Home‎ > ‎As Ruas de Campinas/SP‎ > ‎

RUA MARIA MONTEIRO


VOZ QUE ENCANTOU DOM PEDRO II DÁ NOME A UMA VIA DA CIDADE



A homenagem para importantes nomes da história do país pode ser feita de diversas formas. Para a escolha dos homenageados, os trabalhos realizados, a biografia ou os cargos ocupados são analisados. Em Campinas, não é diferente.

É fácil notar que grande parte das nomenclaturas das ruas e avenidas da cidade leva nomes de fazendeiros, militares, prefeitos e tantos outros personagens, em sua maioria, do sexo masculino.

Como toda regra tem sua exceção, uma prima do maestro Carlos Gomes entra na lista das denominações das vias campineiras, em meio às nomenclaturas masculinas.

Localizada no Cambuí, a Rua Maria Monteiro leva o nome da primeira cantora lírica brasileira. Com uma admirável história de vida, a cantora dá nome à via; denominação estabelecida pela Câmara Municipal em 1923.



Zica, como era conhecida pelos familiares, nasceu em 1870. Durante a infância, cantava em coros de igreja e na escola. Alguns momentos específicos foram fundamentais para o sucesso da cantora, ao redor do mundo.

Nas diversas apresentações e representações, uma delas como Verônica, a personagem bíblica que limpou a face de Jesus Cristo, Maria Monteiro encantava a plateia e, cada vez mais, era a escolhida para cantar em grandes eventos da cidade.

Em 1883, foi elogiada no jornal Gazeta de Campinas após cantar na festa de inauguração da Igreja Nossa Senhora da Conceição, a Matriz Nova.

Maria Monteiro encantou até o imperador D. Pedro II e sua mulher, Teresa Cristina, em 1886, numa apresentação na escola, como parte da programação oficial para recepcionar o casal real.

Após ganhar uma bolsa de estudos, por iniciativa da imperatriz, a garota estudou em conservatórios italianos formando-se em maestria e artista de canto. Em Milão, ficou sob a proteção de Carlos Gomes e estudou canto lírico, no Real conservatório, mesmo lugar onde o primo tinha recebido o diploma de maestro. Em 1889, iniciou sua carreira profissional, com estreia no teatro de Peruggia, na ópera Mefistófeles, de Arrigo Boito.

Maria Monteiro brilhou e conquistou palcos de outros países, como Itália, França, Inglaterra e Espanha, nas óperas Carmem e Cavalaria Rusticana.

Casou-se com o rico comerciante italiano Ermenegildo Grandi, abandonando a carreira para dedicar-se ao lar, como era vontade do marido.

Maria Monteiro morreu no dia 13 de fevereiro de 1897, aos 27 anos de idade, vítima de infecção na garganta e comprometimento nos pulmões. Foi sepultada no cemitério Stagliano, perto de Gênova, na Itália.


A VIA



Com 1,2 km de extensão, a Maria Monteiro é uma via basicamente comercial. Assim como todo o bairro, a rua recebe comerciantes, fregueses e moradores da classe média alta.

Apesar disso, quatro linhas de ônibus do Sistema InterCamp atendem a população da região e levam os usuários ao Centro, aos bairros Pacaembu, Parque Brasília, e ao Shopping Iguatemi e ao Terminal Rodoviário Ramos de Azevedo.


PARÓQUIA NOSSA SENHORA DAS DORES



A Paróquia Nossa Senhora das Dores é uma das principais igrejas situada no bairro Cambuí e foi inaugurada em 1937.

Após a compra do terreno pela Diocese de Campinas, foi necessária a abertura da Avenida Coronel Silva Teles. As obras de construção, incluindo o projeto arquitetônico e a arte final, duraram um pouco mais de dois anos.

Com a inauguração, a igreja foi desmembrada da Paróquia Nossa Senhora do Carmo, a qual pertencia.


CURIOSIDADES



- No monumento-túmulo do maestro e compositor Carlos Gomes, localizado na Praça Bento Quirino, no Centro, está a escultura de Maria Monteiro, feita em 1905.

- Desde a infância, Maria Monteiro já demonstrava vocação musical, principalmente pela influência do pai, Francisco Monteiro, que era professor de música e organista.

- Zica iniciou os estudos musicais em Jundiaí e, depois, teve aulas no Colégio Florence, em Campinas.

- Maria Monteiro foi capa de um caderno especial do Correio Popular de 3 de abril de 1969.

Fontes: www.rac.com.br / www.igrejansdores.org.br / www.pro-memoria-de-campinas-sp.blogspot.com


Fonte: www.emdec.com.br

 ‎VOLTAR