho: Acertou TODOS os alarmes da seção de relógios para tocarem a intervalos de 5 minutos.
03. 07/Julho: Fez uma trilha de molho de tomate pelo chão da loja indo até o banheiro feminino.
04. 19/Julho: Dirigiu-se a uma funcionária e disse em tom oficial: 'Código 3 na seção de Utilidades Domésticas. Dirija-se imediatamente para lá'. Isto fez com que a funcionaria abandonasse seu posto e fosse repreendida pelo gerente, o que resultou em um grave incidente com o sindicato dos empregados.
05. 14/Agosto: Moveu o aviso de 'Cuidado, Piso Molhado' para a seção de carpetes.
06. 15/Agosto: Disse para as crianças que acompanhavam os clientes que elas poderiam brincar nas barracas da seção de camping se trouxessem travesseiros e cobertores da seção de cama, mesa e banho.
07. 23/Agosto: Quando um funcionário perguntou se ele precisava de alguma ajuda, ele começou a chorar e gritar: 'Porque vocês não me deixam em paz?' O resgate foi chamado.
08. 04/Setembro: Usou uma de nossas câmeras de segurança como espelho para tirar tatu do nariz.
09. 10/Setembro: Enquanto examinava armas no departamento de caça, perguntava insistentemente à atendente onde ficavam os antidepressivos.
10. 03/Outubro: Movia-se pela loja de forma suspeita, enquanto cantarolava alto o tema do filme Missão Impossível.
11. 06/Outubro: No departamento automotivo, ficou imitando o gestual da Madonna usando diferentes tamanhos de funis
12. 18/Outubro: Escondeu-se atrás de um rack de roupas e quando as pessoas procuravam algum artigo, gritava: Você me achou, você me achou!
13. 21/Outubro: Cada vez que era dado algum aviso no sistema de som da loja, colocou-se em posição fetal e gritava: Ah não, aquelas vozes de novo!

E por fim:
14. 23/Outubro: Foi a um dos provadores, fechou a porta, esperou um momento e então gritou: Ei, não tem papel higiênico aqui? Uma de nossas atendentes desmaiou.


137 - A ESCOLHA DO RESTAURANTE

Um grupo de amigos de 50 anos discutia para escolher o restaurante onde iriam jantar.
Finalmente decidiram-se pelo Restaurante Tropical porque as empregadas usavam mini-saias e blusas muito decotadas.
10 anos mais tarde, aos 60 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante.
Decidiram-se pelo Restaurante Tropical porque a comida era muito boa e havia uma excelente carta de vinhos.
10 anos mais tarde, aos 70 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante.
Decidiram-se pelo Restaurante Tropical porque lá havia uma rampa para cadeiras de rodas e até um pequeno elevador.
10 anos mais tarde, aos 80 anos, o grupo reuniu-se novamente e mais uma vez discutiram para escolher o restaurante.
Finalmente decidiram-se pelo Restaurante Tropical.
Todos acharam que era uma grande ideia porque nunca tinham ido lá.
 

136 - GALO GAÚCHO

Um fazendeiro tinha um galinheiro com 180 galinhas e estava procurando um bom galo para reproduzir. Um dia, ele vai a uma agropecuária e diz para o vendedor:
- Procuro um bom galo capaz de cobrir as minhas 180 galinhas.
O vendedor puxa uma gaiola com um galo enorme, musculoso, com a crista de pé, de topete, olhos azuis e uma tatuagem dos Rolling Stones no peito, e diz: Le va esse aqui, o Alberto Carioca. Ele não falha.
O fazendeiro leva o galo e no dia seguinte, pela manhã, solta o galo no galinheiro.
O galo sai correndo, pega a primeira galinha, e dá duas sem tirar. Pega a segunda e dá a primeira e quando está já na segunda, .... cai frito.
O fazendeiro volta na loja e grita:
- Este galo puto comeu duas galinhas e capotou.
O vendedor se desculpou e puxou outro galo: Preto, de crista amarela, olhos cinzas e tênis da Nike.
- Esse aqui é o Fernando Paulista. Não falha nunca. O fazendeiro volta com o galo e repete a história: solta o bicho no galinheiro, e o galo sai alucinado: come a primeira galinha de pé, pega a segunda e traça, na terceira ele faz o 69 e quando estava bombeando a quarta, cai morto no meio do galinheiro.
O fazendeiro, emputecido, volta na loja e diz:
- Escuta aqui, ô filho da mãe aquele galo broxa caiu morto. É melhor você me vender um galo decente ou vou tocar fogo nesta merda.
Então o vendedor puxa um galo desnutrido, sem crista nem penas, com olheiras, corcunda, com tênis bamba de lona e uma camisa que dizia "Sou do Rio Grande do Sul  e tenho orgulho de ser  Gaúcho" e diz ao fazendeiro:
- Olha, é só o que me resta. O nome dele é Gaúcho chegou num carregamento de QUALIDADE que veio de RS.
O fazendeiro, puto da vida, leva o galo pensando: 'O que vou fazer com este galo GAÚCHO, todo franzino? Chegando na fazenda, solta o Gaúcho no galinheiro.
O galo tira a camisa e sai enlouquecido traçando as 180 galinhas de uma vez só....Da uma respirada .... e traça as 180 galinhas de novo... Sai correndo e pega a cadela pastor alemão..... Aí o fazendeiro pega ele, dá dois sopapos e para acalmá-lo, acaba trancando-o na gaiola..
- Caramba, que fenômeno! As galinhas ficaram xonadas!
No dia seguinte solta o bicho de novo. O galo sai faturando tudo que vê: a ovelha, a porca e duas vacas..... O fazendeiro corre, pega ele pelo pescoço, dá uma chacoalhada para acalmá-lo e joga ele na gaiola de novo......
No terceiro dia, o fazendeiro encontra a gaiola toda arrebentada, as galinhas com as xanas para cima, a porca com o rabo pro sol, as ovelhinhas passando hipoglós na bunda, uma capivara mancando, e uma égua sentada no gelo..... Até que, de repente, de longe, vê o  gaúcho caído no chão e os urubus voando em círculos sobre o pobre galo...
- Nããããoooo..... O  gaúcho  morreeeuuuuu .... o meu gaúcho ! O melhor galo do mundo!
No meio do lamento e da choradeira, cuidadosamente o gaúcho abre um olho, olha para o fazendeiro, dá uma piscadinha e diz:
- SILÊNCIO GALO VÉIO! AQUELAS MORENAS TÃO QUASE DESCENDO AQUI!

135 – SIMPLIFIQUE!

Sherlock Holmes e Dr. Watson foram acampar. Montaram a barraca e, depois de uma boa refeição e uma garrafa de vinho, se deitam para dormir. 
Algumas horas depois, Holmes acorda e cutuca seu fiel amigo: 
- “Meu caro Watson, olhe para cima e diga-me o que vê”. 
Watson responde: 
- Vejo milhares e milhares de estrelas. 
Holmes então pergunta: 
- E o que isso significa? 
Watson pondera por um minuto, depois enumera: 
1.  Astronomicamente, significa que há milhares e milhares de galáxias e, potencialmente, bilhões de planetas. 
2.  Astrologicamente, observo que Saturno está em Leão e teremos um dia de sorte. 
3.  Temporariamente, deduzo que são aproximadamente 03h15min, pela altura em que se encontra a Estrela Polar. 
4.  Teologicamente, posso ver que Deus é todo poderoso e somos pequenos e insignificantes. 
5.  Meteorologicamente, suspeito que nós teremos um lindo dia amanhã. Correto? 
Holmes fica um minuto em silêncio, então responde: 
- Watson, seu idiota! Significa apenas que alguém roubou nossa barraca! 
Moral da história: 
A VIDA É SIMPLES, NÓS É QUE TEMOS A MANIA DE COMPLICAR. 

134 – FRASES DE UM “RADICAL CHIC”

"O que adianta fazer plástica se você se lembra do governo Jango?"
"Certas dietas são simples. É só cortar açúcar, frituras, massas, molhos, bebidas alcoólicas, pães, biscoitos... e os pulsos."
"Que me despreze, me maltrate, me agrida, tudo bem. Mas não falar de mim nem pro analista, é demais."
"Dizem que estou ficando amarga, enjoada, ácida, sem graça. Não é verdade. É só colocar limão, adoçante, sexo, gelo, brilhantes e mexer gostoso, que eu fico maravilhosa!"
"Adoro quando os feirantes, os porteiros e os pedreiros do meu bairro me chamam de gostosa. É a comunidade solidária!"
"Paulo era lindo, sensível, carinhoso, engraçado, elegante, delicado, gostoso, honesto, companheiro, discreto... e gay."
"E aí a gente vai sair daqui, vai para um motel, aí vai transar, aí vai querer de novo, aí eu me apaixono, aí você vai dizer que não quer compromisso, aí eu vou achar você um babaca, aí a gente vai brigar, aí eu vou te odiar... Tem certeza de que ainda quer saber o meu nome?"
"Sexo seguro, pra mim, é transar com o melhor amigo."
"Faço dieta americana, uso produtos franceses, malho com um personal neozelandês, faço localizada com uma russa, e não adianta. Não consigo diminuir essa bunda brasileira."
"Terminei com o Betão. A gente se entendia superlegal, gostava das mesmas coisas, tinha tesão um no outro, se tratava com carinho, detestava o cinema iraniano... mas faltava conflito, entende?"
"Faço meditação, aeróbica, judô, musculação. Jogo xadrez, vídeo game, King e batalha-naval. Estudo antropologia, física quântica, matemática e arqueologia. Escalo montanhas, faço vôo livre, salto de pára-quedas. Leio, escrevo, toco piano, pinto e bordo. Ufa!!!!! O que a gente não faz para compensar a falta de sexo gostoso..."
"Casamento é loteria. Agora, me responda, com sinceridade: quantas vezes você já ganhou na loteria?" 

133 - A LENDA DO FIAT 147 !!!!

Certo dia, eu estava na estrada com o meu FIAT 147, e como era de se esperar, a jabiraca quebrou.
Então, encostei o 'Podrão' no acostamento e fiquei esperando alguém passar. 
Apareceu um Porsche Boxter bi-turbo, a 170 km/h. 
Nisso, o cara do Porsche dá marcha-ré e volta até o FIAT.
Ele se oferece para rebocar o FIAT, e eu aceitei a ajuda, mas pedi para não correr muito senão a jabiraca desmontava (óbvio).
E combinei que piscaria o farol toda vez que o Porsche estivesse correndo demais. 
Então, o Porsche começou a rebocar a jabiraca e toda vez que passava de 60km/h, eu fazia sinal com o farol (no singular mesmo), porque para variar um deles estava em curto e não funcionava.
E o cara do Porsche ia puxando a 'batedeira' a 60 km/h no máximo, morrendo de tédio... 
Então aparece um Mitsubishi 3000 GT, que intima o Porsche, este não deixa barato e vai pro pau! 120, 130, 150, 190, 210, 240 Km/h...
Eu já tava desesperado, piscando o farol que nem um louco, e os dois alinhados... Os caras passam por um posto policial, mas nem vêem o radar, que registra impressionantes 240 km/h!! Então, o policial avisa pelo rádio o próximo posto: 
'Atenção, um Porsche vermelho e um Mitsubishi pretodisputando racha a mais de 240 km/h na estrada, e ...juro pela minha santa mãezinha. .. um FIAT 147colado na bunda deles dando sinal de luz para ultrapassar! !!'

132 – PENSE GRANDE!

Um príncipe da Arábia Saudita foi estudar  na Alemanha.
Um mês depois escreveu uma carta ao pai:
-"Berlin é espetacular, o povo muito simpático e estou  gostando daqui. Entretanto, sinto-me um pouco constrangido por ir para a Universidade no meu Mercedes, folheado a ouro, enquanto os professores viajam de trem".
Algum tempo depois recebeu a resposta do seu pai numa carta, com US$ 1 bilhão. 
Na carta o pai dizia:
"Pare de nos envergonhar! Compre um trem para você também."

131 - *PRÊMIO STELLA AWARDS

O Stella Awards é um prêmio conferido anualmente aos casos mais bizarros de processos judiciais nos Estados Unidos. O prêmio tem este nome em homenagem a Stella Liebeck, que derrubou café quente no colo e processou, com sucesso, o McDonald's, recebendo quase 3 milhões de dólares de indenização.
Desde então, o Stella Awards existe como uma instituição independente, publicando - e "premiando" - os casos de maior abuso do já folclórico sistema legal norte-americano.
Este ano, os vencedores foram:
5º. Lugar (empatado): Kathleen Robertson, de Austin, Texas, recebeu US$780.000,00 de indenização de uma loja de móveis, por ter tropeçado numa criancinha que corria solta pela loja e quebrado o tornozelo. Até aí, quase compreensível, se a criança descontrolada em questão não fosse o próprio filho da Sra. Robertson.
5o. lugar (empatado): Terrence Dickinson, de Bristol, Pensylvania, estava saindo pela garagem de uma casa que tinha acabado de roubar. Ele não conseguiu abrir a porta da garagem, porque a automação estava com defeito. Não conseguiu entrar de volta na casa porque a porta já tinha fechado por dentro. A família estava de férias e o Sr. Dickinson ficou trancado na garagem por oito dias, comendo ração de cachorro e bebendo pepsi de um engradado que encontrou por ali. Ele processou o proprietário da casa, alegando que a situação lhe causou profunda angústia mental. Recebeu US$500.000, 00.
4º. Lugar: Jerry Williams, de Little Rock, Arkansas, foi indenizado com US$14.500,00, mais despesas médicas, depois de ter sido mordido na bunda pelo beagle do vizinho O cachorro estava na coleira, do outro lado da cerca, mas ainda assim reagiu com violência quando o Sr. Williams pulou a cerca e atirou repetidamente contra ele com uma espingardinha de chumbo.
3º. Lugar: Um restaurante na Filadélfia foi condenado a pagar US$13.500,00 de indenização a Amber Carson, de Lancaster, Pensylvania, após ela ter escorregado e quebrado o cóccix. O chão estava molhado porque, segundos antes, a própria Amber Carson havia atirado um copo de refrigerante no seu namorado, durante uma discussão.
2º. Lugar: Kara Walton, de Claymont, Delaware, processou o proprietário de uma casa noturna da cidade vizinha, por ter caído da janela do banheiro e quebrado os dois dentes da frente. Ela estava tentando escapar do bar sem ter que pagar o couvert (de 3,50 US$). Recebeu US$12.000,00, mais despesas dentárias.
1o. lugar: o grande vencedor do ano foi o Sr. Merv Grazinski, de Oklahoma City, Oklahoma. O Sr. Grazinski havia recém comprado um Motorhome Winnebago Automático e estava voltando sozinho de um jogo de futebol, realizado em outra cidade. Na estrada, ele marcou o piloto automático do carro para 100 km/h, abandonou o banco do motorista e foi para a traseira do veículo preparar um café. Quase como era de se esperar, o veículo saiu da estrada, bateu e capotou. O Sr. Grazinski processou a Winnebago por não explicar no manual que o piloto automático não permitia que o motorista abandonasse a direção. O júri concedeu a indenização de US$1.750.000,00, mais um novo Motorhome Winnebago. A companhia mudou todos os manuais de proprietário a partir deste processo, para o caso de algum outro retardado mental comprar seus carros.
SE NÃO ACREDITAR, PROCURE NO GOOGLE. 

 130 – DEGUSTAÇÃO DE VINHO EM MINAS

- Hummm...  
- Hummm...  
- Eca!!!  
- Eca?! Quem falou Eca? 
- Fui eu, sô! O senhor num acha que esse vinho tá com um gostim estranho?  
- Que é isso?! Ele lembra frutas secas adamascadas, com leve toque de trufas brancas, revelando um retrogosto persistente, mas sutil, que enevoa as papilas de lembranças tropicais atávicas...  
- Putaquepariu sô! E o senhor cheirou isso tudo aí no copo?!  
- Claro! Sou um enólogo laureado. E o senhor? 
- Cebesta, eu não! Sou isso não senhor!! Mas que isso aqui tá me cheirando iguarzinho à minha egüinha Gertrudes depois da chuva, lá isso tá!  
- Ai, que heresia! Valei-me São Mouton Rothschild!  
- O senhor me desculpe, mas eu vi o senhor sacudindo o copo e enfiando o narigão lá dentro.. O senhor tá gripado, é?  
- Não, meu amigo, são técnicas internacionais de degustação entende? Caso queira, posso ser seu mestre na arte enológica. O senhor aprenderá como segurar a garrafa, sacar a rolha, escolher a taça, deitar o vinho e, então....  
- E intão moiá o biscoito, né? Tô fora, seu frutinha adamascada!  
- O querido não entendeu. O que eu quero é introduzi-lo no...  
- Mais num vai introduzi mais é nunca! Desafasta, coisa ruim! 
- Calma! O senhor precisa conhecer nosso grupo de degustação. Hoje, por exemplo, vamos apreciar uns franceses jovens...  
- Hã-hã... Eu sabia que tinha francês nessa história lazarenta... 
- O senhor poderia começar com um Beaujolais!  
- Num beijo lê, nem beijo lá! Eu sô é home, seu safado!  
- Então, que tal um mais encorpado?  
- Óia lá, ocê tá brincano com fogo..  
- Ou, então, um suave fresco!  
- Seu moço, tome tento, que a minha mão já tá coçando de vontade de meter um tapa na sua cara desavergonhada! 
- Já sei: iniciemos com um brut, curto e duro. O senhor vai gostar!  
- Num vô não, fio de um cão! Mas num vô, memo! Num é questão de tamanho e firmeza, não, seu fióte de brabuleta. Meu negócio é outro, qui inté rima com brabuleta...  
- Então, vejamos, que tal um aveludado e escorregadio?  
- E que tal a mão no pédovido, hein, seu fióte de Belzebu?  
- Pra que esse nervosismo todo? Já sei, o senhor prefere um duro e macio, acertei? 
- Eu é qui vô acertá um tapão nas suas venta, cão sarnento! Engulidô de rôia!  
- Mole e redondo, com bouquet forte?  
- Agora, ocê pulô o corguim! E é um... e é dois... e é treis! Num corre, não, fiodaputa! Vorta aqui que eu te arrebento, sua bicha fedorenta!.. ..  
(Luiz Fernando Veríssimo )

129 – ALGUMAS FRASES INTELIGENTES  


Viver no Rio é uma merda; mas é bom. Viver em New York é bom; mas é uma merda.
(Tom Jobim). 
**************************
- Por ocasião da inauguração da Ponte Rio-Niterói, pediram a opinião do Max Nunes.
Resposta: Por um lado, é muito bom; por outro lado, é Niterói.
(Max Nunes) 
************************** 
- Quando estamos fora, o Brasil dói na alma; quando estamos dentro, dói na pele.
(Stanislaw Ponte Preta).
************************** 
- A Academia Brasileira de Letras se compõe de 39 membros e um morto rotativo.
(Millôr Fernandes)
************************** 
- Brasil? Fraude explica.
(Carlito Maia).
************************** 
- Pior do que o fim do mundo, para mim é o fim do mês.
(Zeca Baleiro).
**************************
- Quem se mata de trabalhar merece mesmo morrer.
(Millôr Fernandes).
************************** 
- Acho o Brasil infecto. Não tem atmosfera mental; não tem literatura; não tem arte; tem apenas uns políticos muito vagabundos.
(Carlos Drummond de Andrade)
**************************
- Como se algum político, com exceção de meia dúzia de três ou quatro,
representasse alguém, a não ser a si mesmo, a família e aderentes.
(João Ubaldo Ribeiro)
**************************
- Democracia é quando eu mando em você. Ditadura é quando você manda em mim.
(Millôr Fernandes)
************************** 
- No Brasil, quem tem ética parece anormal.
(Mário Covas)
**************************
- A arte de ser louco é jamais cometer a loucura de ser um sujeito normal.
(Raul Seixas)
************************** 
- Não é triste mudar de idéias; triste é não ter idéias para mudar.
(Barão de Itararé)
**************************
- Ninguém morre, as pessoas despertam do sonho da vida.
(Raul Seixas)
**************************
- Comecei uma dieta: cortei a bebida e as comidas pesadas e em quatorze dias perdi duas semanas.
(Tim Maia).
**************************
- A minha vontade é forte, mas a minha disposição de obedecer-lhe é fraca.
(Carlos Drummond de Andrade).
************************** 
- O sol nasce para todos, a sombra prá quem é mais esperto.
(Stanislaw Ponte Preta).
************************** 
- Nada nos humilha mais do que a coragem alheia.
(Nelson Rodrigues).
************************** 
Celulites não são apenas celulites, elas querem dizer..."Eu sou gostosa". Só que em Braille !!! 
(Rita Cadilac - ex-chacrete) 
************************** 
De nada adianta ter barriga de tanquinho, se a torneira for pequena... 
(Reinaldo Gianechini) 
************************** 
Fumo maconha, mas não trago, quem traz é um amigo meu. 
(Marcelo Anthony) 
************************** 
O que te engorda não é o que você come entre o Natal e o Ano Novo, mas o que você come entre o Ano Novo e o Natal ! 
(Hebe Camargo) 
************************** 
Se o horário oficial é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta-feira ? 
(Marta Suplicy) 
************************** 
Para seu marido não acordar com a macaca... Depile-se !!!
(Vera Fischer)
************************** 
O homem é um ser tão dependente, que até pra ser corno, precisa da ajuda da mulher. Prá ser viúvo, também... 
(Dercy Gonçalves) 
************************** 
Por maior que seja o buraco em que você se encontra, pense que, por enquanto, ainda não há terra em cima. 
(Yasser Arafat) 
************************** 
Cabelo ruim é igual a bandido...ou tá preso, ou tá armado !!!
(Belo)
************************** 
Preguiçoso é o dono da sauna, que vive do suor dos outros. 
(Príncipe Charles) 
************************** 
Não me considere o chefe; considere-me apenas um colega de trabalho que tem sempre razão... 
(George Bush) 
************************** 
Malandro é o pato, que já nasce com os dedos colados pra não usar aliança. 
(Zeca Pagodinho) 
************************** 
Mulher gorda é que nem Ferrari... Quando sobe na balança, vai de zero a cem em um segundo. 
(Rubinho) 
************************** 
Se um dia, a vida lhe der as costas... Passe a mão na bunda dela !!! 
(Nelson Rodrigues) 
************************** 
Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental...Fique de olho em três de seus amigos. Se eles parecerem normais, o retardado é você. 
(Palloci) 
************************** 
Se homossexualismo fosse normal... Deus teria criado Adão e Ivo. 
(Roberta Close Ivo) 
************************** 
Todo mundo tem cliente. Só traficante e analista de sistemas é que tem usuário. 
(Bill Gates) 
************************** 
Mulher de amigo meu é ígual a muro alto...Sei que é perigoso, mas eu trepo. 
(Antonio Fagundes) 
************************** 
Casamento começa em motel, e termina em pensão !!! 
(Daniel Filho - tem 4) 
************************** 
Seja legal com seus filhos. São eles que vão escolher seu asilo. 
(Desconhecido) 
************************** 
Antigamente o homossexualismo era proibido no Brasil. Depois, passou a ser tolerado. Hoje é aceito como coisa normal... Eu vou-me embora, antes que se torne obrigatório !!! 
(Diego, ex-jogador do Santos) 
************************** 
Ex-namorada é igual a McDonalds: a gente sabe que não deve, mas acaba comendo de vez em quando !!! 
(Ronaldinho - sobre quase todas ex-namoradas) 
************************** 
Passar a mulher pra trás é fácil, difícil é passar adiante !!! 
(Eduardo Suplicy)

128 - ENTERRO DO PAI DA LOIRA

O pai da loura faleceu. A amiga da loura, Ana Paula, foi chamada para ajudar a cuidar dos preparativos.
- Sabrina, seu pai não pode ser enterrado com esta roupa. Vá comprar um terno para ele.
- Amiga, eu não tenho dinheiro!
- Não tem importância. Eu pago.
E lá se foi a loura em busca de um terno para enterrar seu genitor.
Feito isto, após o enterro, ela procurou a amiga:
- Preciso de dinheiro para pagar o terno.
- Quanto?
- Duzentos reais.
Ela deu o dinheiro como prometeu. Passou um mês e a loura a procurou novamente.
- Preciso de dinheiro para pagar o terno.
- Quanto?
- Duzentos reais.
Por ter prometido, a amiga não questionou e deu a grana. Mais um mês se foi e a loura voltou a procurar a amiga.
- Preciso de dinheiro para pagar o terno.
- Sabrina, em quantas prestações você comprou este terno?
- Alôôôoooo!!! Nenhuma... É que o terno era muito caro, então ao invés de comprar, eu aluguei... 

127 - A TESE DE DOUTORADO DO COELHO

Num dia lindo e ensolarado o coelho saiu de sua toca, com o "notebook" e pôs-se a trabalhar, bem concentrado. Pouco depois passou por ali uma raposa, e viu aquele suculento coelhinho tão distraído, que chegou a salivar. No entanto, ela ficou intrigada com a atividade do coelho e aproximou-se, curiosa: 
- Coelhinho, o que você está fazendo aí, tão concentrado? 
- Estou redigindo a minha tese de doutorado - disse o coelho, sem tirar os olhos do trabalho. 
- Hummmm... e qual é o tema da sua tese? 
- Ah,, é uma teoria provando que os coelhos são os verdadeiros predadores naturais das raposas. 
A raposa ficou indignada: 
-Ora!!! Isso é ridículo!!! - Nós é que somos os predadores dos coelhos! 
-Absolutamente! Venha comigo à minha toca que eu te mostro minha prova experimental. 
O coelho e a raposa entram na toca. Poucos instantes depois ouvem-se alguns ruídos indecifráveis, alguns poucos grunhidos e depois... silêncio. Em seguida, o coelho volta, sozinho, e mais uma vez retoma aos trabalhos de sua tese, como se nada tivesse acontecido. 
Meia hora depois passa um lobo. Ao ver o apetitoso coelhinho tão distraído, agradece mentalmente à cadeia alimentar por estar com o seu jantar garantido. No entanto, o lobo também acha muito curioso um coelho trabalhando, naquela concentração toda e resolve então saber do que se trata aquilo tudo, antes de devorar o coelhinho: 
- Olá, jovem coelhinho. O que o faz trabalhar tão arduamente? 
- Minha tese de doutorado, seu lobo. É uma teoria que venho desenvolvendo há algum tempo e que prova que nós, coelhos, somos os grandes predadores naturais de vários animais carnívoros, inclusive dos lobos. 
O lobo não se conteve com a petulância do coelho: 
-Ah! Ah! Ah! Ah! Coelhinho! Apetitoso coelhinho! 
Isto é um despropósito. Nós, os lobos, é que somos os genuínos predadores naturais dos coelhos. Aliás, chega de conversa... 
-Desculpe-me, mas se você quiser eu posso apresentar a minha prova experimental. Você gostaria de acompanhar-me a minha toca? 
O lobo não consegue acreditar na sua boa sorte. Ambos desaparecem toca adentro. Alguns instantes depois ouvem-se uivos desesperados, ruídos de mastigação e... silêncio. 
Mais uma vez o coelho retorna sozinho, impassível e volta ao trabalho de redação da sua tese, como se nada tivesse acontecido. Dentro da toca do coelho vê-se uma enorme pilha de ossos ensangüentados e pelancas de diversas raposas e, ao lado desta, outra pilha ainda maior de ossos e restos mortais daquilo que um dia foram lobos. 
Ao centro das duas pilhas,de ossos, um enorme LEÃO, satisfeito, bem alimentado, palitando os dentes. 
MORAL DA HISTÓRIA: 
1. Não importa quão absurdo seja o tema de sua tese; 
2. Não importa se você não tem o mínimo fundamento científico; 
3. Não importa se os seus experimentos, nunca cheguem a provar sua teoria; 
4. Não importa nem mesmo se suas idéias vão contra o mais óbvio dos conceitos lógicos; 
5. O que importa é: QUEM ESTÁ APOIANDO SUA TESE? 

126 – VELHO!

MINHA MARAVILHOSA VIZINHA BATE NA PORTA, LOGO ABRO E ELA ME DIZ:

"Escuta, cheguei agora, estou com  uma vontade louca de me divertir, de me embebedar, de trepar a noite toda... você está ocupado esta noite ?"

eu disse  "NÃO !"

“Então pode ficar com o meu cachorro?”

Ficar velho é uma merda...

125 - NOME DAS COISAS (Mário Prata)

Outro dia fui comprar um abajur. A mocinha me olhou e perguntou:
- Luminária?
Eu olhei em volta, tinha uma porção de abajur. 
- Não, abajur mesmo, eu disse. 
- De teto?
Fiquei olhando meio pasmo para a vendedora, para o teto, para a rua. Ou eu estava muito velho ou ela estava muito nova.
-No meu tempo - e isso faz pouco tempo - o abajur a gente punha no criado-mudo, na mesinha da sala. E lá em cima era lustre. 
- Lustre?
Descobri que agora é tudo luminária. Passou por spot, virou luminária.
Pra mim isso é pior que bandeirinha virar auxiliar de arbitragem, e passe (no futebol) chamar-se agora assistência. Quem são os idiotas que ficam o dia inteiro pensando nessas coisas? Mudar o nome das coisas? Por que eles não mudam o próprio nome? A mocinha-da-luminária, por exemplo, se chamava Mariclaire. Desconfio até que já tivesse mudado de nome. 
Pra que mudar o nome das coisas? Eu moro numa rua que se chama Rodovia Tertuliano de Brito Xavier. Sabe como se chamava antes? Caminho do Rei. Pode? Pode! Coisa de vereador com minhoca na cabeça e tio para homenagear. 
Mas lustres e abajur, gente, é demais.
Programação de televisão virou grade. Deve ser para prender o espectador mais desavisado.
Entrega em domicílio virou delivery. Agenda de correio, mailing. São os publicitários, os agentes de 'marquetingui'? 
Quer coisa mais bonita do que criado-mudo? Existe nome melhor para aquilo? Pois agora as lojas vendem mesa-de-apoio. Considerando-se a estratégica posição ao lado da cama, posso até imaginar para que tipo de apoio serve. 
Antigamente virava-se santo, agora vira-se beato, como se já não bastassem todas as carolas beatas que temos por aí.
Mudar o nome de deputado para putado ninguém tem coragem, né? Nem de senador para sonhador. Sonhadores da República, não soa bem? E uma bancada de putados? 
A turma dos dez por cento agora se chama lobista! E a palavra não vem de lobo, mas parece.
E por que é que agora as aeromoças não querem mais ser chamadas assim? Agora são comissárias. Não entendo: a palavra comissária vem de comissão, não é? Aeromoça é tão bom e terno como criado-mudo. Pior se as aeromoças virassem moças-de-apoio, taí uma idéia. 
E tem umas palavras que surgem de repente do nada.
Luau - Isso é novo. Quando eu era jovem, se alguém falasse essa palavra ou fosse participar de um luau, era olhado meio de lado. Era pior que tomar vinho rosê. Coisa de bicha, isso de luau. 
Mas a vantagem de ser um pouco mais velho é saber que o computador que hoje todo mundo tem em casa e que na intimidade é chamado de micro, nasceu com o nome de cérebro-eletrônico. Sabia dessa? E sabia que o primeiro computador, perdão cérebro-eletrônico, pesava 14 toneladas? E que, na inauguração do primeiro, os gênios da época diziam que, até o final do século, se poderia fazer computadores de apenas uma tonelada? 
Outra palavrinha nova é stress. Pode ter certeza, minha jovem, que, antes de inventarem a palavra, quase ninguém tinha stress. Mais ou menos como a TPM. Se a palavra está aí a gente tem de sofrer com ela, não é mesmo? No meu tempo o máximo que a gente ficava era de saco cheio. Estressado, só a turma do Luau. 
E agora me diga: por que é que em algumas casas existe jardim de inverno e não jardim de verão?
E se você quiser mudar o nome desta crônica para lingüiça, pode. Desde que coloque o devido trema. Também conhecido como dois pinguinhos.

P.S.: é bom lembrar que os "pinguinhos" já eram...

124 – PORQUE AS MULHERES ENLOUQUECEM OS HOMENS!

*****Mulher - Onde você vai?
*Homem - Vou sair um pouco.
*****Mulher - Vai de carro?
*Homem - Sim.
*****Mulher - Tem gasolina?
*Homem - Sim.... coloquei.
*****Mulher - Vai demorar?
*Homem - Não... coisa de uma hora.
*****Mulher - Vai a algum lugar específico?
*Homem - Não... só rodar por aí.
*****Mulher - Não prefere ir a pé?
*Homem - Não... vou de carro.
*****Mulher - Traz um sorvete pra mim!
*Homem - Trago... que sabor?
*****Mulher - Manga.
*Homem - Ok... na volta eu passo e compro.
*****Mulher - Na volta?
*Homem - Sim... senão derrete.
*****Mulher - Passa lá, compra e deixa aqui..
*Homem - Não... melhor não! Na volta... é rápido!
*****Mulher - Ahhhhh!
*Homem - Quando eu voltar eu tomo com você!
*****Mulher - Mas você não gosta de manga!
*Homem - Eu compro outro... de outro sabor.
*****Mulher - Aí fica caro... traz de cupuaçu!
*Homem - Eu não gosto também.
*****Mulher - Traz de chocolate... nós dois gostamos.
*Homem - Ok! Beijo... volto logo....
*****Mulher - Ei!
*Homem - O que?
*****Mulher - Chocolate não... Flocos...
*Homem - Não gosto de flocos!
*****Mulher - Então traz de manga prá mim e o que quiser prá você.
*Homem - Foi o que sugeri desde o começo!
*****Mulher - Você está sendo irônico?
*Homem - Não tô não! Vou indo.
*****Mulher - Vem aqui me dar um beijo de despedida!
*Homem - Querida! Eu volto logo... depois.
*****Mulher - Depois não... quero agora!
*Homem - Tá bom! (Beijo.)
*****Mulher - Vai com o seu ou com o meu carro?
*Homem - Com o meu.
*****Mulher - Vai com o meu... tem cd player... o seu não!
*Homem - Não vou ouvir música... vou espairecer...
*****Mulher - Tá precisando?
*Homem - Não sei... vou ver quando sair!
*****Mulher - Demora não!
*Homem - É rápido... (Abre a porta de casa.)
*****Mulher - Ei!
*Homem - Que foi agora?
*****Mulher - Nossa!!! Que grosso! Vai embora!
*Homem - Calma... estou tentando sair e não consigo!
*****Mulher - Porque quer ir sozinho? Vai encontrar alguém?
*Homem - O que quer dizer?
*****Mulher - Nada... nada não!
*Homem - Vem cá... acha que estou te traindo?
*****Mulher - Não... claro que não... mas sabe como é?
*Homem - Como é o quê?
*****Mulher - Homens!
*Homem - Generalizando ou falando de mim?
*****Mulher - Generalizando.
*Homem - Então não é meu caso... sabe que eu não faria isso!
*****Mulher - Tá bom... então vai.
*Homem - Vou.
*****Mulher - Ei!
*Homem - Que foi, cacete?
*****Mulher - Leva o celular, estúpido!
*Homem - Prá quê? Prá você ficar me ligando?
*****Mulher - Não... caso aconteça algo, estará com celular.
*Homem - Não... pode deixar...
*****Mulher - Olha... desculpa pela desconfiança, estou com saudade, só isso!
*Homem - Ok, meu amor... Desculpe-me se fui grosso. Tá.. eu te amo!
*****Mulher - Eu também! Posso futricar no seu celular?
*Homem - Prá quê?
*****Mulher - Sei lá! Joguinho!
*Homem - Você quer meu celular prá jogar?
*****Mulher - É.
*Homem - Tem certeza?
*****Mulher - Sim.
*Homem - Liga o computador... lá tem um monte de joguinhos!
*****Mulher - Não sei mexer naquela lata velha!
*Homem - Lata velha? Comprei pra a gente mês passado!
*****Mulher - Tá..ok... então leva o celular senão eu vou futricar...
*Homem - Pode mexer então... não tem nada lá mesmo...
*****Mulher - É?
*Homem - É.
*****Mulher - Então onde está?
*Homem - O quê?
*****Mulher - O que deveria estar no celular mas não está...
*Homem - Como!?
*****Mulher - Nada! Esquece!
*Homem - Tá nervosa?
*****Mulher - Não... tô não....
*Homem - Então vou!
*****Mulher - Ei!
*Homem - O que ééééééé, caralho?
*****Mulher - Não quero mais sorvete não!
*Homem - Ah é?
*****Mulher - É!
*Homem - Então eu também não vou sair mais não!
*****Mulher - Ah é?
*Homem - É.
*****Mulher - Oba! Vai ficar comigo?
*Homem - Não vou não... cansei... vou dormir!
*****Mulher - Prefere dormir do que ficar comigo?
*Homem - Não... vou dormir, só isso!
*****Mulher - Está nervoso?
*Homem - Claro, porra!!!
*****Mulher - Porque você não vai dar uma volta para espairecer?
*Homem - Ah, vai tomar no cú...

123 - EXCELENTE

Ao transitar pelos corredores do fórum, o advogado (e professor) foi chamado por um dos juízes: 
- Olha só que erro ortográfico grosseiro temos nesta petição.
Estampado logo na primeira linha do petitório lia-se: "Esselentíssimo Juiz".
Gargalhando, o magistrado lhe perguntou: 
- Por acaso esse advogado foi seu aluno na Faculdade? 
- Foi sim - reconheceu o mestre. Mas onde está o erro ortográfico a que o senhor se refere?
O juiz pareceu surpreso: 
- Ora, meu caro, acaso você não sabe como se escreve a palavra Excelentíssimo? 
Então explicou o catedrático: 
- Acredito que a expressão pode significar duas coisas diferentes.
Se o colega desejava se referir a excelência dos seus serviços, o erro ortográfico efetivamente é grosseiro. 
Entretanto, se fazia alusão à morosidade da prestação jurisdicional, o equívoco reside apenas na junção inapropriada de duas palavras. 
O certo então seria dizer: - "Esse lentíssimo juiz". 
Depois disso, aquele magistrado nunca mais aceitou o tratamento de "Excelentíssimo Juiz", sem antes perguntar: 
- Devo receber a expressão como extremo de excelência ou como superlativo de lento? 

122 - MEIFORGADA...? 

O mineirinho acompanha a esposa ao médico ginecologista, que faz o diagnostico: 
- Meu senhor, sua esposa está precisando de verdura, ferro e cálcio. 
E o mineirinho: 
- Uai, doto... Ver dura, ela tá sempre veno. 
- Ferro, leva quastodia.

- Agora, se o senhor puder colocá um cárcio, eu agardeço pruque ela tá  meiforgada memo....!!! 

121 – A MORTE DO PADRE

O velho padre, durante anos, tinha trabalhado fielmente com o povo africano, mas agora estava de volta ao Brasil, doente e moribundo, no Hospital Geral de Brasília. Sua história de vida virou a notícia e manchete midiática da hora.
Já nos últimos suspiros, ele faz um sinal à enfermeira, que se aproxima. 
- Sim, padre? diz a enfermeira. 
- Eu queria ver dois proeminentes políticos antes de morrer, sussurrou o padre, dizendo à enfermeira os nomes dos abençoados. 
- Sim, padre, verei o que posso fazer, respondeu a enfermeira. 
De imediato, ela entra em contato com o Congresso Nacional e logo recebe a notícia: ambos gostariam muito de visitar o padre moribundo. 
Antes de irem até o hospital, um dos políticos diz ao outro: 
- Eu não sei por que o velho padre quer nos ver, mas certamente que isso vai ajudar a melhorar a nossa imagem perante a Igreja e povo, o que é sempre bom. 
Ambos concordaram que deviam cumprir todos os desejos do velho padre. 
Assim, antes de ir até o padre, mandaram um comunicado à imprensa oficial para que ficasse público tão grande ato de benevolência da parte deles. 
Quando chegaram ao quarto, com toda a imprensa presente, o velho padre pegou na mão de um deles, com sua mão direita, e na mão do outro, com sua esquerda, ficando entre os dois. 
Houve um grande silêncio e notou-se um ar de pureza e serenidade no semblante do padre. 
Um dos políticos quebrou o silêncio e disse: 
- Padre, por que é que fomos nós os escolhidos, entre tantas pessoas, para estar ao seu lado no seu fim? 
O velho padre, lentamente, disse: 
-Sempre, em toda a minha vida, procurei ter como modelo o Nosso Senhor Jesus Cristo. 
-Amém, disseram os dois políticos cheios de fé. 
E o Padre concluiu: 
-Então… como Ele morreu entre dois ladrões, eu quero fazer o mesmo! 


120 - Receita: TUCUNARÉ COM CERVEJA 

Ingredientes: 
2 kg de tucunaré 
1 lata de azeite 
2 pimentões 
2 dentes de alho 
4 cebolas médias 
1 kg de tomate 
sal a gosto 
12 latas de cerveja 
1 mulher (Pode ser a sua mesmo)!!! 
Modo de preparo: 
Ponha a mulher na cozinha com os ingredientes e feche a porta. 
Tome cerveja durante duas horas de preferência vendo futebol e depois peça para ser servido.

É uma delícia e quase não dá trabalho!

119 - O LIMPA NEVE (Loura) e outras ! 

Numa manhã de inverno um casal ouvia a rádio enquanto tomava o desjejum.
O locutor a dada altura diz: "Hoje vamos ter neve. Prevê-se a formação de uma camada com 10 a 16 cm de espessura.
Lembramos que devem arrumar os vossos carros no lado direito das ruas para permitir a intervenção dos limpa-neve."
A mulher, loira e com elevado sentido de dever, imediatamente saiu e arrumou o carro no lado direito da rua.
Na semana seguinte o casal tomava novamente o seu desjejum quando ouvem pela rádio outro aviso: "Hoje esperamos 20 a 25 cm de neve. Por favor arrumem os carros do lado esquerdo para permitir o trabalho dos limpa-neve."
A boa mulher lá foi outra vez a correr para arrumar o carro do lado esquerdo da rua.
Passados mais uns dias, tudo se repete. Da rádio lá chega o aviso: "Hoje esperamos que se formem camadas de 20 cm de neve. Por favor, arrumem ..."
A energia eléctrica subitamente faltou. O rádio calou-se ...
A mulher ficou transtornadíssima por não saber de que lado devia desta vez arrumar o carro.
"E agora o que faço? Logo faltou a luz nesta altura ... Agora não sei de que lado da rua devo arrumar o carro!" Dizia ela aflita.
Então o marido, com muito amor e compreensão, diz-lhe tentando sossegá-la:
- Olha querida, porque é que, desta vez, não deixas ficar o carro quietinho na garagem?

Como é difícil dar uma cantada em uma Loira

(homem) - Oi gata... Qual é seu telefone?
(LOIRA) - Nokia. E o seu?
(homem) - Uau! Isso aqui é uma calçada ou uma passarela de moda?
(LOIRA) - Hum, agora você me pegou... É que eu não sou daqui. Então não sei te informar...
(homem) - Eu não tiro o olho de você!
(LOIRA) - Ainda bem, né? Senão Eu fico cega!
(homem) - Nossa! Eu não sabia que boneca andava!
(LOIRA) - Sério? Nossa, você tá por fora, hein? Já tem até Barbie que anda de bicicleta!
(homem) - Que curvas, hein!
(LOIRA) - Nem me fala... Eu bati o carro 7 vezes pra chegar nessa festa!
(homem) - Esse seu vestido vai ficar lindo jogado no chão do meu quarto!
LOIRA) - Ah, se eu fosse você escolhia outro tecido pra tapete, esse aqui é meio fininho...
(homem) - Eu quero o seu amor, gata!
(LOIRA) - Espera só um pouquinho... Amô-or! Tem um moço aqui querendo você!
(homem) - Quer beber alguma coisa?
(LOIRA) - Ai, que bom que você apareceu, garçom!
(homem) - Me dá seu telefone, vai!
(LOIRA) - Socorro ! Um assalto!

Médicos:

Diz um médico para outro:
- Esse paciente deve ser operado imediatamente.
- O que ele tem?
- Dinheiro.

O paciente está deitado na cama, no mesmo quarto que o seu médico, advogado, esposa e filhos.
Todos eles esperam pelo último suspiro, quando de repente, o paciente senta, olha em volta e diz:
"Assassinos, ladrões, ingratos, canalhas".
Volta a deitar-se na cama e então o médico, confuso diz:
Eu acho que ele está melhorando.
- Por que você diz isso doutor? Pergunta a esposa.
"Porque ele nos reconheceu a todos"

O médico diz ao paciente de uma forma muito forte:
- Nos próximos meses, não pode fumar, não pode beber, sem encontros com mulheres, nada de comer em restaurantes caros, e nada de viagens ou férias.
- Até que eu me recupere, doutor?
"Não. Até pagar o que me deve!

Eles estavam operando um paciente. Quando de repente entra um médico na sala de operação e grita:
-Parem tudo! Parem o transplante. Há uma rejeição!
- Uma rejeição? - Do rim doutor? pergunta um dos médicos.
- .. NÃO! Do cheque !.... O cheque não tem fundos!

Doutor, você acha que, após esta operação eu vou andar de novo?
Claro que sim ... Porque você vai ter que vender o carro para pagar a minha conta.

Um homem espera o resultado da cirurgia de sua esposa.
Depois de um tempo, o médico saiu da sala de operação e disse que o caso era muito a sério.
Disse que o homem ia ter que dar de comer a ela na boca porque ela não podia mover mais as mãos, deveria levar ao banheiro, tinha que trocar de roupa, banhá-la, etc porque ela não podia mais se mexer.
O marido começou a chorar e o médico disse:
- Não chore. Eu estava de sacanagem homem! Ela já morreu!

O cirurgião e o pós-operado:
- Doutor, eu entendo senhor estar vestido branco, mas porque tanta luz?
- Meu filho, eu sou São Pedro ...

Doutor o que eu tenho é grave?
Não se preocupe meu amigo. Qualquer dúvida, vamos esclarecer na autópsia.

Só há uma razão...

Um dia, no escritório de advocacia, um dos advogados reparou que o seu colega, muito conservador, tinha passado a usar um brinco.
- Não sabia que gostavas desse tipo de coisas - comentou.
- Não é nada de especial, é só um brinco - replicou o colega.
- Há quanto tempo usas isso?
- Desde que a minha mulher o encontrou... no meu carro... na semana passada.

O Uso da Vírgula 


Vírgula pode ser uma pausa... ou não.
Não, espere.
Não espere..
Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34.
Pode criar heróis..
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.
Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.
A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.
A vírgula pode condenar ou salvar.
Não tenha clemência!
Não, tenha clemência!
Uma vírgula muda tudo.
ABI: 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.

Detalhes Adicionais:
SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.
* Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER...
* Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM...

Muitas Verdades

O amor não é aquilo que te pega de surpresa e te deixa totalmente sem ar. O nome disso é asma.
O amor não faz brotar uma nova pessoa dentro de você. O nome disso é gravidez.
O amor não torna as pessoas mais bonitas. O nome disso é álcool.
Se beber fosse pecado, Jesus teria transformado água em Fanta Uva.
Todo mundo comete erros. O truque é cometê-los quando ninguém está olhando.
Calorias são pequenos vermes inescrupulosos que vivem nos guarda-roupas e à noite costuram e apertam as roupas das pessoas.
Quando a mulher fica grávida, todos alisam a barriga dela e dizem "parabéns". Mas ninguém apalpa o saco do homem e diz "bom trabalho".
Cerveja sem álcool é igual travesti: a aparência é igual, mas o conteúdo é bem diferente.

118 – O RESGATE DOS 33 TRABALHADORES (VERSÃO BRASILEIRA) 

Um grupo de 33 mineiros brasileiros fica preso em uma mina a 700 metros de profundidade. (versão abrasileirada)
1) O Governo Brasileiro cria uma comissão suprapartidária para iniciar o resgate, incluindo 25 membros da situação e 19 da oposição. Cada membro com direito a 5 assessores e dois secretários. Os trabalhos atrasaram três meses, porque não houve acordo para nomear o presidente da comissão.
2) Como as despesas não estavam previstas, o Governo criou uma CPMF (Contribuição Provisória para Mineiros Fodidos), que, embora provisória, com vigência até 2020. 
3) O Chile ofereceu-se para emprestar os equipamentos utilizados no salvamento daquele país, mas a carga ficou retida na alfândega brasileira por mais de três meses. O chefe da fiscalização somente os liberou após o pagamento de propina.
4) Depois, os equipamentos ficaram parados na estrada brasileira por quase dois meses, pois o MST havia feito uma invasão e bloqueado a rodovia. 
5) O consulado brasileiro em Santiago demorou dois meses para conceder visto de entrada aos chilenos operadores do guindaste e da cápsula de salvamento, pois eles não puderam comprovar fonte de renda no Brasil.
6) Quando finalmente tudo foi "regularizado", o Sindicato Brasileiro dos Operadores de Máquinas entrou na Justiça com uma liminar proibindo o trabalho dos chilenos, pois eles não eram sindicalizados.
7) Como a Justiça brasileira é bastante ágil, a liminar foi "prontamente" derrubada em seis meses e foi permitido o trabalho dos chilenos.
8) Quando o guindaste desce a cápsula de salvamento, o cabo de aço se rompe, pois haviam comprado um cabo de terceira qualidade, embora a preço de ouro.
9) Criou-se uma CPI para levantar as responsabilidades. Depois de quatro meses de discussão, acabou sendo arquivada pelo Conselho de Ética do Senado.
10) Finalmente, depois de dois anos e meio, chegou o dia do primeiro resgate. Surpresa!...O resgatado é o único que ficou preso na mina, pois os outros 32 eram funcionários "fantasmas" e nunca tinham entrado nela. 

11) No discurso de saudação ao mineiro resgatado, Lula enche o peito e afirma: "Nunca antes neste país se deu tanta atenção aos trabalhadores das minas, trabalho incessante, meu e da Dilma..."

117 – ENTERRO CUBANO

Toda a família em Cuba se surpreendeu quando chegou de Miami um ataúde com o cadáver de uma tia muito querida. O corpo estava tão apertado no caixão que o rosto estava colado no visor de cristal. Quando abriram o caixão encontraram uma carta, presa na roupa com um alfinete, que dizia assim:

Queridos Papai e Mamãe,
Estou lhes enviando os restos de tia Josefa para que façam seu enterro em Cuba, como ela queria. Desculpem por não poder acompanhá-la, mas vocês compreenderão que tive muitos gastos com todas as coisas que, aproveitando as circunstâncias, lhes envio. Vocês encontrarão, dentro do caixão, sob o corpo, o seguinte: 
12 latas de atum Bumble Bee, 12 frascos de condicionador e 12 de xampu Paul Mitchell, 12 frascos de Vaselina Intensive Care (muito boa para a pele. Não serve para cozinhar!), 12 tubos de pasta de dente Crest, 12 escovas de dente e 12 latas de Spam das boas (são espanholas) e 4 latas de choriço El Miño. Repartam com a família, sem brigas! 
Nos pés de titia estão um par de tênis Reebok novos, tamanho 9, para o Joseíto (é para ele, pois com o cadáver de titio não se mandou nada para ele, e ele ficou amuado). 
Sob a cabeça há 4 pares de “popis” novos para os filhos de Antônio, são de cores diferentes (por favor, repito não briguem!). 
A tia está vestida com 15 pulôveres Ralph Lauren, um é para o Robertinho e os demais para seus filhos e netos. Ela também usa uma dezena de sutiãs Wonder Bra (meu favorito), dividam entre as mulheres e também os 20 esmaltes de unhas Revlon que estão nos cantos do caixão. As três dezenas de calcinhas Victoria’s Secret devem ser repartidas entre minhas sobrinhas e primas. A titia também está vestida com nove calças Docker’s e 3 jeans Lee. 
Papai, fique com 3 e as outras são para os meninos. 
O relógio suíço que papai me pediu está no pulso esquerdo da titia. Ela também está usando o que mamãe pediu (pulseiras, anéis, etc). A gargantilha que titia está usando é para a prima Rebeca, e também os anéis que ela tem nos pés. E os oito pares de meias Chanel que ela veste são para repartir entre as conhecidas e amigas, ou, se quiserem, as vendam (por favor, não briguem por causa destas coisas, não briguem). 
A dentadura que pusemos na titia é para o vovô, que ainda que não tenha muito o que mastigar, com ela se dará melhor (que ele a use, custou caro). 
Os óculos bifocais são para o Alfredito, pois são do mesmo grau que ele usa, e também o chapéu que a tia usa. Os aparelhos para surdez que ela tem nos ouvidos são para a Carola. Eles não são exatamente os que ela necessita, mas que os use mesmo assim, porque são caríssimos. 
Os olhos da titia não são dela, são de vidro. Tirem-nos e nas órbitas vão encontrar a corrente de ouro para o Gustavo e o anel de brilhantes para o casamento da Katiuska. A peruca platinada, com reflexos dourados, que a titia usa também é para a Katiuska, que vai brilhar linda, em seu casamento. 
Com amor, sua filha. 
Carmencita. 

PS1: Por favor, arrumem uma roupa para vestir a tia para o enterro e mandem rezar uma missa pelo descanso de sua alma, pois realmente ela ajudou até depois de morta. Como vocês repararam o caixão é de madeira boa (não dá cupim); podem desmontá-lo e fazer os pés da cama de mamãe e outros consertos em casa. O vidro do caixão serve para fazer um porta-retrato da fotografia da vovó, que está, há anos precisando de um novo. Com o forro do caixão, que é de cetim branco (US$ 20,99 o metro) Katiuska pode fazer o seu vestido de noiva. Não esqueçam, com a alegria destes presentes, de vestir a titia para o enterro. Com amor, Carmencita. 

PS2: Com a morte de tia Josefa, tia Blanca caiu doente; não desanimem, logo, logo, vocês receberão mais coisas.

116 – GAMBIARRA 

Em uma planície, viviam um Urubu e um Pavão. Certo dia, o Pavão refletiu:
Sou a ave mais bonita do mundo animal, tenho uma plumagem colorida e exuberante, porém nem voar eu posso, de modo a mostrar minha beleza. Feliz é o Urubu que é livre para voar para onde o vento o levar.
O Urubu, por sua vez, também refletia no alto de uma árvore:
Que infeliz ave sou eu, a mais feia de todo o reino animal e ainda tenho que voar e ser visto por todos. Quem me dera ser belo e vistoso tal qual aquele Pavão.
Foi quando ambas as aves tiveram uma brilhante ideia em comum e se juntaram para discorrer sobre ela: cruzar-se seria ótimo para ambos, gerando um descendente que voasse como o Urubu e tivesse a graciosidade de um Pavão... Então cruzaram... e nasceu o peru... QUE É FEIO PRÁ CARAMBA E NÃO VOA!!!
Moral da história: "Se tá ruim, não faz gambiarra que piora!!"


115 – ENTENDENDO A HISTÓRIA

*O JUDEU E O ÁRABE **
O árabe vai à loja do judeu para comprar sutiãs pretos. 
O judeu, pressentindo bons negócios, diz que são raros e poucos e vende por 40 euros cada um. 
O árabe compra 6, e volta alguns dias depois querendo mais duas dúzias. 
O judeu diz que as peças vão ficando cada vez mais raras e vende por 50 euros a unidade. 
Um mês mais tarde, o árabe compra o que resta por 75 euros cada. 
O judeu, encucado, lhe pergunta o que faz com tantos sutiãs pretos. 
Diz o árabe:
- Corto o sutiã em dois, faço dois chapeuzinhos e vendo para os judeus por 100 euros cada.
FOI AÍ QUE A GUERRA COMEÇOU... 


114 – PROTEÇÃO 

O primeiro protetor de testículos, na prática do hóquei, foi criado em 1874. 
O primeiro capacete para proteção da cabeça foi usado em 1974.

Conclusão: Foi necessário um século para que os homens percebessem que o cérebro também é importante.


113 – GESTÃO ESTRATÉGICA EM 06 AULAS

AULA 1
Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando.
A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas . Quando ela abre a porta vê o vizinho Nestor em pé na soleira.
Antes que ela possa dizer qualquer coisa Nestor diz:
Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!!!
Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. Nestor então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro:
Quem era?
Era o Nestor, o vizinho da casa ao lado, diz ela.
Ótimo!!! Ele lhe deu os R$3.000 que ele estava me devendo??
Conclusão: *Se você compartilha informações a tempo você pode prevenir exposições desnecessárias *.

AULA 2
Um padre está dirigindo por uma estrada quando um vê uma freira em pé no acostamento.
Ele para e oferece uma carona que a freira aceita.
Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas pernas.
O padre se descontrola e quase bate com o carro.
Depois de conseguir controlar o carro e evitar acidente ele não resiste e coloca a mão na perna da freira.
A freira olha para ele e diz:
Padre , lembre-se do Salmo 129!!!
O padre sem graça se desculpa:
Desculpe Irmã, a carne é fraca...
E tira a mão da perna da freira. Mais uma vez a freira diz:
Padre lembre-se do Salmo 129!!!
Chegando ao seu destino a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento.
Assim que chega à igreja o padre corre para as Escrituras para ler o Salmo 129, que diz:
"Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso".
Conclusão: *Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, você pode perder excelentes oportunidades *.

AULA 3
Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo .
Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio.
O gênio diz:
Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês !!! Eu primeiro, eu primeiro, "grita um dos funcionários... Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida " ...
Pufff e ele foi.
O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido:
Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas!!!
Puff, e ele se foi.
Agora você.
Diz o gênio para o gerente ..
Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!
Conclusão: *Deixe sempre o seu chefe falar primeiro *.

AULA 4
Na África todas as manhãs o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo.
Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais que o veadinho se não quiser morrer de fome.
Conclusão: * Não faz diferença se você é veadinho ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr.*

AULA 5
Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada.
Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta:
Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?
O corvo responde:
Claro, porque não?
O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa.
De repente uma raposa aparece e come o coelho.
Conclusão: * Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo *.

AULA 6
Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo às árvores frutíferas.
No caminho ao passar por uma lagoa ouve vozes femininas que provavelmente invadiram suas terras.
Ao se aproximar lentamente observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa.
Quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam:
Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora.
O fazendeiro responde: - Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!
Conclusão: *A criatividade é o que faz a diferença na hora de atingirmos nossos objetivos mais rapidamente*.

112 – O PAPA E OS TRÊS GAUCHOS!

Em visita ao litoral do Rio Grande do Sul, o Papa foi levado à praia do Albatroz onde presenciou uma cena impressionante.
Algumas pessoas gritavam desesperadas, apontando para o mar. Forçando a vista, Sua Santidade pode ver um jovem, vestido com a camisa da seleção Argentina, lutando desesperadamente contra o ataque de um tubarão!
O pânico era geral, mas três homens se aproximaram da água. Um arremessou um arpão que acertou no corpo do tubarão; o segundo arrancou o jovem ensanguentado de sua enorme boca, enquanto o terceiro abatia a feroz criatura com vigorosas cacetadas.
Depois de levar o Argentino inconsciente até a areia, os três sujeitos arrastaram o tubarão até as proximidades de uma camionete e colocaram na caçamba.
Ainda cansados, os gaúchos foram levados até as proximidades do Papa-móvel.
O Papa, visivelmente emocionado, lhes dirigiu uma benção especial.
-Caríssimos irmãos do Rio Grande: a cena que hoje presenciei me ensinou muito acerca da grandeza dos homens, filhos de Deus. Sem considerar a rivalidade que existe entre os brasileiros e argentinos, um gesto nobre, superior e heróico, levou estes abnegados riograndenses a salvar um irmão das garras da morte, mesmo sendo este um Argentino. É um grande exemplo para a busca da paz entre os homens, sempre em conflito!
O Papa se despediu, emocionado, e, enquanto o Papa-móvel se afastava, um dos gaúchos perguntou aos outros dois:
-Escuta, tchê, quem é este velhote?
-Bah, meu! Deixa de ser ignorante, tchê, este é o Papa, o santo padre, o cara que fala direto com o Homem lá de cima! Ele tem a sabedoria divina.
- Sabedoria divina ele pode ter, tchê, mas não entende nada de pesca de tubarão.
- Cadê a isca?
- Fugiu de novo? Da próxima vez vamos amarrar o argentino com arame, é mais seguro.

111 - PULOU OU NÃO PULOU?
 

Um jovem alistou-se no exército e optou pela tropa de paraquedistas.
Fez o treinamento básico, fez os saltos de treinamento a partir de plataformas cada vez mais altas, e finalmente foi fazer seu salto de um avião.
No dia seguinte, telefonou para o pai, para dar as notícias.
- E aí, você pulou? - pergunta o pai.
- Bom; deixe eu explicar o que aconteceu. Subimos no avião, e o sargento abriu a porta e pediu voluntários. Aí uns doze colegas se levantaram e pularam da porta aberta do avião!
- Foi aí que você pulou? - Pergunta o pai.
- Bem, continuando, o sargento começou a agarrar os demais colegas, um por vez, e a jogá-los pela porta aberta.
- Então, aí você pulou? - Pergunta o pai.
- Estou chegando lá. Todo mundo tinha pulado, e eu era o último soldado que restava no avião. Eu disse ao sargento que eu tinha muito medo para pular. Ele me disse que se eu não pulasse do avião ele me chutaria pra fora!
- Então, você pulou!
- Ainda não. Ele tentou me empurrar pela porta, mas eu segurei firme nela e não deixei ele me empurrar. Aí ele chamou o Sargento Instrutor.. O Sargento Instrutor é um armário tamanho 4 x 4, e pesa 150 quilos..
Ele me perguntou:
- Rapaz, você vai pular, ou não?'.
- Respondi que eu não pularia porque tinha muito medo! Nisso o Sargento Instrutor abaixou o zíper da calça e... eu vi o tamanho...
Descomunal!!! Olhando-me com uma cara de tarado, ele disse:
- Rapaz, ou você pula fora deste avião agora, ou eu vou enfiar esta **** toda no seu **, sem camisinha e sem cuspe. ENTENDEU?
- E aí você pulou? - Perguntou o pai.
- Bem, pai, no começo eu pulei um pouquinho...

110 - A DIFERENÇA ENTRE ORIGINAL E CÓPIA 

Um jovem noviço chegou ao monastério e lhe deram a tarefa de ajudar os outros monges a transcrever os antigos cânones e regras da Igreja.
Ele se surpreendeu ao ver que os monges faziam seu trabalho a partir de cópias e não dos manuscritos originais.*

Foi falar com o abade e explicou que, se alguém cometesse um erro na primeira cópia, esse erro se propagaria em todas as cópias posteriores.
O abade lhe respondeu que há séculos copiavam da cópia anterior, mas que achava bem procedente a observação do noviço.*
Na manhã seguinte, o abade desceu até as profundezas da caverna no porão do monastério, onde eram conservados os manuscritos e pergaminhos originais, intocados há muitos séculos.
Passou-se a manhã, a tarde e depois a noite, sem que o abade desse sinal de vida.*
Preocupado, o jovem noviço decidiu descer e ver o que estava
acontecendo. Encontrou o abade completamente descontrolado, com as vestes rasgadas, batendo a cabeça ensanguentada nos veneráveis muros do monastério*
Espantado, o jovem monge perguntou:*
- Abade, o que aconteceu?*
- Aaaaaaaahhhhhhhhhh!!! CARIDADE...CARIDADE!!! Eram votos de "CARIDADE" que tínhamos que fazer.... E não de "CASTIDADE"!!!*

109 - ORDEM DE NASCIMENTO DOS FILHOS...

O 1º filho é de vidro...
O 2º é de borracha...
O 3º é de aço.

PLANEJAMENTO
O 1º filho é (em geral) desejado
O 2º é planejado
O 3º é escorregado...

A ORDEM DE NASCIMENTO DAS CRIANÇAS
1º- Irmão mais velho tem um álbum de fotografia completo, um relato minucioso do dia que vieram ao mundo, fios de cabelo e dentes de leite guardados.
2º - O segundo mal consegue achar fotos do primeiro aniversário.
3º- Os terceiros, não fazem ideia das circunstâncias em que chegaram à família

O que vestir
1º bebê - Você começa a usar roupas de grávidas assim que o exame dá positivo.
2º bebê - Você usa as roupas normais o máximo que puder.
3º bebê - As roupas para grávidas são suas roupas normais, porque você já deixou de ter um corpinho de sereia e passou a ter um de baleia.

Preparação para o nascimento
1º bebê - Você faz exercícios de respiração religiosamente.
2º bebê - Você não se preocupa com os exercícios de respiração, afinal lembra que, na última vez, eles não funcionaram.
3º bebê - Você pede para tomar a peridural no 8º mês porque se lembra que dói demais.

O guarda-roupas
1º bebê - Você lava as roupas que ganha para o bebê, arruma de acordo com as cores e dobra delicadamente dentro da gaveta.
2º bebê - Você vê se as roupas estão limpas e só descarta aquelas com manchas escuras.
3º bebê - Meninos podem usar rosa, né? Afinal o seu marido é liberal e tem certeza que o filho vai ser macho igual ao pai! (será que vai mesmo?)

Preocupações
1º bebê - Ao menor resmungo do bebê, você corre para pegá-lo no colo.
2º bebê - Você pega o bebê no colo quando seus gritos ameaçam acordar o irmão mais velho..
3º bebê - Você ensina o mais velho a dar corda no móbile do berço ou manda o marido ir até o quarto das crianças.

A chupeta
1º bebê - Se a chupeta cair no chão, você guarda até que possa chegar em casa e fervê-la..
2º bebê - Se a chupeta cair no chão, você a lava com o suco do bebê.
3º bebê - Se a chupeta cair no chão, você passa na sua camiseta, dá uma lambida, passa na sua camisa desta vez para dar uma secadinha para não pegar sapinho no nenê, e dá novamente ao bebê, porque o que não mata, fortalece (vitamina B, de Bicho, of course!)

Troca de fraldas
1º bebê - Você troca as fraldas a cada hora, mesmo se elas estiverem limpas.
2º bebê - Você troca as fraldas a cada duas ou três horas, se necessário.
3º bebê - Você tenta trocar a fralda somente quando as outras crianças começam a reclamar do mau cheiro.

Banho
1º bebê - A água é filtrada e fervida e sua temperatura medida por termômetro.
2º bebê - A água é da torneira e a temperatura é fresquinha.
3º bebê - É enfiado diretamente embaixo do chuveiro na temperatura que vier, porque você, seu marido e seus pais foram criados assim, e ninguém morreu de frio

Atividades
1º bebê - Você leva seu filho para as aulas de musica para bebês, teatro, contação de história, natação, judô, etc...
2º bebê - Você leva seu filho para a escola e olhe lá...
3º bebê - Você leva seu filho para o supermercado, padaria, manicure, e o seu marido que se vire para levá-lo à escola e ao campo de futebol...

Saídas
1º bebê - A primeira vez que sai sem o seu filho, liga cinco vezes para casa da sua mãe (sua sogra não pode ficar com a criança porque na sua cabeça, ela nunca foi mãe), para saber se ele está bem.
2º bebê - Quando você está abrindo a porta para sair, lembra de deixar o número de telefone com a empregada.
3º bebê - Você manda a empregada ligar só se ver sangue.

Em casa
1º bebê - Você passa boa parte do dia só olhando para o bebê.
2º bebê - Você passa um tempo olhando as crianças só para ter certeza que o mais velho não está apertando, mordendo, beliscando, batendo ou brincando de superman com o bebê, amarrando uma sacola do carrefour no pescoço dele e jogando ele de cima do beliche.
3º bebê - Você passa todo o tempo se escondendo das crianças.

Engolindo moedas
1º bebê - Quando o primeiro filho engole uma moeda, você corre para o hospital e pede um raio-x.
2º bebê - Quando o segundo filho engole uma moeda, você fica de olho até ela sair.
3º bebê - Quando o terceiro filho engole uma moeda, você desconta da mesada dele.


108 - 15 DICAS PARA FAZER SEXO NA 3ª IDADE:

1. Use seus óculos.
2. Certifique-se de que sua companhia esteja realmente na cama. 
3.Ajuste o despertador para tocar em 3 minutos, para o caso de você adormecer durante a performance. 
4. Acerte a iluminação: apague todas as luzes. 
5. Deixe o celular programado para o número da EMERGÊNCIA MÉDICA. 
6. Escreva em sua mão o nome da pessoa que está na cama, no caso de não se lembrar.

7. Fixe bem sua dentadura para que ela não acabe caindo debaixo da cama.
8. Tenha DORFLEX à mão, para o caso de você cumprir a performa
nce.
9. Não faça muito barulho; nem todos vizinhos são surdos como você.
10. Se tudo der certo, telefone para seus amigos para contar as boas novas.
11. Nunca, jamais, pense em repetir a dose, mesmo sob o efeito de VIAGRA ou CIALIS.
12. Não se esqueça de levar 2 travesseiros para colocar sob os joelhos, para não forçar a artrose.
13. Se for usar camisinha, avise antes ao piupiu que não se trata de touca para dormir, senão ele pode se confundir.
14. Não se esqueça de tirar a parte de baixo do pijama, mas fique com uma camiseta para não pegar gripe.
15. Não tome nenhum tipo de laxante nos dias anteriores; nunca se sabe quando se tem um acesso de tosse.

Estas dicas deveriam ter sido escritas com letras grandes para facilitar sua leitura!


107 - Quando me aposentar vou morar na praia... (Dante Mendonça) - Jornal Estado do Paraná
O cara se aposentou e foi mesmo morar na praia.
Mês a mês manda notícias contando sua nova vida para o filho.

Janeiro
Estimado filho, tenho a lhe comunicar boas novas: eu me aposentei e agora vamos morar na praia.
Vendemos nossa casa.
Em março estaremos de mudança para o litoral.
Lembra quando eu falava prá tua mãe?
Quando me aposentar vou morar na praia!
Ela duvidava.
Beijo da mãe, bênção do pai.

Fevereiro
Estimado, fechei negócio: quinto andar, seis por andar, nosso apartamento é de frente para o mar. É uma suite e mais um quarto, área de serviço, dependência de empregada. Uma sala dois ambientes e, o melhor de tudo, uma deslumbrante sacada. A vista praquele marzão é pornográfica.
Sua mãe achou a sala acanhada para os padrões dela.
Mas apartamento de praia é assim mesmo e a manutenção fica mais barata.
Beijo da mãe, bênção do Pai.

Março

Estimado, nós já estamos morando na praia!
O clima é um paraíso aqui na terra.
Espetáculo.
Não chove, faz um calorzinho do bom.
Mesmo assim, providenciei o que faltava: o ar condicionado da nossa suite.
Só não instalei porque procuro alguém para fazer o serviço mais em conta.
Aqui tudo custa o olho da cara.
De resto, tudo nos conformes.
Até fizemos uma agenda para nossas atividades diárias.
8h00: despertar.
8h30: lauto café da manhã.
9h30: caminhada de uma hora na praia para respirar o ar puro e aproveitar o sol da manhã.
10h30: supermercado e tarefas externas.
11h30: sua mãe vai para a cozinha.
13h00: o delicioso almoço da mamma.
14h30: soneca.
16h00: café da tarde.
17h00: leitura do jornal e revistas.
18h00: caminhada na orla para apreciar o por do sol.
20h30: lanche e telejornal.
21h00: novela.
22h00: jogo de cartas.
23h00: prá caminha, que ninguém é de ferro.
Que Tal, filhão?
Beijo da mãe, bênção do pai.

Abril
Estimado, já travamos amizade com os vizinhos do prédio.
Temos gaúchos, paulistas, catarinas, paraguaios e argentinos.
Só gente boa.
Novidades: já estou até tomando chimarrão e fui convidado para participar do aperitivo diário no barzinho dos aposentados.
Mudamos um pouquinho a rotina.
Das 11h30 às 12h30 faço aperitivo.
Tua mãe não gostou muito, mas ela precisa entender que precisamos ter uma vida social.
Outra coisa: sabe a deslumbrante sacada?
Mandamos envidraçar.
A ventania é tanta que ela já estava inútil.
Tua mãe não se agradou, acha que é mais vidro prá lavar.
Beijo da mãe, bênção do Pai.

Maio
Estimado, tua mãe está bem nervosa, acha que precisamos arrumar alguma coisa prá fazer.
De minha parte estou de agenda cheia.
No meio da tarde, jogo bocha com a turma da associação dos aposentados e depois fico para a happy hour.
Tua mãe também não gostou muito.
Beijo da mãe, bênção do pai.

Junho
Acabo de comprar um pequeno barco inflável pra pescar.
Só me falta companheiro de pescaria.
Tua mãe não ficou muito satisfeita e agora inventou de colorir estátuas de gesso.
Ela pintou algumas estátuas de Santa Edwiges e está vendendo bem, na feirinha.
Um dos quartos virou oficina e o cheiro de tinta está insuportável.
De resto, mudamos um pouco a rotina: estamos passando as tardes nas casas de bingo.
Beijo da mãe, bênção do pai.

Julho
Estimado, o vento Sul aqui é de lascar e ainda não consegui botar o barco na água.
Desde o início de junho não estamos mais caminhando na praia.
Parece que a maresia enferruja os ossos, de tanto frio e chuva.
Só saio de casa para o aperitivo do almoço e pra happy hour no barzinho dos aposentados.
O médico mandou parar com os aperitivos.
Tua mãe também acha que estou muito barrigudo.
Beijo da mãe, bênção do pai.

Agosto
Estimado filho, orgulha-te: eu fui eleito síndico do prédio!
Por unanimidade!
Tua mãe acha que o mês não foi propício para aceitar a incumbência.
Ela diz que agosto atrai coisa ruim.
Amanhã temos uma reunião de condomínio pra decidir a nova pintura da fachada do edifício, manutenção de dois elevadores, reforço nas fundações e reforma de todo o sistema hidráulico e elétrico e não para de chover.
Beijo da mãe, bênção do pai.

Setembro
Estimado, o feriadão da Semana da Pátria foi um inferno.
Invadiram nossa praia.
Bem na frente do prédio, toneladas de som e cerveja.
Só conseguimos dormir depois das duas da manhã.
A vizinhança diz que isso foi coisa pouca, na temporada todos dormem quando o dia amanhece mesmo com muita chuva.
Tua mãe está nervosa e eu não estou com bons pressentimentos.
Beijo da mãe, bênção do pai.

Outubro
Estimado, o tempo está esquentando mesmo com chuva: nos fins de semana já não dormimos em paz, o movimento no balneário começou a subir e os preços também.
Sábado faltou luz, domingo faltou água.
Amanhã tem reunião de condomínio para comprar um gerador e furar um poço artesiano.
Sobrou prá mim.
Vendi o barco inflável que nunca usei.
Tua mãe não se conforma com a minha barriga e agora não sai mais de casa, nem para vender as estátuas de Santa Edwiges. Colocamos o apto a venda.
Beijo da mãe, bênção do pai.

Novembro
Estimado, eu não sei o que está acontecendo.
Os vizinhos gaúchos, paulistas e catarinas já botaram os apartamentos pra alugar e vão voltar pra suas origens, em dezembro.
Os argentinos e paraguaios vão ficar.
Mas os portenhos não tem onde cair mortos e os paraguaios correm boatos, são uma gente exilada por corrupção ou coisa que o valha.
Tua mãe continua inconformada com a minha barriga e jogou pela janela todo o estoque de estátuas de gesso. Já vendemos o apartamento para outro aposentado.
Beijo da mãe, bênção do pai.

Dezembro
Estimado filho, nós estamos de volta para onde nunca deveria ter saído.
Beijo da mãe, bênção do pai.

106 – LOIRA NO AVIÃO

UM AVIÃO ESTÁ A CAMINHO DE GOIÂNIA, QUANDO UMA LOIRA NA CLASSE ECONÔMICA SE LEVANTA, E CAMINHA PARA A PRIMEIRA CLASSE E SENTA-SE ALI. A AEROMOÇA OBSERVA O QUE ELA FAZ, E PEDE PARA VER SUA PASSAGEM.
ELA ENTÃO DIZ PARA A LOIRA QUE ELA PAGOU POR CLASSE ECONÔMICA E QUE ELA DEVE SE SENTAR NOS FUNDOS.
A LOIRA RESPONDE: - SOU LOIRA, 'SOU BONITA, 'EU ESTOU INDO PARA GOIÂNIA E VOU PERMANECER AQUI MESMO.
A AEROMOÇA VAI ATÉ A CABINE E FALA AO PILOTO E COPILOTO QUE TEM UMA LOIRA SEXY SENTADA NA PRIMEIRA CLASSE, QUE DEVERIA ESTAR NA CLASSE ECONÔMICA, E NÃO QUER VOLTAR PARA SEU ASSENTO.
O COPILOTO VAI ATÉ A LOIRA E TENTA EXPLICAR QUE ELA PAGOU SOMENTE POR CLASSE ECONÔMICA QUE ELA DEVE SAIR DALI E RETORNAR PARA SEU ASSENTO.
A LOIRA RESPONDE: - SOU LOIRA, 'SOU BONITA, 'EU ESTOU INDO PARA GOIÂNIA E VOU PERMANECER BEM AQUI'.
O COPILOTO DIZ AO PILOTO QUE PROVAVELMENTE DEVERIAM TER A POLÍCIA ESPERANDO QUANDO ELES ATERRISSASSEM PARA PRENDER ESTA MULHER LOIRA QUE NÃO QUERIA COOPERAR.
O PILOTO DIZ: - VOCÊ DISSE QUE ELA É LOIRA? EU VOU FALAR COM ELA, SOU CASADO COM UMA LOIRA. EU FALO 'LOIRÊS'
ELE VAI ATÉ A LOIRA, SUSSURA ALGO EM SEU OUVIDO, E ELA DIZ:
- OH, ME DESCULPA'. E LEVANTA-SE E VAI DE VOLTA PARA O SEU ASSENTO NA CLASSE ECONÔMICA 
A AEROMOÇA E O COPILOTO, BOQUIABERTOS, PERGUNTAM A ELE O QUE ELE DISSE PARA FAZÊ-LA MUDAR SEM NENHUMA FRESCURA.
- EU DISSE A ELA: - "A PRIMEIRA CLASSE NÃO ESTÁ INDO PARA GOIÂNIA!!"

105 – PÉROLAS DE OSCAR NIEMAYER (102 ANOS)

- Ganhei um convite para ver o filme da Bruna Surfistinha. Esperava que fosse MESMO um filme sobre surf. Mas o filme é uma apologia ao baixo meretrício e aos mais baixos instintos humanos. Pelo menos rolou uns peitinhos.
- Meu médico me proibiu de tomar vinho todos os dias. Sorte que ele não falou nada sobre Smirnoff Ice. 
- Fui convidado para ver o pessoal do Comédia em Pé. Só não vou porque minha artrite não deixa ficar em pé muito tempo. 
- Esse humor do Zorra Total já era antigo quando eu era criança. 
- Linda, eu não vou a museus. Eu CRIO museus. Quer ir Ver uns museus? 
- Existem apenas dois segredos para manter a lucidez na minha idade: o primeiro é manter a memória em dia. O segundo eu não me lembro. 
- Ivete Sangalo me encomendou o primeiro trio elétrico de concreto armado do mundo. O pessoal aqui no escritório já apelidou de "Sangalão". A proposta inicial dela era fazer o "Sangalão" de madeira para ficar mais leve. Aí eu disse pra Ivete "Quer de madeira? Chama um MARCENEIRO!".
- Projetar Brasília para os políticos que vocês colocaram lá foi como criar um lindo vaso de flores pra vocês usarem como PINICO.
- Caro Sarney: ser imortal na Academia Brasileira de Letras é mole. Quero ver é tentar ser aqui fora! 
- Nunca penso na morte, NUNCA. Vou deixar para pensar nisso quando tiver mais idade. 
- Perto de mim Justin Bieber ainda é um espermatozoide.
- Brasília nunca deveria ter sido projetada em forma de avião. O de camburão seria mais adequado. Na verdade quem projetou Brasília foi Lúcio Costa. Eu fiz uns prédios e avisei que aquela merda não ia dar certo. Sim, ela é aquele avião que não decola NUNCA. Segundo a Nasa, Brasília é inconfundível vista do espaço.
- Duro admitir, mas atualmente Marcela Temer é o monumento mais comentado de Brasília.
- Todos ficam falando Zé Alencar é isso, Zé Alencar é aquilo. Mas quem fez Pilates e caminhou na praia hoje? EU!
- O frevo foi criado há 104 anos. Ou seja: só tive um ano de sossego desse pessoal pulando de guarda-chuvinha.
- Segredo da Longevidade : Não viva cada dia como se fosse o último. Viva como se fosse o primeiro.
- Na minha idade, a melhor coisa de acordar de madrugada para ir ao banheiro é ter acordado.
- Alguns homens melhoram depois dos 40. E eu mesmo só comecei a me sentir mais gato depois dos 90. 
- Queria muito encontrar um emprego vitalício. Só pra garantir o futuro, sabe... Andei comprando apostilas para Concurso do Banco do Brasil. Não quero viver de arquitetura o resto da vida.

- Foi-se o John Herbert, 81 anos. Essa molecada da área artística se acaba rápido demais.
- Só me arrependo de UMA coisa na vida: de não ter cuidado melhor da minha saúde para poder viver mais.
- São Paulo mostrou ao Brasil como se urbanizar com inteligência: basta fazer o exato contrário do que acontece por lá.
- Fato: o meu edifício Copan aparece em 50% dos cartões postais de São Paulo. DE NADA.
- A quem interessar possa: eu NÃO estive presente na fundação de São Paulo há 457 anos. Na verdade eu não fui nem convidado.
- A vida é um BBB e eu quero ser o último a sair!

104 - PREMONIÇÃO

Um homem vai ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite.
O garoto está tendo um pesadelo. O pai o acorda e pergunta-lhe se ele está bem. O filho responde que está com medo porque sonhou que a tia Suzana havia morrido. O pai garante que tia Suzana está muito bem e manda-o de novo para a cama.
No dia seguinte a tia Suzana morre. 
Uma semana depois, o homem volta ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto está tendo outro pesadelo, e desta vez diz que sonhou que o avô havia morrido. 
No dia seguinte o vovô morre. 
Uma semana depois, o homem vai de novo ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto está tendo outro pesadelo. Desta vez o filho responde que sonhou que o papai havia morrido... O pai garante que está muito bem e manda-o de novo para a cama. 
No dia seguinte ele está apavorado. Tem certeza de que vai morrer.
Sai para o trabalho e dirige com o maior cuidado para evitar uma colisão.
Não almoça com medo de veneno; evita as pessoas, com medo de ser assassinado, tem um sobressalto a cada rua...
Ao voltar para casa, ele encontra sua esposa e diz: 
- Meu Deus... Tive o pior dia de minha vida!
E ela responde toda chorosa:
- Você acha que o seu foi pior... E o meu chefe, que morreu hoje de manhã assim que chegou ao escritório!
MORAL DA HISTÓRIA: há momentos em que ser corno não é problema, é um alívio! 



103 – CAGANDO NO MOTEL

Meu nome é Sônia, e do meu gato ou ex-gato é Luciano.....
Era uma noite de quinta, daquelas que a gente não espera nada, quando o gatinho me ligou.
- Vamos dar uma saidinha?
Eu sabia muito bem o que ele queria dizer com isso. E sabia muito bem o que ele queria com isso também.
Bem, não estava fazendo nada. Então… Porque não?
Aceitei, e às 8 em ponto, o carro do Lu já estava na frente da minha garagem. Óbvio que eu ainda estava de toalha na cabeça e creme na cara. Mas como minha mãe sempre diz: Quando o cara quer comer, e sabe que vai comer, nada o aborrece. (Minha mãe realmente diz isso!)
Sem pressa, terminei de me arrumar e finalmente saímos. Fomos primeiro num restaurante que já era velho conhecido meu. Jantar agradável, com a companhia perfeita. Sabe, ele era um cara que eu estava realmente interessada, diga-se de passagem, isso é difícil.
Sempre acho as pessoas um tanto quanto “mais-ou-menos”, mas ele não. Ele era mais!
Era como se o carro estivesse no piloto automático, depois que o jantar acabou, ninguém precisou falar nada, quando vimos, o carro já estava entrando no Motel.
Ele escolhera um quarto com vaga privativa.
Eu prefiro, evita o momento de olhar para a recepcionista, que você sabe que interiormente te olha e diz: “Háá, alguém vai se dar bem!”

Enquanto subíamos as escadinhas, conseguia sentir que a noite ia ser boa. Mas, além disso, também sentia outra coisa.
E essa coisa era uma enorme e imensa vontade de cagar.
Inferno! Tinha que ser ali? Naquela hora? Naquele momento? Com aquele cara?
Entramos no quarto, e fui logo dando uma espiadinha no banheiro. Não entendo porque quarto de Motel às vezes possui paredes de vidro entre a cama e o banheiro. Não é visualmente agradável, e nem a acústica ajuda. Ainda mais na minha atual situação.
Para a minha sorte, o banheiro era afastado da cama, e com uma bela e grande parede branca dividindo. Joguei o boy na cama, liguei a rádio na estação de sex music que só os Motéis tem, e quando ele já achava que a brincadeira ia começar, disse que iria no banheiro para voltar bem gostosa para ele.
Homens são facilmente enganáveis. Qualquer coisa que você fale para eles que contenham as palavras “gostosa” ou “deliciosa”, são imediatamente aceitas sem contestação alguma.
Não costumo demorar muito no banheiro, e ainda bem isso não seria um problema. Fiz o que tinha que fazer, e fui dar descarga.
A descarga não funcionou!
Tentei mais uma, duas, três… vinte e sete… quarenta e cinco vezes. É, definitivamente a descarga não estava funcionando.
Ok, e agora? Quais opções eu tinha?
a) Fazer a noiva: Lotar a privada de papel higiênico.
b) Dar um grito e falar “Nossa, deixaram um presente na privada para a gente” e sair rindo.
c) Não fazer nada, e torcer para ele não ir ao banheiro.
Enquanto pensava qual seria a melhor escolha, notei um buraco, uma entrada (ou saída, vai saber) em cima da privada.
Era um buraco, parecia uma saída de ar, e aposto que me salvaria.
Catei a evidencia do ocorrido com bastante papel higiênico e desovei tudo ali. Atolei o mais fundo possível, e saí linda e leve do banheiro.
A noite foi maravilhosa, como já era esperado, mas como acordávamos cedo na sexta-feira, não nos demoramos muito.
Vestimos nossas roupas, e descemos para a garagem. Quando já estava entrando no carro, ele aponta para o capô e exclama:
- Que isso???
Em poucos segundos deduzi tudo:
Merda! Era isso. Exatamente isso!
O tal buraquinho dava para a garagem, mais precisamente para o carro do homem dos meus sonhos, e que agora se encontrava todo cagado. (o carro, não o homem!)
Merda! Merda! Merda! Mil vezes merda!
- Não acredito. É bosta!
- Calma, deve ter sido algum gato, não sei. Vamos embora, eu limpo.
- Você limpa? Tá louca? Você não vai sujar suas mãos.
- Não esquenta. A noite foi tão boa, né? Deixa isso pra lá.
- O meu carro foi cagado e você quer que eu deixe pra lá?
- Vou chamar o gerente dessa joça.
- O QUE??
Chamar o gerente não. Aquilo já estava indo longe demais. Sem gerente. Pelo amor de Deus. Sem chamar o gerente!
- Não precisa. Vai se estressar por causa de um cocô?
- Vou! Por causa de um cocô em cima do meu carro!!
É, não teve jeito, ele realmente chamou o gerente.
Eu queria morrer. Juro que eu queria ter um ataque e cair durinha ali. Em cima do cocô!
O gerente chegou e já levou umas cinco pedradas do boy. Ele estava furioso. Furiosíssimo.
- Não posso admitir que uma coisa dessas aconteça. O meu carro está cagado. Completamente cagado!
- Mas isso é impossível, ninguém entrou aqui.
E lá se foram 20 agonizantes minutos de uma discussão que eu sabia que não chegaria a ponto nenhum. Até que certa hora, meus ossos gelaram. O boy olhou para cima e disse:
- Ali ó, aquela saída dá diretamente para o meu carro. Quem tiver feito isso, fez por ali.
- Mas senhor, aquela saída é do banheiro da suíte de vocês.
- Tá querendo dizer que eu caguei no meu próprio carro?
- De modo algum. Estou sem entender a situação, tanto quanto vocês.
Não aguentava mais aquela situação. Eu queria chorar, eu queria rir, eu queria gritar, eu queria sumir dali a nunca mais voltar.
Como uma espinha sendo estourada, eu explodi: - FUI EU!!!
Recebi os olhares mais incrédulos que alguém poderia receber. Meu agora ex-futuro-qualquer-coisa me olhava sem conseguir acreditar em tal confissão, sabe aquele olhar 45? era esse e totalmente carregado de ódio. O gerente, safado, deu uma risadinha e se retirou, deixando-me na situação mais merda da minha vida. Literalmente.
Entramos no carro ainda sujo de merda, e fomos embora sem trocar uma palavra, nem o vento que batia com a velocidade era capaz de soltar aqueles torossos... às vezes soltava uma bolinha e grudava no vidro.
Cada vez que ligava o limpador de para brisa com mais cara de ódio ele ficava, era a prova no formato de meio círculo.
Passamos o caminho inteiro no silêncio absoluto. Como sempre cavalheiro, ele me deixou em casa e depois seguiu seu caminho.
Vi o homem da minha vida virando a esquina, com seu carro cagado, e sabia ali, que nunca mais o veria. Alguns anos já se passaram desde essa história, e eu nunca mais tive notícias dele... Poxa, tanto rancor só por causa de uma cagadinha?

102 – MINEIRINHO.. 

O mineirinho está comendo no balcão de um restaurante de estrada, quando entram três motoqueiros, tipo "Abutres" (aqueles caras que vestem roupas de couro preto, cheias de coisas cromadas e que gostam de mostrar sua força quando estão em bando). 
O primeiro, vai até o mineirinho, apaga o cigarro em cima do bife dele e vai sentar na ponta do balcão.
O segundo, vai até o mineirinho, cospe no copo dele e vai sentar na outra ponta do balcão.
O terceiro, vira o prato do mineirinho e também vai sentar na outra ponta do balcão.
Sem uma palavra de protesto, o mineirinho levanta-se, põe o chapéu de palha e vai embora.
Depois de um tempo, um dos motoqueiros diz ao garçom:
- Esse sujeito não era homem!
E o garçom:
- E nem bom motorista ...
Acabou de passar, com o SCANIA dele, em cima de três motos !!! 


101 – O QUE É PIOR?

Recentemente, um homem foi ao Hospital para remover a sua aliança de casamento.
Detalhe: sua amante, que não sabia que ele era casado, achou o anel no bolso da calça e, furiosa, colocou-o no seu pinto enquanto ele dormia.
A partir disso, ele não sabe o que é pior: 
1 - a amante descobrir que ele era casado,,, 
2 - explicar à esposa como foi que a aliança foi parar ali ...ou... 
3 - todo mundo ficar sabendo que seu pinto coube na aliança! 


100 – O CONDE SURDO 

O velho Conde retornando de seu passeio matinal, chega à sua mansão e é recebido pelo seu mordomo que, desmedidamente respeitoso, com um largo sorriso e uma reverência, abre-lhe a porta e, de cabeça abaixada, o saúda dizendo: 
- Entre, seu grande filho de uma puta. De onde é que o idiota do Conde vem com essa cara de veado velho?
E o Conde, sorridente, lhe responde:
- Do otorrino, acabo de comprar um aparelho auditivo.
NOTA: Nunca se esqueça que as situações podem mudar, às vezes a gente nem nota! 


99 – AS AVENTURAS DE COTOCO EM 4 CAPÍTULOS

Cotoco I
Cotoco era um menino muito, muito, mas muito triste, pois não tinha os dois braços e as duas pernas. Os amigos sempre tentavam levá-lo para passear e se divertir.
Um dia o pessoal resolveu ir à praia..
- Já sei! Vamos levar o Cotoco - disse alguém...
- É isso! Vamos, Cotoco, a gente vai pra praia e vamos te levar conosco.
- Não, de jeito nenhum! Vocês não vão se divertir se me levarem...
- Que isso, Cotoco! A gente reveza e cuida de você.
De tanto insistirem o Cotoco resolveu ir, e chegando lá os amigos o colocaram bem na beirada da água no rasinho e lá ele ficou se divertindo, mas o pessoal se distraiu e ele foi ficando por lá.
De repente a maré começou a subir e enquanto as ondas iam e vinham ele ia afundando.
Cotoco, então, começou a se desesperar...
- Socorro!!!!!!!!! Socorro!!!!!!!!! - Gritava Cotoco.
Foi aí que um cara que já tinha tomado todas, o avistou de longe e correu para o resgate..
Heróico, o bêbado pegou Cotoco nos braços e começou a nadar vigorosamente.
Cotoco pensou:
- Ufa! Agora estou salvo...
Porém o bêbado estava indo pro lado errado e quando finalmente o 'pé de cana' estava com água na altura do peito lançou Cotoco violentamente para o fundo da água e gritou:
- Vai tartaruguinha... vai...

Cotoco II
Depois do quase fatídico e trágico acontecimento na praia, no qual um banhista bêbado pensou que ele fosse uma pobre tartaruguinha e o lançou bem longe em alto mar... foi então que aconteceu um milagre:
Cotoco começou a nadar com as orelhas! Cotoco virou uma celebridade.
Virou nadador profissional.
Apareceu no Gugu, deu entrevista no Ratinho, ganhou destaque no Globo Esporte e foi chamado para ir aos Jogos Para-olímpicos.
Chegou o grande dia!! Uma equipe contratada começa a prepará-lo e outra,especialmente treinada joga Cotoco na piscina, mas para espanto geral, o pobre Cotoco fica parado no fundo da piscina, Obviamente sem se debater, e é retirado às pressas para a superfície.
Ainda assustado com o grupo de curiosos que se forma a sua volta, Cotoco vai recuperando o fôlego.Todos esperam uma explicação para tamanho fracasso até que Cotoco consegue finalmente dizer:
-Quem foi... o FDP que me... colocou... essa porra... dessa touca???

Cotoco III
Depois da trágica aventura no mar e da sua curta carreira como nadador.
O coitado do pobre do Cotoco resolveu fazer um programa que 'aparentemente' não o colocaria em perigo.
Eis que ele reuniu seus fiéis amigos e foram em um circo...
Decorria o número do domador de leões, quando o leão escapou da jaula e foi para cima do público.
As pessoas começaram a correr de um lado para o outro e os amigos do pobre Cotoco, é claro, deram no pé...
Cotoco se debatia nas arquibancadas e se esforçava para sair dali.
Alguns, ao verem o pobre deficiente, gritavam para que alguém o acudisse:
- Olha o aleijado!!! Olha o aleijado!!!
E Cotoco se debatendo cada vez mais rapidamente pelas arquibancadas.
- Olha o aleijado!!! Olha o aleijado!!!
E Cotoco, sem agüentar gritou:
- VÃO TODOS SE FODER..., SEUS FDP...! DEIXEM O LEÃO ESCOLHER SOZINHO!!!

Cotoco IV
Certa vez, uma viúva rica e solitária decidiu que precisava de um outro homem em sua vida, então colocou um anúncio no qual podia-se ler:
'Viúva rica procura por homem para compartilhar vida e fortuna.'
Requisitos necessários:
1 - Não me bater...
2 - Não fugir de mim...
3 - Ser excelente na cama...
Por muitos e muitos meses seu telefone tocou incessantemente, sua campainha não parava um segundo, ela recebeu toneladas de cartas, mas nenhum dos pretendentes se enquadrava nas qualificações.
Porém, um dia, a campainha tocou novamente. Ela abriu a porta e quem estava lá? O COTOCO, sem braços nem pernas, deitado no tapete da porta.
Perplexa, ela perguntou:
- Quem é você? E o que você quer?
- Olá! - ele disse - Sua busca terminou, pois sou o homem dos seus sonhos.
Eu não tenho braços, logo não posso te bater. Não tenho pernas, portanto não posso fugir de você.
- Bom - ela retrucou - o que o faz pensar que é tão bom na cama?
COTOCO respondeu: - Eu toquei a campainha, não toquei?!?!
..e Cotoco viveu feliz para sempre! 


98 – EMAIL DO MARIDO 

Querida, está tudo em ordem durante sua ausência. Aquela senhora que você contratou para cuidar da casa durante a sua viagem ficou doente e não pode vir, mas estou me virando bem. 
Estou preparando meu próprio jantar. 
Só não estou limpando a casa nem lavando a roupa suja. 
Está dando tudo certo. Ontem fiz batata frita. Ficou bom. Era preciso descascar a batata? A panela de pressão ficou bem suja, aí a deixei de molho no sabão em pó com um pouco de WD. 
Quanto tempo precisa pra cozinhar ovos? Já deixei eles fervendo por duas horas, mas ficaram duros que nem pedra.. Da próxima vez, vou deixar mais tempo. 
Ontem tive um contratempo cozinhando as ervilhas. Coloquei a lata no microondas e ele explodiu. Acho que tinha que abrir a lata, né? Mas hoje vou fazer um macarrão, que é bem mais fácil. Até já deixei ele de molho na água fria, pra cozinhar mais rápido, já que o micro-ondas quebrou. 
Já aconteceu contigo de a louça suja criar mofo? Como é possível isso acontecer em tão pouco tempo? 
Aliás, atrás da pia tem de tudo que é bicho, daqui a pouco vai dar pra fazer um documentário e vender pro Nacional Geografic. hehehehe, brincadeirinha!!! 
No domingo eu emporcalhei o tapete persa com molho de tomate e mostarda do cachorro quente. Você sempre me dizia que mancha de molho de tomate não sai. Passei um pouco de gasolina que tirei do carro, e a mancha saiu. Ficou meio branco no lugar, mas arrastei o sofá em cima da mancha e nem dá pra perceber. Até você voltar, o cheiro deverá desaparecer. 
A geladeira estava criando muito gelo, então tive que fazer um “defrost” nela. O gelo sai fácil se você raspar ele com uma espátula de pedreiro! 
Ficou ótimo, foi fácil e rápido, agora a geladeira está gelando bem pouco, acho que vai demorar bastante pra juntar gelo de novo. 
No mais, na última quinta-feira quando sai para o trabalho acho que me esqueci de trancar a porta. Alguém deve ter entrado no nosso apartamento porque estão faltando alguns objetos, inclusive aquele vaso de marfim que seu bisavô trouxe da África. Mas como você sempre diz o dinheiro não traz felicidade, e tudo que é material é efêmero. O seu guarda-roupa também está meio vazio, mas acho que não devem ter levado muita coisa, afinal você sempre diz que nunca tem nada pra vestir. Ah, também não achei seus sapatos. 
Sei que está pensando nas suas plantas, mas eu estou molhando elas direitinho. Até fervi a água ontem, pois estava muito frio e achei que não ia fazer bem molhar elas com água fria. 
Beijos mil, com muito carinho, do seu querido Afonso. 
PS: Sua mãe deu uma passada aqui pra ver como estavam as coisas. Ela entrou e começou a gritar, e daí sofreu um infarto. 
O velório foi ontem à tarde, mas preferi não te contar prá não te aborrecer à toa. 
Volte logo, estou com saudades.... 

97 – CURSO RÁPIDO DE GRAMÁTICA

- Filho da puta é adjunto adnominal, quando a frase for: ''Conheci um político filho da puta".
- Se a frase for: "O político é um filho da puta", daí, é predicativo.
- Agora, se a frase for: "Esse filho da puta é um político", é sujeito.
- Porém, se o cara aponta uma arma para a testa do político e diz: "Agora nega o roubo, filho da puta!" - daí é vocativo.
- Finalmente, se a frase for: "O ex-ministro, Alfredo Nascimento, aquele filho da puta, desviou o dinheiro das estradas" daí, é aposto.
Que língua a nossa, não?!
Agora vem o mais importante para o aprendizado: Se estiver escrito: "Saiu da presidência em janeiro e ainda se acha presidente. "O filho da puta é sujeito oculto....

96 – O QUE ACONTECE NO RH DAS EMPRESAS 

CRITÉRIO É CRITÉRIO
Chegaram 700 currículos à mesa do diretor de uma grande multinacional.
Ele diz à secretária:
Pegue os 30 que estão no topo da pilha e chame-os para serem entrevistados.
Jogue os restantes na máquina fragmentadora.
O senhor está louco? São 670 pessoas! Talvez os melhores estejam lá!
Ele responde:
Eu não preciso de gente sem sorte ao meu lado.
-------------------------------------
EMPREGADO NOVO
O gerente chama o empregado da área de produção, negão, forte, 1,90m de altura, 100kg, recém admitido, e inicia o diálogo:
- Qual é o seu nome?
- Eduardo - responde o empregado.
- Olhe, - explica o gerente - eu não sei em que espelunca você trabalhou antes, mas aqui nós não chamamos as pessoas pelo seu primeiro nome. Isso é muito familiar e pode levar a perda de autoridade. Eu só chamo meus funcionários pelo sobrenome: Ribeiro, Matos, Souza... Então saiba que eu sou seu gerente e quero que me chame de Mendonça. Bem, agora quero saber: qual é o seu nome completo?
O empregado responde:
- Meu nome é Eduardo Paixão.
- Tá certo, Eduardo. Pode ir agora...
------------------------------------------------
PEDIDO DE AUMENTO
O jovem empregado vai à sala do diretor da empresa onde trabalha:
- Senhor diretor, vim aqui para lhe pedir um aumento. E adianto já que há quatro empresas atrás de mim.
Com medo de perder aquele promissor talento, dobra-lhe o salário ... as empresas valorizam os funcionários quando eles recebem outras propostas...
- Mas mate-me uma curiosidade. Pode dizer-me quais são essas quatro empresas?
- Sim, senhor. A da luz, a da água, a do telefone e o meu banco!!!
-------------------------------------
RACIOCÍNIO RÁPIDO
Pra testar o caráter de um novo empregado, o dono da empresa mandou colocar 500 reais a mais no salário dele.
Passam os dias, e o funcionário não relata nada..
Chegando no outro mês, o dono faz o inverso: manda tirar 500 reais.
No mesmo dia, o funcionário entra na sala pra falar com ele:
- Doutor, acho que houve um engano e me tiraram 500 reais do salário.
- É ? Curioso que no mês passado eu coloquei 500 a mais e você não falou nada.
- É que um erro eu tolero, doutor, mas DOIS, eu acho um absurdo!

95 – PREVISÕES DE JOSÉ SIMÃO PARA AS OLIMPÍADAS DO RIO DE JANEIRO 

1. ONGs vão pipocar dizendo que apoiam o esporte, tiram crianças das ruas e as afastam das drogas. Após as olimpíadas estas ONGs desaparecerão e serão investigadas por desvio de dinheiro público. Ninguém será preso ou indiciado.
2. Um grupo de funk vai fazer sucesso com uma música que diz: vou pegar na tua tocha e você põe na minha pira.
3. Uma escola de samba vai homenagear os jogos, rimando “barão de coubertin” com “sol da manhã”. Gilberto Gil virá no último carro alegórico vestido de lamê dourado representando o “espírito olímpico do carioca visitando a corte do Olimpo num dia de sol ao raiar do fogo da vitória”.
4. Haverá um concurso para nomear a mascote dos jogos que será um desenho misturando um índio, o sol do Rio, o Pão de Açúcar e o carnaval, criado por Hans Donner. Os finalistas terão nomes como: “Zé do Olimpo”, “Chico Tochinha” e “Kaíque Maratoninha”.
5. Luciano Huck vai eleger a Musa dos jogos, concurso que durará um ano e elegerá uma modelo chamada Kathy Mileine Suellen da Silva.
Abertura dos jogos
1. A tocha olímpica será roubada ao passar pela baixada fluminense. O COB vai encomendar outra com urgência para um carnavalesco da Beija flor.
2. Zeca Pagodinho, Dudu Nobre e a bateria da Mangueira farão um show na praia de Copacabana para comemorar a chegada do fogo olímpico ao Rio. Por motivo de segurança, Zeca Pagodinho será impedido de ficar a menos de 500 metros da tocha.
3. Durante o percurso da tocha, os brasileiros vão invadir a rua e correr ao lado dela carregando cartolinas cor de rosa onde se lê GALVÃO FILMA NÓIS, 100% FAVELA DO RATO MOLHADO.
4. Pelé vai errar o nome do presidente do COI, discursar em um inglês de merda elogiando o povo carioca e, ao final, vai tropeçar no carpete que foi colado 15 minutos antes do início da cerimônia.
5. Claudia Leite e Ivete Sangalo vão cantar o “Hino das Olimpíadas” composto por Latino e MC Medalha. As duas vão duelar durante a música para aparecer mais na TV.
6. O Hino Nacional Brasileiro será entoado a capella por uma arrependida Vanuza, que jura que "não bota uma gota de álcool na boca desde a última copa". A platéia vai errar a letra, em homenagem a ela, chorar como se entendesse o que está cantando, e aplaudir no final como se fosse um gol.
7. Uma brasileira vai ser filmada varias vezes com um top amarelo, um shortinho verde e a bandeira dos jogos pintada na cara. Ela posará para a Playboy sem o top e sem o shortinho e com a bandeira pintada na bunda.
8. Por falta de gás na última hora, já que a cerimônia só foi ensaiada durante a madrugada, a pira não vai funcionar. Zeca Pagodinho será o substituto temporário já que a Brahma é um dos patrocinadores. Em entrevista ao Fantástico ele dirá que não se lembra direito do fato.
9. Setenta e quatro passistas de fio-dental vão iniciar a cerimônia mostrando o legado cultural do Rio ao mundo: a bala perdida, o trafico, o funk, o sequestro-relâmpago e a favela.
10. Durante os jogos de tênis a platéia brasileira vai vaiar os jogadores argentinos obrigando o árbitro a pedir silencio 774 vezes. Como ele pedirá em inglês ninguém vai entender e vão continuar vaiando. Galvão Bueno vai dizer que vaiar é bom, mas vaiar os argentinos é melhor ainda. Oscar concordará e depois pedirá desculpas chorando no programa do Gugu.
11. Um simpático cachorro vira-lata furará o esquema de segurança invadindo o desfile da delegação jamaicana. Será carregado por um dos atletas e permanecerá no gramado do Maracanã durante toda a cerimônia. Será motivo de 200 reportagens, apelidado de Marley, e será adotado por uma modelo emergente que ficará com dó do pobre animalzinho e dirá que ele é gente como a gente.
12. Adriane Galisteu posará para a capa de CARAS ao lado do grande amor da sua vida, um executivo do COB.
13. Os pombos soltos durante a cerimônia serão alvejados por tiros disparados por uma favela próxima e vendidos assados na saída do maracanã por “dois real”.
Durante os jogos
1. Caetano Veloso dará entrevista dizendo que o Rio é lindo, a cerimônia de abertura foi linda e que aquele negão da camiseta 74 da seleção americana de basquete é mais lindo ainda.
2. Uma modelo-manequim-piranha-atriz-ex-BBB vai engravidar de um jogador de hóquei americano. Sua mãe vai dar entrevista na Luciana Gimenez dizendo que sua filha era virgem até ontem, apesar de ter namorado 74 homens nos últimos seis meses, e que o atleta americano a seduziu com falsas promessas de vida nos EUA. Após o nascimento do bebê ela posará nua e terá um programa de fofocas numa rede de TV.
3. No primeiro dia os EUA, a China e o Canadá já somarão 74 medalhas de ouro, 82 de prata e 4 de bronze. Os jornalistas brasileiros vão dizer a cada segundo que o Brasil é esperança de medalha em 200 modalidades e certeza de medalha em outras 64.
4. Faltando 3 dias para o fim dos jogos, o Brasil terá 3 medalhas de bronze e 1 de ouro, esta ganha por atletas desconhecidos no esporte “caiaque em dupla”. Eles vão ser idolatrados por 15 minutos (somando todas as emissoras abertas e a cabo) como exemplos de força e determinação. A Hebe vai dizer que eles são “uma gracinha” ao posarem mordendo a medalha, e nunca mais se ouvirá deles.
5. A seleção brasileira de futebol comanda por Ronaldo Fenômeno vai chegar como favorita. Passará fácil pela primeira fase e entrará de salto alto na fase final, perdendo para seleção de Sumatra.
6. A seleção americana de vôlei visitará uma escola patrocinada pelo Criança Esperança. Três meninos vão ganhar uma bola e um uniforme completo dos jogadores, sendo roubados e deixados pelados no dia seguinte.
7. Os traficantes da Rocinha vão roubar aquele pó branco que os ginastas passam na mão. Um atleta cubano será encontrado morto numa boate do Baixo Leblon depois de cheirá-lo. O COB, a fim de não atrasar as competições de ginástica, vai substituir o tal pó pelo cimento estocado nos fundos do ginásio inacabado.
8. Um atleta brasileiro nunca visto antes terminará em 57º lugar na sua modalidade e roubará a cena ao levantar a camiseta mostrando outra onde se lê: JARDIM MATILDE NA VEIA.
9. Vários atletas brasileiros apontados como promessa de medalha serão eliminados logo no inicio da competição. Suas provas serão reprisadas em 'slow motion' e 400 horas de programas de debate esportivo vão analisar os motivos das suas falhas.
Após os jogos
1. Um boxeador brasileiro negro de 1,85m estrelará um filme pornô para pagar as despesas que teve para estar nos jogos e por não obter patrocínio.
2. Faustão entrevistará os atletas brasileiros que não ganharam medalhas. Não os deixará pronunciar uma palavra sequer, mas dirá que esses caras são exemplos no profissional tanto quanto no pessoal, amigos dos amigos, e outras besteiras.

3. No início do ano seguinte, vários bebês de olhos azuis virão ao mundo e as filas para embarque nos voos para a Itália, Portugal e Alemanha serão intermináveis, com mães "ofendidas", segurando seus rebentos...

94 – Entenda o que é CAPITAL de GIRO - CURSO RÁPIDO DE ECONOMIA

Um viajante chega numa cidade e entra num pequeno hotel. Na recepção, entrega duas notas de R$100,00 e pede para ver um quarto.
Enquanto o viajante inspeciona os quartos, o gerente do hotel sai correndo com as duas notas de R$100,00 e vai até o açougue pagar suas dívidas com o açougueiro. 
Este pega as duas notas e vai até um criador de suínos a quem, coincidentemente, também deve R$200,00 e quita a dívida. 
O criador, por sua vez, pega também as duas notas e corre ao veterinário para liquidar uma dívida de... R$200,00. 
O veterinário, com a duas notas em mãos, vai até a zona quitar a dívida com uma prostituta. Coincidentemente, a dívida era de R$200,00. 
A prostituta sai com o dinheiro em direção ao hotel, lugar onde, às vezes, levava seus clientes e que ultimamente não havia pago pelas acomodações. Valor total da dívida: R$200,00. Ela avisa ao gerente que está pagando a conta e coloca as notas em cima do balcão. 
Nesse momento, o viajante retorna dos quartos, diz não ser o que esperava, pega as duas notas de volta, agradece e sai do hotel. 
Ninguém ganhou ou gastou nenhum centavo, porém agora toda a cidade vive sem dívidas, com o crédito restaurado e começa a ver o futuro com confiança! 
MORAL DA HISTÓRIA: NÃO QUEIRA ENTENDER ECONOMIA! 


93 – CURSO PARA LOIRAS NA POLÍCIA!

Um policial interrogava 3 loiras, que treinavam num curso para a Polícia Federal.
Para testar se elas reconheceriam um suspeito, mostrou à primeira loira uma foto por 5 segundos:
- Este é o seu suspeito, como é que você o reconheceria?
A primeira loira responde:
- Fácil, eu o reconheceria porque ele só tem um olho.
O policial diz:
- Bem... é que... a foto o mostra de perfil.
Atrapalhado pela resposta ridícula que recebeu, mostra a foto à segunda loira por 5 segundos e pergunta:
- Este é o seu suspeito, como é que o reconheceria?
A segunda loira dá um sorrisinho maroto, sacode os cabelos pro lado e diz:
- Ah! Isso é fácil!!! Ele só tem uma orelha!!!
O policial, furioso, responde:
- O que se passa com vocês duas? Claro que a foto só mostra um olho e uma orelha, porque ele está de perfil! Essa é a melhor resposta que vocês me podem dar?
Já sem paciência, ele mostra a foto à terceira loira e pergunta, grosseiramente:
- Este é o seu suspeito, como é que você o reconheceria?
E, rapidamente, acrescenta: pense bem, antes de me dar uma resposta imbecil.

A loira olha atentamente a foto, por um momento, e diz:
- Hummmmm... O suspeito usa lentes de contato.
O policial fica surpreendido e sem fala, porque nem mesmo ele sabia se o suspeito usava lentes de contato ou não.
- Bem, é uma resposta no mínimo interessante... Aguardem um momento, que eu vou verificar o perfil do suspeito e já volto.
Deixa a sala e vai ao escritório verificar a ficha do suspeito no computador, e volta com um sorriso satisfeito no rosto:
- Fantástico, não dá para acreditar! É VERDADE! O suspeito usa, de fato, lentes de contato. Belo trabalho! Como conseguiu chegar a essa conclusão?
- Fácil! - responde a loira - Ele não pode usar óculos, porque só tem um olho e uma orelha!

92 - COJONES 

Um turista estava bebericando sua tequila em um Restaurante em Cabo San Lucas, quando notou uma bandeja fervilhante, com uma comida de aparência deliciosa sendo servida na mesa ao lado. Não só tinha uma boa aparência, mas o cheiro também era maravilhoso. Ele perguntou ao garçom:
- O que é que você acabou de servir?
O garçom respondeu:
- O senhor tem bom gosto! Estes são chamados "Cojones de Toro”, os testículos de um touro que combateu na arena esta manhã. Uma delícia.
Cheirava tão bom que o turista disse:
- Que diabos, me traga um prato desses.
- Sinto muito, senhor, disse o garçom. Há apenas uma porção por dia, porque há apenas uma luta de touro a cada manhã. Se você vier amanhã cedo e fizer o seu pedido, poderemos, com certeza, lhe reservar esta iguaria.
Na manhã seguinte, o turista voltou, e fez a sua reserva. Naquela noite, foi-lhe servida aquela única e especial iguaria do dia. Depois de algumas mordidas e fiscalizar o seu prato, ele chamou o garçom e disse:
- Estão deliciosos, mas eles são muito, muito menores do que os que eu vi você servindo ontem.
O garçom encolheu os ombros e respondeu:
- Si, senhor. Às vezes o touro vence.

91 – MEDICINA NO INTERIOR

Um velho Médico que sempre trabalhara no meio rural, achou que tinha chegado a hora de se aposentar depois de ter exercido a medicina mais de 50 anos.
Ele encontrou um jovem médico para o lugar dele e sugeriu ao novo diplomado que o acompanhasse nas visitas domiciliares, para que as pessoas se habituassem a ele gradativamente.
Na primeira casa uma mulher queixou-se que lhe doía o estômago.
O velho Médico respondeu-lhe:
- Sabe, a causa provável é que você abusou das frutas frescas... Por que não reduz a quantidade que consome?
Quando eles saíram da casa o jovem disse: - O senhor nem sequer examinou aquela mulher... Como conseguiu chegar ao diagnóstico assim tão rápido?
- Oh, nem valia a pena examiná-la... Você notou que eu deixei cair o estetoscópio no chão?
Quando me abaixei para apanhá-lo, notei que havia meia dúzia de cascas de mangas, bergamotas e ameixas verdes impróprias para o consumo, no balde do lixo. É provável que isso ocasionasse as dores estomacais.
Na próxima visita você se encarrega do exame!
Humm, que esperteza, pensou o aprendiz.
Na casa seguinte, eles passam vários minutos a falar com uma mulher ainda jovem.
Ela queixava-se de grande fadiga.
- Eu me sinto completamente sem forças...
O jovem doutor disse-lhe então:
- Você deu provavelmente muito de si para a igreja... Se reduzir essa atividade, talvez recupere sua energia.
Assim que deixou aquela casa, o velho doutor disse para o novo:
- O seu diagnóstico surpreendeu-me...
Como é que chegou à conclusão que aquela mulher se dava de corpo e alma aos trabalhos religiosos?
- Eu apliquei a mesma técnica que o senhor me indicou:
Deixei cair o meu estetoscópio e, quando me abaixei para apanhá-lo, vi o padre debaixo da cama...

90 – O CENTRO DO UNIVERSO 

Ptolomeu em 150 d.C. falava que a terra era o centro do universo e que tudo girava em torno dela, foram precisos cerca de 1400 anos para esta teoria ser rebatida por Nicolau Copérnico provando para a humanidade que o Sol sim era o centro. 
- Eu, simplesmente eu, descobri em apenas três dias, após 56 anos, que ambos estavam redondamente enganados: o centro do universo é o cú. 
Isso mesmo, o cu! 
Operei das hemorroidas em caráter de urgência algumas semanas atrás. 
No domingo à noitinha, o que achava que seria um singelo peidinho, quase me virou do avesso. 
“É difícil, mas vamos ver se reverte”, falou meu médico. Reverteu merda nenhuma, era mais fácil o Lula aceitar que sabia do mensalão do que aquela lazarenta bolinha (?) dar o toque de recolher. 
Foram quase 2 horas de cirurgia e confesso não senti nadica de nada, nem se me enrabaram durante minha letargia! 
Dois dias de hospital, passei bem embora tenham tentado me afogar com tanto soro que me aplicaram, foram litros e litros; recebi alta e fui repousar em casa. 
Passados os efeitos anestésicos e analgésicos, vem a “primeira vez”. 
PUTA QUI PARIU!!! Parece que você tá cagando um croquete de figo da Índia, casca de abacaxi, concha de ostra e arame farpado. É um auto-flagelo. 
Por uns três dias dói tanto que você não imagina uma coisinha tão pequena e com um nome tão reduzido (cú) possa doer tanto. O tamanho da dor não é proporcional ao tamanho do nome, neste caso, cú deveria chamar dobrovosky, tegulcigalpa, nabucodonosor. 
Passam pela cabeça soluções mágicas: 
Usar um ventilador! Só se for daqueles túneis aerodinâmicos. 
Gelo! Só se eu escorregar pelado por uma encosta do Monte Everest. 
Esguichinho de água! Tem que ser igual a da Praça da Matriz, névoa seguida de jatos intercalados. 
Descobri também que somos descendentes diretos do bugio, porque você fica andando como macaco e com o cú vermelho; qualquer tosse, movimento inesperado, virada mais brusca o cú dói, e como! 
Para melhorar as “idas” à privada, recomenda-se dieta na base de fibras, foi o que fiz: comi cinco vassouras piaçaba, um tapete de sisal e sete metros de corda. Agora sei o sentido daquela frase: “quem tem medo de cagar não come!” 
Perdi 4 quilos; 3,5 de gordura e 0,5 de cú. 
Tudo valeu, agora já estou bem, cagando como manda o figurino, não preciso pensar para peidar, o cú ficou afinado em ré menor, uma beleza! 
O foda é que usei Modess por 20 dias após a cirurgia e hoje tô sentindo falta dele! 


89 – AGORA PEDEM PARA EU ME COMPORTAR?!?! 

Desde pequeno eu via coisas estranhas na TV!
* O Tarzan corria pelado...
* Cinderela chegava em casa meia noite...
* Aladim era ladrão...
* Batman dirigia a 320 km/h...
* Pinocchio mentia...
* Bela Adormecida era uma vagaba...
* Salsicha (Scooby-Do) tinha voz de maconheiro, via fantasma e conversava com o cachorro...
* Zé Colméia e Catatau eram cleptomaníacos e roubavam cestas de pic-nic...
* Branca de Neve morava na boa com 7 homens (pequenos mas eram homens vai)...
* Olívia Palito tinha bulimia;
* Popeye fumava um matinho suspeito!!!
* Pac Man corria em uma sala escura com musica eletrônica comendo pílulas que o deixam ligadão;
* Super Homem loucão, colocava cueca por cima da calça;
* A Margarida namorava o Pato Donald e saía com o Gastão;
Olha os exemplos que eu tive! Tarde demais!
Agora pedem pra eu me comportar?!?!?!

88 – A IMPORTÂNCIA DO CAFEZINHO NA REPARTIÇÃO

Dois leões fugiram do Jardim Zoológico.
Na fuga, cada um tomou um rumo diferente.
Um dos leões foi para as matas e o outro foi para o centro da cidade.
Procuraram os leões por todo o lado, mas ninguém os encontrou.
Depois de um mês, para surpresa geral, o leão que voltou foi justamente o que fugira para as matas.
Voltou magro e faminto.
Assim, o leão foi reconduzido à sua jaula.
Passaram-se oito meses e ninguém mais se lembrou do leão que fugira para o centro da cidade, quando um dia, o bicho foi recapturado.
E voltou ao Jardim Zoológico, gordo, sadio, vendendo saúde.
Mal ficaram juntos de novo, o leão que fugira para a floresta perguntou ao colega:
- Como é que conseguiste ficar na cidade esse tempo todo e ainda voltar com saúde? Eu, que fugi para a mata, tive que voltar, porque quase não encontrava o que comer....
O outro leão então explicou:
- Enchi-me de coragem e fui esconder-me numa repartição pública. Cada dia comia um funcionário e ninguém dava por falta dele.
- E por que voltaste então para cá? Tinham-se acabado os funcionários?
- Nada disso. Funcionário público é coisa que nunca se acaba. É que eu cometi um erro gravíssimo. Já tinha comido o diretor geral, dois superintendentes, cinco adjuntos, três coordenadores, dez assessores, doze chefes de secção, quinze chefes de divisão, várias secretárias,
dezenas de funcionários e ninguém deu por falta deles!
Mas, no dia em que comi o infeliz que servia o cafezinho... 
Estraguei tudo!!!!!! 


87 – ORAÇÃO DO DIA A DIA DOS HOMENS

Tem que rezar com devoção! E todos os dias.. é o que eu estou fazendo...., de manhã, de tarde, e de noite.
Um brinde às nossas namoradas, noivas ou esposas que nos conquistaram.
Às sortudas que ainda vão nos conhecer. E às trouxas que nos perderam.
Um brinde a nós, homens maravilhosos, absolutos e portadores da sedução, que nenhuma sirigaita sabe dar valor.
Que as nossas sejam nossas, que as deles também sejam nossas, que as nossas nunca sejam deles e que, se forem, que sejam frígidas!
Que as nossas esposas sejam ricas, que as nossas amantes sejam gostosas e que elas nunca se encontrem.
Que nossas mulheres nunca fiquem viúvas!
Que a fonte nunca seque e que nossa sogra nunca se chame Esperança, porque Esperança é a última que morre.
Deus é 10, Romário é 11, whisky é 12, Zagallo é 13, 14 é Bis, o 15 é de Piracicaba, e acima de 16 eu tô pegando!.
Que sobre, nunca nos falte e que a gente dê conta de todas!
E abençoa o alimento, permitindo que eu continue sempre na dieta da sopa: Deu sopa, eu como!
AMÉM!!!


86 – MUITO CUIDADO COM A LETRA “P”

Desconfie sempre das coisas que começam com a letra P. Por exemplo:
P adre, 
P astor, 
P rostituta, 
P edófilo, 
P reconceito, 
P uritanismo, 
P este, 
P istoleira, 
P itimba, 
P araguai, 
P arada, 
P iada americana, 
P rivada pública, 
P rivilégio, 
P referência, 
P isada no calo, 
P romessa, 
P roblema, 
P iscada de gay, 
P edido, 
P eido, 
P eso, 
P inga, 
P aixão, 
P ensão do INSS, 
P restação, 
P arente, 
P endência, 
P ixador, 
P ardal, 
P rova, 
P romissória, 
P odre, 
P residente, 
P refeito, 
P erfeccionista, 
P olícia,
P olítico, 
P é d'água, 
P neu furado, 
P raga, 
P uxa saco, 
P siu, 
P reguiça, 
P iruá, 
P ivete, 
P irraça, 
P orteiro, 
P resunçoso, 
P ernilongo, 
P elego, 
P atrão, 
P artido, 
P ederasta, 
P etista,
P raia de Ramos, 
P izza... 
P izza??? 
- É, ainda mais quando é:
P reparada no
P alácio do
P lanalto e servida
P or
P arlamentares ao
P obre e
P atético
P ovo brasileiro!
P uta que
P ariu! Eu ainda não havia
P ensado nisso! Que
P erigo!
P utz!
P ois é... E ainda tem o
Palocci... 

PT Saudações!

85 – A MORTE DO MARCÃO 

Marcão era um antigo funcionário de uma cervejaria no interior de São Paulo. Ele era feliz no trabalho, embora seu sonho fosse ser degustador de cerveja, bebida que tanto adorava. 
Certa vez, trabalhando no turno da noite, ele caiu dentro de um tonel de cerveja. Pela manhã, o vigia deu a triste notícia: 
- É com profundo sofrimento que informo que o Marcão se desequilibrou, caiu no tonel de cerveja e infelizmente morreu afogado. 
Um grande amigo de Marcão com a voz muito triste pergunta: 
- Meu Deus! Será que ele sofreu? 
O vigia então responde: 
- Acredito que não, porque segundo as imagens da câmera de segurança, ele chegou a sair três vezes do tonel para mijar. 


84 – COINCIDÊNCIAS 

Um criador de galinhas vai ao bar local, senta-se ao lado de uma mulher e pede uma taça de champanhe. A mulher comenta:
- Que coincidência! Eu também pedi uma taça de champanhe.
- Hoje é um dia especial para mim. Estou festejando!
- Eu também estou festejando.
- Que coincidência! Quando brindam, ele pergunta:
- O que é que a senhora está celebrando?
- Meu marido e eu tentamos por muito tempo ter um filho e hoje meu ginecologista disse que estou grávida.
- Que coincidência!
- Ele diz.
-Crio galinhas, e durante anos muitas não eram férteis. Mas consegui! Hoje elas começaram a pôr ovos.
- Isso é ótimo! Como é que conseguiu que suas galinhas ficassem férteis?
- Usei um galo diferente.
A mulher sorri, brinda mais uma vez e diz:
- Que coincidência!

83 - 
Portuga!

Três caras estão conversando no bar do português, falando sobre a violência no mundo atual. Um deles mostra uma cicatriz no queixo e fala:
- New York City! 
O outro mostra uma cicatriz na perna:
- Atlantic City! 
O português levanta a camisa, mostra uma cicatriz na barriga e diz:
- Apêndi City! 

------------------------------------------------------------

82 - OS DEZ MANDAMENTOS DO BAIANO

- Ame sua cama como a si mesmo. 
- Calma, ninguém nunca morreu por descansar! 
- Descanse de dia para poder dormir à noite. 
- Já que trabalho é saúde, que trabalhem os doentes! 
- Nasça cansado e viva para descansar. 
- O trabalho é sagrado, não toque nele. 
- Quando sentir desejo de trabalhar, sente-se e espere que passe. 
- Se vir alguém descansando, ajude-o. 
- Trabalhe o menos possível. O que tiver para ser feito, deixe que outra pessoa o faça. 
- Tudo aquilo que puder fazer amanhã, não faça hoje. 


81 – UMA FÁBULA BEM ATUAL 

Era uma vez um rei que queria ir pescar. Ele chamou o seu meteorologista e pediu-lhe a previsão do tempo para as próximas horas. Este lhe assegurou que não iria chover. 
A noiva do monarca vivia perto de aonde ele iria, e colocou sua roupa mais elegante para acompanhá-lo. 
No caminho, ele encontrou um camponês montando seu burro que viu o rei e disse: 
- Majestade, é melhor o senhor regressar ao palácio porque vai chover muito. 
O rei ficou pensativo: 
- eu tenho um meteorologista, muito bem pago, que me disse o contrário. Vou seguir em frente.
E assim fez. Choveu torrencialmente. O rei ficou encharcado e a noiva riu-se dele ao vê-lo naquele estado. Furioso o rei voltou para o palácio e despediu o meteorologista. Logo ele convocou o camponês e ofereceu-lhe emprego. O camponês disse:
- senhor, eu não entendo nada disso, mas se as orelhas do meu burro ficam caídas, significa que vai chover. 
Então o rei contratou o burro... e assim começou o costume de contratar burros, que desde então têm as posições mais bem pagas nos governos ! 


80 - A HISTÓRIA DO PADRE DE PELOTAS

A barriga do padre de Pelotas crescia cada vez mais. Descartada a hipótese de cirrose, os médicos concluíram que o melhor seria realizar uma cirurgia exploratória, já que não havia razão para aquilo.
A cirurgia mostrou que era um mero acúmulo de líquidos e o problema foi sanado. Porém, alguns estudantes de medicina resolveram aprontar e, quando o padre estava acordando da recuperação pós-cirúrgica, colocaram um bebê em seus braços. O padre, espantado, perguntou o que era aquilo e os rapazes disseram que era o que havia em sua barriga.
Passado o espanto e tomado de ternura, o padre abraçou a criança e não quis mais se separar dela. Como se tratava do filho de uma mãe solteira que morrera durante o parto, os rapazes se empenharam para que o padre ficasse com a criança.
Os anos se passaram e a criança se transformou num homem, que se formou em medicina. Um dia, o padre já velhinho e sentindo que estava chegando sua hora de partir chamou o rapaz e disse:
- Meu filho! Tenho o maior segredo do mundo pra te contar, mas tenho medo que fique chocado.
O rapaz, que já havia intuído do que se tratava, disse, compreensivo:
- Já sei. Adivinhei há muito tempo.. O senhor vai dizer que é meu pai, né?
- Não, sou tua mãe! Teu pai é o bispo de Passo Fundo. 


79 - VIBRADOR

Um casal estava casado há vinte anos e, sempre que fazia sexo, o marido insistia em desligar a luz. Após esse tempo todo, a mulher achava que aquilo era estúpido. Decidiu que iria tirar do marido esse hábito desnecessário. 
Certa noite, enquanto faziam amor, ela acendeu as luzes. Olhou e viu o marido com um vibrador na mão. Ficou louca de raiva e frustração! 
— Seu impotente, como pôde mentir-me durante esses anos todos?! É melhor explicar-se bem! 
O marido fitou-a bem nos olhos e, calmamente, disse-lhe: 
— Explico-lhe sobre o vibrador se me explicar sobre nossos três filhos! 

78 - A SOGRA

Um sujeito levou a mulher e a sogra para conhecerem Jerusalém. Chegando lá, a velha não aguentou a emoção de conhecer a Terra Santa, teve um ataque cardíaco e morreu. 
Depois de tomar as providências necessárias, o casal descobriu que trasladar o corpo de volta para o Brasil custaria 10 mil dólares. 
— Meu bem — disse a esposa ao marido — se quiser, podemos enterrar mamãe aqui mesmo. Não me importo. 
— NÃO! — disse-lhe o marido — em Jerusalém não a enterro de jeito nenhum! 
— Por que, meu amor? 
— Um sujeito foi enterrado aqui e depois de três dias ressuscitou! 


77 - COMISSÃO

Um garotinho de cinco anos queria ganhar cem reais e rezou fazendo esse pedido a Deus por duas semanas. Como nada acontecia, resolveu mandar uma carta para o Todo Poderoso, com seu pedido. 
O correio recebeu uma carta endereçada para DEUS, BRASIL e então os funcionários decidiram remetê-la para Antônio Carlos Magalhães. ACM ficou muito comovido com o pedido e resolveu enviar uma nota de dez reais para o garoto, pois achou que cem reais era muito dinheiro para uma criança tão pequena. 
O menino recebeu os dez reais e imediatamente sentou-se para escrever uma carta de agradecimento: 
- Prezado DEUS, muito obrigado por me mandar o dinheiro que LHE pedi. Contudo, notei que, por alguma razão, o SENHOR mandou-o de Brasília. Como sempre, aqueles filhos da puta ficaram com noventa reais de comissão e só me mandaram dez! 


76 - NÃO PERCA A ESPERANÇA

Uma lagarta se apaixonou por um girino e resolveram se casar.
No dia do casamento a lagarta foi para o seu casulo e demorou demais para sair. 
Quando de lá saiu, o girino havia se transformado em um sapo feio e gordo. 
E a lagarta, numa linda borboleta. 
Vendo aquele sapo feio e gordo a borboleta disse: 
- Não caso mais com você, seu sapo feio..! 
E bateu as asas e foi embora. 
O sapo olhou a borboleta voando e, com sua língua grande e certeira, pegou a borboleta e a comeu.. 
MORAL DA HISTÓRIA:

Se você está ficando velho, gordo e feio, mas tem uma boa língua, sempre vai comer alguém...!


75 - SENSO DE OBSERVAÇÃO.

O médico diz aos calouros do curso de medicina:
— O primeiro requisito para se tornar bom médico é ser bom observador. O segundo é nunca, em momento algum, ter nojo do paciente. 
Após esse preâmbulo, o doutor conduz os alunos para a sala de autópsia, onde se encontra o cadáver de um mendigo, morto há dois dias. 
— Vamos fazer o primeiro teste. Todo mundo deve fazer exatamente o que eu fizer. Entenderam bem? 
Dito isso, o médico enfia o dedo no ânus do cadáver, lambendo-o em seguida. Os alunos ficam enojados com a cena mas seguem a orientação do mestre. Todos enfiam o dedo no ânus do mendigo e o lambem. Ao final do ritual, o médico diz aos alunos: 
— Vocês ainda têm muito que aprender sobre senso de observação! Será que ninguém reparou que enfiei um dedo e lambi outro?! 


74 - APAGAR A LUZ?! 

Em uma cidade, o dono do circo resolve fazer um desafio. No meio do espetáculo anuncia para a plateia:
— Pagaremos R$ 30 milhões para quem executar três tarefas impossíveis: fazer nosso elefante saltitar, sentar e falar. 
De repente levanta um homem: 
— Eu faço, mas tem que apagar a luz! 
Meio ressabiado, o dono do circo chama o homem para o palco, traz o elefante e apaga a luz. 
Quando a luz apaga, o cara dá o maior chute nos ovos do elefante e pede para acender a luz. O elefante está saltitando de dor. 
Agora a segunda tarefa. Apaga a luz. 
O sujeito dá uma paulada com um taco de golfe nos ovos do elefante que senta de tanta dor. Aplausos da plateia! 
Finalmente, a terceira tarefa. Apaga a luz. 
— APAGA PORRA NENHUMA, disse o elefante! 


73 - FORMAS DE GOVERNO?!

ANARQUISMO. Você tem duas vacas. Mata as duas e faz um churrasco.
BUROCRACIA. Você tem duas vacas. O governo toma as duas, mata uma e joga o leite da outra fora. 
CAPITALISMO. Você tem duas vacas. Vende uma, compra um touro, e o governo toma os bezerros como imposto de renda na fonte. 
COMUNISMO. Você tem duas vacas. O governo toma as duas e lhe dá um pouco do leite. 
DEMOCRACIA. Você tem duas vacas. Vende as duas para o governo, muda para a cidade e consegue um emprego público. 
FASCISMO. Você tem duas vacas. O governo toma as duas e lhe vende o leite. 
NAZISMO. Você tem duas vacas. O governo mata-o e lhe toma as duas. 
SOCIALISMO. Você tem duas vacas. O governo toma uma e dá a outra para seu vizinho. 


72 - INTERESSEIRO!

Um senhor entrou num banco de primeira linha, dirigiu-se ao caixa e falou à funcionária:
— Quero abrir uma porra de conta nessa merda de banco. 
A caixa, totalmente atônita, respondeu-lhe: 
— O senhor me perdoe, mas acho que não entendi direito o que me disse. Poderia repetir-me, por favor? 
— Vê se ouve dessa vez, caralho! Disse-lhe que quero abrir uma porra de conta nessa merda de banco! 
Ela pediu-lhe licença e se dirigiu ao gerente para informá-lo da situação desagradável. O gerente achou que a funcionária não era obrigada a ouvir palavreado tão chulo. Dirigiu-se, junto com a bancária, ao caixa e perguntou ao futuro cliente: 
— Senhor, o que está ocorrendo? Algum problema? 
— Não existe merda de problema nenhum, porra! Acabei de ganhar 58 milhões de reais na mega-sena e quero abrir uma porra de conta nessa merda de banco, caralho! 
— Entendo! E essa puta está dificultando as coisas para o senhor?! 


71 - SALMO 129

Um padre está se dirigindo para sua paróquia quando vê na estrada uma freira conhecida sua. Para o carro e lhe diz: 
— Irmã, suba que a levo ao convento. 
A freira sobe e senta no banco do passageiro. Cruza as pernas e o hábito se abre, deixando a perna à mostra. O padre olha e continua dirigindo. Numa troca de marcha coloca a mão sobre a perna da freira, que lhe diz: 
— Padre, lembre-se do salmo 129! 
O padre lhe pede desculpas e continua dirigindo. Mais adiante, em outra troca de marcha, coloca a mão sobre a perna da freira novamente, que repete: 
— Padre, lembre-se do salmo 129! 
O padre se desculpa e lhe diz: — Perdoe-me, irmã, mas você sabe que a carne é fraca. 
Em seguida, a freira desce. O padre logo chega à sua igreja e corre até à Bíblia para ler o tal salmo 129. 
Lá estava escrito: SIGA BUSCANDO, QUE LOGO ACIMA ENCONTRARÁ A GLÓRIA! 


70 - PARA OS CINQUENTÕES!

Se você já passou dos cinquenta, prepare-se porque logo, logo, vai começar a sofrer de TPC.
Para quem não está ligando o nome à coisa, eu explico: TENSÃO PÓS CINQUENTA. 
Só os homens sentem isso, porque mulher não faz cinquenta nunca!!! 
No máximo...49! 
Console-se, porque todo mundo um dia vai envelhecer. 
Lembra-se de quando você tinha vinte anos?
Você sofria por bobagens, como ter que usar creme anti-acne?
Agora tem que usar gel para dor muscular...
Você se apaixonava e achava que o teu coração te maltratava?
Experimenta subir correndo um lance de escada agora...
O que é uma fimose diante de uma artrose? 
O que é um band-aid, diante de um emplastro? 
O pior é quando você percebe que ao invés de ter quatro membros flexíveis e um duro, passou a ter quatro membros duros e um mole! 
O problema maior já não é aquela primeira vez que você não consegue dar a segunda e sim a segunda vez que você não consegue dar a primeira! (essa é braba!!!) 
Agora, você nem se importa mais em tirar a roupa e não provocar desejo, não provocando riso, já tá ótimo! 
Aliás, sexo depois dos cinquenta, se você conseguir, é que nem pizza...mesmo ruim, tá bom! 
Os médicos dizem que sexo depois dos cinquenta é importantíssimo!
Ajuda na circulação sanguínea, nos batimentos cardíacos e que deve ser praticado no mínimo 3 (três) vezes por semana!
Então... você pergunta: - Com quem?????????? 
E, se você for casado, então... não existe a menor possibilidade que isso aconteça!
E se for solteiro e coroa, também não.
E ainda dizem que depois dos cinquenta, o homem fica mais sexy... só se for sexagenário! ! ! 
Mas se você estiver solteiro, pode conseguir casar depois dos cinquenta e deixar sua lista de casamento numa farmácia... (doeu!!!) 
Dizem que a vida começa aos quarenta...
Verdade!
Só que em vez de um pediatra, você começa a frequentar um geriatra...
Em vez do teste do pezinho...você vai ganhar o teste do dedinho...um bom exame de próstata!
Depois dos cinquenta, o romantismo, muda para reumatismo... 
Mas, você pode correr atrás do prejuízo. 
Corra numa esteira, num parque, não importa... 
Dica: Depois da corrida, tome um açaí com Prozac e meio Viagra. 
Sua depressão vai desaparecer na hora...se você não morrer! 


69 - VASCAÍNO?!

Havia numa cidadezinha um sujeito que era flamenguista fanático. Diziam que, no mundo inteiro, não havia ninguém mais urubu que ele. O homem envelheceu e ficou muito doente. Estava nas últimas. Somente mais alguns dias de vida. Mandou chamar o filho mais velho e falou-lhe:
— Filho, vá até São Januário para mim. Tire uma carteirinha de sócio do Vasco para seu velho pai e compre uma camisa do time cruzmaltino. 
O rapaz não entendeu nada, mas foi. Voltou para casa com a carteirinha e a camisa. Quando o velho viu, deu aquele sorriso! Tirou a camisa do Mengão, vestiu imediatamente a do Vasco e agarrou a carteirinha junto ao peito. 
O filho, achando que o pai estava pirando, não resistiu: 
— Mas, pai, o senhor toda a vida torceu pelo Flamengo. Não conheci outro torcedor tão rubro-negro como o senhor. Por que, agora, no fim da vida, mudou de time? 
E o pai: 
— É que quero que morra mais um vascaíno! 


68 - PUTA!

Uma garota vai confessar-se. Ajoelha-se e fala ao Padre:
— Padre, eu preciso que o senhor me perdoe pelos meus pecados. 
— Conte-me seus pecados, minha filha! 
— Sou noiva há três anos e vou me casar na semana que vem. Ontem, à tarde, encontrei um ex-colega de trabalho e ficamos conversando. Depois, convidou-me para conhecer o apartamento dele. Aí fui. Terminamos na cama, Sr. Vigário. Sabe, é que sou tão volátil! 
— Volúvel, minha filha! 
— Antes de ontem encontrei um amigo, que não via há muitos meses. Conversamos muito e fomos jantar. Então me levou para conhecer um motel novo, recém inaugurado. Fui e terminamos na cama, Padre. É que sou tão volátil! 
— Volúvel, minha filha! 
— No dia anterior, vi um amigo meu lá no shopping. Fui falar com ele e, conversa vai, conversa vem, levou-me ao apartamento dele e terminamos na cama. É que sou tão...! 
— Como é mesmo a palavra, Padre? 
— Puta, minha filha, puta! 


67 – FRASE DE PARACHOQUES DE CAMINHÃO

01- Já cheirei coca. É igual a pepsi...
02 - Ladrão que rouba ladrão, vive em Brasília! 
03 - Adoro as rosas, mas prefiro as trepadeiras. 
04 - As mulheres perdidas são as mais procuradas 
05 - Como é difícil se livrar de uma mulher fácil. 
06 - Dinheiro não traz felicidade, mas ajuda a sofrer em Paris. 
07 - Duas coisas que gosto: cerveja gelada e mulher quente. 
08 - Duas coisas que não gosto: cerveja quente e mulher gelada. 
09 - Enquanto não encontro a mulher certa...me divirto com as erradas. 
10 - LULA é meu pastor... por isto estou pastando! 
11 - Mais vale chegar atrasado neste mundo, que adiantado no outro. 
12 - Melancia grande, e mulher muito boa, ninguém come sozinho! 
13 - Na vida tudo é passageiro, menos o motorista e o cobrador. 
14 - Não roube! O governo detesta concorrência! 
15 - O chifre é como consórcio. Quando você menos espera, é contemplado! 
16 - Antes sonhava. Hoje, não durmo... 
17- Passado de mulher é igual a cozinha de restaurante, melhor não conhecer, se não você não come. 
18- Eu queria ser pobre um dia, porque ser pobre todo dia é duro. 
19- Qual o problema do Lula beber, afinal ele não sabe dirigir nada mesmo!


66 - MANUAL DO PÃO-DURO

Acorde tarde (para não precisar tomar o café da manhã).
Cante sua música favorita e economize o rádio. 
Cerveja custa muito caro. Passe a encher a cara com ki-suco. 
Comece a fumar cigarros apagados! Um cigarro pode durar meses com essa técnica! 
Durma cedo (para não precisar jantar). 
Economize jornal. Leia o mesmo jornal o mês inteiro. 
Junte resto de sabonete para fazer um novo depois. 
Lave e reutilize seus palitos de dentes (ou quebre-os em dois). 
Na hora do almoço, escolha um parente para visitar. 
Passe a fazer meditação todos os dias. Enquanto está parado, não gasta nada. 
Quando alguém ficar doente na sua casa, use o poder da mente. 
Saia com os amigos e diga-lhes que esqueceu a carteira em casa ou que não tem trocado. 
Se você tem filhos do mesmo tamanho, compre um só par de sapatos e mande-os ao colégio com um dos pés enfaixados. 
Veja a TV do vizinho e economize luz. 


65 - FLAMENGUISTA!

Uma professora de primeiro grau explica à classe que é rubro-negra fanática. Pede às crianças que levantem as mãos, caso também torçam pelo Flamengo. Todos, na classe, constrangidos pela tia, levantam as mãos, exceto a menor garotinha no fundo da sala. A professora olha com surpresa para a menina e lhe diz:
— Flavinha, por que não levantou a mão? 
— Porque não torço para o Flamengo. 
A professora, chocada, pergunta-lhe: 
— Se não torce para o Flamengo, torce para quem? 
— Sou VASCAÍNA, com muito orgulho. 
A professora não acreditava no que ouvia. 
— Flavinha, que mal fez para torcer para o Vasco, minha filha? 
— Minha mãe é vascaína, meu pai é vascaíno, meu irmão é vascaíno e por isso sou vascaína também! 
— Isso não é motivo suficiente para torcer pelo Vasco. Não tem que ser sempre o que seus pais são. Se sua mãe fosse uma idiota, seu pai uma besta quadrada e seu irmão um ladrão, o que seria, então?! 
— Seria flamenguista, com toda a certeza! 


64 - CARLA PEREZ

Houve uma guerra nuclear e o mundo acabou. Com o acontecimento, São Pedro ficou transtornado, pois a quantidade de pessoas para entrar no céu era imensa. Depois de muito pensar, resolveu separá-las em zonas, colocando placas indicativas: BURROS, INTELIGENTES, SÁBIOS.
Com a confusão reinante, CARLA PEREZ, uma das mortas, foi colocada por São Pedro entre os sábios. 
Passados alguns meses, devido ao excesso de trabalho, São Pedro lembrou e correu para ver como estavam se portando tão ilustres hóspedes. Encontrou CARLA sentada em uma pedra diante do sábio chinês CONFÚCIO, que, mais esquálido e amarelo do que nunca, dizia-lhe desesperado: 
— Olha, CARLA, é a ultima vez que lhe repito: PLATÃO não é aumentativo de prato. ENCÍCLICA não é bicicleta de uma roda. EPÍSTOLA não é feminino de apóstolo. CRISTÃO não é um Cristo grande. EUCARISTIA nada tem a ver com o custo de vida. ANNUS DOMINNI não é o cu do Papa. JESUS CRISTO não morreu de gonorréia e sim na Galiléia e antes que me esqueça: 
- PAFÚNCIO é a puta que pariu uma debilóide como você! 


63 - DESEJOS ÍNTIMOS

Satânico é meu pensamento a seu respeito e ardente meu desejo de apertá-la em minhas mãos, numa sede de vingança incontestável pelo que me fez ontem.
A noite quente e calma chegou a ser angustiante. Apareceu e, nesta cama, aconteceu. Sorrateiramente se aproximou, sem o mínimo pudor. Encostou seu corpo sem roupa no meu corpo nu. Percebendo minha aparente indiferença, aconchegou-se a mim e mordeu-me sem escrúpulos até os mais íntimos lugares jamais tocados de meu casto corpo. E adormeci. Hoje, quando acordei, procurei-a numa ânsia ardente, mas em vão. Deixou provas irrefutáveis do que ocorreu na noite passada. Grandes manchas no meu corpo e o alvo lençol salpicado de sangue. 
Esta noite recolho-me mais cedo para na mesma cama esperá-la. Oh! Quando chegar, nem quero pensar! Com que perspicácia, avidez e força eu quero envolvê-la para que não escape mais de mim. Em minhas mãos quero apertá-la até o fim. Não haverá parte do seu corpo que os meus dedos não conhecerão. Só descansarei quando não mais existir vida em seu aparente corpo frágil. 
E, só assim, livrar-me-ei de você, ó muriçoca filha da puta! 


62 - MOTEL?! 

Um casal de judeus, ambos com 38 anos, chega ao consultório de um médico terapeuta sexual. O médico pergunta-lhes:
— O que posso fazer por vocês? 
Jacó responde-lhe: 
— Você poderia ver a gente transando? 
O médico olha espantado, mas concorda. Quando a transa termina, o médico lhes diz: 
— Não há nada errado na maneira como fazem sexo. 
E, então, cobra R$ 70,00 deles pela consulta. Isso se repete por várias semanas. O casal marca horário, faz sexo sem nenhum problema, paga o médico e deixa o consultório. Finalmente, o médico, já não agüentando mais de tanta curiosidade, resolve perguntar-lhes: 
— Afinal, o que estão tentando descobrir? 
E Jacó responde-lhe: 
— Não estamos tentando descobrir coisa alguma. O problema é que ela é casada e eu não posso ir à sua casa. Também sou casado e ela não pode ir até minha casa. No Hotel Quatro Rodas, um quarto custa R$ 120,00; no Sheraton, R$ 100,00. Aqui transamos por R$ 70,00 e ainda sou reembolsado em R$ 42,00 pelo Plano de Saúde! 


61 - HAM-HAM' ou 'HUM-HUM

Tarde da noite, já estavam deitados, quando...
MULHER : Se eu morresse você casava outra vez?
MARIDO: Claro que não!
MULHER : Não? Não por quê? Não gosta de estar casado?
MARIDO: Claro que gosto!
MULHER: Então por que é que não casava de novo?
MARIDO: Tá bem, tá bem, casava...
MULHER: (com um olhar magoado) Casava?
MARIDO: Casava. Só porque foi bom com você...
MULHER : E dormiria com ela na nossa cama?
MARIDO: Onde é que você queria que nós dormíssemos?
MULHER: E substituiria as minhas fotografias por fotografias dela?
MARIDO : É natural que sim...
MULHER: E ela ia usar o meu carro?
MARIDO: Não. Ela não dirige...
MULHER: !!!! (silencio)
MARIDO: (em pensamento) F O D E U !!!
MORAL DA HISTÓRIA: JAMAIS prolongue um assunto com uma mulher... apenas abane a cabeça ou diga 'HAM-HAM' ou 'HUM-HUM'...

60 – SHOW DA LÍNGUA PORTUGUESA!

Um homem rico estava muito mal, agonizando. Pediu papel e caneta, e escreveu assim:
'Deixo meus bens a minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do padeiro nada dou aos pobres.' 
Morreu antes de fazer a pontuação. A quem deixava a fortuna? Eram quatro concorrentes. 
1) A irmã fez a seguinte pontuação: 
Deixo meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres. 
2) O sobrinho chegou em seguida. Pontuou assim o escrito: 
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres 
3) O padeiro pediu cópia do original e esclareceu: 
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro. Nada dou aos pobres. 
4) Aí, um descamisado da cidade que andava por ali fez esta interpretação: 
Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do padeiro? Nada! Dou aos pobres. 
Moral da história: 'A vida vem como um texto corrido. Somos nós que fazemos sua pontuação'. 
E isso faz toda a diferença! 


59 – LULA 

O presidente LULA foi conversar com um operário e perguntou-lhe:
— Tudo bem? 
— Tudo ótimo. Está uma beleza, presidente! 
— Tem filhos? 
— Nove: três no primário, quatro no ginásio e o resto na universidade. 
— Mora onde? 
— Num apartamento próprio, que comprei ano passado. 
— Sua mulher também trabalha? 
— Não. Se ela trabalhar, quem vai deixar os filhos no colégio? 
— Não há ônibus? 
— Não, ela vai no Uno que comprei para ela. 
— O senhor tem outras rendas? 
— Não. Vivo só do salário mínimo que o governo decretou e é pago aos trabalhadores de meu país. 
— Muito obrigado pelo seu testemunho. Pude ver o excelente padrão de vida do operário brasileiro, graças à minha política econômica. 
— Mas, qual seu nome? 
— Mister M, presidente! 


58 – O GAIATO

Um pobretão vê uma linda mulher, com seios perfeitos, saltar de um ônibus. Corre até ela e lhe pergunta:
— Por R$ 50,00 me deixaria morder seus seios? 
A mulher responde-lhe: 
— Está maluco?! 
Ele dá a volta na quadra, chega à esquina antes dela e indaga-lhe: 
— Por R$ 500,00 me deixaria morder seus seios? 
A mulher retruca-lhe: 
— Olha cidadão, não me leve a mal, mas não sou esse tipo de mulher. 
Ele dá a volta na outra quadra, chega à esquina antes dela novamente e torna a perguntar-lhe: 
— Por R$ 5.000,00 me deixaria morder seus seios? 
A mulher pensa um pouco e responde-lhe: 
— R$ 5.000,00?! Tudo bem, mas vamos ali, no cantinho. 
Ela abre a blusa, coloca os seios à mostra e os libera para o cara. O sujeito beija, alisa, passa as mãos, encosta a cabeça, beija novamente, e por aí vai, mas nada de morder, até que a mulher perde a paciência e lhe fala: 
— Não vai morder não? 
E o gaiato: 
— Não! É muito caro! 


57 - O MÉDICO

Jesus Cristo resolveu voltar à Terra e decidiu vir vestido de médico! Procurou um lugar para descer. Viu, em São Paulo, um posto de saúde do Sistema PAS do Maluf-Pitta. Observou um médico trabalhando há muitas horas e morrendo de cansaço.
Jesus Cristo, então, entrou de jaleco, passando pela fila de pacientes no corredor, até atingir o consultório médico. Os pacientes viram-no e falaram-lhe: 
— Olhaí, vai trocar o plantão! 
JC entrou na sala e falou ao colega que podia ir, pois ele ia tocar o ambulatório dali por diante. Sentou-se e, todo resoluto, gritou: 
— O P-R-Ó-X-I-M-O! 
Adentrou no consultório um homem paraplégico, com sua cadeira de rodas. JC levantou-se, olhou bem para o aleijado, e, com a palma da mão direita sobre sua cabeça, disse-lhe: 
— LEVANTE-SE E ANDA! 
O homem levantou-se, andou e saiu do consultório empurrando a cadeira de rodas. Quando chegou ao corredor, o próximo da fila perguntou-lhe: 
— E aí, como é esse doutor novo? 
Ele respondeu-lhe: 
— Igualzinho aos outros, nem examina a gente! 


56 - O LOURO

Uma senhora resolve comprar um papagaio, pois passa a maior parte do tempo sozinha em casa e precisa de companhia. Acha que cachorro faz muita sujeira e é muito barulhento. Entra, então, em uma loja e pergunta o preço do papagaio.
— Cinqüenta reais. 
Não acha muito caro e compra o bichinho. Mas o dono da loja adverte-a: 
— Esse papagaio pertencia a um prostíbulo antes de adquiri-lo. Portanto, fala algumas grosserias de vez em quando, mas é muito esperto. 
Como estava determinada a comprar o papagaio, leva o bicho e coloca-o em uma gaiola logo na entrada de sua casa. O safado observa à sua volta, encara a senhora e lhe diz: 
— Nova casa! Nova cafetina! 
A mulher fica um pouco espantada, mas depois acha engraçado. As filhas chegam da escola e o papagaio lhes diz: 
— Nova Casa! Nova cafetina! Novas putas! 
As meninas ficam horrorizadas, mas a mãe explica-lhes o caso e elas também acham engraçado. O marido chega à noite e o papagaio lhe fala, após fitá-lo: 
— Nova casa. Nova cafetina. Novas putas. Oi, Marcelo! Mudou de puteiro também? 


55 - PREVIDENTE

Um irlandês vai ao médico depois de ter ficado doente um tempão. O doutor, após exame detalhado, olha o paciente bem nos olhos e lhe diz:
— Tenho más notícias para o senhor! Está com câncer e não tem cura! Dou-lhe de duas a quatro semanas de vida! 
O irlandês, chocado e triste, mas de gênio forte, recupera-se rapidamente e sai do consultório. Na sala de espera, encontra o filho, que o aguardava. 
— Filho — diz-lhe o pai — nós, irlandeses, comemoramos quando as coisas estão bem, mas, também, quando não estão. Estou com câncer e tenho pouco tempo de vida. Vamos ao bar tomar uns uísques. 
Depois de alguns copos, eles estão um pouco mais alegres. Vêm as risadas, as gargalhadas e mais uísque. Uns amigos chegam e perguntam o motivo de toda aquela alegria. O irlandês repete a história da comemoração e informa-lhes que está com AIDS. Os amigos estão consternados, mas acabam tomando uísque também. Num dado momento, em que está perto do pai, o filho lhe cochicha ao ouvido: 
— Pai, você me disse que estava com câncer, mas, para eles, que está com AIDS. Como é isso? 
— Estou com câncer mesmo, filho. Só não quero esse pessoal comendo sua mãe depois que eu morrer! 


54 - POR QUE É QUE OS HOMENS RARAMENTE ESTÃO DEPRIMIDOS

Não engravidam. Os mecânicos não mentem pra eles...
Nunca precisam procurar outro posto de gasolina para achar um banheiro limpo.
Rugas são traços de caráter...
Barriga é prosperidade!
Cabelos brancos são charme...
Ninguém fica encarando os peitos deles quando estão falando.
Os sapatos não lhes machucam os pés.
As conversas ao telefone duram apenas 30 segundos.
Para férias de 5 dias, apenas precisam de uma mochila.
Se outro aparecer na mesma festa usando uma roupa igual, não há problema.
Cera quente não chega nem perto.
Ficam assistindo a TV com um amigo, em total silêncio, por muitas horas, sem ter que pensar: "Deve estar cansado de mim."
Se alguém se esquece de convidá-los para alguma festa, ainda assim vai continuar sendo seu amigo.
Sua roupa íntima custa no máximo 20 reais (em pacote de 3).
Três pares de sapatos são mais que suficientes.
São incapazes de perceber que a roupa está amassada.
Seu corte de cabelo pode durar anos, aliás, décadas.
Meia dúzia de cervejas geladas e um jogo de futebol na televisão são o suficiente para a extrema felicidade.
Os shoppings não fazem falta para eles.
Podem deixar crescer o bigode.
Se um amigo chamá-lo de gordo, careca, bicha velha etc, não abala em nada a amizade. Aliás, é prova de grande amizade.
Podem comprar os presentes de Natal para 25 pessoas, no dia 24 de dezembro em, no máximo, 30 minutos!
Que maravilha é ser homem! 
Faltou falar de um churrasco: precisa de carne e sal grosso, uma faca e uma tábua e, no máximo uma bermuda, para limpar os dedos sujos de gordura. 


53 – MINERINHO NA ZONA

Minêrin chegou na zona e falou pro gerente:
- Hoje tô afim de cumê um gay. Tem um bão ai? 
- Aqui não temos gays, só mulheres, respondeu o gerente. 
- Não??? Putz!! hoje eu queria rachar um gay no meio. Pago mil real. 
O gerente, ganancioso, chegou pro segurança da zona, leão de chácara, que era motociclista de 2 metros de altura por 1,5 de largura, conhecido como Metralhão, faixa-preta de karatê, judô, jiu-jitsu, taekendo, boxe, briga de rua, vale-tudo, capoeira, pancadaria e assalto a mão armada e falou: 
- Vamos tomar o dinheiro deste minerim otário? Vou dizer que você é viado, você entra no quarto com ele, pega o dinheiro, arranja um motivo prá confusão, dá um pau nele e depois rachamos a grana. 
O minerim entrou no quarto com o Metralhão, trancou a porta e logo começou a pancadaria. 
De fora só se ouvia barulho de cama quebrando, espelho, batidas na porta, parede, no teto...
Passaram-se uns 40 minutos nessa peleja, todo mundo na expectativa do lado de fora, quando a porta se abriu e saiu o minerim "arrumando as carça" e comentando: 
- Bravin ele sô! Quiria dá não... 


52 - MALUF

Um sujeito pede uma audiência ao Maluf. Senta-se na sala de espera ao lado de um oficial de gabinete do prefeito. Alguns minutos depois, Pitta manda-o entrar. Ao cumprimentar o prefeito, percebe que está sem seu relógio de estimação.
— Meu Deus! - pensa – agora mesmo, antes de sentar-me na sala, vi as horas no meu relógio! Como é que pode ter sumido assim?! 
Senta-se diante de Maluf e muito constrangido desabafa-lhe: 
— Olha prefeito, gostaria de não estar lhe dizendo isso, mas o fato é que meu relógio desapareceu misteriosamente. Tenho certeza absoluta de que ao sentar-me na sala de espera estava no meu pulso. A única pessoa com quem falei foi o Pitta. 
Faz uma pausa para torcer as mãos. 
— Veja bem, não estou querendo insinuar que foi ele, claro! Mas confesso que estou profundamente chateado. Era uma herança do meu avô! 
Sem dizer-lhe nenhuma palavra, Maluf levanta-se e sai da sala. Alguns minutos depois volta com o relógio e entrega-o ao visitante, que fica embaraçadíssimo. 
— Muito obrigado! Espero que o prefeito não tenha se aborrecido pelo fato de ir tomar o relógio de volta. 
Ao que Maluf responde-lhe: 
— Não se preocupe, ele nem viu! 


51 - INFERNO

O sujeito morre e vai para o inferno. Chegando lá, o Diabo começou a explicar-lhe como seria a vida dele daquele momento em diante.
— Bem, temos um novo plano de penitências. Vamos apresentar-lhe três formas de castigo e terá que escolher uma delas. Feita a escolha, só poderá mudá-la daqui a mil anos. 
— Tudo bem, respondeu-lhe o rapaz. 
O Capeta, então, levou-o a um corredor com três portas e disse-lhe: 
— Atrás de cada uma destas portas há uma forma de castigo, basta escolher a que preferir. 
O rapaz abriu a primeira porta e viu um cara todo amarrado sendo estuprado por um estivador. 
— Essa não! 
O Diabo abriu a segunda porta. Tinha outro sujeito todo amarrado e uma mulher belíssima, que o espetava com um ferro em brasa por todas as partes do corpo. 
— Essa também não! 
Ao abrir a terceira porta, havia um cara todo amarrado e uma loira escultural fazendo sexo oral no sujeito sem parar. 
O rapaz, sem perder tempo, virou-se para o capeta e disse-lhe: 
— Oh! Sim! Quero esta forma de penitência! 
O diabo entrou na sala, bateu nas costas da loira e falou-lhe: 
— Pode sair do castigo. Arrumei um cara para substituí-la. 


50 - CEGUINHOS!

Os passageiros entram na aeronave, acomodam-se e logo em seguida chega o comandante usando óculos escuros e segurando uma bengala. Ao vê-lo, a comissária de bordo aproxima-se e toca-lhe no braço. O comandante põe a mão no ombro dela e seguem os dois em direção à cabine de comando. Pouco depois, entra o copiloto, também de óculos escuros, segurando a coleira do seu cão. A comissária aproxima-se e acomoda o cão num compartimento especial. O copiloto põe a mão no ombro da comissária e os dois seguem em direção à cabine.
Alguns passageiros ficam um tanto preocupados com o perfil da tripulação, mas a maioria não percebe nada diferente. A comissária fecha a porta da aeronave, faz a inspeção dos passageiros para assegurar-se de que todos estão com o cinto e senta-se em seu lugar. 
A aeronave dirige-se para a cabeceira da pista, os motores roncam e ela vai ganhando velocidade. Cada vez mais rápido e ganhando velocidade, ganhando velocidade, mas nada de sair do chão. Nisso, os passageiros percebem que o avião está no final da pista e nada de decolar. Todos gritam desesperados. É quando a aeronave levanta voo, para alívio de todos. Nesse momento, o comandante fala para o copiloto: 
— Qualquer dia desses esses putos não gritam na hora certa e aí estamos ferrados! 


49 - FRASES DE JORNAIS?!

À chegada da polícia, o cadáver encontrava-se rigorosamente imóvel!
A polícia e a justiça são as duas mãos de um mesmo braço! 
Apesar de a meteorologia estar em greve, o tempo esfriou ontem intensamente! 
Depois de algum tempo, a água corrente foi instalada no cemitério, para satisfação dos habitantes! 
Ela contraiu a doença na época em que ainda estava viva! 
Ferido no joelho, perdeu a cabeça! 
Nossos leitores nos desculparão por este erro indesculpável! 
O acidente fez um total de um morto e três desaparecidos. Teme-se que não haja vítimas! 
O aumento do desemprego foi de 0% em novembro! 
O presidente de honra é um jovem septuagenário de 81 anos! 
O tribunal, após breve deliberação, foi condenado a um mês de prisão! 
O velho reformado, antes de apertar o pescoço da sua mulher até a morte, suicidou-se! 
Os sete artistas compõem um trio de talento! 
Parece que ela foi morta pelo seu assassino! 
Quatro hectares de trigo foram queimados. Em princípio, trata-se de um incêndio! 
Um surdo-mudo foi morto por causa de um mal-entendido! 


48 - FRASES FILOSÓFICAS?!

A fé remove montanhas. Os ecologistas são contra.
A primeira amnésia, a gente nunca esquece. 
A primeira missa do Brasil foi o maior programa de índio. 
A vantagem de ter péssima memória é divertir-se muitas vezes com a mesma coisa boa como se fosse a primeira vez. 
As fitas são virgens porque o gravador é estéreo. 
Evite uma vida sedentária. Beba água. 
Herói é o covarde que não teve tempo de fugir. 
Mulher grávida reclama de barriga cheia. 
Não existem ateus numa pane de avião. 
Nasci careca, pelado e sem dente. O que vier é lucro. 
Nunca se deve bater num homem caído, a não ser que se tenha certeza de que ele não vai se levantar. 
Quando era menor, pensava que dinheiro era a coisa mais importante do mundo. Hoje, tenho certeza. 
Relógio que atrasa não adianta. 
Se você acredita em reencarnação, empreste-me 5 mil reais que lhe pagarei na próxima vida. 
Ser canhoto é muito fácil, difícil é ser direito. 
Uma celebridade é alguém que trabalha duro muito tempo para se tornar famosa e depois passa a usar óculos escuros para não ser reconhecida. 
Você está velho quando achar que todo mundo está morrendo cedo. 

47 - CÉU? 

O italiano morreu e, homem muito decente, foi direto para o céu. Pegou sua harpa e ficou tocando e cantando na sua nuvem, durante séculos. Um dia, achando tudo muito chato, pediu a São Pedro para sair e dar uma voltinha.
Pedroca deixou, e ele, vendo lá fora uma porta com a inscrição Inferno, entrou. Foi recebido com a maior consideração por Satanás, que, sorrindo muito, levou-o a uma bela alameda onde serviam vinhos das melhores procedências, queijos finos e outras iguarias, e onde ele foi amado até a exaustão por belíssimas louras, morenas e mulatas. O italiano voltou direto a São Pedro, pedindo-lhe para ficar para sempre no Inferno. 
— Você tem certeza do que quer? Olha que é uma ida sem volta, disse-lhe São Pedro. 
Mas o homem não tinha a menor dúvida e assinou todos os papéis necessários para ir para o Inferno. 
Satanás recebeu-o com um sorriso diabólico, meteu-lhe um tridente nas carnes e jogou-o numa ruela fétida, onde só se sentia cheiro de enxofre e se ouvia choros e ranger de dentes. 
— Mas por que é tudo diferente agora?! — perguntou o bom italiano ao Demo. 
E o Diabo explicou-lhe: 
— Porque da outra vez você veio como turista e agora é como imigrante! 


46 - ACM

ACM, Clinton e John Lennon estão parados diante de Deus, que está sentado em Seu Trono Celestial. Deus, então, olha-os atentamente e lhes diz:
— Antes de assegurar-lhes um lugar ao meu lado, devo perguntar-lhes em que crêem. 
Dirigiu-se ao Sr. Lennon e indagou-lhe: 
— Em que acredita? 
John olha nos olhos de Deus e Lhe diz, apaixonadamente: 
— Quero dar uma oportunidade à paz. A beleza é algo profundo dentro d’alma e nada está fora de nosso alcance quando trabalhamos suficientemente duro por aquilo que cremos. Paz aos homens! 
Deus lhe sorri e oferece a John um assento a sua esquerda. Volta-se para Bill Clinton e lhe pergunta: 
— E você, Sr. Clinton, em que acredita? 
Bill levanta-se e, orgulhoso, Lhe fala: 
— Creio que a coragem, a honra e a paixão são fundamentais para a vida e durante toda a minha carreira política tenho dado forma a esses aspectos, especialmente à paixão. 
Deus, impressionado pela sinceridade do discurso, oferece a Bill o assento a sua direita. Finalmente, volta-se para ACM: 
— E você, Sr. Antônio Carlos, em que acredita? 
— Acredito, sinceramente, que está sentado na minha poltrona. 


45 – MEU FILHO É GAY?

Desconfiado das atitudes do filho, o pai leva o garoto ao psicólogo para descobrir se ele é homossexual. O doutor pergunta ao jovem:
— Qual o vegetal de que mais gosta? 
(Meu Deus, ele vai dizer cenoura ou pepino! — pensa o pai). 
— Chuchu, responde o adolescente. 
(Ufa! — pensa o pai). 
— Qual o seu número preferido? — pergunta-lhe o doutor. 
(24! — imagina o pai). 
— 11, diz o filho. 
(Ainda bem! — pensa o pai). 
— Qual o animalzinho que gostaria de criar? 
(Corderinho, carnerinho, viadinho, ai meu Deus, o que esse moleque vai responder?! — preocupa-se o pai). 
— Jacaré, diz o filho. 
(Aleluia! — o pai fica aliviado). 
— O que quer ser quando crescer? Indaga-lhe o doutor. 
(Cabeleireiro, alfaiate, estilista! — pensa o pai). 
— Juiz, responde o filho. 
O moleque deixa a sala e o pai, aliviado, pergunta ao médico: 
— Meu filho não é gay, não é doutor? 
E o doutor: — Seu filho é gay assumido: chuchu dá o ano inteiro, 11 é um atrás do outro, jacaré se defende dando o rabo e Juiz vive na vara. 


44 – AIR BAG!

Um casal viaja de carro na rodovia dos Bandeirantes a 100 km/h. A esposa diz ao marido:
— Querido, estamos casados há 15 anos, mas quero o divórcio. 
O marido nada lhe diz e aumenta a velocidade para 120 km/h. A esposa continua: 
— Não me peça para mudar de idéia. Tenho um caso com seu melhor amigo, que é muito melhor de cama que você. 
O esposo, calado, aumenta a velocidade para 130 km/h. Ela continua: 
— Quero a casa. 
O marido aumenta a velocidade para 140 km/h. A mulher insiste: 
— Exijo ficar com as crianças. 
O esposo aumenta a velocidade para 150 km/h. Aí a mulher completa: 
— Quero o carro, a conta corrente e todos os cartões de crédito. 
O marido, calado, aumenta a velocidade para 160 km/h. A chatonilda, então, pergunta-lhe: 
— Tem alguma coisa que vai querer? 
Ele responde-lhe: 
— Não, já tenho tudo. 
— O que você tem? — pergunta-lhe a mulher. 
O esposo responde-lhe, alguns segundos antes de bater na mureta: 
— Tenho o air bag! Você não o tem! Quá-quá-quá...! 


43 – ADVOGADOS.

Certa tarde, um bem sucedido advogado estava sendo conduzido em sua limusine para seu sitio, quando observou dois homens maltrapilhos comendo grama ao lado da estrada.
Ele ordenou imediatamente ao motorista que parasse, saiu do veículo e perguntou: - Por que vocês estão comendo grama? 
- Porque nós não temos dinheiro para comprar comida, respondeu um dos homens. 
- Bem, você pode vir comigo para o sítio disse o advogado. 
- Senhor, eu tenho uma esposa e três filhos aqui. 
- Traga-os também replicou o advogado. 
- E quanto ao meu amigo?! 
O advogado virou-se para o outro homem e disse: - Você pode vir conosco também. 
- Mas, senhor eu também tenho esposa e seis filhos, disse o segundo homem. 
- Eles podem nos acompanhar também, disse o advogado enquanto se dirigia de volta à limusine. Todos se acomodaram como puderam na limusine, e quando já estavam a caminho, um dos acompanhantes disse: 
- O senhor é muito gentil. Obrigado por levar-nos a todos com o senhor. 
O advogado respondeu: - De nada !!! Vocês irão adorar meu sitio. A grama esta com quase um palmo de altura !!!!! 


42 – ARGENTINOS 

Um brasileiro entra na policia em plena Caxias do Sul e dirige-se ao xerife:
- Vim entregar-me. Cometi um crime e desde então não consigo viver em paz. 
- Meu senhor, as leis aqui são muito severas e são cumpridas e se o senhor é mesmo culpado não haverá apelação nem dor de consciência que o livre da cadeia. 
- Atropelei um argentino na estrada ao sul de Caxias. 
- Ora meu amigo, como o senhor pode se culpar se estes argentinos atravessam as ruas e as estradas a todo o momento? 
- Mas ele estava no acostamento. 
- Se estava no acostamento é porque queria atravessar, se não fosse o senhor seria outro qualquer. 
- Mas não tive nem a hombridade de avisar a família daquele homem, sou um crápula! 
- Meu amigo, se o senhor tivesse avisado haveria manifestação, repúdio popular, passeata, repressão, pancadaria e morreria muito mais gente, acho o senhor um pacifista, merece uma estátua. 
- Eu enterrei o pobre homem ali mesmo, na beira da estrada. 
- O senhor é um grande humanista, enterrar um argentino, é um benfeitor, outro qualquer o abandonaria ali mesmo para ser comido por urubus e outros animais, provavelmente até hienas. 
- Mas enquanto eu o enterrava, ele gritava : Estoy vivo, estoy vivo!! 
- Tudo mentira, esses argentinos mentem muito! 


41 – SABEDORIA BRAZUCA 

Um francês, um argentino e um brasileiro estão visitando a Arábia Saudita e resolvem tomar umas doses de whisky, quando a policia aparece e os prende. A simples posse de bebida alcoólica é uma ofensa grave na Arábia Saudita e os três são sentenciados à morte, num julgamento sumário. Entretanto, após vários meses e com a ajuda de bons advogados, eles conseguem que a sentença de morte seja transformada em prisão perpétua. Por um capricho da sorte, no aniversário da Arábia Saudita, o benevolente Sheik resolve abrandar ainda mais a pena e decreta que os mesmos poderão ser soltos após receber 20 chibatadas cada.
Quando eles estão se preparando para a punição, o Sheik anuncia: - Hoje é aniversário de minha esposa, e ela me pediu para permitir a cada um de vocês um desejo antes da punição. 
O francês foi o primeiro da fila, pensou um pouco e pediu: - Por favor, amarrem 2 travesseiros nas minhas costas. 
Assim foi feito, mas os travesseiros só duraram 10 chibatadas antes de completar a punição e quando tudo terminou ele teve que ser carregado sangrando e com muita dor. 
O argentino, sabido como sempre, viu o que tinha acontecido e sendo segundo, pediu: - Por favor, amarrem 4 travesseiros nas minhas costas. 
Porém, mesmo assim, após 15 chibatadas os travesseiros não suportaram e o Argentino foi levado sangrando e maldizendo o acontecido. 
O brasileiro foi o último e antes que pudesse dizer o seu pedido, foi interrompido pelo Sheik: - Você é um de um país belíssimo, do futebol e das mulatas. Eu adoro o Brasil, e vou lhe agraciar com 2 pedidos antes da punição. 
- Obrigado, sua Alteza, disse o Brasileiro. Em reconhecimento a sua bondade, meu primeiro desejo é que eu receba 100 chibatadas e não 20 como previsto, pois eu me sinto culpado pelo ocorrido. 
Ao que o Sheik respondeu: - Além de ser um homem honrado e gentil, o senhor também um homem corajoso. Que assim seja! 
Mas e seu segundo pedido? perguntou o Sheik. 
Ao que o Brasileiro complementou: - Quero que amarrem o Argentino às minhas costas'. 


40 - A INTERNET NUNCA SUBSTITUIRÁ O JORNAL

O jornal impresso, como sempre o conhecemos, realmente não poderá ser substituído pela internet.
A seguir alguns dos importantes usos do jornal: 
Uso doméstico: 
Amadurecer banana, abacate, etc... 
Recolher lixo. 
Limpar vidros. 
Dobradinho, serve para nivelar os pés de móveis. 
Embrulhar louças na mudança. 
Recolher a sujeira do cachorro. 
Forrar a gaiola do passarinho. 
Cobrir os móveis e o piso antes de pintar a casa. 
Evitar que entre água por baixo da porta. 
Proteger o piso da garagem quando o carro está vazando óleo. 
Matar moscas, baratas e demais insetos. 
Na época da crise econômica, usá-lo como papel higiênico, mesmo que seja um pouco duro. 
Uso educativo: 
Bater no focinho do cachorro quando faz xixi dentro de casa. 
Fazer barquinhos de papel. 
Arrancar um pedacinho em branco para anotar número de telefone. 
Usos comerciais: 
Alargar sapatos. 
Rechear bolsas para conservar a forma. 
Embrulhar peixes. 
Embrulhar pregos na loja de produtos para construção. 
Fazer um chapeuzinho para o pintor ou para o pedreiro. 
Cortar moldes para o alfaiate ou para a costureira. 
Embrulhar quadros. 
Embrulhar flores. 
Uso festivo: 
Acender a churrasqueira. 
Rechear a caixa de presente-surpresa. 
Outros Usos: 
Para os sequestradores usarem suas letras nas cartas. 
Fazer bolinhas para jogar nos companheiros de classe. 
Fazer uma capinha para o machado ou foice. 
Fazer proteção na cabeça para não estragar a chapinha quando estiver garoando. 
Nos filmes, para os bandidos esconderem o revolver. 
Para esconder-se atrás dele quando não quiser que te vejam.
Ah... e por último: Para ler as notícias.

Vai me dizer se você consegue fazer tudo isso com o computador? 


39 - SINCERIDADE!

Eu disse a ela:
"Posso não ser rico, não ter dinheiro, apartamentos de luxo, carros importados ou empresas como o meu amigo Carlos Eduardo, mas te amo muito, te adoro demais."
Ela me olhou, com lágrimas nos olhos, abraçou-me como se não existisse o amanhã, e disse bem baixinho no meu ouvido:
"Se você me ama de verdade, me apresenta o Carlos Eduardo ... "


38 – RELIGIÃO NÃO SE DISCUTE 

Num banquete, colocaram um padre católico sentado ao lado de um rabino.
O padre, querendo gozar do rabino, enche o prato com pedaços de um suculento leitão e depois oferece para o 'colega'.
O rabino recusa, dizendo:
- Muito obrigado, mas...não sabe que a minha religião não permite a carne de porco?
- Noooossa! Que religião esquisita! Comer leitão é uma delííícia! - comenta o padre com ironia.
Na hora da despedida, o rabino chega e diz para o padre:
- Mande minhas recomendações a sua mulher!
E o padre, horrorizado:
- Minha mulher? Não sabe que a minha religião não permite casamento de sacerdotes?
- Nooossa! Que religião esquisita! Comer mulher é uma delíííícia!!!....Mas, se você prefere leitão...

37– REMÉDIO CASEIRO 

O Doutor, depois de ver a história clínica do paciente, pergunta:
- Fuma?
- Pouco.
- Deve deixá-lo.
- Bebe?
- Pouco.
- Deve deixá-lo.
- Pratica esporte?
- Não.
- Pois deveria.
- Sexo?
- Muito pouco.
- Pois deveria fazer muito.
Ele vai para casa e conta para a sua mulher o que o médico lhe disse e imediatamente, vai tomar um banho.
A mulher resolve enfeitar-se, perfuma-se, põe seu melhor baby-doll e fica à espera.
Ele sai do banho, começa a vestir-se, a perfumar-se e a mulher, curiosa, pergunta-lhe:
- Aonde vais?
- Não ouviste o que o médico me disse?
- Sim, mas aqui estou eu prontinha para ti.
Então, ele diz:
- Ah, Rosinha, lá vens tu de novo com a mania dos remédios caseiros. . .

36 – SE É RARO É CARO

Um canibal vai ao mercado para comprar um cérebro para o almoço e vê o homem do mercado fazendo grande propaganda da qualidade dos cérebros de profissionais que estão em oferta. O canibal pergunta ao homem do mercado:
- Quanto é que custa o cérebro de programador?
- Trinta reais o quilo.
- E tem de analista?
- Sim. Quarenta reais o quilo.
- E de usuário?
- Também temos. Duzentos reais o quilo.
- O quê? Como pode ser tão caro? Pergunta o canibal perplexo.
- Você por acaso faz ideia da quantidade de usuários que é preciso matar, para se conseguir um quilo de cérebro?


35 - A SEMANA DA DONA DE CASA 

Segunda-feira:
Sozinho em casa. Minha mulher vai passar a semana fora. Ótimo, acho que teremos uma semana inesquecível - o cachorro e eu.
Tracei um plano e programei meu tempo. Sei exatamente quando acordar, quanto tempo ficar no banheiro e quanto tempo levar preparando o café.
Também somei o número de horas de que preciso para lavar, arrumar, levar o cachorro para passear, fazer compras e cozinhar. Estou agradavelmente surpreso em ver que ainda me sobra muito tempo livre. Não sei por que as mulheres fazem o serviço de casa parecer tão complicado, quando toma tão pouco tempo. É só se organizar. O cachorro e eu jantamos um bife cada um.
Coloquei sobre a mesa a toalha de festa, uma vela, além de rosas - para criar atmosfera agradável.
Ele come patê de entrada, depois outra vez no prato principal, com fina guarnição de legumes, e biscoitos de sobremesa. Bebo vinho e fumo charuto. Há muito não me sentia tão bem.
Terça-feira:
Preciso dar outra olhada na programação. Parece que requer pequenas mudanças.
Expliquei para o cachorro que nem todo dia é feriado, portanto não deve esperar hors doeuvers nas refeições, nem três tigelas, que ainda tenho de lavar.
No café da manhã, notei que suco de laranja caseiro tem uma desvantagem. O espremedor de frutas tem de ser limpo a cada vez. Uma possibilidade: Fazer o suficiente para dois dias. Ai, posso lavar com a metade da frequência.
Descoberta: Você pode aquecer salsichas na sopa e assim ter menos uma panela para lavar.
Certamente não pretendo aspirar a casa todos os dias, como minha mulher queria. Dia sim, dia não, é mais do que suficiente. O segredo é andar de chinelos e limpar as patas do cachorro. Pronto. Sinto-me ótimo.
Quarta-feira:
Tenho A Sensação de que o serviço de casa toma mais tempo do que eu imaginava. Devo repensar minha estratégia. Primeiro passo: Comprei comida pronta. Não preciso gastar tanto tempo cozinhando. Não se deve levar mais tempo cozinhando do que comendo.
Fazer a cama é um problema: Sair de baixo das cobertas, depois arejar o lugar e então fazer a cama. É tudo tão complexo! Não acho necessário arrumá-la todos os dias, especialmente sabendo que voltarei a dormir naquela mesma noite.
Parece tarefa sem importância. Não estou mais preparando refeições complicadas para o cachorro.
Comprei comida pronta para cães. Ele fez uma cara! Mas o que fazer? Se posso comer refeições semiprontas, ele também pode.
Quinta-feira:
Chega De Suco de laranja! Como pode uma fruta de aspecto tão inocente criar tal confusão? É inacreditável. Comprarei suco de laranja em garrafa, pronto para beber.
Descoberta: Consegui sair da cama quase sem desarrumar as cobertas.
Tudo que tive de fazer foi alisar um pouco o cobertor. Claro, é preciso pratica e não se pode rolar muito durante o sono. Minhas costas doem um pouco, mas nada que um banho quente não resolva. Parei de me barbear todos os dias. É realmente perda de tempo. Ganho preciosos minutos que minha mulher nunca perde porque não faz barba.
Descoberta: Não ha necessidade de se comer num prato novo a cada vez.
Lavar louça com tanta frequência começa a me irritar. O cachorro também pode comer numa única tigela. Afinal, é só um cão.
Nota: Cheguei a conclusão de que se pode aspirar no máximo uma vez por semana.
Sexta-feira:
Basta de suco de frutas! As garrafas são pesadas demais. Descobri o seguinte: Salsichas são ótimas pela manhã. No almoço, nem tanto. E no jantar, nem pensar. Se um homem come salsicha por mais de dois dias, pode ter náuseas.
Dei ração ao cachorro. É nutritiva e não suja a tigela. Descobri que sopa pode ser ingerida diretamente da lata. Tem o mesmo gosto. Sem vasilha, sem concha! Não me sinto mais um lava-louças automático.
Parei de esfregar o chão da cozinha. Aquilo me irritava tanto quanto fazer a cama.
Nota: Esqueça as latas, pois sujam o abridor.
Sábado:
Por Que tirar a roupa à noite se vou vesti-la de novo pela manhã?
Prefiro passar o mesmo tempo deitado, descansando. Também não há necessidade de usar cobertas, assim a cama já fica feita. O cachorro sujou o chão. Dei-lhe uma bronca. Não sou seu criado! Estranho. Minha mulher me diz isso de vez em quando. Hoje é dia de fazer a barba, mas não sinto vontade. A paciência está no limite. O café da manhã será algo que eu não precise desembrulhar, abrir, fatiar, espalhar, cozinhar ou mexer. Tudo isso me irrita.
Plano: Almoçar diretamente na sacola, em cima do fogão. Sem pratos, talheres, toalhas ou qualquer outro absurdo. As gengivas estão meio inflamadas. Talvez seja a falta de frutas, tão pesadas para se carregar. Minha mulher ligou á tarde e perguntou se lavei as janelas e as roupas. Caí numa risada histérica. Disse que não tive tempo. 
Há um problema na banheira. Esta entupida com espaguete. Não me incomoda muito, parei de tomar banho mesmo. Nota: O cachorro e eu comemos juntos, diretamente da geladeira. Tem de ser rápido, para não ficar muito tempo aberta.
Domingo:
O Cachorro e Eu estávamos sentados na cama vendo na TV as pessoas comerem todo o tipo de comida e guloseimas. Ficamos com água na boca. Estamos ambos fracos e de mau humor. Comi algo da tigela do cachorro pela manhã. Nenhum de nós gostou.

Devia tomar banho, fazer a barba, pentear-me, dar comida ao cachorro, levá-lo para passear, lavar a louça, arrumar, fazer compras, entre outros - Mas não tenho forças. Sinto que estou perdendo o equilíbrio e minha visão está sumindo. O cachorro parou de abanar o rabo. Num último acesso de autopreservação, rastejamos até um restaurante.
Comemos vários pratos de boa comida durante mais de uma hora. Depois vamos a um hotel.
O quarto é limpo, arrumado e aconchegante. Encontrei a solução ideal para os serviços de casa. Imagino se minha mulher já pensou nisso.

34 – AOS ANALISTAS DE SISTEMAS 

Estavam a conversar um juiz, um médico, um arquiteto e um analista de sistemas. A certa altura da conversa, começaram a comparar suas profissões para saber qual era a mais antiga.
O Juiz disse: - Deus julgou e expulsou Adão e Eva do Paraíso. Foi o primeiro julgamento da humanidade. Vejam só como minha profissão é antiga!
O analista de sistema pensou: "Puxa, essa vai ser difícil de bater. . . "
Aí prontamente o médico disse: - Sim, mas antes desse julgamento, lembre-se que Eva foi criada a partir de uma costela de Adão, ou seja, a partir de uma cirurgia.
- Assim, a medicina é a profissão mais antiga!
O analista procurou uma brecha, mas foi o arquiteto quem rapidamente contestou: - Essa cirurgia é realmente antiga, mas perceba que antes de criar Adão, Deus criou o céu, a terra, as montanhas, os lagos e mares. . .
Como esse foi o primeiro projeto de arquitetura e paisagismo, a arquitetura é definitivamente a profissão mais antiga do mundo, pois antes disso só existia o caos. . .
Daí o analista de sistemas intervém: - Peraí, peraí! E quem vocês pensam que criou o caos?

33 - MINHA PRIMEIRA VEZ

O céu estava claro.
A lua, quase dourada. 
Eu e ela ali no campo. 
Não se via mais nada. 
Sua pele, suave. 
Suas ancas, expostas. 
Eu, tocando, de leve, 
o macio de suas costas. 
Não sabia como começar. 
Olhei seu corpo esguio. 
Decidi pôr as mãos 
sobre seu peito macio. 
Sentia medo. 
Meu coração fortemente batia. 
Enquanto ela, bem lentamente, 
as firmes pernas abria. 
Vitória! Consegui! 
Tudo, então, melhorou. 
Pelo menos desta vez. 
O líquido branco jorrou. 
Finalmente, tudo acabado. 
Mas, quase saio de maca. 
Foi assim a primeira vez 
que tirei leite de uma vaca! 


32 - FRASES DE PÁRA-CHOQUE DE CAMINHÃO

Deus pôde fazer o mundo em seis dias porque não tinha ninguém perguntando a Ele quando ia ficar pronto.
Em rio de piranhas, jacaré nada de costas. 
Eu enviuvei e casei com a cunhada, para economizar sogra. 
Macho que é macho não chupa mel, masca abelha. 
Marido de mulher feia tem ódio de domingo e feriado. 
Mulher de amigo meu é como cebola: como chorando. 
Mulher é que nem lençol: da cama para o tanque, do tanque para a cama. 
Mulher feia é como jiló, pouca gente come. 
Nas curvas do seu corpo capotei meu coração. 
No tempo da escravidão, baixinho era troco. 
O dinheiro não traz felicidade. Então, dê todo o seu para mim e seja feliz! 
O sol nasceu para todos; a sombra, só para alguns! 
Pobre só enche a barriga quando morre afogado. 
Por causa da pressa é que a mosca nasceu sem osso. 
Se barba fosse respeito, bode não tinha chifre. 
Se ferradura desse sorte, burro não puxava carroça. 
Se me vir abraçado com mulher feia, separe que é briga. 
Segredo entre três, só matando dois. 
Só não mando minha sogra para o inferno porque tenho pena do diabo! 
Feliz era Adão: não tinha sogra nem caminhão. 


31 – FANATISMO

Havia um crente, muito devoto, que confiava em Deus para a solução de todos os seus problemas. Certo dia choveu muito e a casa dele começou a ser inundada. Quando a água estava chegando em seus ombros, passa um homem numa canoa e lhe diz:
— Sobe que o levo para um lugar seco! 
O crente responde-lhe: 
— Não precisa irmão, porque tenho fé em Deus e Ele vai me ajudar! 
As águas subiram mais ainda e o crente teve que ir para o telhado. Passa um cara com um barco a motor: 
— Sobe que o levo para um lugar seguro! 
O crente, novamente, recusa a ajuda: 
— Não precisa, porque creio em Jesus e Ele vai me ajudar! 
Quando as águas subiram até o pescoço do crente, aparece o helicóptero dos bombeiros e eles o chamam pelo megafone: 
— Pega a corda para podermos subir você! 
O crente, teimoso como uma mula, responde-lhes: 
— Obrigado, mas não precisa, porque Deus vai me salvar! 
O crente não sabia nadar e morreu afogado. Foi para o paraíso e perguntou para Deus: 
— Senhor, meu Pai, confiei em Você! Por que me abandonou para morrer afogado?! 
Deus respondeu-lhe: 
— Como é que o abandonei? Mandei-lhe uma canoa, uma lancha e até um helicóptero e você os recusou! 


30 - LÁPIDES TUMULARES

AGRÔNOMO: Favor regar o solo com Neguvon. Evita vermes!
ALCOÓLATRA: Enfim, sóbrio! 
ARQUEÓLOGO: Finalmente, fóssil! 
ASSISTENTE SOCIAL: Alguém aí para me ajudar? 
BROTHER: Fui! 
CARTUNISTA: Partiu sem deixar traços! 
DELEGADO: Está olhando o quê? Circulando, circulando! 
ECOLOGISTA: Entrei em extinção! 
ENÓLOGO: Cadáver envelhecido em caixão de carvalho! 
ESPIRITUALISTA: Volto já! 
FUNCIONÁRIO PÚBLICO: É no túmulo ao lado! 
GARANHÃO: Rígido, como sempre! 
GAY: Virei purpurina! 
HERÓI: Corri para o lado errado! 
HIPOCONDRÍACO: Não disse que estava doente?! 
HUMORISTA: Isso não tem a menor graça! 
JANGADEIRO DIABÉTICO: Foi doce morrer no mar! 
JUDEU: O que estão fazendo aqui? Quem está tomando conta da lojinha? 
NINFOMANÍACA: Uau, esses vermes vão me comer todinha! 
PESSIMISTA: Aposto que está fazendo o maior frio no inferno! 
PSICANALISTA: A eternidade não passa de um complexo de superioridade mal resolvido! 
SANITARISTA: Sujou! 
VICIADO: Enfim, pó! 


29 - SINTOMAS DE POBREZA

Almoçar domingo na casa da sogra só para economizar.
Amarrar as pernas dos óculos com esparadrapo branco. 
Andar de carro com o vidro fechado no maior calor só para pensarem que tem ar-condicionado. 
Anotar recado de telefone em papel de pão. 
Brigar com meio mundo só porque o caixa não lhe deu troco de três centavos. 
Cobrir o telhado com plástico para evitar goteira. 
Colocar copos de água nos pés da cama e da mesa para as formigas não subirem. 
Comprar carne de segunda e dizer que é para o cachorrinho. 
Em dia de chuva, amarrar saco plástico em volta do sapato para não molhar. 
Entrar em loja de R$ 1,99 e querer achar um presente legal. 
Esticar a língua para lamber o fundo do copo de iogurte. 
Fingir que está dormindo no ônibus para não dar lugar a quem está de pé. 
Guardar sobras de sabonete para depois fazer uma bola só. 
Homem careca com rabo de cavalo. 
Jogar algodão na árvore de natal para dar efeito de neve. 
Pôr arranjo de fruta de plástico na mesa da sala. 
Subir na laje para mexer na antena e ficar gritando lá de cima: Melhorou? 
Tapar vazamento do botijão de gás com resto de sabão. 
Tomar cerveja em copo de plástico. 
Usar calça social com tênis. 


28 - VALENTÃO?! 

Certo rapaz está no portão do céu, esperando para entrar, enquanto São Pedro folheia o livro sagrado, checando toda a vida dele para ver se é um garoto de valor. Depois de um bom tempo, São Pedro olha-o severamente e lhe diz:
— Não vejo nada que seja realmente ruim em sua vida, mas, também, não há nada que seja especialmente bom. Se me provar que fez algo muito bom, você está dentro. 
O garoto pensou por alguns instantes e disse ao Pedroca: 
— Ah, teve uma vez que estava indo pela estrada, quando vi uma gangue gigante de motoqueiros mexendo com uma garotinha indefesa. Diminuí a velocidade para ter certeza do que estava acontecendo. Vi uns cinqüenta deles tentando tirar as roupas da adolescente. Parei meu carro, peguei um bastão de baseball e fui em direção ao líder da gangue, um cara com jaqueta de couro com estampa de tigre. Ele tinha uma corrente amarrada da orelha esquerda até o nariz. Enquanto me aproximava dele, os membros da gangue foram fazendo uma roda em volta de mim. Arranquei a correntinha da cara dele e dei-lhe uma pancada com meu bastão. O sujeito foi para chão com um só golpe. Depois disso, virei para todos e disse-lhes: 
— Deixem esta garota em paz. Vocês não passam de um bando de bostas! Voltem para suas casas antes que eu perca a paciência e acabe com suas raças, seus animais! 
São Pedro, realmente impressionado, perguntou-lhe: 
— E quando isso aconteceu? 
— Ah, faz uns dois minutos! 


27 - ENGANO 

O cara liga para casa à tarde para saber o que a esposa ia fazer para o jantar.
— Alô? — responde-lhe uma vozinha de criança. 
— Oi, querida, é papai. Mamãe está perto do telefone? 
— Não, papai. Está lá em cima no quarto com tio Frank. 
Após alguns segundos, o sujeito lhe diz: 
— Mas, querida, não tem nenhum tio chamado Frank! 
— Tenho, sim! E está lá em cima no quarto com mamãe. 
— Está bom! Então, quero que faça o seguinte: suba correndo as escadas, bata na porta do quarto e grite para mamãe e para tio Frank que meu carro acabou de parar na frente de casa. Depois, vem me contar o que viu. 
— Tá legal, papai! 
Alguns minutos depois, a garota volta: 
— Fiz o que me disse, papai. 
— E o que aconteceu? 
— Bom, mamãe pulou da cama pelada e começou a correr pelo quarto gritando. Aí, tropeçou no tapete e caiu pela janela da frente. Agora está morta! 
— Oh, meu Deus! E tio Frank?! 
— Levantou-se da cama pelado, também, e estava muito assustado. Pulou pela janela do fundo para dentro da piscina, mas acho que deve ter se esquecido de que você esvaziou a piscina na semana passada para limpá-la. Bateu a cabeça no fundo dela e agora está lá embaixo, morto também! 
Uma longa pausa, e o cara lhe diz: 
— Piscina?! Minha casa não tem piscina... Aí é 555-0739?! Não?! Então me desculpe, filhinha! Foi engano! 


26 - O HOMEM PERFEITO 

O homem perfeito é lindo,
tem um pouco de mistério, 
é belo quando está rindo, 
é lindo quando está sério. 
O homem perfeito é bom, 
tem um jeito carinhoso, 
quando fala, em meigo tom, 
causa arrepio gostoso. 
O homem perfeito é fino, 
solícito e fiel, 
tem a graça de um menino 
e é mais doce que o mel. 
O homem perfeito adora 
dar flores, botões de rosa, 
a alguma velha senhora, 
ou a uma senhorita idosa. 
O homem perfeito tem 
energia, não se cansa, 
lava louça, enxuga bem, 
gosta muito de criança. 
O homem perfeito é 
sensível à grande arte, 
gosta de dança e balé, 
nunca haverá de magoar-te. 
Encerrando, finalmente, 
os versos que perpetrei, 
devo dizer-te, somente: 
o homem perfeito é gay. 


25 - COMO CONQUISTAR UMA MULHER 

Dê-lhe flores.
Diga-lhe, a todo momento, que ela é a mulher mais linda que já viu. 
Diga-lhe: “Eu a amo” pelo menos 24 vezes por dia. 
Discuta sempre o relacionamento. 
Jamais fale mal da mãe dela. 
Lave suas cuecas. 
Ligue sempre para ela. 
Não beba até tarde com seus amigos. 
Não chegue tarde a casa. 
Não coce o saco na frente dela. 
Não comente suas experiências sexuais. 
Não diga a uma mulher que ela não sabe dirigir (guarde essa verdade para você). 
Não diga que o homem é mais inteligente que a mulher. 
Não fale de sua ex-namorada. 
Não fale palavrão, nem faça escândalos em público. 
Não fique barrigudo. 
Não olhe para outras mulheres. 
Não ronque! 
Não seja pão-duro. 
Nunca a convide para transar, só para fazer amor. 
Nunca resolva tudo com ignorância. 
Use desodorante (que preste). 
Use perfume. 
Portanto, nunca diga a verdade a uma mulher, mas somente o que ela quer ouvir! Se depois disso tudo não conquistá-la, arrume um NAMORADO, pois não tem a menor chance com as mulheres! 


24 - COMO ESCREVER ALGUMAS FRASES DE FORMA INTELECTUAL!

Aplicar a contravenção do Dr. João, deficiente físico de um dos membros superiores (dar uma de João sem braço).
Colocar o prolongamento caudal em meio aos membros inferiores (meter o rabo entre as pernas). 
Colóquio sonolento para gado bovino repousar (história para boi dormir). 
Creditar o primata (pagar o mico). 
Deglutir o batráquio (engolir sapo). 
Derramar água pelo chão através do tombamento violento e premeditado de seu recipiente (chutar o balde). 
Derrubar, com a extremidade do membro inferior, o suporte sustentáculo de uma das unidades do acampamento (chutar o pau da barraca). 
Derrubar com intenções mortais (cair matando). 
Desconsiderar a utilização de um longo pedaço de madeira (nem a pau). 
Impulsionar a extremidade do membro inferior contra a região glútea de alguém (dar com o pé na bunda do infeliz). 
Inflar o volume da bolsa escrotal (encher o saco). 
Jamais considerar a utilização de instrumentos metálicos derivados do ferro (nem ferrando). 
Prosopopéia flácida para acalentar bovinos (conversa para boi dormir). 
Retirar o filhote de eqüino da perturbação pluviométrica (tirar o cavalo da chuva). 
Romper a face (quebrar a cara). 
Sequer considerar a possibilidade de a fêmea bovina expirar fortes contrações laringo-bucais (nem que a vaca tussa). 


23 - COINCIDÊNCIA?!

Um jovem casal foi convidado para uma festa à fantasia. A esposa acabou tendo uma terrível dor de cabeça e falou para seu marido ir à festa sozinho e aproveitar. Ele disse-lhe que não queria ir só, mas ela lhe retrucou que ia tomar uma aspirina e ficar em casa de cama. Dizendo à mulher que não havia motivo para perder a festa, ele pegou a fantasia e saiu.
A esposa, após dormir por uma hora, acordou sem dor de cabeça, e como ainda era cedo, decidiu ir à festa. Como o marido não sabia qual era sua fantasia, achou que ia ser uma boa oportunidade para observá-lo em ação, quando ela não estava por perto. Assim que chegou à festa, logo o viu na pista de dança, abraçado com uma mulher muito bonita, pegando aqui e beijando ali. Procurou ficar ao lado dele, insinuando-se e mostrando que estava disposta a iniciar algo mais excitante. Não impôs limites e deixou que ele fosse até onde bem entendesse; afinal, tratava-se do seu marido. 
Finalmente, ele sussurrou alguma coisa em seu ouvido e ela concordou; foram para o carro e deram uma rapidinha. Logo ela o deixou e foi embora para casa, sem se revelar. Voltou para a cama imaginando qual seria a explicação que ele daria para seu comportamento na festa. Mal o homem entrou em casa, ela foi logo perguntando ao marido o que havia feito na festa. Ao que ele respondeu-lhe: 
— Ah, a mesma coisa de sempre. Você sabe que nunca me divirto quando você não está. 
— Dançou muito? 
— Para falar a verdade dancei uma música. Quando fui para a festa, encontrei o Zeca e o resto da moçada, então fomos para a cozinha e jogamos pôquer a noite inteira. Mas vou lhe dizer uma coisa: o cara que pegou minha fantasia emprestada disse que teve uma noite incrível! 


22 - QUESTÕES FUNDAMENTAIS DE DIREITO? 

ANALOGIA é a ciência que estuda a vida das Anas?
APLICAÇÃO DAS NORMAS JURÍDICAS NO ESPAÇO ocorre quando há julgamento na Lua? 
A esposa que se recusa à OBRIGAÇÃO DE DAR é inadimplente? 
A MARCHA PROCESSUAL tem câmbio manual ou automático? 
BENS MÓVEIS são os fabricados em marcenarias? 
Cabe RELAXAMENTO DE PRISÃO nos casos de prisão de ventre? 
CONTRATO BILATERAL é aquele celebrado entre Cafu e Roberto Carlos? 
DIREITO PENAL é aquele que trata das relações entre aves? 
Dizer que gato preto dá azar é PRECONCEITO RACIAL? 
Enfiar o dedo na TOMADA DE PREÇOS dá choque? 
LEIS CONCRETAS são aquelas elaboradas por pedreiros? 
Levar a secretária eletrônica para a cama é ASSÉDIO SEXUAL? 
O filho do bispo Edir Macedo será um HERDEIRO UNIVERSAL? 
O INFANTICÍDIO ocorre quando uma mãe dá para seu filho uma FANTA envenenada? 
PESSOAS DE MÁ-FÉ são aquelas que não acreditam em Deus? 
Podemos dizer que a vida processual é cheia de AUTOS e baixos? 
Qual a capital do ESTADO CIVIL? 
Quando uma prostituta usa uma camisinha durante o ato sexual podemos dizer que ocorreu uma LEGÍTIMA DEFESA PUTATIVA? 
Quantos quilos por dia emagrece um casal que optou pelo REGIME PARCIAL? 
Quem é canhoto pode prestar VESTIBULAR PARA DIREITO? 
Tem algum direito a mulher em TRABALHO DE PARTO sem carteira assinada? 
TESTAMENTO CERRADO é aquele em que os filhos herdam dos pais algumas fazendas no interior de Goiás e Mato Grosso? 


21 - ESPERTEZA 

Estavam duas freirinhas, ao anoitecer, caminhando pelas ruas de uma cidade, em direção ao convento, quando perceberam que estavam sendo seguidas por um tipo grandalhão e mal-encarado.
— Irmã, estamos sendo seguidas! 
— Impressão sua. Vamos dobrar esta esquina para nos certificarmos. 
Dobraram a esquina e a figura atrás delas. 
— Que vamos fazer? 
— Andar um pouco mais. 
E o cara seguindo as duas, já babando. 
— Irmã, tive uma ideia. Vamos virar na próxima rua e correr uma para cada lado. Quem chegar primeiro ao convento pede socorro. 
E assim o fizeram. Ao chegarem à esquina, dispararam em direções opostas. Uma delas conseguiu chegar ao convento e, ofegante, contou às outras freiras o ocorrido. Todas ficaram apavoradas e já iam chamar a polícia quando aparece a outra freirinha, toda suada. 
— O que houve? 
— Saí correndo e o homem veio atrás de mim. 
— E aí? 
— Chegou um momento que eu virei uma rua e dei de cara com um beco sem saída. Tentei voltar, mas o tarado já havia chegado. 
— Meu Deus! E depois?! 
— Ele me olhou com uma cara de louco, sorrindo. Então ri também e levantei o hábito até o pescoço. 
— Oh! E o que ele fez? 
— Abaixou as calças até os pés. 
— E daí? 
— Daí que mulher de saia levantada corre muito mais que homem de calça abaixada, né?! 


20 - FILOSOFIA NO FUTEBOL?!

— Nem que tivesse dois pulmões alcançaria essa bola.
(Bradock, amigo de Romário, reclamando de um passe longo). 
— Tenho o maior orgulho de jogar na terra onde Cristo nasceu. 
(Claudiomiro, ex-jogador do Internacional de Porto Alegre, RS, ao chegar a Belém, PA para disputar uma partida contra o Payssandu pelo Brasileirão de 1972). 
— A partir de agora meu coração tem uma cor só: rubro-negro. 
(Fabão, zagueiro baiano, ao chegar para jogar no Flamengo). 
--- No México é que é bom. Lá a gente recebe semanalmente de quinze em quinze dias. 
(Ferreira, jogador de futebol, ex-ponta-esquerda do Santos). 
— Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe. 
— Que interessante, aqui no Japão só tem carro importado! (Referindo-se aos Toyotas e Mitsubish’s). 
— Clássico é clássico e vice-versa. 
(Jardel, jogador de futebol, ex-atacante do Vasco, Grêmio e da Seleção Brasileira). 
— Meu clube estava à beira do precipício, mas tomou a decisão correta: deu um passo à frente. 
(João Pinto, jogador de futebol do Benfica de Portugal). 
— A moto vou vender e o rádio vou dar pra minha tia. 
(Josimar, ex-lateral direito do Botafogo, ao responder a um repórter o que iria fazer com o Motorádio que ganhou como prêmio por ter sido eleito o melhor jogador da partida). 
— Jogador tem que ser completo como o PATO, que é um bicho aquático e gramático. 
— O difícil, como vocês sabem, não é fácil. 
(Vicente Matheus, ex-presidente do Corinthians, já falecido). 
— Eu disconcordo com o que você disse. 
(Vladimir, ex-lateral do Corinthians, em uma entrevista à Rádio Record de São Paulo). 


19 – DOCE VINGANÇA! 

Um executivo brasileiro foi a Las Vegas e perdeu tudo que tinha no cassino, até as calças, só ficando com a passagem para voltar ao Brasil. Foi para a frente do cassino e havia um táxi esperando-o. Entrou e foi logo explicando a situação ao motorista. Prometeu ao taxista mandar-lhe o dinheiro em dobro assim que chegasse ao Brasil. Ofereceu-lhe passaporte, endereço, cartões de crédito, todos os dados possíveis para o motorista confiar nele. O taxista, no entanto, respondeu-lhe:
— Se não tem 40 dólares, então saia do meu táxi, seu fedepê! 
Muito desesperado, o executivo teve que se virar para chegar ao aeroporto. Um ano depois, o executivo reconstruiu o patrimônio e voltou a Las Vegas, só que dessa vez foi ele quem quebrou o cassino! Triplicou sua fortuna. Sentindo-se muito bem, vai até a entrada do cassino pegar um táxi para levá-lo ao aeroporto. Surpreso, avista, no final da longa fila de viaturas, o motorista fedepê que não quis lhe dar crédito no ano anterior. Buscando vingança, o executivo chegou-se para o primeiro táxi da fila e perguntou-lhe: 
— Quanto custa para me levar daqui ao aeroporto? 
— 40 dólares. 
— E para fazer um boquete no caminho? 
— Nem entre no meu táxi, seu canalha! Está enganado, não fazemos esse tipo de serviço não! 
O executivo fez o mesmo com todos os táxis da fila e a resposta era sempre a mesma. Finalmente, chegou ao último carro, onde seu velho amigo estava lendo um jornal e demonstrou não o reconhecer: 
— Quanto é para me levar ao aeroporto? 
— 40 dólares — respondeu-lhe o motorista. 
Sem perguntar-lhe mais nada, o executivo falou-lhe: 
— Ok, vamos lá! 
Enquanto o táxi passava pelos outros carros da fila, o executivo sorria e acenava feliz para os demais motoristas. 


18 - HUMOR INTELIGENTE—TROCADILHO.

ARMARINHO. Vento proveniente do mar.
ASPIRADO. Carta de baralho completamente maluca. 
ASSALTANTE. Um A que salta. 
BARGANHAR. Receber um botequim de herança. 
BIMESTRE. Mestre em duas artes marciais. 
BISCOITO. Fazer sexo duas vezes. 
CAÇADOR. Pessoa que procura sentir dor. 
CERVEJA. É o sonho de toda revista. 
CLEPTOMANÍACO. Mania por Eric Clapton. 
COITADO. Pessoa vítima de coito. 
CONVERSÃO. Papo prolongado. 
COORDENADA. Que não tem cor. 
DEMOCRACIA. Sistema de governo do inferno. 
DESVIADO. Dez homossexuais. 
DETERGENTE. Ato de prender seres humanos. 
DETERMINE. Prender a namorada de Mickey Mouse. 
DIABETES. As dançarinas do diabo. 
EDIFÍCIO. Antônimo de é fácil. 
EFICIÊNCIA. Estudo das propriedades da letra F. 
ENTREGUEI. Estar cercado de homossexuais. 
ESTOURO. Boi que sofreu operação de mudança de sexo. 
EXPEDIDOR. Mendigo que mudou de classe social. 
HALOGÊNIO. Forma de cumprimentar pessoas muito inteligentes. 
HOMOSSEXUAL. Sabão em pó para lavar as partes íntimas. 
MINISTÉRIO. Aparelho de som de dimensões muito reduzidas. 
PADRÃO. Padre muito alto. 
PRESIDIÁRIO. Aquele que é preso diariamente. 
RATIFICAR. Tornar-se um rato. 
TESTÍCULO. Texto pequeno. 
TRIPULANTE. Especialista em salto triplo. 
UNÇÃO. Erro de concordância verbal. O certo seria um é. 
VIADUTO. Local por onde circulam homossexuais. 
VIOLENTAMENTE. Caiu com lentidão. 
VOLÁTIL. Avisar ao tio que você vai lá. 


17 - DEFINIÇÕES ESDRÚXULAS

ADVOGADO. Uma pessoa que escreve um documento de 10.000 palavras e o chama sumário.
AMIGA, AMIGO. Diz-se da pessoa do sexo oposto que tem esse não-sei-quê que elimina toda intenção de querer deitar-se com ela, ele. 
AMOR. Palavra de quatro letras, duas vogais, duas consoantes e dois idiotas. 
ARQUITETO. Diz-se de um sujeito que não foi suficientemente macho para ser engenheiro nem suficientemente bicha para ser designer. 
CANDIDATO. A pessoa que obtém dinheiro dos ricos e votos dos pobres para proteger um do outro. 
CHATO. Pessoa que fala quando seria desejado que escutasse. 
COMPUTADOR. Máquina inventada para resolver problemas que ainda não existiam antes da sua criação. 
CONFIANÇA. Via livre que se dá a uma pessoa para que cometa uma série de besteiras. 
CONSULTOR. Alguém que tira o relógio do seu pulso, lhe diz a hora e lhe cobra pela informação. 
DANÇAR. A frustração vertical de um desejo horizontal. 
DIPLOMATA. Quem lhe diz “vá à merda” de um modo tão educado que ainda fica agradecido a ele. 
EXAME ORAL. Prova para conseguir um estágio na Casa Branca. 
FÍSICO QUÂNTICO. Um homem cego em um quarto escuro, procurando por um gato preto que não está lá. 
FUTEBOL. Com quem toda mulher se casa sem saber. 
INDIFERENÇA. Atitude que adota uma mulher diante de um homem que não lhe interessa e que é interpretada por ele como “ela está se fazendo de difícil”! 
INFLAÇÃO. Ter de viver pagando os preços do ano que vem com o salário do ano passado. 
LÍNGUA. Órgão sexual que alguns degenerados usam para falar. 
NINFOMANÍACA. Termo com o qual um homem define uma mulher que deseja fazer sexo mais que ele. 
PSICÓLOGO. Aquele que olha todas as demais pessoas quando uma mulher atraente entra na sala. 
TRABALHO EM EQUIPE. Possibilidade de jogar a culpa nos outros. 


16 - TORTURA CHINESA 

Um homem perdeu-se no meio da China. Passou três meses dormindo em cavernas e comendo plantas, passando frio e fome. Um belo dia avistou, no alto de um monte, uma enorme casa chinesa. Correu em sua direção e bateu na porta. Abriu-a um senhor chinês de longas barbas brancas, que perguntou o que o esfarrapado rapaz desejava.
— Estou há mais de três meses perdido pelos campos, dormindo em cavernas frias e comendo plantas. Por favor, gostaria de uma cama limpa, um lugar para banhar-me e um prato de comida decente. Acho-me muito cansado e faminto. 
O velho chinês ponderou-lhe: 
— Ofereço-lhe um quarto limpo, um banheiro, roupas limpas e uma nobre refeição. A única condição é que não faça nada à minha neta. 
— Claro! O senhor, realmente, é um homem bom. 
— Se acontecer alguma coisa à minha neta, sofrerá as três piores torturas chinesas. 
— O senhor pode ficar tranquilo. 
Então o rapaz tomou seu banho, vestiu suas novas roupas e desceu para jantar. Foi sentar à mesa, olhar para a jovem neta do velho avô chinês e apaixonar-se. Além de ser maravilhosa, sentiu que o interesse era mútuo. Paixão à primeira vista. Pensou em silêncio: 
— Há três meses não vejo uma mulher e, com certeza, essa noite valerá qualquer sacrifício, mesmo com essas três piores torturas chinesas. 
Ao escurecer, foi ao quarto da jovem e teve a noite mais incrível de sua vida. Quando acordou, sentiu um grande peso sobre seu corpo. Abriu os olhos e viu uma enorme pedra sobre seu peito. Nela estava escrito: 
— Primeira grande tortura chinesa: grande pedra sobre o peito. 
— Bem, se for assim, tudo bem. 
Ergueu a pedra e conseguiu lançá-la pela janela próxima à cama. Foi quando viu uma linha amarrada à pedra. Na outra face da pedra estava escrito: 
— Segunda grande tortura chinesa: pedra amarrada ao testículo esquerdo. 
Desesperado com a situação, o rapaz atirou-se pela janela atrás da pedra. Foi quando viu escrito na terceira face da pedra: 
— Terceira grande tortura chinesa: testículo direito amarrado ao pé da cama. 


15 - O PREFEITO 

Certa vez, um prefeito pouco esperto, de uma cidade do interior, pediu a um funcionário seu, Jarbas, para comprar alimentos para uma escola da cidade.
Ao chegar à CEASA, em Porto Alegre, Jarbas olhou a lista de compras e percebeu algo estranho: 20 kg de cal. Ao ver aquilo, notou que não conseguiria carregar tudo no seu carro. 
Resolveu, então, retornar à cidade e pegar uma caminhonete da Prefeitura. Quando estava saindo, o próprio prefeito o viu e, meio pasmo, perguntou-lhe: 
— Aonde vai com essa caminhonete? 
— Ora, Prefeito, como é que o senhor quer que carregue 20 kg de cal no meu carro? 
— Ah, Jarbas, desculpe-me! Não é cal. É que esqueci de colocar a cobrinha no C. É çal. 
Mais tarde, ao comprar os alimentos, notou que não tinha dinheiro suficiente para pagar por eles. Resolveu voltar à cidade e pedir um cheque ao prefeito. 
— Senhor Prefeito, preciso de um cheque para pagar os alimentos. 
— Aí está o cheque. Preencha-o. 
— Sr. Prefeito, preciso de R$ 60,00. Como é que se escreve 60? Com S, SS, Ç, C, SC?! 
— Ah, sei lá. Vamos fazer o seguinte: vou dar-lhe setenta e você fica com dez de troco. 
Noutro dia, esse mesmo prefeito resolveu visitar o governador. Ao chegar ao Palácio Piratini, foi parado na porta, pela segurança: 
— Aonde o senhor pensa que vai? 
— Vou visitar o governador. Sou prefeito de uma cidade lá do interior. 
— Mas, agora, não pode! O governador está numa reunião com um pessoal que veio de Brasília. 
— E daí?! Sou muito mais importante do que eles! 
— Por quê? 
— Porque vim de BMW, ora! 
Na audiência com o governador, disse-lhe que o principal problema da sua cidade era a falta de calçamento e o excesso de buracos nas ruas. Diante disso, o governador resolveu liberar a verba para asfaltar as ruas daquela cidade, mas com ma condição: 
— Senhor Prefeito, não espaia! 
Um mês depois, quem fosse àquela cidade ainda poderia ver todo o asfalto amontoado num canto, enquanto as ruas continuavam esburacadas. 


14 - CONSTITUIÇÃO DO LAR

Artigo 1º. A esposa tem o direito de esquentar a barriga no fogão e esfriá-la no tanque.
Artigo 2º. O desejo do marido é uma ordem. 
Parágrafo único. É dever da esposa, adivinhar e atender todos os desejos do marido. 
Artigo 3º. A esposa tem o direito de expressar sua opinião. No entanto, o marido não é obrigado a ouvi-la. Caso sua opinião seja muito inteligente, o marido, na condição de chefe do lar, assume sua autoria. 
Artigo 4º. É direito inalienável da esposa, proferir a decisão final em todos os assuntos do lar, com o seguinte pronunciamento: “Sim, senhor”! 
Artigo 5º. Fica expressamente proibido à esposa dormir de robe, creme, pantufas, touca, brincos, colares, rolinhos e similares, ficando a infratora sujeita aos corretivos impostos pelo marido, de acordo com a gravidade do fato. 
Artigo 6º. É dever da esposa que trabalhe ou tenha fonte de renda entregar seu salário ao marido, para que ele o administre da melhor maneira que entender. 
Artigo 7º. Fica estabelecida a figura de cabeça do casal, atribuída de forma indelegável ao marido, que a acumulará com o título de tutor perpétuo da esposa. 
Artigo 8º. Ficam garantidas duas noites e uma manhã livre, por semana, para o marido jogar futebol, beber com os amigos ou exercer qualquer outra atividade exigida por sua condição de macho. 
Artigo 9º. Com o fim de preservar a tranqüilidade do lar, fica a esposa proibida de ter ataques histéricos, chiliques nervosos e outras frescuras, assim como gritar durante a surra semanal. 
Artigo 10º. A partir da promulgação desta constituição, a esposa passará a ser chamada de patroa, mulher ou minha véia. 
Parágrafo único: É facultado à esposa tratar o marido por você, quando por este autorizado e exclusivamente no recesso do lar. 
Artigo 11º. Ficam as esposas relegadas à condição de sexo frágil e membro inferior do gênero humano. 
Artigo 12º. São direitos inalienáveis das esposas: Não ter direito a nada, não reclamar dos direitos que têm e não reclamar dos direitos que não têm. 
Artigo 13º. Esta constituição entra em vigor na data de sua publicação. 
Artigo 14º. Revogam-se as disposições em contrário. 


13 - JUDAS DA ERA MODERNA 

Jesus, muito preocupado, chama seus discípulos para uma reunião de emergência, dado o alto consumo de drogas na Terra. Depois de muito pensar, chegam à conclusão de que o melhor a fazer para enfrentar o problema é provar a droga eles mesmos e depois tomar as medidas adequadas. Decidem que uma comissão de discípulos desceria ao mundo e recolheria diferentes tipos de droga. Executa-se a operação secreta e, dois dias depois, começam a regressar os emissários. Jesus os espera na porta do céu, quando chega o primeiro discípulo:
— Quem é? 
— Paulo. 
Jesus abre a porta. 
— O que traz, Paulo? 
— Haxixe de Marrocos. 
— Muito bem, filho. Entra. 
— Quem é? 
— Marcos. 
— O que traz, Marcos? 
— Marijuana da Colômbia. 
— Muito bem, filho. Entra. 
— Quem é? 
— Mateus. 
— O que traz, Mateus? 
— Cocaína da Bolívia. 
— Muito bem, filho. Entra. 
— Quem é? 
— João. 
Jesus abre a porta e pergunta-lhe: 
— E você, o que traz, João? 
— Crack de Nova Iorque. 
— Muito bem, filho. Entra. 
— Quem é? 
— Lucas. 
— O que traz, Lucas? 
— Speeds de Amsterdã. 
— Muito bem, filho. Entra. 
— Quem é? 
— Judas. 
Jesus abre a porta. 
— O que traz, Judas? 
— A POLÍCIA! TODOS CONTRA A PAREDE! 

12 - REFLEXÕES SOBRE SEXO 

— A diferença entre o sexo pago e o sexo grátis é que o sexo pago costuma sair mais barato.
(H.L. Mencken, jornalista e escritor). 
— Beijo não mata a fome, mas abre o apetite. 
(Pára-choque de caminhão na ponte Rio-Niterói). 
— Certas mulheres amam tanto seus maridos que, para não gastá-los, usam os de suas amigas. 
(Alexandre Dumas Filho, romancista). 
— Clitóris é como computador, nem todos conseguem mexer direito com ele, mas a maioria sabe para o que serve. 
(Rosângela Petta, escritora). 
— Muitas vezes o tamanho do pênis é tão importante quanto o tamanho da orelha. 
(Nelson Vitiello, ginecologista). 
— Não existem mulheres frígidas, mas mal esquentadas. 
(Lúcio Amorim, saxofonista). 
— Não sei nada sobre sexo. Sempre fui casada! 
(Greta Garbo, atriz). 
— Nunca faça sexo com alguém que tenha mais problemas do que você. 
(Sharon Stone, atriz). 
— O objeto mais leve do mundo é o pênis. Basta um pensamento para levantá-lo. 
(Grafite num muro de Nova Iorque). 
— Para se dar bem com as mulheres, diga que é impotente. Elas ficarão loucas para desmenti-lo. 
(Cary Grant, ator). 
— Sexo é hereditário. Se seus pais nunca o fizeram, você também não o fará. 
(David Zing, fotógrafo e colunista). 
— Sexo é o único esporte que não é cancelado quando falta luz. 
(Laurence Peter, Escritor). 
— Sexo é uma intimidade tão adorável que só se deveria praticá-lo com quem não se conhece. 
(Miguel Falabella, ator). 
— Tesão nasce quando o diabo encontra ocupação para hormônios vadios. 
(Grafite de parede em Porto Alegre). 
— Um gigolô é um homem que é pago para fazer o que qualquer idiota gostaria de fazer de graça. 
(Ross Spencer, escritor). 


11 - GÊNIO 

Um casal estava jogando golfe num campo muito chique, margeado por belíssimas mansões. Na terceira tacada, o marido disse à esposa:
— Querida, tome cuidado ao arremessar a bola. Não vá mandá-la numa dessas casas e quebrar uma vidraça. Vai custar uma fortuna para consertá-la. 
Nem terminou direito a frase, ela dá a tacada e a bola vai direto para uma das janelas da maior casa da vizinhança. O marido se exaspera: 
— Disse-lhe para tomar cuidado! E agora, como vai ser? Vamos até lá pedir desculpas e ver quanto vai ser o prejuízo. 
Eles batem na porta e ouvem uma voz: 
— Podem entrar! 
Ao abrirem a porta vêem vidro espalhado pelo chão e uma garrafa quebrada perto da lareira. Um homem sentado no sofá lhes diz: 
— Vocês são os que quebraram minha janela? 
— Sim. Sinto muito. Queremos pagar-lhe pelo prejuízo! 
— De jeito nenhum! Preciso agradecer-lhes. Sou um gênio que estava preso nessa garrafa por milhares de anos. Vocês me libertaram. Posso conceder-lhes três desejos. Darei um para cada um e guardo o terceiro para mim. 
— Uau! Que legal! — diz-lhe o homem. Quero um milhão de dólares por ano, pelo resto de minha vida! 
— Sem problema. É o mínimo que posso dar-lhe. 
— E você, o que gostaria de me pedir?— diz o gênio olhando a mulher. 
— Quero uma casa em cada país do mundo. 
— Pode considerar seu desejo realizado. 
— Qual o seu desejo, gênio? — pergunta-lhe o marido. 
— Bem, desde que fiquei preso nessa garrafa há milhares de anos não tive mais oportunidade de fazer sexo. Meu desejo é ter sexo com sua mulher. 
O marido olha para a esposa e lhe diz: 
— Bem, querida, ganhamos um monte de dinheiro e todas essas casas. Acho que ele não está pedindo muito. 
O gênio leva a mulher para o quarto e passa duas horas com ela, deixando-a exausta. Depois de terminar, ao se vestirem, o gênio pergunta-lhe: 
— Quantos anos tem seu marido? 
— 35, ela responde-lhe. 
— E ele ainda acredita em gênios? É espantoso! 


10 - VESTIBURRADAS 

A arquitetura gótica se notabilizou por fazer edifícios verticais.
A fé é uma graça através da qual podemos ver o que não vemos. 
A febre amarela foi trazida da China por Marco Polo. 
A harpa é uma rosa que toca. 
A igreja vem perdendo muita clientela. 
A insônia consiste em dormir ao contrário. 
A Previdência Social assegura o direito à enfermidade coletiva. 
A respiração anaeróbica é a respiração sem ar, que não deve passar de três minutos. 
A Terra é um dos planetas mais conhecidos no mundo. 
As aves têm na boca um dente chamado bico. 
As glândulas salivares só trabalham quando a gente tem vontade de cuspir. 
As múmias tinham um profundo conhecimento de Anatomia. 
É preciso melhorar as indiferenças sociais e promover o saneamento de muitas pessoas. 
Em Esparta as crianças que nasciam mortas eram sacrificadas. 
Lavoisier foi guilhotinado por ter inventado o oxigênio. 
Lenda é toda narração em prosa de um tema confuso. 
Na Grécia, a democracia funcionava muito bem, porque os que não estavam de acordo com ela se envenenavam. 
O Ateísmo é uma religião anônima. 
O batismo é uma espécie de detergente do pecado original. 
O calor é a quantidade de calorias armazenadas numa unidade de tempo. 
O Chile é um país muito alto e magro. 
O coração é o único órgão que não deixa de funcionar 24h por dia. 
O nervo ótico transmite ideias luminosas. 
O petróleo apareceu há muitos séculos, numa época em que os peixes se afogavam dentro d’água. 
O Sol nos dá luz, calor e turistas. 
O vento é uma imensa quantidade de ar. 
Os analfabetos nunca tiveram chance de voltar à escola. 
Os crustáceos fora d’água respiram como podem. 
Os egípcios antigos desenvolveram a arte funerária para que os mortos pudessem viver melhor. 
Os hermafroditas nascem unidos pelo corpo. 
Péricles foi o principal ditador da democracia grega. 
Resposta a uma pergunta: “Não cei”. 
Tiradentes, depois de morto, foi decapitulado. 


09 - O AMANTE

Uma dona de casa recebe seu amante todo dia em sua casa, à tarde, enquanto o marido trabalha. Durante suas safadezas, deixa o filhinho de nove anos trancado no armário do quarto. Certo dia, o marido chegou em casa e o amante de sua mulher ainda estava lá. Então trancou o amante no armário, junto com o filho. Ficaram lá um tempo, até que o menino falou ao dito cujo:
— Escuro aqui, não? 
— É, está. 
— Tenho uma bola de baseball. 
— Que legal! 
— Quer comprá-la? 
— Não! 
— Meu pai está lá fora! 
— Quanto quer pela bola? 
— R$ 25,00. 
— Toma. 
Uma semana depois, o marido torna a chegar cedo. O amante de sua esposa está na casa dele novamente. O menino e o amante vão para o armário. Eles ficam lá em silêncio, até que o menino fala à peça: 
— Escuro aqui, não? 
— É, está. 
— Tenho uma luva de baseball. 
— Que bom. 
— Quer comprar? 
O homem, lembrando-se da outra semana: 
— Claro, quanto é? 
— R$ 75,00. 
— Aqui está. 
No fim-de-semana, o pai chama o filho: 
— Pega a bola e a luva e vamos jogar. 
— Não dá, pai, vendi tudo. 
— Vendeu?! 
— Por quanto? 
— R$ 100,00. 
— Filho, você não pode ficar enganando seus amigos assim. Em lugar algum a gente paga tanto por isso. Vou levá-lo, agora, ao padre, para que se confesse. 
Chegando à igreja, o menino entra na portinha, ajoelha-se e aguarda a chegada do vigário. Uma janelinha se abre, para que o padre possa ouvi-lo: 
— Meu filho, não tema a Deus! Confesse-Lhe e Ele o perdoará. Qual o seu pecado? 
— Escuro aqui, não?! 
— Não vá começar com essa merda de novo! 


08 - UM GRANDE LADRÃO 

Pegaram um sujeito em flagrante roubando galinhas de um galinheiro (é óbvio!) e o levaram à delegacia.
— Que vida mansa, hein, vagabundo? Roubando galinha para ter o que comer sem precisar trabalhar! Está em cana! 
— Não era para mim não, mas para vender. 
— Pior. Venda de artigo roubado. Concorrência desleal com o comércio estabelecido. Sem-vergonha! 
— Mas vendia mais caro. 
— Como?! 
— Espalhei o boato de que as galinhas do galinheiro eram bichadas e as minhas não. E que as do galinheiro botavam ovos brancos enquanto as minhas botavam ovos marrons. 
— Mas eram as mesmas galinhas, safado! 
— Pintava os ovos das minhas. 
— Que grande pilantra! 
Mas já havia um certo respeito no tom de voz do delegado! 
— Ainda bem que vai preso. Se o dono do galinheiro o pega! 
— Já me pegou. Fizemos um acerto. Comprometi-me com ele a não espalhar mais boato sobre suas galinhas e ele se comprometeu comigo a aumentar os preços dos produtos dele para ficarem iguais aos meus. Convidamos outros donos de galinheiro a entrar no nosso esquema. Formamos um oligopólio, ou seja, um ovigopólio. 
— E o que faz com o lucro do seu negócio? 
— Especulo com dólar e invisto alguma coisa no tráfico de drogas. Comprei alguns deputados e três ministros. Consegui exclusividade no suprimento de galinhas e ovos para programas de alimentação do governo e superfaturo os preços. 
O delegado mandou pedir um cafezinho para o preso, perguntou-lhe se a cadeira estava confortável e se não queria uma almofada. Depois lhe indagou: 
— Doutor, não me leve a mal, mas, com tudo isso, não está milionário? 
— Trilionário. Sem contar o que sonego de imposto de renda e o que tenho depositado ilegalmente no exterior. 
— Com tudo isso, continua roubando galinhas? 
— Às vezes. 
— Explique-se, disse-lhe o delegado. 
— É que em todas as minhas atividades sinto falta do risco, entende? Daquela sensação de perigo, de estar fazendo uma coisa proibida, da iminência do castigo. E roubando galinhas sinto-me, realmente, um ladrão. E isso é excitante! Como agora. Fui preso, finalmente. Vou para a cadeia. É uma experiência nova. 
— O que é isso, excelência?! 
— O senhor não vai ser preso, não! 
— Mas fui pego em flagrante, pulando a cerca do galinheiro! 
— Sim. Mas réu primário e com esses antecedentes! 


07 - PERGUNTAS CAPCIOSAS 

Como se chama um piolho em uma careca?
— Sem terra. 
Como se faz omelete de chocolate? 
— Com ovos de páscoa, é claro! 
O que a borda esquerda do ânus disse para a borda direita? 
— Chega para lá, que vem merda! 
O que a peixa falou para o peixe no aquário? 
— Pára de beber, senão vamos perder a casa! 
O que começa com C, termina com U e todo mundo gosta quando está bem limpinho? 
— Céu. 
O que dá o cruzamento de um cearense com um argentino? 
— Um porteiro que acha que é dono do prédio! 
O que é mole, mas na mão de uma mulher fica duro? 
— Esmalte. 
O que é que pode ser grande ou pequeno, fino ou grosso, tem sete letras, começa com C e termina com O? 
— Cigarro. 
O que há de comum entre um cego parado em frente a um relógio e uma virgem? 
— O primeiro não vê a hora dar e a segunda não vê a hora de dar! 
O que o c falou para o ç? 
— Tá cagando, hein, brother?! 
O que o elefante disse quando viu um homem nu? 
— Legal! Mas consegue comer amendoim com isso? 
Por que a água foi presa? 
— Porque matou a sede. 
Por que os homens têm dois ovos e não três? 
— Porque o terceiro foi chocado e virou pinto. 
Qual a diferença entre o pára-quedas e a camisinha? 
— O primeiro, quando falha, é um a menos e o segundo, quando falha, é um a mais. 
Qual a parte mais macia de uma mulher? 
— A bunda, pois bate em dois ovos e não os quebra! 
Qual a semelhança entre as mulheres e as geladeiras? 
— Nas duas você coloca a carne para dentro e deixa os ovos na porta. 
Qual a semelhança entre um sabonete e uma festa infantil? 
— Há sempre um pentelho que a gente não sabe de quem é. 
Qual a semelhança entre 99 reais e um japonês? 
— Os dois são quase cem pau. 
Qual o animal que não vale mais nada? 
— Javali! 
Qual o cúmulo do azar? 
— Cagar num palheiro e se espetar com a agulha. 
Quando as mulheres poderão ter seu cantinho ao sol? 
— Quando inventarem uma cozinha com teto solar! 
Você sabe como é que se tira leite do gato? 
— Quando ele estiver tomando leite, basta puxar o pires. 

06 - SUSTO 

Queridos pais:
Faz três meses que estou na universidade e demorei muito para escrever-lhes, mas, agora, vou colocar as notícias em dia. Antes de continuar: por favor, sentem-se! Não continuem lendo esta cartinha antes de se sentarem, ok? 
Já estou melhor. A fratura e o traumatismo craniano que tive, ao pular da janela de meu quarto, em chamas, ao chegar aqui, estão praticamente curados. Passei só duas semanas no hospital! Minha visão está quase normal e aquelas terríveis dores de cabeça só voltam uma vez por semana. Como o incêndio foi causado por um descuido meu, teremos de pagar 50 mil dólares para a universidade pelos danos que lhe foram causados. Mas isso não é nada, o importante é que estou vivo! 
Felizmente, a empregada que trabalha na lavanderia em frente viu tudo. Foi ela quem chamou a ambulância e avisou os bombeiros. Também foi ver-me no hospital e, como não tinha onde ficar — já que meu quarto ficou reduzido a cinzas — teve a gentileza de convidar-me para viver com ela. Na verdade, é um quarto no sótão, mas é muito agradável. Tem o dobro da minha idade, estamos perdidamente apaixonados e queremos casar. Apesar de não termos fixado a data, ainda, espero que seja antes que a gravidez dela fique muito evidente. 
Pois é, queridos pais, serei papai! Sabendo que sempre quiseram ser avós, tenho certeza de que acolherão muito bem as crianças (são trigêmeas), com o mesmo amor e carinho que me deram quando era pequeno. A única coisa que ainda está atrapalhando nossa união é uma pequena infecção que minha noiva pegou e que nos impede de fazer os exames pré-matrimoniais. Eu, também, por descuido, acabei infectando-me, mas estou melhor com as doses diárias de penicilina que agora estou tomando. 
Sei que a receberão com os braços abertos em nossa família. Ela é muito amável e, apesar de não ter estudado, tem muita ambição. Não é da nossa religião, mas tenho esperança de que serão tolerantes com ela e que, tampouco, lhes importará o fato de sua pele ser um pouco mais escura que a nossa. Tenho plena convicção de que a amarão tanto quanto eu. Como ela tem mais ou menos sua idade, mamãe, é certo que se darão muito bem e se divertirão bastante juntas. Como o apartamento onde vivemos é bem pequeno, pretendo voltar para casa com toda a minha nova família. Seus pais, também, são pessoas muito boas. Parece-me que o pai dela foi um marceneiro famoso na aldeia africana de onde vieram. 
Agora que já sabem de tudo, é preciso dizer-lhes que não ocorreu nenhum incêndio, não tive traumatismo craniano, não estive hospitalizado, não tenho noiva e nem sífilis e não há nenhuma mulher negra em minha vida. A verdade é que tirei zero em Física, dois em Matemática e um em Biologia. Quis mostrar-lhes, apenas, que existem coisas bem piores na vida que notas baixas. Um beijo do filho estudioso de vocês! 


05 - SIGLAS?!

CBF. Caráter Bem Fraquinho.
Ele se acha uma vítima do destino. Por um problema de acne na adolescência, nunca se destacou pelo físico formidável nem pela inteligência. As meninas não lhe davam a menor bola e agora está decidido a recuperar o tempo perdido e a se vingar das mulheres em geral. 
CDF. Coração de Ferro. 
É até simpático. Pelo menos no começo. Com o tempo, porém, percebe que não está nem aí para você e não tem a menor intenção de partilhar nada. Ouve suas opiniões, mas jamais as leva em conta. Combina as coisas, mas só faz o que quer, do jeito que quer. E um belo dia deixa-a pendurada no telefone para sempre. 
DDD. Devagar, Devagar, Devagarinho! 
Que elegância! Que cultura! É o tipo de namorado que sua mãe classifica como “um rapaz de boa família”. Manda-lhe flores e ganha rios de dinheiro. Só tem um pequeno problema: é tão educado e respeitoso que leva meses para ousar ir para a cama com você. Não faz nada sem antes pedir-lhe “com licença” e “por favor”! 
EUA. É Uma Anta. 
Cérebro de ostra num corpo de deus! Tem uma estampa de tirar o fôlego e uma conversa de dar nos nervos. Adora ver vitrines e se ver refletido nelas. Só tem roupas de griffe e você é capaz de apostar que etiquetas são a única coisa que já leu na vida. 
IBM. Indivíduo Bastante Mesquinho. 
Para ele, almoçar fora é ir a uma lanchonete. E insiste em dividir a despesa com você até o último centavo. Pergunte-se: acha que um cara capaz de tamanha mesquinharia pode ser emocional e sexualmente generoso?! 
MEC. Mas É Casado. 
Não se iluda: aquele sujeito que limpa a cara lambuzada de mostarda e catchup da menininha na mesa ao lado não é o tio atencioso. Olhe para outro lado e pare de cobiçar o marido da próxima. 
PHD. Pobre Homenzinho Dominado. 
Tem umas idéias muito estranhas sobre as mulheres e bastam cinco minutos de conversa para sacar quem colocou tanta besteira na cabeça do infeliz. Mamãe (a dele), é claro! 
PQP. Parece Quase Perfeito. 
Sonhando com um homem sensível? Cuidado para não cair na conversa de um PQP. Esse é um tipo de camaleão: pega a pele emprestada de um sujeito realmente sensível, só para enganar mulheres incautas. Mestre na simulação, sabe como ninguém fazer o gênero. Não liga a mínima para o futebol. Gosta de filmes românticos. Vive dizendo que se importa com seus sentimentos. Só que quando você resolve se abrir, descobre que está tudo entrando por um ouvido e saindo pelo outro. Dá vontade de furar os olhos do desgraçado. 
UAU. Um Animal Único. 
Tem músculos que despertam seus instintos mais primitivos. Não o resiste. Aproveite! 
UTI. Um Tanto Indefinido. 
Bonito, inteligente, divertido, solteiro e nem um pouco interessado em avançar o sinal?! Abra o olho: pode ser gay. 

04 - PÉROLAS DO MUNDO JURÍDICO 

Ação de Execução, em certa Comarca de Mato Grosso. O despacho judicial assim determinava:
— Arquive-se esta execução, porque o exeqüente foi executado (à bala) pelo devedor. 
Avaliação feita por um oficial de justiça: 
— ...um crucifixo de madeira, estilo country-colonial, marca INRI®, sem número de série... 
Conclusão tirada de um estudo de viabilidade econômica de um empreendimento agropecuário: 
— O investimento é viável, desde que tenha um começo, um meio e uma eternidade. 
De um relatório elaborado por fiscal da Carteira Agrícola do Banco do Brasil: 
— Financiado executou o trabalho braçalmente e animalmente. 
Do relatório de um perito-avaliador com tendência a profeta: 
— Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe. Vai terminar sendo executado pelo banco. 
Encerramento de laudo judicial, em processo que tramitou na Vara Cível do Fórum João Mendes, SP: 
— Os anexos seguem em separado. 
Extraído da sentença de ação de desapropriação em Comarca do interior de São Paulo: 
— À vista do trabalho apresentado pelo Assistente Técnico do expropriado, o laudo do perito judicial é de uma pobreza franciscana... 
Fragmento do laudo de um perito judicial sobre a descrição de uma edificação: 
— ...um barracão com pé direito de 5 metros e pé esquerdo de 4 metros. 
Frase retirada de um laudo judicial, mais particularmente do capítulo relativo à descrição do imóvel: 
— O imóvel está uma boneca. 
Início do relatório de um perito-avaliador: 
— Chegando à fazenda do Sr. Pedro Jacaré e em não encontrando o réptil... 
Memorando de justificativa da ausência de um bancário ao trabalho: 
— Referência: Cobra. Comunico que faltei ao expediente do dia 14 em virtude de ter sido mordido pela epigrafada. 
Num processo em Santo André, SP, no qual o advogado requereu a citação pessoal do de cujus (ou seja, do morto), apareceu o seguinte despacho: 
— Para que não se venha alegar cerceamento de direito, venha, em 48 horas improrrogáveis, nova, correta e definitiva emenda à inicial, eis que o de cujus encontra-se nos céus ou nos purgatórios, ou, ainda, nos infernos, não dispondo o Juízo de dons mediúnicos para convocá-lo à resposta. 
Opinião do fiscal da Carteira Agrícola do Banco do Brasil: 
— Desconfio de que o mutuário está com intenção de pagar o débito. 
Perito tentando dar uma imagem real da topografia de uma área: 
— Era uma ribanceira tão ribanceada que se estivesse chovendo e eu andasse a cavalo e o dito cujo escorregasse, adeus perito. 
Relato do perito que gosta de ter seu trabalho valorizado: 
— Visitamos um açude nos fundos da fazenda e depois de longos e demorados estudos constatamos que estava vazio. 
Relatório sobre a aplicação de financiamento concedido a fazendeiro do interior: 
— As garantias permanecem em perfeito estado de abandono e conservação. Mutuário mantém vida privada na fazenda. 
Sobre dons mediúnicos ou sobrenaturais. Extraída do Relatório de um fiscal do Banco do Nordeste, após visita efetuada à propriedade rural de um mutuário que, segundo soube o fiscal, abandonara o imóvel e montara um terreiro de macumba nas proximidades da cidade: 
— Achamos difícil o retorno de nosso capital, de vez que o mutuário abandonou as lides agropecuárias, dedicando-se, atualmente, às atividades sobrenaturais, onde exerce as altas funções de pai-de-santo. 
Uma avaliação realizada por um avaliador leigo, descrevendo bens para penhora em execução: 
— ...o material é imprestável, mas pode ser utilizado. 


03 - A RIQUEZA DEPOIS DOS 40 ANOS! 

Leia e se conscientize de sua riqueza!
"Nunca pensei que a partir dos 40 pudéssemos ter uma riqueza tão grande!!! 
Prata nos cabelos. Ouro nos dentes. Pedras nos rins. Açúcar no sangue. Ponte no Coração. Chumbo nos pés. Ferro nas articulações. Catarata nos olhos, e uma fonte inesgotável de gás natural..."
Se você ainda não é rico, tenha paciência... sua vez vai chegar!!! 


02 –PANETONE 

Querido Panetone, 
Eu te amo, mas não podemos viver assim: eu cortando você em pedaços e você me engordando sem parar. 
Quando o amor deixa o casal infeliz, é hora de parar. 
Amor não é sofrimento. 
Apesar da sua massa macia e suave, tem aquelas frutinhas cristalizadas de toda relação. 
Acredite, vai ser melhor pra nós dois. 
Você fica com sua integridade, e eu com minha cintura. 
Continuarei olhando você com ternura e desejo, mas sabendo que já não nos pertencemos mais. 
Adeus, Panetone. 
Foi doce, foi bom, mas deixou marcas que agora a blusa comprida precisa encobrir.....Adeus... 

Resposta do Panetone:
Querida,
Primeiramente quero dizer que o que engorda não é o que te delicia entre o Natal e o Ano Novo, mas tudo o que você come entre o Ano Novo e o Natal; portanto, reveja seus fundamentos.
Sei da sua admiração por mim e que sua decisão de me deixar está muito mais ligada à sua incapacidade de administrar seu peso do que a qualquer insatisfação comigo.
Sinto pela separação, mas ainda vamos nos encontrar.
Assim como minha massa é mole, a carne é fraca.
Você ainda vai ter uma recaída. 
Não encare isto como uma praga, mas sabedoria de quem entende muito de tentações. 
Acho que você está carente.
Se eu tivesse bracinhos, dar-lhe-ia um abraço. 
Por enquanto, do seu sempre, 
Panetone! 
FELIZ NATAL! 

01 – PIADAS DE LOIRAS

COMPRANDO UM REVÓLVER
Uma loira está preocupada,
pois acha que seu marido está tendo um caso.
Vai até uma loja de armas e compra um revólver.
No dia seguinte, ela volta para casa e encontra seu marido, na cama, com uma ruiva espetacular. .
Então, ela aponta a arma para a própria cabeça.
O marido pula da cama, implora e suplica para que ela não se mate.
Aos berros, a loira responde:
- Cale a boca, cretino... Você é o próximo!

NATAÇÃO
Uma loira entrou na competição de natação, modalidade “peito”.
As outras competidoras eram uma morena e uma ruiva.
A morena chegou em primeiro e a ruiva em segundo.
Após certo tempo, chega a loira, completamente exausta.
Após ser reanimada com café e cobertores, ela fala:
- Não quero fazer fofoca, mas acho que aquelas outras duas usaram os braços.

NA PRAIA
Uma loira está deitada na praia, com um bronzeado espetacular, a ponto de chamar a atenção.
Uma mulher interessada chega perto e pergunta:
- Por favor, qual o seu protetor?
. . . e a loira responde: - São Francisco de Assis.

O QUE ESTÁ MAIS DISTANTE ?
Uma loira pergunta para a outra:
- O que está mais distante Londres ou a Lua?
A outra responde:

- Nossa!!! Que pergunta mais sem sentido!!! Você consegue ver Londres daqui???
- Não!!!
- Então….. amigaaaaaaaaaaa…!!??

PEDINDO UMA PIZZA
A loira pede uma pizza pelo telefone.
Então, a atendente da pizzaria pergunta:
- A senhora quer que eu corte em quatro ou em oito pedaços?
E a loira: - Em quatro, por favor!
Eu jamais aguentaria comer oito pedaços.

ABRINDO UMA LATA DE CERVEJA
A loira estava abrindo uma lata de cerveja com um abridor de latas e sua amiga, então, lhe disse:
- Pra que isso??? É só puxar o lacre!!!
E a loira com cara de sabida: - É, mas isso é pra quem não tem abridor.

____ X ____