Home‎ > ‎

Textos Hilários


TEXTOS HILÁRIOS



SORRIR FAZ BEM


Está comprovado que bom humor e otimismo vacinam nosso corpo contra todo tipo de doença. O funcionamento do corpo melhora e várias dores diminuem visivelmente.

Quem sorri estimula o cérebro a liberar endorfina e serotonina — substâncias responsáveis pela sensação de prazer e felicidade. Essas substâncias proporcionam uma sensação de leveza e bem-estar, além de ativarem o sistema imunológico. Essa imunização ajuda a prevenir, principalmente, doenças ocasionadas por elevado grau de estresse.

O sorriso combate a depressão e o estresse, diminui a pressão arterial, melhora a digestão, desintoxica o organismo, espanta a dor e até deixa a pele mais bonita. Além disso, se você está sempre sorrindo, as pessoas irão querer sempre ficar perto de você e sua convivência social será muito favorecida.

Sorrir é um remédio sem efeitos colaterais; não precisa de prescrição e é de graça. Por isso, pare de franzir a testa e solte uma boa gargalhada sempre que possível que os benefícios virão.

Segue alguns textos engraçados, e lembre-se: sorrir é um remédio sem efeitos colaterais e é de graça!!!

103 - SOLIDÃO (O DIÁRIO DE UM ASPIRANTE A ASTRONAUTA)
Finalmente liberadas as gravações que a NASA fez das experiências realizadas com o tenente da Marinha John Smith para testar o comportamento humano em condições de completo isolamento durante longos períodos de tempo, iguais ao que o homem terá que enfrentar na exploração do espaço. O tenente Smith foi escolhido pelas suas perfeitas condições físicas e mentais. Foi colocado dentro de um simulador de voo com comida bastante para dois anos e os instrumentos que normalmente levaria numa missão, inclusive um computador. Todos os dias Smith teria que fazer um relatório verbal para que seu estado fosse avaliado. O que segue são trechos das gravações feitas dos seus relatórios.
Primeiro dia. “Meu nome é John Smith. Estou ótimo. Passei todo o dia me familiarizando com este meu pequeno lar. Já desafiei o computador para uma partida de xadrez. Acho que nos daremos muito bem. (Risadas.) Só tenho uma queixa: esta comida em bisnagas não se parece nada com a comida de mamãe… (Risadas.) Dois mais dois são quatro. Encerro”.
Uma semana depois. “John Smith aqui. Continuo muito bem. Ainda não consegui vencer nenhuma partida de xadrez deste computador. Acho que ele está trapaceando. (Risadas.) Três vezes três é nove. Encerro”.
Um mês depois. “(Risadas.) Meu nome é John maldito Smith. Tudo bem. Um pouco entediado, mas tudo bem. Consegui finalmente ganhar uma do computador, embora ele negue. Vou ter que derrotá-lo de novo para convencer este cretino. Calculei mal e já comi todas as bisnagas de torta de maçã. Agora só tem o maldito limão. Dois vezes três são, deixa ver. Seis. Quer dizer… Não. Está certo. Seis. Encerro”.
Dois meses depois. “Vocês sabem quem eu sou. John qualquer coisa. Não aguento mais a arrogância deste computador. Ele não é humano! Insiste que me deu xeque-mates inexistentes e se recusa a admitir que está errado. Tivemos uma briga feia hoje. Dois mais dois são… sei lá. Encerro”.
Quatro meses. “Alô. Tenho provas irrefutáveis de que o computador está tentando boicotar esta missão! Ouvi claramente ele dizer alguma coisa desagradável sobre mamãe. Canta Strangers in the Night em falsete e não me deixa dormir. Não me responsabilizo pelo que possa acontecer. Estou muito bem, lúcido e bem disposto. Com licença que estão batendo na porta”.
Sexto mês. “Meu nome é Smith. Maggie Smith. Por hoje é só”.
Oitavo mês. “(Risadas)”
Nono mês. “Smith aqui. Aconteceu o inevitável. Matei o computador. Estávamos com um problema, onde colocar as bisnagas vazias, e ele fez uma sugestão deselegante. Agora está morto. Não tenho remorsos. Ontem recebi a visita de um vendedor de enciclopédias. Não sei como ele conseguiu entrar aqui. Dois mais dois geralmente é nove. Encerro”.
Décimo mês. “Meu nome é Brown ou Taylor. Um mais um é umum. Dois mais dois, não. Iniciei um projeto importantíssimo. Com as bisnagas vazias e partes do computador, estou construindo uma mulher”.
Um ano. “Redford aqui. Sinto falta de um espelho para poder ver a minha barba, que está bem comprida. A mulher que fiz de bisnagas vazias e partes do falecido computador ficou ótima mas, infelizmente, nossos gênios não combinavam. Ela foi para casa de seus pais. Dois mais dois…”
Décimo-quarto mês. “Minha barba está tentando boicotar a missão! Faz um estranho barulho eletrônico e várias vezes já tentou me estrangular. Deve ser comunista. Começaram a chegar as enciclopédias que comprei. Tenho jogado xadrez comigo mesmo e ganho sempre”.
Décimo-quinto mês. “Aqui fala Zaratustra. Atenção. Encontrei pegadas humanas dentro da cabine. Estou investigando. Mandarei um relatório depois. Duas vezes três é demais. Encerro”.
No dia seguinte. “Grande notícia. Há outro ser humano dentro da cabine! Seu nome é Smith, John Smith, mas como o encontrei numa terça-feira o chamarei de “Quinta”. Ele não fala, mas joga xadrez como um mestre. (Risadas). Talvez tenha que matá-lo”.
Neste ponto, os cientistas da NASA acharam melhor abrir a cápsula. Encontraram Smith com as mãos em volta do próprio pescoço gritando: “Trapaceiro! Trapaceiro!”
(Luis Fernando Veríssimo)


102 - DIÁRIO DE UMA EX-VIRGEM
Sexta feira, dia 03/05:
Querido diário, hoje eu e meu namorado estávamos no parquinho. Começamos a nos beijar e nos acariciar e de repente, ele me fez uma proposta indecente.
Então, saí correndo e percebi que minhas pernas são minhas melhores amigas.
Sábado, dia 04/05:
Querido diário, hoje eu e meu namorado fomos ao cinema. Começamos a nos beijar e nos acariciar e de repente, ele me fez uma proposta indecente.
Então, saí correndo e percebi que minhas pernas são REALMENTE minhas melhores amigas.
Domingo, dia 05/05:
Querido diário, hoje meu namorado me convidou pra ir no apartamento dele. Ele colocou uma música, bebemos umas taças de vinho, dançamos e começamos a nos beijar e nos acariciar e de repente, ele me fez uma proposta indecente.
Então, descobri que até as melhores amigas UM DIA SE SEPARAM…


101 – DIÁRIO DE UMA HEROÍNA!
- Querido Diário... 1º Dia:
Já estou preparada para fazer este maravilhoso Cruzeiro, presente do meu marido... Vim sozinha e trouxe na mala as minhas melhores roupas! Estou excitada!
- Querido Diário... 2º Dia:
Foi lindo, vi alguns golfinhos e baleias! Que viagem maravilhosa estou a começar a gostar...! Hoje encontrei-me com o Capitão, que por sinal é um belo homem!
- Querido diário... 3º Dia:
Hoje estive na piscina. Fiz também um pouco de “jogging” e joguei minigolfe. O Capitão convidou-me para jantar na sua mesa. Foi uma honra e a noite foi maravilhosa. Ele é um homem muito atraente e culto.
- Querido diário... 4º Dia:
Fui ao Casino do navio! Tive muita sorte, pois ganhei €80. O Capitão convidou-me para jantar com ele no seu camarote. A ceia foi luxuosa com caviar e champanhe. Depois de comermos ele perguntou se eu ficaria no seu camarote, mas recusei o convite. Disse-lhe que não queria ser infiel ao meu marido.
- Querido diário... 5º Dia:
Hoje voltei à piscina para me bronzear um pouco. Depois, decidi ir ao Piano Bar e passar ali a tarde. O Capitão viu-me e convidou-me para tomar um aperitivo. Realmente ele é um homem encantador. Perguntou-me de novo se eu queria visitá-lo no seu camarote naquela noite. E eu lhe disse que não, que era casada! Então ele disse que se eu continuasse a responder não, ele iria afundar o navio! Fiquei aterrorizada!
- Querido diário... 6º Dia:
Hoje salvei 1600 pessoas... Três vezes!!!


100 – ENTREVISTA COM O GAÚCHO!
A repórter, estagiária da RBS, vai entrevistar o gaúcho pecuarista e, gravador ligado, começa o perguntório:
- Boa noite, senhor. Desejamos ouvir sua opinião a respeito de um assunto que vem preocupando os pecuaristas do nosso Estado. O que o senhor considera como a razão principal de as vacas serem acometidas da chamada doença da VACA LOUCA?
O gaúcho alegretense olhou para a moça e respondeu:
- Tu sabias que o touro "come" a vaca somente uma vez por ano?
A repórter, visivelmente envergonhada, fala:
- Bem, senhor, eu não sabia... informação interessante, mas o que isso tem a ver com a doença?
- Tu sabias que as vacas são ordenhadas quatro vezes por dia?
- Senhor, novamente agradeço a informação, mas por que não vamos diretamente ao ponto central da minha pergunta: "a que o senhor atribui o fenômeno da vaca louca?"
O guasca, tentando ser expli­cito, responde:
- Mas bah tchê!!! Imagina se eu ficasse brincando com as tuas tetinhas quatro vezes por dia e só te comesse uma vez por ano, tu também não ficarias louca???


99 - PORQUE O JUIZ TEM QUE OUVIR AS DUAS PARTES!
Seu Zé, mineirinho, pensou bem e decidiu que os ferimentos que sofreu num acidente de trânsito eram sérios o suficiente para levar o dono do outro carro ao tribunal.
No tribunal, o advogado do réu começou a inquirir seu Zé:
- O Senhor não disse na hora do acidente 'Estou ótimo'?
E seu Zé responde:
- Bão, vô ti contá o que aconteceu. Eu tinha acabado di colocá minha mula favorita na caminhonete...
- Eu não pedi detalhes! - interrompeu o advogado.
- Só responda à pergunta: O Senhor não disse na cena do acidente: 'Estou ótimo'?
- Bão, eu coloquei a mula na caminhonete e tava descendo a rodovia...
O advogado interrompe novamente e diz:
- Meritíssimo, estou tentando estabelecer os fatos aqui. Na cena do acidente este homem disse ao patrulheiro rodoviário que estava bem. Agora, várias semanas após o acidente ele está tentando processar meu cliente, e isso é uma fraude. Por favor, poderia dizer a ele que simplesmente responda à pergunta.
Mas, a essa altura, o Juiz estava muito interessado na resposta de seu Zé e disse ao advogado:
- Eu gostaria de ouvir o que ele tem a dizer.
Seu Zé agradeceu ao Juiz e prosseguiu:
- Como eu tava dizendo, coloquei a mula na caminhonete e tava descendo a Rodovia quando uma picape travessô o sinal vermeio e bateu na minha Caminhonete bem du lado. Eu fui lançado fora do carro prum lado da rodovia e a mula foi lançada pro outro lado. Eu tava muito ferido e não podia me movê. Mais eu podia ouvir a mula zurrano e grunhino e, pelo baruio, percebi que o estado dela era muito feio. Em seguida o patrulheiro rodoviário chegou. Ele ouviu a mula gritano e zurrano e foi até onde ela tava. Depois de dá uma oiada nela, ele pegou o revorve e atirou 3 vezes bem no meio dos ôio dela. Depois ele travessô a estrada com a arma na mão, oiô para mim e disse:
- Sua mula estava muito mal e eu tive que atirar nela. E, como o senhor está se sentindo?
- Aí eu pensei bem e falei: ... Tô ótimo!



98 - AS PIORES CANTADAS E AS MELHORES RESPOSTAS
- Cantada: Se beleza desse cadeia você pegaria prisão perpétua!
- Resposta: Se feiura fosse crime, você pegaria pena de morte!
- Cantada: Gata, você é linda demais, só tem um problema: a sua boca tá muito longe da minha!
- Resposta: Questão de higiene!
- Cantada: Qual o caminho mais rápido pra chegar no seu coração?
- Resposta: Cirurgia plástica, lavagem cerebral e uns 3 meses de malhação.
- Cantada: Você é a mais bela das belas das flores, uma rosa. Quer florescer no meu jardim?
- Resposta: Eu vou morrer de sede com o tamanho do seu regador!
- Cantada: Eu não acreditava em amor a primeira vista. Mas quando te vi mudei de ideia.
- Resposta: Que coincidência! Eu também não acreditava em assombração.
- Cantada: Se tivesse uma mãe como você mamaria até os 30 anos.
- Resposta: Se eu tivesse um filho como você mandava pro circo!
- Cantada: Nossa, não sabia que boneca andava!
- Resposta: E eu não sabia que macaco falava!
- Cantada: Oi, o cachorrinho tem telefone?
- Resposta: Tem, porque? Sua mãe tá no cio?
- Cantada: Este lugar está vago?
- Resposta: Está, e este aqui onde estou também vai ficar se você se sentar aí.
- Cantada: Será que eu já não te vi em algum lugar?
- Resposta: Claro! Eu sou a recepcionista da clínica de problemas de ereção... não se lembra?
- Cantada: A gente já não se encontrou em algum lugar antes?
- Resposta: Já e é exatamente por isso que eu não vou mais lá.
- Cantada: A gente vai para a sua casa ou para a minha?
- Resposta: Os dois. Você vai para a sua casa e eu vou para a minha.
- Cantada: Eu queria te ligar, qual é o seu telefone?
- Resposta: Está na lista.
- Réplica: Mas eu não sei o seu nome.
- Tréplica: Também está na lista, na frente do telefone.
- Cantada: Como eu queria ser esse picolé!
- Resposta: Além de ser fresco, quer ter o pau enfiado no rabo também?
- Cantada: Eu quero me dar por completo pra você.
- Resposta: Sinto muito, eu não aceito esmola.
- Cantada: Se eu pudesse te ver nua, eu morreria feliz.
- Resposta: Se eu pudesse te ver nu, eu morreria de rir.
- Cantada: Está procurando boa companhia?
- Resposta: Estou, mas com você por perto vai ficar muito mais difícil encontrar.


97 - 10 MANEIRAS DE ATERRORIZAR UM OPERADOR DE TELEMARKETING:
01. Quando lhe perguntarem: "Como tem passado?", responda: "Estou feliz por perguntar. Já ninguém se interessa, e eu cada vez pior da minha artrite".
02. Peça-lhe para soletrar o seu nome bem como o da empresa. Depois, pergunte onde fica a empresa. Faça perguntas até se cansar.
03. Afirme, em tom de surpresa: "Joana, és mesmo tu?" A Joana será obrigada a fazer uma pausa, para se lembrar de onde poderá conhecê-lo.
04. Se lhe propuserem um empréstimo, diga que acabou de declarar falência e que isso vem mesmo a calhar.
05. Diga que está em "prisão domiciliária" e peça-lhe para trazer algumas latas de cerveja.
06. Se lhe é proposto um seguro de vida, diga que não tem família, nem amigos. Quase em pranto, pergunte à pessoa se quer ser sua amiga.
07. Depois do profissional de marketing acabar o seu discurso, peça-o em casamento. Argumente que nunca revelaria o número do seu cartão de crédito a um desconhecido.
08. Diga que naquele momento está ocupado e peça à pessoa o seu número de casa, para que lhe possa ligar mais tarde. Se ela lhe disser que não pode dar o número, responda: "OK., como eu nunca lhe dei o meu, estaremos quites quando me retirar da sua lista."
09. Insista que a pessoa que está a telefonar é, na verdade, o seu melhor amigo, que lhe está a tentar pregar uma partida.
10. Peça-lhe para falar muito devagar, para que possa anotar tudo.


96 - O SEXO DE ACORDO COM A PROFISSÃO:
Segundo o médico é uma doença, porque sempre termina na cama.
Segundo o advogado é uma injustiça, porque sempre há um que fica por baixo.
Segundo o engenheiro é uma máquina perfeita, porque é a única em que se trabalha deitado.
Segundo o arquiteto é um erro de projeto, porque a área de lazer fica muito próxima à área de saneamento.
Segundo o político é um ato de democracia perfeito, porque todos gozam independentemente da posição.
Segundo o economista é um desajuste, porque entra mais do que sai. Ás vezes, nem se sabe o que é ativo ou passivo.
Segundo o contador é um exercício perfeito: põe-se o bruto, faz-se o balanço, tira-se o bruto e fica o líquido. Podendo, na maioria dos casos, ainda gerar dividendos.
Segundo o matemático é uma perfeita equação, porque a mulher coloca entre parênteses, eleva o membro à sua máxima potência, e lhe extrai o produto, reduzindo-o à sua mínima expressão.
Segundo o psicólogo, é foda de explicar... 


95 - MANEIRAS DE DIZER QUE ALGUÉM É GAY !
Se você não sabe como dizer que alguém é gay, algumas expressões engraçadas para se referir ao dito cujo. Veja:
Esse cavalo é égua!
Essa Coca é Fanta!
Essa madeira leva prego!
Esse é TotalFlex!
Esse inseto é mosca!
Esse pit bull é Lassie!
Esse tuiuiú é pomba!
Esse leão marinho é foca!
Esse piolho é lêndea!
Esse leite é Moça!
Essa banda é Eva!
Esse pastel tem palmito!
Esse dá ré no quibe!
Esse dá ré na flauta!
Esse morde fronha!
Esse joga pedra com a mão esquerda!
Esse pisa fora da faixa!
Esse agasalha o croquete!
Esse queima a rosca!
Esse engole cobra!
Esse cara tem um certo brilho no olhar!
Esse joga no outro time!
Esse rasga a tanga!
Esse escorrega no quiabo!
Esse chá mate é erva doce!
Esse leva cabeçada no céu da boca!
Esse leva bolada no queixo!
Esse peida na farofa!
Esse toma umbigada na testa!
Esse senta na boneca!
Esse cavalga na jiboia!
Esse lambe a maçaneta!
Esse abusa da manivela!
Esse faz autoexame de próstata!
Esse camufla a cenoura!
Esse caga em marcha-ré!
Esse ordenha a teta do boi!
Esse penteia a taturana!
Esse soca o patê!
Esse engana a cegonha!
Esse caga pênis!



94 - AS 20 REGRAS BÁSICAS DO HOMEM!
Querida Mulher :
01. Se você pensa que está gorda, é bem provável que você esteja certa. Não me pergunte. Me negarei a responder.
02. Se você não se veste como as modelos de roupa íntima, não espere que eu me comporte como os galãs das novelas.
03. Se você quer algo, peça. Deixemos isto claro: as indiretas sutis não funcionam. As diretas diretas não funcionam. As indiretas muito óbvias também não funcionam. Diga as coisas tal como são.
04. Se você faz uma pergunta para a qual não quer resposta, não se zangue ao ouvir o que você não quer.
05. Às vezes não estou pensando em você. Nada está acontecendo. Por favor, acostume-se a isto. Não me pergunte no que estou pensando, a menos que você esteja pronta para falar de temas como política, economia, futebol ou Jeep's.
06. Sábado e Domingo = Trilha / Churrasco / Amigos / Esportes na TV (caso não tenha trilha). É como a lua cheia ou a maré. Não pode ser evitado.
07. Ir às compras não é divertido, e eu nunca vou ver isso de outra forma.
08. Quando temos que ir a algum lugar, absolutamente qualquer coisa que você vestir está bom. DE VERDADE.
09. Você tem roupa suficiente. Você tem sapatos demais. O choro é chantagem.
10. A maioria dos homens tem três pares de sapatos. O que faz você pensar que eu sirvo para decidir qual dos 30 pares que você tem vai melhor com aquele vestido?
11. Simples SIM e NÃO, são respostas perfeitamente aceitáveis para qualquer pergunta.
12. Venha a mim com um problema somente se você quiser ajuda para resolvê-lo. Para isto sirvo. Não me peça empatia como se eu fosse uma de tuas amigas.
13. Uma enxaqueca que dura 17 meses é um problema. Melhor ir ao médico.
14. Se algo que eu disse puder ser interpretado de várias formas e uma delas deixa você triste ou zangada, a minha intenção era dizer a outra.
15. TODOS nós homens vemos não mais do que 16 cores. O salmão é um peixe, não uma cor.
16. Onde eu tiver coceira, vou me coçar. Não importa quando, onde nem na frente de quem.
17. A cerveja nos emociona tanto como as bolsas a vocês.
18. Se eu perguntar se está acontecendo algo e a tua resposta for "nada", minha reação será como se nada estivesse acontecendo.
19. Que diabos é a cor fúcsia ? E mais: como diabos se escreve?
20. Não me perguntes "Você me ama?" Tenha certeza de que se não te amasse não estaria com você.



93 - A MULHER E A TPM!
Segundo a visão masculina, dividiu-se a TPM em 4 fases principais:
Fase 1 - A Fase Meiguinha
Tudo começa quando a mulher começa a ficar dengosa, grudentinha. Bom sinal? Talvez, se não fosse mais do que o normal. Ela te abraça do nada, fala com aquela vozinha de criança e com todas as palavras no diminutivo. A fase começa chegar ao fim quando ela diz que está com uma vontade absurda de comer chocolate. O que se segue, é uma mudança sutil desse comportamento, aparentemente inofensivo, para um temperamento um pouco mais depressivo.
Fase 2 - A Fase Sensível
Ela passa a se emocionar com qualquer coisa, desde uma pequena rachadura em forma de gatinho no azulejo em frente ao vaso sanitário, até uma reprise de um documentário sobre a vida e a morte trágica de Lady Di. Esse estágio atinge um nível crítico com uma pergunta que assombra todos os homens, desde os inexperientes até os mais escolados como o meu pai: - Você acha que eu estou gorda?
Notem que não é uma simples pergunta retórica. Reparem na entonação, na escolha das palavras. O uso simples do verbo 'estou' ao invés da combinação 'estou ficando', torna o efeito da pergunta muito mais explosiva do que possamos imaginar. E essa pergunta, meus amigos, é só o começo da pior fase da TPM. Essa pergunta é a linha divisória entre essa fase sensível da mulher para uma fase mais irascível.
Fase 3 - A Fase Explosiva
Meus amigos, essa é a fase mais perigosa da TPM. Há relatos de mulheres que cometeram verdadeiros genocídios nessa fase. Desconfio até que várias limpezas étnicas tenham sido comandadas por mulheres na TPM. Exagero à parte, realmente essa é a pior fase do ciclo tepeêmico. Você chega na casa dela, ela está de pijama, pantufas e descabelada. A cara não é das melhores quando ela te dá um beijo bem rápido, seco.
Depois de alguns minutos de silêncio total da parte dela, você percebe que ela está assistindo aquele canal japonês que nem ela nem você sabem o nome. Parece ser uma novela ambientada na era feudal. Sem legendas. Então, meio sem graça, sem saber se fez alguma coisa errada, você faz aquela famosa pergunta: 'Tá tudo bem?' A resposta é um simples e seca: 'Ta' sem olhar na sua cara. Não satisfeito, você emenda um 'Tem certeza?', que é respondido mais friamente com um rosnado baixo e cavernoso 'teenhoo.'.
Aí, como somos legais e percebemos que ela não tá muito a fim de papo, deixamos quieto e passamos a tentar acompanhar o que Tanaka está tramando para tentar tirar Kazuke de Joshiro, o galã da novela que...
- Merda, viu!? - ela rosna de repente.
- Que foi?
A Fase Explosiva acaba de atingir o seu ápice com essa pergunta. Sem querer, acabamos de puxar o gatilho. O que se segue são esporros do tipo:
- Você não liga pra mim! Tá vendo que eu to aqui quase chorando e você nem pergunta o que eu tenho! Mas claro! Você só sabe falar de você mesmo!
- Ah, o seu dia foi uma droga? O meu também! E nem por isso eu fico aqui me lamuriando com você! E pára de me olhar com essa cara! Essa que você faz, e você sabe que me irrita! Você não sabe! Aquele vestido que você me deu ficou apertado! Aaaai, eu fico looooouca quando essas coisas me acontecem!
- Você também, não quis ir comigo no shopping trocar essa droga! O pior de tudo é que hoje, quando estava indo para o trabalho, um motoqueiro mexeu comigo e você não fez nada! Pra que serve esse seu Jiu Jitsu? Ah, você não estava comigo? Por que não estava comigo na hora? Tava com alguém? Aquela sua colega de trabalho, só pode ser ela. E nem pra me trazer um chocolate! Cala sua boca! Sua voz me irrita! Aliás, vai embora antes que eu faça alguma besteira. Some da minha frente!
Desnorteado, tenta dar um beijinho de boa noite e quase leva uma mordida.
Fase 4 - A Fase da Cólica
No dia seguinte o telefone toca. É ela, com uma voz chorosa, dizendo que está com uma cólica absurda, de não conseguir nem andar. Você vai à casa dela e ela te recebe dócil, superamável. Faz uma cara de coitada, como se nada tivesse acontecido na noite anterior, e te pede pra ir à farmácia comprar um Atroveran, Ponstan ou Buscopan pra acabar com a dor dela. Você sai pra comprar o remédio meio aliviado, meio desconfiado “O que aconteceu?”, você se pergunta. “Tudo bem”. Você pensa: “Acho que ela se livrou do encosto”. Pronto! A paz reina novamente. A cólica dobra (literalmente) a fera e vocês voltam a ser um casal feliz.
Pelo menos até daqui a 20 dias...


92 - FRASES DITAS NOS ÚLTIMOS 500 ANOS !!!!
01. Eu sou virgem. (Milene Domingues, namorada de Ronaldinho, uma semana antes de anunciar que estava grávida).
02. Para que eu iria querer ter olhos azuis, se a natureza insiste em deixá-los vermelhos? (Bob Marley)
03. Se o Pitta não for um bom prefeito nunca mais votem em mim. (Paulo Maluf)
04. Vou me candidatar por São Paulo, porque sou São Paulino. (Maguila)
05. Depois da derrota o pior resultado é o empate. (Galvão Bueno)
06. Assista depois, capítulo inédito de Vale a Pena Ver de Novo. (Galvão Bueno)
07. Adoro Beethoven, especialmente os seus poemas. (Ringo Star)
08. Estou louca para ir a New York. Eu sempre quis conhecer a Europa. (Carla Perez)
09. Quem é o dono do Clube Atlético Mineiro? (Vinícius Jorge Vasconcelos)
10. Começa com a letra "I", de Iscola? (Carla Perez)
11. Meu hobby? Ah! Eu tenho um preto, mas gosto mais do vermelho. (Carla Perez)
12. Um abraço a todos os goianos de Juiz de Fora. (Carla Perez)
13. A carreira artística é difícil porque tem muitas dificuldades. (Tiazinha)
14. Quando morrer, quero ser enterrada de bruços, para as pessoas me reconhecerem. (Rita Cadillac, ex-chacrete)
15. Impressionante como as coisas caem do céu para mim. (Suzana Werner)
16. Isso é coisa de *****. (Pedro Bial, sem saber que estava no ar, após uma reportagem sobre um bailarino brasileiro).
17. O México jogou como nunca, perdeu como sempre. (Manchete do jornal mexicano Excelsior, depois do jogo em que o Brasil ganhou de virada por 3x2)
18. As ruas da Filadélfia são seguras, são as pessoas que as fazem perigosas. (Frank Rizzo, Major e Chefe de Polícia).
19. A Internet é um grande caminho para se conectar a rede. (Bob Dole, candidato derrotado à presidência dos EUA).
20. Quanto mais e mais pessoas são despedidas do trabalho, maior fica sendo o desemprego. (Calvin Coolidge, ex-presidente dos EUA).
21. A perda das vidas será irreversível. (Dan Quayle, ex-Vice-Presidente dos EUA).
22. Metade deste jogo é 90% mental. (Danny Ozark, técnico de futebol americano).
23. Olha só que lindo, a Torcida Palmeirense homenageando o seu time. (Galvão Bueno, na Final da Libertadores do Ano passado, enquanto a torcida gritava "Filho da...., Filho da...," para o Juiz)
24. Salvador não é capital da Bahia, é uma cidade. (Carla Perez)
25. Fala de onde? Blumenau... Oba! Mais um gaúcho... (Carla Perez)
26. Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola. (Bradock, amigo de Romário, reclamando de um passe longo)
27. A partir de agora meu coração tem uma cor só: rubro-negro. (Fabão, zagueiro baiano, ao chegar para jogar no Flamengo)
28. No México que é bom. Lá a gente recebe SEMANALMENTE, de 15 em 15 dias. (Ferreira, jogador de futebol, ex-ponta-esquerda do Santos)
29. Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe. (Jardel, jogador de futebol, ex-atacante do Grêmio e da Seleção Brasileira)
30. O meu clube estava a beira do precipício, mas tomou a decisão correta: deu um passo a frente. (João *****, jogador de futebol do Benfica de Portugal)
31 - A CAMPEÃ DE TODAS!!!
Estavam na concentração do Flamengo Jamir e Fábio Baiano, quando o segundo, lendo a revista CARAS, falou:
- ***** Jamir, este cara é muito rico mesmo, olhe a casa dele.
- Você não conhece? Este é o Abílio Diniz, dono do Pão de Açúcar.
Então o Fábio Baiano arremata:
- Eu não sabia que estes bondinhos davam tanto dinheiro.. !!


91 - BEM VINDA AO PARAÍSO!
Após um longo período de doença, o marido morre e chega aos portões do Céu.
Enquanto aguardava São Pedro, ele espiou pelas grades e viu seus pais, amigos e todos que haviam partido antes dele, sentados à mesa, apreciando um maravilhoso banquete.
Quando São Pedro chegou, ele comentou:
- Que lugar lindo! Como faço para entrar?
- Eu vou falar uma palavra. Se você soletrá-la corretamente na primeira VEZ você entra; se errar vai direto para o inferno.
- Ok. Qual é a palavra?
- AMOR, respondeu São Pedro.
- A - M - O - R !
Ele soletrou perfeitamente e de primeira. Passou pelos portões.
Cerca de um ano depois, São Pedro pediu que ele vigiasse os portões aquele dia. Para surpresa dele, a sua mulher apareceu.
- Oi! Que surpresa! - disse ele.
- Como você está?
- Ah, eu tenho estado muito bem desde que você morreu... Casei-me com aquele belo enfermeiro que cuidou de você, recebi seu seguro de vida e fiquei milionária. Vendi a casa onde vivemos e comprei uma mansão. Eu e o meu lindo marido viajamos por todo o mundo. Estávamos de férias e eu fui esquiar hoje. Caí, o esqui bateu na minha cabeça e cá estou eu. E agora, como faço para entrar, querido?
- Bem, aqui tem uma regra pra entrar. Eu vou falar uma palavra. Se você soletrá-la corretamente na primeira vez, você entra, senão vai para o inferno.
- Tá, qual é a palavra?
- "ARNOLD SCHWARZENEGGER"...


90 - ENVELHECI, NÃO TEVE OUTRO JEITO!
Envelheci.
Não foi escolha, aconteceu.
Creminhos, dietinhas, chazinhos, e mil jeitinhos.
Uma melhorinha aqui, outra acolá, mas tudo enganação.
Não tem pra onde ir.
Os anos de levam, e nunca te trazem,
E te enchem a bagagem de rugas, flacidez, e tantos remédios.
E aí para alguns que se casam como rende a família!
Netos, bisnetos e ultimamente tataranetos,
Rendem tanto como os livros na estante que vamos comprando depois que aposentamos.
Um clã e tanto somos capazes de produzir.
Mas não tive escolha, muito menos planejamento, e assim eu me tornei um monte de gente.
Outra coisa que percebi é o tanto que mudamos o pensamento
Quando menina, tinha certeza que velha eu não ia ficar. Hoje também estou cheia de certezas: moça eu também não vou ficar.
Mas teimo diante do espelho, pura ilusão ou burrice mesmo.
Bem, há quem diga que tenho que ser positiva.
“Com a velhice vem a madureza”...
Conversa pra boi dormir.
Ótimo, sei tanto quanto eu tinha 18 anos,
E a madureza que aprendi foi a de desconfiar.
Acho que é isso, não nos precipitamos, desconfiamos mesmo antes de agir.
Vejam só, meu neto de 7 anos consegue pagar minhas contas na internet, fez um email pra mim mas ainda não sei abrir. Sabe como funciona meu celular, o GPS do carro do pai, e ainda dá palpite na política do país. Eu com 7 anos conhecia banco pra se sentar e não pra guardar dinheiro.
Hoje, com tempo de sobra, preencho as horas passeando em livrarias, tricotando ou conversando sobre o rol de enfermidades que vão aparecendo, e claro trocando dicas de tratamentos com tantas amigas senis.
Não sou daquelas que amam as plásticas, mas confesso que cogitei.
Então, achei melhor não, meus filhos, todos do contra é claro, acharam-me sensata.
Mal sabem eles que foi a tal desconfiança misturada com medo mesmo. Porque vergonha a gente com a idade vai perdendo, e mostrar minhas pelancas para um cirurgião já não me deixariam constrangida. Porque constrangimento mesmo é com 18 anos ter que enfrentar um baile com uma espinha no rosto.
Bem, há suas vantagens, nem tudo neste corpo mais vivido é desgraça.
Tenho vagas no estacionamento privilegiado e não enfrento filas, se bem que as filas da terceira idade estão ficando cada vez maiores.
Pacotes de viajem, faculdades, teatros, tudo com mais descontos.
Mas, a disposição também fica com mais descontos.
Bem, não foi minha escolha ficar assim,
Mas se fiquei vou até o fim.
Saber no que dá, a gente já faz uma ideia.
Enquanto isso, vou escrevendo algumas bobagens e deixando por aí, quem sabe alguém resolve ler.
A
ssim acho que vou envelhecendo mais disfarçadamente, e com menos tempo de olhar no espelho... 


89 - COMO ENLOUQUECER UM HOMEM!!
Ao chegar num local e vê-lo conversando com uma amiga, aproxime-se e diga:
- “Olá, sinto muito, mas sou a namorada dele”. Quando ele estiver mais alegre e brincalhão do que de costume, pergunte:
- “Você bebeu? . . . ” Depois de terem saído juntos meia dúzia de vezes, diga misteriosamente:
- “Precisamos falar sobre nosso futuro”.
Diga a ele que está grávida. Depois confesse que estava brincando, e queria ver a reação dele.
Diga que é alérgica à borracha das camisinhas. Pergunte se ele já teve alguma experiência homossexual.
Quando ele estiver muito bronzeado, torça o nariz e diga: - “Você está parecendo um peão de obras”.
Quando ele estiver muito branco, torça o nariz e diga: - “Você está parecendo um laboratorista”.
Quando forem transar pela primeira vez, e ele perguntar se você usa algum tipo de anticoncepcional, diga:
- “Oh, eu não preciso, tenho certeza de que sou estéril... Já fiz de tudo para engravidar e não consigo”. Quando forem transar pela primeira vez, pergunte se ele já teve alguma doença venérea. Diga a ele que se vocês se casarem você vai se sentir mais segura, e isso provavelmente vai deixá-la menos inibida na cama.
Sempre bata as fotos no momento em que ele estiver fazendo uma careta.
Quando ele se queixar de que saiu com cara de panaca, diga: - “Mas amorzinho, você é assim! ...”
Diga: - “Se você um dia pedir o divórcio, eu vou arrancar até o seu último tostão”.
Após a separação, tenha um caso com o melhor amigo dele.
Após a separação, tenha um caso com o pior inimigo dele.
Durma com um gravador ao lado, para provar que ele ronca.
No momento culminante, mande-o parar: - “Tenho certeza de que a camisinha estourou!”
No momento culminante, murmure ao ouvido dele: - “Case comigo”
Quando ele disser que andou pensando em fazer troca de casais, diga: – “Já estou com tudo armado, estava só esperando que você sugerisse”.
Depois de uma noite particularmente tórrida, comente: - “Você, hem – com essa cara de bobinho...”
Quando ele perguntar se foi bom, diga que foi mais ou menos o que você já esperava. Tente despertar o ímpeto masculino dele dizendo coisas como:
- “Ah, zorbinha, você não gosta mais da sua bubulina? ...”
Ache graça no modo como ele geme. Finja que gozou.
Quando ele perguntar: “Foi gostoso? ...”, Suspire e diga: “Não se preocupe comigo... Eu estou bem, juro”.
Quando ele perguntar: “Você acha que `ele` é grande? ...“, Diga: - “É o maior que eu já vi, e olha que eu já vi centenas!”
Trate-o com objetividade científica, diga: - “Já tive três maridos, e em termos de aproveitamento você é o do meio”.
Deixe bem claro que a masculinidade dele está diretamente ligada à capacidade de consertar um vazamento na cozinha.
Quando ele estiver na privada, tire uma foto com sua “polaroid” e mostre pra todo mundo.


88 - 25 COISAS QUE VOCÊ NUNCA VAI OUVI DE UM HOMEM!
01 – Já que eu estou de pé, quer alguma coisa?
02 – Nossa, amor, você parece triste. Quer conversar? Quem sabe uma massagem…
03 – Por que a gente não vai no shopping e você escolhe alguns sapatos novos?
04 – Desliga a TV amor. Acho que precisamos falar sobre nossa relação…
05 – Sexo não é importante. Vamos apenas ficar conversando…
06 – Não… não estou com pressa.
07 – Antonio Banderas e Brad Pitt? A gente tem quer ver esse filme!
08 – Quer ajuda para escolher os sapatos?
09 – Você está com dor de cabeça? Deixa que eu pego um remédio para você e faço uma massagem para relaxar…
10 – Eu realmente não sei o caminho. Vamos parar e perguntar…
11 – Eu seguro sua bolsa enquanto você experimenta este outro…
12 – Esse vestido ficou bom… mas porque você não experimenta mais alguns para termos certeza?
13 – Aquela mulher tem os seios muito grandes.
14 – Você cortou o cabelo? Ficou linda!
15 – Nossa! Como você é inteligente. Senão fosse você, não sei como Viveria.
16 – Esta noite quero te dar tudo que você merece. Para começar vamos ao restaurante mais caro e mais charmoso da cidade.
17 – Vamos hoje na casa de sua mãe. Faz tanto tempo que não a vemos e já sinto saudades.
18 – Pode deixar a louça comigo! Hoje é domingo e você merece descansar.
19 – Querida, telefone para você! É o seu amigo.
20 – Eu acho a Angelina Jolie tão artificial.
21 – Eu? Pro bar? De jeito nenhum! Prefiro ficar com você… Só vou se você for.
22 – Não vou beber muito! Afinal, ficar de pileque e fazer você passar vergonha, isso nunca!
23 – Querida, vou reclamar com o vizinho sobre essa história da filha dele ficar de calcinha na janela. Que vergonha!
24 – Adoro sair com você e seus amigos. Eles são divertidos.
25 – Meu amor! Já coloquei a roupa suja na máquina, o que mais posso fazer para ajudá-la.



87 - QUE MARIDO, O RESTO É BRINCADEIRA!!!
Querida, está tudo em ordem durante sua ausência. Aquela senhora que você contratou para cuidar da casa durante a sua viagem ficou doente e não pode vir, mas estou me virando bem.
Estou preparando meu próprio jantar.
Só não estou limpando a casa nem lavando a roupa suja.
Está dando tudo certo. Ontem fiz batata frita. Ficou bom. Era preciso descascar as batatas? A panela de pressão ficou bem suja, aí a deixei de molho no sabão em pó com um pouco de WD.
Quanto tempo precisa pra cozinhar ovos? Já deixei eles fervendo por duas horas, mas ficaram duros que nem pedra.. Da próxima vez, vou deixar mais tempo.
Ontem tive um contratempo cozinhando as ervilhas. Coloquei a lata no microondas e ele explodiu. Acho que tinha que abrir a lata, né? Mas hoje vou fazer um macarrão, que é bem mais fácil. Até já deixei ele de molho na água fria, pra cozinhar mais rápido, já que o micro-ondas quebrou.
Já aconteceu contigo de a louça suja criar mofo? Como é possível isso acontecer em tão pouco tempo?
Aliás, atrás da pia tem de tudo que é bicho; daqui a pouco vai dar pra fazer um documentário e vender pro National Geografic. hehehehe, brincadeirinha!!!
No domingo eu emporcalhei o tapete persa com molho de tomate e mostarda do cachorro quente. Você sempre me dizia que mancha de molho de tomate não sai. Passei um pouco de gasolina que tirei do carro, e a mancha saiu. Ficou meio branco no lugar, mas arrastei o sofá em cima da mancha e nem dá pra perceber. Até você voltar, o cheiro deverá desaparecer.
A geladeira estava criando muito gelo, então tive que fazer um 'defrost' nela. O gelo sai fácil se você raspar ele com uma espátula de pedreiro!
Ficou ótimo, foi fácil e rápido, agora a geladeira está gelando bem pouco, acho que vai demorar bastante pra juntar gelo de novo.
No mais, na última quinta-feira, quando saí para o trabalho acho que me esqueci de trancar a porta. Alguém deve ter entrado no nosso apartamento, porque estão faltando alguns objetos, inclusive aquele vaso de marfim que seu bisavô trouxe da África. Mas como você sempre diz: o dinheiro não traz felicidade, e tudo que é material é efêmero. O seu guarda-roupa também está meio vazio, mas acho que não devem ter levado muita coisa, afinal você sempre diz que nunca tem nada pra vestir. Ah, também não achei seus sapatos.
Sei que está pensando nas suas plantas, mas eu estou molhando elas direitinho. Até fervi a água ontem, pois estava muito frio e achei que não ia fazer bem molhar elas com água fria.
Beijos mil, com muito carinho, do seu querido Carlos.
PS: Sua mãe deu uma passada aqui pra ver como estavam as coisas. Ela entrou e começou a gritar, e daí sofreu um infarto.
O velório foi ontem à tarde, mas preferi não te contar pra não te aborrecer à toa.
Volte logo, estou com saudades....



86 - ESTOU IDOSO!
Eu nunca trocaria meus amigos surpreendentes, minha vida maravilhosa, minha amada família por menos cabelo branco ou uma barriga mais lisa. Enquanto fui envelhecendo, tornei-me mais amável para mim, e menos crítico de mim mesmo. Eu me tornei meu próprio amigo. .. Eu não me censuro por comer biscoito extra, ou por não fazer a minha cama, ou para a compra de algo bobo que eu não precisava, como uma escultura de cimento, mas que parece tão “avant garde” no meu pátio. Eu tenho direito de ser desarrumado, de ser extravagante.
Vi muitos amigos queridos deixarem este mundo cedo demais, antes de compreenderem a grande liberdade que vem com o envelhecimento.
Quem vai me censurar se resolvo ficar lendo ou jogar no computador até as quatro horas e dormir até meio-dia? Eu Dançarei ao som daqueles sucessos maravilhosos dos anos 60 &70, e se eu, ao mesmo tempo, desejo chorar por um amor perdido ... Eu vou.
Vou andar na praia em um calção excessivamente largo sobre um corpo decadente, e mergulhar nas ondas com abandono, se eu quiser, apesar dos olhares penalizados dos outros no jet set.
Eles também vão envelhecer.
Eu sei que às vezes esqueço algumas coisas. Mas há mais algumas coisas na vida que devem ser esquecidas. Eu me recordo das coisas importantes.
Claro, ao longo dos anos meu coração foi quebrado. Como não pode quebrar seu coração quando você perde um ente querido, ou quando uma criança sofre, ou mesmo quando algum amado animal de estimação é atropelado por um carro? Mas corações partidos são os que nos dão força, compreensão e compaixão. Um coração que nunca sofreu é imaculado e estéril e nunca conhecerá a alegria de ser imperfeito.
Eu sou tão abençoado por ter vivido o suficiente para ter meus cabelos grisalhos, e ter os risos da juventude gravados para sempre em sulcos profundos em meu rosto.
Muitos nunca riram, muitos morreram antes de seus cabelos virarem prata.
Conforme você envelhece, é mais fácil ser positivo. Você se preocupa menos com o que os outros pensam. Eu não me questiono mais.
Eu ganhei o direito de estar errado. Assim, para responder sua pergunta, eu gosto de ser idoso.
A idade me libertou. Eu gosto da pessoa que me tornei. Eu não vou viver para sempre, mas enquanto eu ainda estou aqui, eu não vou perder tempo lamentando o que poderia ter sido, ou me preocupar com o que será. E eu vou comer sobremesa todos os dias (se me apetecer).
Que nossa amizade nunca se separe porque é direto do coração!


85 - NO BUTECO: CONCURSO DE BRINDE!
Antônio levanta seu copo de cerveja e brinda:
"Quero passar o resto da minha vida, entre as pernas de minha esposa!"
Isto lhe rendeu o prêmio de melhor brinde da noite no buteco!
Voltou para casa e disse à sua esposa:
- Maria, eu ganhei o prêmio para o "Melhor Brinde da Noite no Buteco".
- Parabéns! E qual foi o brinde?
Sem coragem de contar a verdade, ele falou:
- Eu brindei: "Quero passar o resto da minha vida na igreja, sentado ao lado de minha mulher".
- Puxa, isso foi realmente muito bonito!
No dia seguinte, Maria encontrou um dos amigos de Antônio, que riu furtivamente e disse:
- Sabe, dona Maria, que o Antônio ganhou o prêmio de melhor brinde da noite? E o brinde foi sobre você...
- Sim, ele me contou e eu fiquei surpresa, pois ele não é muito chegado no assunto.
Desde que casamos ele só esteve lá uma vez...
Eu até tive que puxá-lo pelas orelhas para fazê-lo entrar, mas ele caiu no sono antes da "benção final".


84 - A VIDA DO ADVOGADO AO LONGO DOS ANOS!
* Advogado recém formado - Escuta balada. Acha o Poder Judiciário algo fantástico e fica impressionado com tudo. Acredita que o juiz trabalha muito. E que servidor grosseiro é uma exceção.
Os processos são morosos, por causa de uma conjuntura nacional, mas esclarecendo aos clientes, eles entenderão. Os cartórios são simpáticos e os funcionários geralmente sorridentes.
* Advogado depois de um ano - Escuta “música house”. Está tão empenhado no trabalho que não sabe se está chegando ou indo embora... vive no foro.
Analisa processo, já acha que o juiz "daquela causa" não é tão inteligente, por não entender aquela lei nova. Mas tudo é irrelevante. Adora ser advogado.
* Advogado depois de dois anos - Escuta “heavy metal”. O seu dia de trabalho inicia às 8 h, e acaba às 20 h.
Começa a sonhar com prazos, agravos de instrumento, apelações, passa a ter visões estranhas e se aborrece com o foro, já que muitos de seus processos não andam. Não acredita que no RS existam "juízes T-Q-Q" (que só trabalham às terças, quartas e quintas), porque, afinal "essas coisas acontecem só no Estado da Paraíba".
* Advogado depois de quatro anos - Escuta “hip hop”. Engordou por culpa do estresse. Aguarda ansiosamente que o Poder Judiciário faça o trabalho corretamente. Greves na Justiça do Trabalho não mais abalam.
Já atura ser mal tratado por funcionários de cartórios ou aguardar até uma hora para fazer uma audiência porque o juiz ainda não chegou por estar preso num "inesperado" congestionamento entre São Leopoldo e Canoas.
* Advogado depois de oito anos - Escuta “música rap”. Tem dor de cabeça, esqueceu do significado de "bom dia", se sente como se tivesse acabado de cair da cama e toma meia dúzia de cafezinhos por dia. Sente-se mal antecipadamente sempre que tem que ir a determinadas Varas da Fazenda. Já não tem paciência para muita coisa e quer que certos servidores do foro, o juiz e o tribunal explodam...
Está desiludido porque vai chegar mais um final de ano sem que o Congresso tenha votado o projeto de lei que restabelece 30 dias de férias por ano para os advogados (afinal, magistrados e promotores têm dois meses de descanso, fora os feriadões e o recesso da Justiça Federal). Menos mal que a OAB-RS tem conseguido suspensões de prazos entre 20 de dezembro e 20 de janeiro.
* Advogado depois de doze anos - Escuta “techno”, está completamente maluco e não sabe definir o que é real e o que é imaginário. Enquanto espera a assinatura de um alvará de honorários prometido para o final da tarde de uma sexta-feira, o passatempo é sentar no bar próximo ao foro. Até acha engraçado que cada magistrado tenha suas próprias leis e seus próprios códigos. Fica lendo jurisprudência, mas não entende a divergência de julgados em casos iguais.
Já acredita que existe "lobisomem". Não sabe o que houve para causar a guinada dada pelo STJ nos casos das ações contra a Brasil Telecom. E já aceita como natural ser informado, ao voltar ao cartório, que, "como hoje é sexta, o juiz não veio e o seu alvará será assinado na próxima semana, na segunda ou terça".


83 - SINTOMAS QUE REVELAM O QUE ESTÁ FALTANDO EM NÓS!!!!!
Veja que interessante... A partir de certa idade, temos quase todos esses sintomas, provocados pela falta dos alimentos aqui mencionados:
1. DIFICULDADE DE PERDER PESO:
O QUE ESTÁ FALTANDO: ácidos graxos essenciais e vitamina.
ONDE OBTER: semente de linhaça, cenoura e salmão - além de suplementos específicos.
2. RETENÇÃO DE LÍQUIDOS:
O QUE ESTÁ FALTANDO: na verdade um desequilíbrio entre o potássio, fósforo e sódio.
ONDE OBTER: água de coco, azeitona, pêssego, ameixa, figo, amêndoa, nozes, acelga, coentro, semente de linhaça e os suplementos.
3. COMPULSÃO POR DOCES:
O QUE ESTÁ FALTANDO: cromo.
ONDE OBTER: cereais integrais, nozes, centeio, banana, espinafre, cenoura + suplementos...
4. CÂIMBRA, DOR DE CABEÇA:
O QUE ESTÁ FALTANDO: potássio e magnésio
ONDE OBTER: banana, cevada, milho, manga, pêssego, acerola, laranja e água.
5. DESCONFORTO INTESTINAL, GASES, INCHAÇO ABDOMINAL:
O QUE ESTÁ FALTANDO: lactobacilos vivos
ONDE OBTER: coalhada, iogurte, missô, Yakult e similares..
6. MEMÓRIA RUIM:
O QUE ESTÁ FALTANDO: acetil colina, inositol.
ONDE OBTER: lecitina de soja, gema de ovo + suplementos.
7. HIPOTIREOIDISMO (PROVOCA GANHO DE PESO SEM CAUSA APARENTE):
O QUE ESTÁ FALTANDO: iodo.
ONDE OBTER: algas marinhas, cenoura, óleo, pêra, abacaxi, peixes de água salgada e sal marinho.
8.. CABELOS QUEBRADIÇOS E UNHAS FRACAS:
O QUE ESTÁ FALTANDO: colágeno.
ONDE OBTER: peixes, ovos, carnes magras, gelatina + suplementos.
9. FRAQUEZA, INDISPOSIÇÃO, MAL ESTAR:
O QUE ESTÁ FALTANDO: vitaminas A, C, E e ferro.
ONDE OBTER: verduras, frutas, carnes magras e suplementos.
10. COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS ALTOS:
O QUE ESTÁ FALTANDO: Ômega 3 e 6.
ONDE OBTER: sardinha, salmão, abacate, azeite
11. DESÂNIMO, APATIA, TRISTEZA, RAIVA, INSATISFAÇÃO, DEPRESSÃO, VONTADE DE MORRER:
O QUE ESTÁ FALTANDO: Dinheiro, meu filho, dinheiro!!!
ONDE OBTER: Se eu soubesse não tinha todos esses sintomas...


82 - ASSUNTO: ORIENTAÇÕES DE ADVOGADO PARA SEXO SEGURO
Antes de transar, consulte um advogado.
Você lembra do tempo em que "sexo seguro" significava usar camisinha para evitar doenças sexualmente transmissíveis e gravidez?
Esqueça,os bons tempos terminaram. Confira aqui as dicas para sexo seguro que um homem deve observar no maravilhoso mundo feminista moderno!
A coisa está ficando assim: sabe aquela gatinha que você conheceu na balada, que deu a maior mole, você convidou para um motel e ela topou?
Primeiro leve a garota à uma emergência hospitalar e solicite um teste de dosagem de álcool e outros entorpecentes, para evitar acusação de posse sexual mediante fraude. (ART. 215 CPB)
Depois passe com ela em um cartório e exija que ela registre uma declaração de que está praticando sexo consensual, para evitar acusação de estupro. (ART. 213 CPB)
Exija também o registro de uma declaração de que ela está praticando sexo casual, para evitar pedido de pensão por rompimento de relação estável. (LEI 9.278, ART. 7)
Depois vá a um laboratório e exija o exame de beta-HCG (gonadotrofina coriônica humana) para ter certeza que você não é o pato escolhido para sustentá-la na gravidez de um bebê que não é seu. (LEI 11.804 ART. 6)
No motel ou em casa, use camisinha e nada de "sexo forte" pra evitar acusações de violência doméstica e pegar uma Maria da Penha nas costas.
Além disso, você deve paparicá-las, elogiá-las, jamais criticá-las ou reclamar coisa alguma, devem ser perfeitos capachos, para não causar qualquer "sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral", sem que tenha obviamente os mesmos direitos em contrapartida. (LEI 11.340 ART. 5)
Na saída do motel leve-a ao Instituto Médico Legal e exija um exame de corpo de delito, com expedição de laudo negativo para lesões corporais (ART. 129 CPB) e negativo para presença de esperma na vagina, para TENTAR evitar desembolsar nove meses de bolsa-barriga caso ela saia dali e engravide de outro. (LEI 11.804 ART. 6)
Finalmente, se houver presença de esperma na vagina da moça, exija imediatamente uma coleta de amostra para futura investigação de paternidade (LEI 1.060 ART. 3 INCISO VI) e solicitação de restituição de eventuais pensões alimentícias obtidas mediante ardil ou fraude. (ART. 171 CPB)
Fazendo tudo isso, você pode fazer "sexo seguro". se ainda estiver interessado.


81 - LOJA DE MARIDO
Foi inaugurada em New York , The Husband Store, uma nova e incrível loja, onde as damas vão escolher um marido.
Na entrada, as clientes recebem instruções de como a loja funciona:
Você pode visitar a loja APENAS UMA VEZ!
São seis andares e os atributos dos maridos à venda melhoram à medida que você sobe os andares.
Mas há uma restrição: pode comprar o marido de sua escolha em um andar ou subir mais um.
MAS NÃO PODE DESCER, a não ser para sair da loja, diretamente para a rua.
Assim, uma dama foi até a loja para escolher um marido.
No primeiro andar, um cartaz na porta:
Andar 1 - Aqui todos os homens têm bons empregos.
Não se contentando, subiu mais um andar...
No segundo andar, o cartaz dizia:
Andar 2 - Aqui os homens têm bons empregos e gostam de crianças.
No terceiro andar, o aviso dizia:
Andar 3 - Aqui os homens têm ótimos empregos, gostam de crianças e são todos bonitões.
“Uau!”, ela disse, mas foi tentada e subiu mais um andar.
No andar seguinte, o aviso:
Andar 4 - Aqui os homens têm ótimos empregos, gostam de crianças, são bonitos e gostam de ajudar nos trabalhos domésticos.
“Ai, meu Deus”, disse a mulher, mas continuou subindo.
No andar seguinte, o aviso:
Andar 5 - Aqui os homens têm ótimos empregos, gostam de crianças, são bonitões, gostam de ajudar nos trabalhos domésticos, e ainda são extremamente românticos.
Ela insistiu, subiu até o 6º andar e encontrou o seguinte aviso:
Andar 6 - Você é a visitante número 31.456.012 neste andar.
Não existem homens à venda aqui.
Este andar existe apenas para provar que as mulheres são impossíveis de agradar.
Obrigado por visitar a Loja de Maridos.

LOJA DE ESPOSAS
Posteriormente, abriu uma loja do outro lado da rua, a Loja de Esposas, também com seis andares e idêntico regulamento para os compradores masculinos.
No 1º andar, mulheres que adoram fazer sexo.
No 2º andar, mulheres que a doram fazer sexo e são muito bonitas.
Os andares 3, 4, 5 e 6 nunca foram visitados.
Ô raça pra se contentar com tão pouco!



80 - HOMENS MARCANTES (NA VIDA DAS MULHERES)
Tire a roupa.... médico!
Agora deite e relaxe... psicanalista!
Fique de costas agora... massagista
Está doendo? A cabeça incomoda?... farmacêutico!
Abra um pouco mais... dentista!
Quando estiver tudo dentro você vai gostar... decorador!
A senhora quer lubrificante?... frentista!
Pode segurar, mas não pode apertar... vendedor de frutas!
Vamos fazer uma coisa diferente?... cabeleireiro!
Vai querer tudo ou só metade?... peixeiro”
Isso! Assim! Mexe um pouco mais agora... professor de culinária!
Sim. Está quentinho! Como a senhora gosta... padeiro!
Gostoso, não é? Pode experimentar outra vez... feirante!
Hoje? Outra vez? Assim não há quem aguente!... MARIDO!!


79 - O ANALISTA DE BAGÉ
Certas cidades não conseguem se livrar da reputação injusta que, por alguma razão, possuem. Algumas das pessoas mais sensíveis e menos grossas que eu conheço vem de Bagé, assim como algumas das menos afetadas são de Pelotas. Mas não adianta. Estas histórias do psicanalista de Bagé são provavelmente apócrifas (como diria o próprio analista de Bagé, história apócrifa é mentira bem educada) mas, pensando bem, ele não poderia vir de outro lugar.
Pues, diz que o divã no consultório do analista de Bagé é forrado com um pelego. Ele recebe os pacientes de bombacha e pé no chão.
— Buenas. Vá entrando e se abanque, índio velho.
— O senhor quer que eu deite logo no divã?
— Bom, se o amigo quiser dançar uma marca, antes, esteja a gosto. Mas eu prefiro ver o vivente estendido e charlando que nem china da fronteira, pra não perder tempo nem dinheiro.
— Certo, certo. Eu...
— Aceita um mate?
— Um quê? Ah, não. Obrigado.
— Pos desembucha.
— Antes, eu queria saber. O senhor é freudiano?
— Sou e sustento. Mais ortodoxo que reclame de xarope.
— Certo. Bem. Acho que o meu problema é com a minha mãe.
— Outro.
— Outro?
— Complexo de Édipo. Dá mais que pereba em moleque.
— E o senhor acha...
— Eu acho uma pôca vergonha.
— Mas...
— Vai te metê na zona e deixa a velha em paz, tchê!
~//~
Contam que outra vez um casal pediu para consultar, juntos, o analista de Bagé. Ele, a princípio, não achou muito ortodoxo.
— Quem gosta de aglomeramento é mosca em bicheira... Mas acabou concordando.
— Se abanquem, se abanquem no más. Mas que parelha buenacha, tchê! . Qual é o causo?
— Bem — disse o home — é que nós tivemos um desentendimento...
— Mas tu também é um bagual. Tu não sabe que em mulher e cavalo novo não se mete a espora?
— Eu não meti a espora. Não é, meu bem?
— Não fala comigo!
— Mas essa aí tá mais nervosa que gato em dia de faxina.
— Ela tem um problema de carência afetiva...
— Eu não sou de muita frescura. Lá de onde eu venho, carência afetiva é falta de homem.
— Nós estamos justamente atravessando uma crise de relacionamento porque ela tem procurado experiências extraconjugais e...
— Epa. Opa. Quer dizer que a negra velha é que nem luva de maquinista? Tão folgada que qualquer um bota a mão?
— Nós somos pessoas modernas. Ela está tentando encontrar o verdadeiro eu, entende?
— Ela tá procurando o verdadeiro tu nos outros?
— O verdadeiro eu, não. O verdadeiro eu dela.
— Mas isto tá ficando mais enrolado que linguiça de venda. Te deita no pelego.
— Eu?
— Ela. Tu espera na salinha.



78 - CASAMENTO
Minha mulher e eu temos o segredo para fazer um casamento durar:
Duas vezes por semana, vamos a um ótimo restaurante, com uma comida gostosa, uma boa bebida e um bom companheirismo. Ela vai às terças-feiras e eu, às quintas.
Nós também dormimos em camas separadas: a dela é em Fortaleza e a minha, em SP.
Eu levo minha mulher a todos os lugares, mas ela sempre acha o caminho de volta.
Perguntei a ela onde ela gostaria de ir no nosso aniversário de casamento, "em algum lugar que eu não tenha ido há muito tempo!" ela disse. Então, sugeri a cozinha.
Nós sempre andamos de mãos dadas...
Se eu soltar, ela vai às compras!
Ela tem um liquidificador, uma torradeira e uma máquina de fazer pão, tudo elétrico.
Então, ela disse: "nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar".
Daí, comprei pra ela uma cadeira elétrica.
Lembrem-se: o casamento é a causa número 1 para o divórcio. Estatisticamente, 100% dos divórcios começam com o casamento. Eu me casei com a "senhora certa".
Só não sabia que o primeiro nome dela era "sempre".
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la.
Mas, tenho que admitir: a nossa última briga foi culpa minha.
Ela perguntou: "O que tem na TV?"
E eu disse: "Poeira".
(Luís Fernando Veríssimo)


77 - ORAÇÃO DA PACIÊNCIA:
Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, a coragem para mudar as coisas que não posso aceitar e a sabedoria para esconder os corpos daquelas pessoas que eu tive que matar por estarem me enchendo o saco.
Também, me ajude a ser cuidadoso com os calos em que piso hoje, pois eles podem estar conectados aos sacos que terei que puxar amanhã.
Ajude-me, sempre, a dar 100% no meu trabalho...
- 12% na segunda-feira,
- 23% na terça-feira,
- 40% na quarta-feira,
- 20% na quinta-feira,
- 5% na sexta-feira.
E... Ajude-me sempre a lembrar, quando estiver tendo um dia realmente ruim e todos parecerem estar me enchendo o saco, que são necessários 42 músculos para socar alguém e apenas 4 para estender meu dedo médio e mandá-lo para aquele lugar...
Que assim seja!!!
Viva todos os dias de sua vida como se fosse o último. Um dia, você acerta.
(Luís Fernando Veríssimo)


76 - PEDIDO DE CONSELHO!
*Caro Dr. Antônio Martins
Espero que me possa ajudar. Saí de casa ontem à tarde no meu carro para ir trabalhar, e deixei o meu marido em casa, a ver televisão.
Andei pouco mais de 1 km quando o motor parou e não voltou a arrancar.
Voltei para casa, para pedir ajuda ao meu marido e, quando cheguei, apanhei-o em flagrante na cama com a filha da minha vizinha!
Eu tenho 32 anos, o meu marido tem 34 e a desavergonhada, 19. Estamos casados há 10 anos e ele confessou que mantinha aquela relação há mais de 6 meses. Eu amo o meu marido e estou desesperada. Preciso urgentemente do seu conselho.
Antecipadamente grata.
Paula*
_______________________________
*Resposta do psicólogo!*
*Cara Paula
Quando um carro pára, depois de ter percorrido uma pequena distância, isso pode ser devido a uma série de fatores. Pode não haver combustível no depósito ou o filtro estar entupido, também pode ser da injeção eletrônica ou da bomba de gasolina que, não fornecendo combustível ou pressão suficiente nos injetores, impede que o motor funcione. Nesse caso, a pessoa a contatar deve ser um “expert” no assunto. Não volte a incomodar o seu marido. Ele não é mecânico.
Espero ter ajudado.
Antônio Martins, psicólogo*


75 - APRENDA A CHAMAR A POLÍCIA!
Eu tenho o sono muito leve, e numa noite dessas notei que havia alguém andando sorrateiramente no quintal de casa. Levantei em silêncio e fiquei acompanhando os leves ruídos que vinham lá de fora, até ver uma silhueta passando pela janela do banheiro. Como minha casa era muito segura, com grades nas janelas e trancas internas nas portas, não fiquei muito preocupado, mas era claro que eu não ia deixar um ladrão ali, espiando tranquilamente.
Liguei baixinho para a polícia, informei a situação e o meu endereço.
Perguntaram-me se o ladrão estava armado ou se já estava no interior da casa.
Esclareci que não e disseram-me que não havia nenhuma viatura por perto para ajudar, mas que iriam mandar alguém assim que fosse possível.
Um minuto depois, liguei de novo e disse com a voz calma:
— Oi, eu liguei há pouco porque tinha alguém no meu quintal. Não precisa mais ter pressa. Eu já matei o ladrão com um tiro da escopeta calibre 12, que tenho guardada em casa para estas situações. O tiro fez um estrago danado no cara!
Passados menos de três minutos, estavam na minha rua cinco carros da polícia, um helicóptero, uma unidade do resgate, uma equipe de TV e a turma dos direitos humanos, que não perderiam isso por nada neste mundo.
Eles prenderam o ladrão em flagrante, que ficava olhando tudo com cara de assombrado. Talvez ele estivesse pensando que aquela era a casa do Comandante da Polícia.
No meio do tumulto, um tenente se aproximou de mim e disse:
— Pensei que tivesse dito que tinha matado o ladrão.
Eu respondi:
— Pensei que tivesse dito que não havia ninguém disponível.
(Luís Fernando Veríssimo)


74 – A ALIANÇA:
Esta é uma história exemplar, só não está muito claro qual é o exemplo. De qualquer jeito, mantenha-a longe das crianças. Também não tem nada a ver com a crise brasileira, o apartheid, a situação na América Central ou no Oriente Médio ou a grande aventura do homem sobre a Terra. Situa-se no terreno mais baixo das pequenas aflições da classe média. Enfim. Aconteceu com um amigo meu. Fictício, claro.
Ele estava voltando para casa como fazia, com fidelidade rotineira, todos os dias à mesma hora. Um homem dos seus 40 anos, naquela idade em que já sabe que nunca será o dono de um cassino em Samarkand, com diamantes nos dentes, mas ainda pode esperar algumas surpresas da vida, como ganhar na loto ou furar-lhe um pneu. Furou-lhe um pneu. Com dificuldade ele encostou o carro no meio-fio e preparou-se para a batalha contra o macaco, não um dos grandes macacos que o desafiavam no jângal dos seus sonhos de infância, mas o macaco do seu carro tamanho médio, que provavelmente não funcionaria, resignação e reticências... Conseguiu fazer o macaco funcionar, ergueu o carro, trocou o pneu e já estava fechando o porta-malas quando a sua aliança escorregou pelo dedo sujo de óleo e caiu no chão. Ele deu um passo para pegar a aliança do asfalto, mas sem querer a chutou. A aliança bateu na roda de um carro que passava e voou para um bueiro. Onde desapareceu diante dos seus olhos, nos quais ele custou a acreditar. Limpou as mãos o melhor que pôde, entrou no carro e seguiu para casa. Começou a pensar no que diria para a mulher. Imaginou a cena. Ele entrando em casa e respondendo às perguntas da mulher antes de ela fazê-las.
— Você não sabe o que me aconteceu!
— O quê?
— Uma coisa incrível.
— O quê?
— Contando ninguém acredita.
— Conta!
— Você não nota nada de diferente em mim? Não está faltando nada?
— Não.
— Olhe.
E ele mostraria o dedo da aliança, sem a aliança.
— O que aconteceu?
E ele contaria. Tudo, exatamente como acontecera. O macaco. O óleo. A aliança no asfalto. O chute involuntário. E a aliança voando para o bueiro e desaparecendo.
— Que coisa - diria a mulher, calmamente.
— Não é difícil de acreditar?
— Não. É perfeitamente possível.
— Pois é. Eu...
— SEU CRETINO!
— Meu bem...
— Está me achando com cara de boba? De palhaça? Eu sei o que aconteceu com essa aliança. Você tirou do dedo para namorar. É ou não é? Para fazer um programa. Chega em casa a esta hora e ainda tem a cara-de-pau de inventar uma história em que só um imbecil acreditaria.
— Mas, meu bem...
— Eu sei onde está essa aliança. Perdida no tapete felpudo de algum motel. Dentro do ralo de alguma banheira redonda. Seu sem-vergonha!
E ela sairia de casa, com as crianças, sem querer ouvir explicações. Ele chegou em casa sem dizer nada. Por que o atraso? Muito trânsito. Por que essa cara? Nada, nada. E, finalmente:
— Que fim levou a sua aliança? E ele disse:
— Tirei para namorar. Para fazer um programa. E perdi no motel. Pronto. Não tenho desculpas. Se você quiser encerrar nosso casamento agora, eu compreenderei.
Ela fez cara de choro. Depois correu para o quarto e bateu com a porta. Dez minutos depois reapareceu. Disse que aquilo significava uma crise no casamento deles, mas que eles, com bom-senso, a venceriam.
— O mais importante é que você não mentiu pra mim.
E foi tratar do jantar.
(Luís Fernando Veríssimo)



73 - DIGA NÃO AS DROGAS!
Tudo começou quando eu tinha uns 14 anos e um amigo chegou com aquele papo de "experimenta, depois, quando você quiser, é só parar..." e eu fui na dele. Primeiro ele me ofereceu coisa leve, disse que era de "raiz", "natural", da terra", que não fazia mal, e me deu um inofensivo disco do "Chitãozinho e Xororó" e em seguida um do "Leandro e Leonardo". Achei legal, coisa bem brasileira; mas a parada foi ficando mais pesada, o consumo cada vez mais frequente, comecei a chamar todo mundo de "Amigo" e acabei comprando pela primeira vez.
Lembro que cheguei na loja e pedi: - Me dá um CD do Zezé de Camargo e Luciano. Era o princípio de tudo! Logo resolvi experimentar algo diferente e ele me ofereceu um CD de Axé. Ele dizia que era para relaxar; sabe, coisa leve... "Banda Eva", "Cheiro de Amor", "Netinho", etc. Com o tempo, meu amigo foi oferecendo coisas piores: "É o Tchan", "Companhia do Pagode", "Asa de Águia" e muito mais. Após o uso contínuo eu já não queria mais saber de coisas leves, eu queria algo mais pesado, mais desafiador, que me fizesse mexer a bunda como eu nunca havia mexido antes, então, meu "amigo" me deu o que eu queria, um Cd do "Harmonia do Samba". Minha bunda passou a ser o centro da minha vida, minha razão de existir. Eu pensava por ela, respirava por ela, vivia por ela! Mas, depois de muito tempo de consumo, a droga perde efeito, e você começa a querer cada vez mais, mais, mais... Comecei a frequentar o submundo e correr atrás das paradas. Foi a partir daí que começou a minha decadência. Fui ao show de encontro dos grupos "Karametade" e "Só pra Contrariar", e até comprei a Caras que tinha o "Rodriguinho" na capa.
Quando dei por mim, já estava com o cabelo pintado de loiro, minha mão tinha crescido muito em função do pandeiro, meus polegares já não se mexiam por eu passar o tempo todo fazendo sinais de positivo. Não deu outra: entrei para um grupo de Pagode. Enquanto vários outros viciados cantavam uma "música" que não dizia nada, eu e mais 12 infelizes dançávamos alguns passinhos ensaiados, sorriamos fazíamos sinais combinados. Lembro-me de um dia quando entrei nas lojas Americanas e pedi a coletânea "As Melhores do Molejão". Foi terrível!! Eu já não pensava mais!! Meu senso crítico havia sido dissolvido pelas rimas "miseráveis" e letras pouco arrojadas. Meu cérebro estava travado, não pensava em mais nada. Mas a fase negra ainda estava por vir. Cheguei ao fundo do poço, no limiar da condição humana, quando comecei a escutar "Popozudas", "Bondes", "Tigrões", "Motinhas" e "Tapinhas". Comecei a ter delírios, a dizer coisas sem sentido. Quando saia a noite para as festas pedia tapas na cara e fazia gestos obscenos. Fui cercado por outros drogados, usuários das drogas mais estranhas; uns nobres queriam me mostrar o "caminho das pedras", outros extremistas preferiam o "caminho dos templos". Minha fraqueza era tanta que estive próximo de sucumbir aos radicais e ser dominado pela droga mais poderosa do mercado: a droga limpa.
Hoje estou internado em uma clínica. Meus verdadeiros amigos fizeram única coisa que poderiam ter feito por mim. Meu tratamento está sendo muito duro: doses cavalares de Rock, MPB, Progressivo e Blues. Mas o meu médico falou que é possível que tenham que recorrer ao Jazz e até mesmo a Mozart e Bach. Queria aproveitar a oportunidade e aconselhar as pessoas a não se entregarem a esse tipo de droga. Os traficantes só pensam no dinheiro. Eles não se preocupam com a sua saúde, por isso tapam sua visão para as coisas boas e te oferecem drogas.
Se você não reagir, vai acabar drogado: alienado, inculto, manobrável, consumível, descartável e distante; vai perder as referências e definhar mentalmente.
Em vez de encher cabeça com porcaria, pratique esportes e, na dúvida, se não puder distinguir o que é droga ou não, faça o seguinte:
* Não ligue a TV no domingo à tarde;
* Não escute nada que e venha de Goiânia ou do interior de São Paulo;
* Não entre em carros com adesivos "Fui.....";
* Se te oferecerem um CD, procure saber se o indivíduo foi ao programa da Hebe ou ao Sábado do Gugu;
* Mulheres gritando histericamente são outro indício;
* Não compre um CD que tenha mais de 6 pessoas na capa;
* Não vá a shows em que os suspeitos façam passos ensaiados;
* Não compre nenhum CD em que a capa tenha nuvens ao fundo;
* Não compre nenhum CD que tenha vendido mais de um milhão de cópias no Brasil; e
* Não escute nada em que o autor não consiga uma concordância verbal mínima.
Mas principalmente, duvide de tudo e de todos.
A vida é bela!!!! Eu sei que você consegue!!! Diga não às drogas!!!
(Luís Fernando Veríssimo)


72 – O DIREITO AO PALAVRÃO.
Os palavrões não nasceram por acaso. São recursos extremamente válidos e criativos para prover nosso vocabulário de expressões que traduzem com a maior fidelidade nossos mais fortes e genuínos sentimentos. É o povo fazendo sua língua. Como o Latim Vulgar, será esse Português vulgar que vingará plenamente um dia. Sem que isso signifique a "vulgarização" do idioma, mas apenas sua maior aproximação com a gente simples das ruas e dos escritórios, seus sentimentos, suas emoções, seu jeito, sua índole.
"Pra caralho", por exemplo. Qual expressão traduz melhor a ideia de muita quantidade do que "Pra caralho"? "Pra caralho" tende ao infinito, é quase uma expressão matemática. A Via-Láctea tem estrelas Pra caralho, o Sol é quente Pra caralho, o universo é antigo Pra caralho, eu gosto de cerveja Pra caralho, entende?
No gênero do "Pra caralho", mas, no caso, expressando a mais absoluta negação, está o famoso "Nem fodendo!". O "Não, não e não!" e tampouco o nada eficaz e já sem nenhuma credibilidade "Não, absolutamente não" o substituem. "Nem fodendo" é irretorquível, e liquida o assunto. Te libera, com a consciência tranquila, para outras atividades de maior interesse em sua vida. Aquele filho pentelho de 17 anos te atormenta pedindo o carro pra ir surfar no litoral? Não perca tempo nem paciência. Solte logo um definitivo "Marquinhos, presta atenção, filho querido, NEM FODENDO!". O impertinente se manca na hora e vai pro Shopping se encontrar com a turma numa boa e você fecha os olhos e volta a curtir o CD do Lupicínio.
Por sua vez, o "porra nenhuma!" atendeu tão plenamente as situações onde nosso ego exigia não só a definição de uma negação, mas também o justo escárnio contra descarados blefes, que hoje é totalmente impossível imaginar que possamos viver sem ele em nosso cotidiano profissional. Como comentar a gravata daquele chefe idiota senão com um "é PhD porra nenhuma!", ou "ele redigiu aquele relatório sozinho porra nenhuma! O "porra nenhuma", como vocês podem ver, nos provê sensações de incrível bem estar interior. É como se estivéssemos fazendo a tardia e justa denúncia pública de um canalha. São dessa mesma gênese os clássicos "aspone", "chepne", "repone" e, mais recentemente, o "prepone" - presidente de porra nenhuma.
Há outros palavrões igualmente clássicos. Pense na sonoridade de um "Puta-que-pariu!", ou seu correlato "Puta-que-o-pariu!", falados assim, cadenciadamente, sílaba por sílaba... Diante de uma notícia irritante qualquer um "puta-que-o-pariu!" dito assim te coloca outra vez em seu eixo. Seus neurônios têm o devido tempo e clima para se reorganizar e sacar a atitude que lhe permitirá dar um merecido troco ou o safar de maiores dores de cabeça.
E o que dizer de nosso famoso "vai tomar no cú!"? E sua maravilhosa e reforçadora derivação "vai tomar no olho do seu cú!". Você já imaginou o bem que alguém faz a si próprio e aos seus quando, passado o limite do suportável, se dirige ao canalha de seu interlocutor e solta: "Chega! Vai tomar no olho do seu cú!". Pronto, você retomou as rédeas de sua vida, sua autoestima. Desabotoa a camisa e saia à rua, vento batendo na face, olhar firme, cabeça erguida, um delicioso sorriso de vitória e renovado amor-íntimo nos lábios.
E seria tremendamente injusto não registrar aqui a expressão de maior poder de definição do Português Vulgar: "Fodeu!". E sua derivação mais avassaladora ainda: "Fodeu de vez!". Você conhece definição mais exata, pungente e arrasadora para uma situação que atingiu o grau máximo imaginável de ameaçadora complicação? Expressão, inclusive, que uma vez proferida insere seu autor em todo um providencial contexto interior de alerta e autodefesa. Algo assim como quando você está dirigindo bêbado, sem documentos do carro e sem carteira de habilitação e ouve uma sirene de polícia atrás de você mandando você parar: O que você fala? "Fodeu de vez!". Sem contar que o nível de stress de uma pessoa é inversamente proporcional à quantidade de "foda-se!" que ela fala. Existe algo mais libertário do que o conceito do "foda-se!"? O "foda- se!" aumenta minha autoestima, me torna uma pessoa melhor. Reorganiza as coisas. Me liberta. "Não quer sair comigo? Então foda-se!". "Vai querer decidir essa merda sozinho(a) mesmo? Então foda-se!". O direito ao "foda-se!" deveria estar assegurado na Constituição Federal. Liberdade, igualdade, fraternidade e foda-se!.
Grosseiro, mas profundo... Pois se a língua é viva, inculta, bela e malcriada, nem o Prof. Pasquale explicaria melhor. "Nem fodendo..."
(Luís Fernando Veríssimo)



71 - O HOMEM TROCADO!
O homem acorda da anestesia e olha em volta. Ainda está na sala de recuperação. Há uma enfermeira do seu lado. Ele pergunta se foi tudo bem.
- Tudo perfeito - diz a enfermeira, sorrindo.
- Eu estava com medo desta operação...
- Por quê? Não havia risco nenhum.
- Comigo, sempre há risco. Minha vida tem sido uma série de enganos...
E conta que os enganos começaram com seu nascimento. Houve uma troca de bebês no berçário e ele foi criado até os dez anos por um casal de orientais, que nunca entenderam o fato de terem um filho claro com olhos redondos. Descoberto o erro, ele fora viver com seus verdadeiros pais. Ou com sua verdadeira mãe, pois o pai abandonara a mulher depois que esta não soubera explicar o nascimento de um bebê chinês.
- E o meu nome? Outro engano.
- Seu nome não é Lírio?
- Era para ser Lauro. Se enganaram no cartório e...
Os enganos se sucediam. Na escola, vivia recebendo castigo pelo que não fazia. Fizera o vestibular com sucesso, mas não conseguira entrar na universidade. O computador se enganara, seu nome não apareceu na lista.
- Há anos que a minha conta do telefone vem com cifras incríveis. No mês passado tive que pagar mais de R$3 mil.
- O senhor não faz chamadas interurbanas?
- Eu não tenho telefone!
Conhecera sua mulher por engano. Ela o confundira com outro. Não foram felizes.
- Por quê?
- Ela me enganava.
Fora preso por engano. Várias vezes. Recebia intimações para pagar dívidas que não fazia. Até tivera uma breve, louca alegria, quando ouvira o médico dizer:
- O senhor está desenganado.
Mas também fora um engano do médico. Não era tão grave assim. Uma simples apendicite.
- Se você diz que a operação foi bem...
A enfermeira parou de sorrir.
- Apendicite? - perguntou hesitante.
- É. A operação era para tirar o apêndice.
- Não era para trocar de sexo?
(Luís Fernando Veríssimo)


70 - O LADRÃO! E POR FALAR EM LADRÃO DE GALINHAS...
"Pegaram o cara em flagrante roubando galinhas de um galinheiro e levaram para a delegacia.
- Que vida mansa, heim, vagabundo? Roubando galinha para ter o que comer sem precisar trabalhar. Vai para cadeia!
- Não era para mim não. Era para vender.
- Pior. Venda de artigo roubado. Concorrência desleal com o comércio estabelecido. Sem-vergonha!
- Mas eu vendia mais caro.
- Mais caro?
- Espalhei o boato que as galinhas do galinheiro eram bichadas e as minhas não. E que as do galinheiro botavam ovos brancos enquanto as minhas botavam ovos marrons.
- Mas eram as mesmas galinhas, safado.
- Os ovos das minhas eu pintava.
- Que grande pilantra...
Mas já havia um certo respeito no tom do delegado.
- Ainda bem que tu vai preso. Se o dono do galinheiro te pega...
- Já me pegou. Fiz um acerto com ele. Me comprometi a não espalhar mais boato sobre as galinhas dele, e ele se comprometeu a aumentar os preços dos produtos dele para ficarem iguais aos meus. Convidamos outros donos de galinheiro a entrar no nosso esquema. Formamos um oligopólio.
Ou, no caso, um ovigopólio.
- E o que você faz com o lucro do seu negócio?
- Especulo com dólar. Invisto alguma coisa no tráfico de drogas. Comprei alguns deputados. Dois ou três ministros. Consegui exclusividade no suprimento de galinhas e ovos para programas de alimentação do governo e superfaturo os preços.
O delegado mandou pedir um cafezinho para o preso e perguntou se a cadeira estava confortável, se ele não queria uma almofada. Depois perguntou:
- Doutor, não me leve a mal, mas com tudo isso, o senhor não está milionário?
- Trilionário. Sem contar o que eu sonego de Imposto de Renda e o que tenho depositado ilegalmente no exterior.
- E, com tudo isso, o senhor continua roubando galinhas?
- Às vezes. Sabe como é.
- Não sei não, excelência. Me explique.
- É que, em todas essas minhas atividades, eu sinto falta de uma coisa. Do risco, entende? Daquela sensação de perigo, de estar fazendo uma coisa proibida, da iminência do castigo. Só roubando galinhas eu me sinto realmente um ladrão, e isso é excitante. Como agora. Fui preso, finalmente. Vou para a cadeia. É uma experiência nova.
- O que e isso, excelência? O senhor não vai ser preso não.
- Mas fui pego em flagrante pulando a cerca do galinheiro!
- Sim. Mas é primário, e com esses antecedentes..."
(Luís Fernando Veríssimo)


69 - CARTA DE UM PAI PORTUGUÊS!
Querido filho:
Escrevo-te esta linha para que saibas que o pai está vivo. Vou escrever bem devagar, pois sei que não consegues ler depressa.
Caso estejas sem tempo de escrever ao pai, manda uma carta dizendo que quando estiveres mais tranquilo, vais mandar notícias. Se tu viesses hoje aqui em casa não irias reconhecer mais nada, porque mudamos de casa.
Temos agora uma máquina de lavar roupa. Mas não trabalha muito bem. Na semana passada tua mãe pôs lá 14 camisas, apertou o botão e nunca mais as vimos. Vai ver que esta marca Hydra não é das melhores...
Tua irmã Maria está grávida. Mas ainda não sabemos se vai ser menino ou menina. Portanto, não podemos te dizer se tu vais ser tio ou tia...
Teu tio arranjou um bom emprego. Tem 12.300 homens abaixo dele. É o responsável pelo corte da relva do cemitério.
Quem anda sumido é teu primo Venâncio, que morreu no ano passado.
Lembra-te do teu tio Joaquim? Então, afogou-se no mês passado num depósito de vinho. Oito compadres dele tentaram salvá-lo, mas o tio lutou bravamente contra eles. O corpo foi cremado há duas semanas. Levaram oito dias para apagar o incêndio.
Teu irmão João continua o mesmo de sempre. A semana passada fechou o carro com as chaves dentro. Perdeu um tempão indo até a casa pegar a cópia da chave, para poder tirar-nos todos de dentro do automóvel. Estava um calor de rachar.
Esta carta te mando através do Gabriel, que vai amanhã para aí. A propósito, será que podes pegá-lo no aeroporto?
Lembrei de uma coisa importante. Terás um problema para falar com o pai, caso decidas escrever-me. Não sei o endereço desta casa nova. A última família que morou aqui, antes de nós, também era portuguesa e levou a placa da rua e o número da casa para não precisar mudar de endereço.
Se encontrares a Teresa, dê-lhe um alô da minha parte. Caso não a encontres, não precisas dizer nada.
Adeus.
Teu pai que te ama.
Manuel da Alcova
P.S.: Ia mandar-te 50.000.00 Euros, mas fica para outra vez. Já fechei o envelope.


68 - VAI SER AVÓ DE QUEM?
Mãe, vou casar!
Jura, meu filho?! Estou tão feliz! Quem é a moça?
Não é moça. Vou casar com um moço.. O nome dele é Murilo.
Você falou Murilo... Ou foi meu cérebro que sofreu um pequeno surto psicótico?
Eu falei Murilo. Por que, mãe? Tá acontecendo alguma coisa?
Nada, não... Só minha visão que está um pouco turva. E meu coração, que talvez dê uma parada. No mais, tá tudo ótimo.
Se você tiver algum problema em relação a isto, melhor falar logo...
Problema? Problema nenhum. Só pensei que algum dia ia ter uma nora... Ou isso.
Você vai ter uma nora. Só que uma nora... Meio macho.
Ou um genro meio fêmea. Resumindo: uma nora quase macho, tendendo a um genro quase fêmea... E quando eu vou conhecer o meu. A minha... O Murilo ?
Pode chamar ele de Biscoito. É o apelido.
Tá! Biscoito... Já gostei dele.. Alguém com esse apelido só pode ser uma pessoa bacana. Quando o Biscoito vem aqui?
Por quê?
Por nada. Só pra eu poder desacordar seu pai com antecedência.
Você acha que o Papai não vai aceitar?
Claro que vai aceitar! Lógico que vai. Só não sei se ele vai sobreviver.. . Mas isso também é uma bobagem. Ele morre sabendo que você achou sua cara-metade. E olha que espetáculo: as duas metades com bigode.
Mãe, que besteira... Hoje em dia... Praticamente todos os meus amigos são gays.
Só espero que tenha sobrado algum que não seja... Pra poder apresentar pra tua irmã.
A Bel já tá namorando.
A Bel? Namorando?! Ela não me falou nada... Quem é?
Uma tal de Veruska.
Como?
Veruska...
Ah!, bom! Que susto! Pensei que você tivesse falado Veruska.
Mãe!!!...
Tá.., tá..., tudo bem... Se vocês são felizes. Só fico triste porque não vou ter um neto...
Por que não? Eu e o Biscoito queremos dois filhos. Eu vou doar os espermatozoides. E a ex-namorada do Biscoito vai doar os óvulos.
Ex-namorada? O Biscoito tem ex-namorada?
Quando ele era hétero... A Veruska.
Que Veruska?
Namorada da Bel...
Peraí". A ex-namorada do teu atual namorado... E a atual namorada da tua irmã. Que é minha filha também... Que se chama Bel. É isso? Porque eu me perdi um pouco...
É isso. Pois é... A Veruska doou os óvulos. E nós vamos alugar um útero...
De quem?
Da Bel.
Mas. Logo da Bel?! Quer dizer então... Que a Bel vai gerar um filho teu e do Biscoito. Com o teu espermatozoide e com o óvulo da namorada dela, que é a Veruska.
Isso.
Essa criança, de uma certa forma, vai ser tua filha, filha do Biscoito, filha da Veruska e filha da Bel.
Em termos...
A criança vai ter duas mães: você e o Biscoito. E dois pais: a Veruska e a Bel.
Por aí...
Por outro lado, a Bel....,além de mãe, é tia... Ou tio... Porque é tua irmã.
Exato. E ano que vem vamos ter um segundo filho. Aí o Biscoito é que entra com o espermatozoide. Que dessa vez vai ser gerado no ventre da Veruska... Com o óvulo da Bel. A gente só vai trocar...
Só trocar, né? Agora o óvulo vai ser da Bel. E o ventre da Veruska.
Exato!
Agora eu entendi! Agora eu realmente entendi...
Entendeu o quê?
Entendi que é uma espécie de “swing” dos tempos modernos!
Que “swing”, mãe?!!....
É “swing”, sim ! Uma troca de casais... Com os óvulos e os espermatozoides, uma hora no útero de uma, outra hora no útero de outra.....
Mas...
Mas uns tomates! Isso é um bacanal de última geração! E pior... Com incesto no meio..
A Bel e a Veruska só vão ajudar na concepção do nosso filho, só isso...
Sei!!! ... E quando elas quiserem ter filhos...
Nós ajudamos.
Quer saber? No final das contas não entendi mais nada. Não entendi quem vai ser mãe de quem, quem vai ser pai de quem, de quem vai ser o útero, o espermatozoide... A única coisa que eu entendi é que...
Que.... ?
Fazer árvore genealógica daqui pra frente... vai ser foda!
(Luiz Fernando Veríssimo)


67 - A VANTAGEM DE NAMORAR UM BARRIGUDINHO!!!
Tenho um conselho valioso para dar aqui: se você acabou de conhecer um rapaz, tente disfarçadamente descobrir como é sua barriga.
Se for musculosa, torneada, estilo “tanquinho”, fuja! Comece a correr agora e só pare quando estiver a uma distância segura. É fria, vai por mim.
Homem bom de verdade precisa, obrigatoriamente, ostentar uma barriguinha de chopp. Se não, não presta.
Você nunca verá um homem barrigudinho tirando a camisa dentro de uma boate e dançando como um idiota, em cima do balcão. Se fizer isso, é pra fazer graça pra turma e provavelmente será engraçado, mesmo.
E você não será informada sobre quantas calorias tem no seu copo de cerveja, porque eles não sabem e nem se importam.
Esses homens entendem que, se eles não estão em forma perfeita o tempo todo, você também não precisa estar.
Se ele souber cozinhar, então, bingo! Encontrou a sorte grande, amiga. Ele vai fazer pra você todas as delícias que sabe, e nunca torcerá o nariz quando você repetir o prato. Pelo contrário, ficará feliz.
Outra coisa fundamental:
Homens barrigudinhos são confortáveis!
Experimente pegar a tábua de passar roupas e deitar em cima dela. Pois essa é a sensação de se deitar no peito de um musculoso besta. Terrível!
Gostoso mesmo é se encaixar no ombro de um fofinho, isso que é conforto. E na hora de dormir de conchinha, então? Parece que a barriga se encaixa perfeitamente na nossa lombar, e fica sensacional.
Dia Internacional da BARRIGA - Está chegando! CHEGA DE VIADAGEM!
O mundo inteiro sabe que quem gosta de homem bonito são os viados. Mulher quer homem inteligente, carinhoso e boa praça. Por isto está sendo lançado o DIA INTERNACIONAL DOS BARRIGUDOS.
Chega de ter a consciência pesada após beber aquela cervejinha, ou aquele vinho, e comer aqueles petiscos. Chegou a sua vez!! Salada, é um saco!!
Nosso Lema: "Mais vale um barrigudinho bom de cama, do que um gostosão fracassado".
Nosso ídolo: "Homer Simpson".


66 - PRIMEIRA PIADA DE HOMEM LOIRO...
Um japonês, um baiano e um loiro estavam trabalhando na construção de um edifício de 20 andares.
Eles começaram a abrir suas marmitas para almoçar e o japonês disse, irritado:
Sushi com sashimi de novo! Se eu abrir essa maldita marmita amanhã e encontrar sushi com sashimi me jogo desse prédio!'
O baiano abriu sua marmita e gritou, - Vatapá de novo! Se amanhã meu almoço também for vatapá, me jogo daqui!'
O louro abriu a sua e disse, 'Sardinha de novo! Não!!! Se meu sanduíche amanhã for de sardinha de novo, me jogo também'.
No dia seguinte o japonês abriu sua marmita, viu o sushi com sashimi e pulou para a morte.
O baiano abriu sua marmita, viu o vatapá e pulou também.
O louro abriu o sanduíche, viu que era de sardinha e também se jogou do prédio.
No enterro, a mulher do japonês chorava sem parar, dizendo 'Se eu soubesse o quanto ele estava cansado de comer sushi com sashimi, eu nunca mais teria posto na marmita dele!'
A mulher do baiano também chorava, 'Eu poderia ter feito acarajé ou cuscuz! Não percebi o quanto ele estava odiando comer o vatapá!'
Todos se voltaram e olharam para a esposa do loiro: - Ei, nem olhem para mim!!! Ele sempre fez seu próprio almoço!'


65 - O SERMÃO DA MONTANHA (*versão para educadores*)
(Nem o Senhor Jesus aguentaria ser um professor nos dias de hoje.....)
Naquele tempo, Jesus subiu a um monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem. Ele os preparava para serem os educadores capazes de transmitir a lição da Boa Nova a odos os homens.
Tomando a palavra, disse-lhes: - Em verdade, em verdade vos digo: Felizes os pobres de espírito, porque deles irão o reino de Deus. Felizes os que tem fome e sede de justiça, porque serão saciados. Felizes os misericordiosos, porque eles...
Aí Pedro o interrompeu: - Mestre, vamos ter que saber isso de cor?
Abrãao perguntou: - É pra copiar?
Filipe lamentou-se: - Esqueci meu papiro!
Bartolomeu quis saber: - Vai cair na prova?
João levantou a mão: - Posso ir ao banheiro?
Judas Iscariotes resmungou: - O que a que a gente vai ganhar com isso?
Judas Tadeu defendeu-se: - Foi o outro Judas que perguntou!
Tomás questionou: - Tem uma fórmula pra provar que isso tá certo?
Tiago Maior indagou: - Vai valer nota?
Tiago Menor reclamou: - Não ouvi nada, com esse grandão na minha frente.
Simão Zelote gritou, nervoso: - Mas porque que não dá logo a resposta e pronto!?
Mateus queixou-se: - Eu não entendi nada, ninguém entendeu nada!
Um dos fariseus, que nunca tinha estado diante de uma multidão nem ensinado nada a ninguém, tomou a palavra e dirigiu-se a Jesus, dizendo: - Isso que o senhor está fazendo é uma aula? Onde está o seu plano de curso e a avaliação diagnóstica? Quais são os objetivos gerais e específicos? Quais são as suas estratégias para recuperação dos conhecimentos prévios?
Califas emendou: - Fez uma programação que inclua os temas transversais e atividades integradoras com outras disciplinas? E os espaços para incluir os parâmetros curriculares gerais? Elaborou os conteúdos conceituais, processuais e atitudinais?
Pilatos, sentado lá no Fundão, disse a Jesus: - Quero ver as avaliações da primeira, segunda e terceira etapas e reservo-me o direito de, ao final, aumentar as notas dos seus discípulos para que se cumpram as promessas do Imperador de um ensino de qualidade. Nem pensar em números e estatísticas que coloquem em dúvida a eficácia do nosso projeto. E não vai reprovar alguém! Lembre-se que você ainda não é professor titular...


64 - ESSE É O MÉDICO! (Com certeza a agenda dele deve estar lotada até 2020!)
Dr. Paulo Ubiratan, de Porto Alegre, RS, em entrevista a uma TV local, foi questionado sobre vários conselhos que sempre nos são dados...
Pergunta: Exercícios cardiovasculares prolongam a vida, é verdade?
Resposta: O seu coração foi feito para bater por uma quantidade de vezes e só... não desperdice essas batidas em exercícios. Tudo gasta-se eventualmente. Acelerar seu coração não vai fazer você viver mais: isso é como dizer que você pode prolongar a vida do seu carro dirigindo mais depressa. Quer viver mais? Tire uma soneca !!!
P: Devo cortar a carne vermelha e comer mais frutas e vegetais?
R: Você precisa entender a logística da eficiência... O que a vaca come? Feno e milho. O que é isso? Vegetal. Então um bife nada mais é do que um mecanismo eficiente de colocar vegetais no seu sistema. Precisa de grãos? Coma frango.
P: Devo reduzir o consumo de álcool?
R: De jeito nenhum. Vinho é feito de fruta. Brandy é um vinho destilado, o que significa que, eles tiram a água da fruta de modo que você tire maior proveito dela. Cerveja também é feita de grãos. Pode entornar!
P: Quais são as vantagens de um programa regular de exercícios?
R: Minha filosofia é: Se não tem dor... tá bom!
P: Frituras são prejudiciais?
R: VOCÊ NÃO ESTÁ ME ESCUTANDO!!! ... Hoje em dia a comida é frita em óleo vegetal. Na verdade ficam impregnadas de óleo vegetal. Como pode mais vegetal ser prejudicial para você?
P: Flexões ajudam a reduzir a gordura?
R: Absolutamente não! Exercitar um músculo faz apenas com que ele aumente de tamanho.
P: Chocolate faz mal?
R: Tá maluco? !!!! Cacau!!!! Outro vegetal!! É uma comida boa pra se ficar feliz !!!
E lembre-se: A vida não deve ser uma viagem para o túmulo, com a intenção de chegar lá são e salvo, com um corpo atraente e bem preservado. Melhor enfiar o pé na jaca - Cerveja em uma mão - tira gosto na outra - muito sexo e um corpo completamente gasto, totalmente usado, gritando: VALEU !!! QUE VIAGEM!!!
PS.: SE CAMINHAR FOSSE SAUDÁVEL O CARTEIRO SERIA IMORTAL...!
BALEIA NADA O DIA INTEIRO, SÓ COME PEIXE, SÓ BEBE ÁGUA E É GORDA....!
LEMBRANDO: COELHO CORRE, PULA E VIVE 15 ANOS, TARTARUGA NÃO CORRE NÃO FAZ NADA E VIVE 450 ANOS!


63 - COISAS DA FACULDADE (COISAS QUE VOCÊ DEVE SABER ANTES DE ENTRAR NA FACULDADE)
01. Não importa o quão tarde é a sua primeira aula, você vai dormir durante ela;
02. Você vai mudar completamente e nem vai notar;
03. Você pode amar várias pessoas de maneiras diferentes;
04. Alunos de faculdade também jogam aviões de papel durante as aulas;
05. Se você assistir às aulas calçado, todo mundo vai perguntar por que você foi tão chique para a faculdade;
06. Cada relógio no prédio mostra um horário diferente;
07. Se você era inteligente no colegial.... azar o seu!
08. Não importa tudo o que você prometeu quando passou no vestibular, você vai às festas da faculdade, mesmo que sejam na noite anterior à prova final;
09. Você pode saber toda a matéria e ir mal na prova;
10. Você pode saber nada da matéria e tirar dez na prova;
11. A sua casa é um ótimo lugar para se visitar;
12. A maior parte da educação é adquirida fora das aulas;
13. Se você nunca bebeu, vai beber;
14. Se você nunca fumou, vai fumar;
15. Se você nunca transou, vai transar;
16. Se você não fizer nada disto durante a faculdade, não fará nunca mais na vida, a não ser que você faça uma nova faculdade;
17. Você vai se tornar uma daquelas pessoas que seus pais falaram para você não se meter com elas;
18. Psicologia é, na verdade, biologia;
19. Biologia é, na verdade química.
20. Química é, na verdade física;
21. Física é na verdade matemática;
22. Ou seja, que mesmo depois de estudar anos, você não vai saber nada;
23. Que sentir depressão, solidão e tristeza, não são frescuras de quem não tem o que fazer;
24. Que você sempre vai prometer que no próximo bimestre você vai estudar mais, festejar menos, mas sempre acontecerá o contrário;
25. As únicas coisas que compensam na faculdade são os amigos que você fará lá;
26. Não verá a hora de terminar a faculdade;
2
7. E quando terminar, perceberá que foi a melhor época de toda a sua vida. 


62 - QUANDO A FACULDADE TERMINA OS SINAIS DE QUE VOCÊ NÃO ESTÁ MAIS NA FACULDADE ACONTECEM QUANDO:
01. Fazer sexo em cama de solteiro é um absurdo;
02. Há mais comida do que cerveja na sua geladeira;
03. 6:00 h da manhã é quando você acorda, e não quando vai dormir;
04. Você escuta a sua música preferida num elevador;
05. Você carrega um guarda-chuva e dá a maior importância para a previsão do tempo;
06. Seus amigos se casam e se divorciam, ao invés de ficarem e terminarem;
07. Suas férias caem de 130 para 15 dias por ano;
08. Calça jeans e camiseta não são mais consideradas vestimenta;
09. É você que chama a polícia porque a molecada do vizinho não sabe como abaixar o som;
10. Você não sabe mais que horas os auto lanches fecham;
11. Dormir no sofá te dá uma puta dor nas costas;
12. Você não tira mais aquele cochilo do meio-dia às 6 da tarde durante a semana;
13. Você vai na farmácia comprar um remédio para a dor de cabeça e antiácidos, ao invés de camisinhas e testes de gravidez;
14. Você come as comidas do café da manhã na hora do café da manhã;
15. Em mais de 90% do tempo em que você passa em frente a um computador você está trabalhando de verdade;
16. Você não bebe mais sozinho em casa antes de sair, para economizar dinheiro antes da noitada;
17. E o mais importante... Você não tem tempo nem sequer de ler este e-mail e aproveitar para passá-lo para seus velhos amigos, para que eles lembrem que também estão velhos e os bons tempos da faculdade PASSOU DEPRESSA DEMAIS!!!


61 - VELÓRIO EM PORTUGAL!
Estava de passagem por Portugal quando percebi que uma pessoa havia morrido..
Fiquei curioso para saber como eram os velórios deles.
Ao chegar, vi que no caixão estava o morto inteiramente nu e ao lado um grande pote cheio de creme, do qual cada um dos presentes pegava um pouquinho e passava no defunto.
Surpreendido pela cena, coisa inusitada, aproximei-me da mulher e perguntei:
- Desculpe-me a ignorância, mas porque estão passando creme no defunto? É tradição aqui?
A esposa respondeu:
- Não! É inédito! Nunca fizemos isso.
Ele é que pediu para ser cremado!!!!!!!!!!


60 - A FORMIGA BOLADONA!
Era uma vez, uma formiguinha e uma cigarra muito amigas.
Durante todo o outono, a formiguinha trabalhou sem parar, armazenando comida para o período de inverno.
Não aproveitou nada do sol, da brisa suave do fim da tarde, e nem o bate-papo com os amigos ao final do trabalho tomando uma cervejinha gelada.
Seu nome era “Trabalho”, e seu sobrenome era “Sempre”.
Enquanto isso, a cigarra só queria saber de cantar nas rodas de amigos e nos bares da cidade; não desperdiçou nem um minuto sequer.
Cantou durante todo o outono, dançou, aproveitou o sol, curtiu pra valer sem se preocupar com o inverno que estava por vir.
Então, passados alguns dias, começou a esfriar.
Era o inverno que estava começando.
A formiguinha, exausta de tanto trabalhar, entrou para a sua singela e aconchegante toca, repleta de comida.
Mas alguém chamava por seu nome, do lado de fora da toca.
Quando abriu a porta para ver quem era, ficou surpresa com o que viu.
Sua amiga cigarra estava dentro de uma Ferrari amarela com um aconchegante casaco de vison.
E a cigarra disse para a formiguinha:
- Olá, amiga, vou passar o inverno em Paris. - Será que você poderia cuidar da minha toca?
- E a formiguinha respondeu: - Claro, sem problemas! - Mas o que lhe aconteceu? - Como você conseguiu dinheiro para ir à Paris e comprar esta Ferrari?
E a cigarra respondeu: - Imagine você que eu estava cantando em um bar na semana passada e um produtor gostou da minha voz.
Fechei um contrato de seis meses para fazer show em Paris...
A propósito, a amiga deseja alguma coisa de lá?
Desejo sim, respondeu a formiguinha.
Se você encontrar o La Fontaine (Autor da Fábula Original) por lá, manda ele ir para a 'Puta Que O Pariu!!!'
Moral da História: Aproveite sua vida, saiba dosar trabalho e lazer, pois trabalho em demasia só traz benefício em fábulas do La Fontaine e ao seu patrão.
Trabalhe, mas curta a sua vida. Ela é única!!!
Se você não encontrar a sua metade da laranja, não desanime, procure sua metade do limão, adicione açúcar, pinga e gelo, e...
Seja feliz !


59 – PAPOS..
- Me disseram...
- Disseram-me.
- Hein?
- O correto e "disseram-me". Não "me disseram".
- Eu falo como quero. E te digo mais... Ou é "digo-te"? - O quê?
- Digo-te que você...
- O "te" e o "você" não combinam.
- Lhe digo?
- Também não. O que você ia me dizer?
- Que você está sendo grosseiro, pedante e chato. E que eu vou te partir a cara. Lhe partir a cara. Partir a sua cara. Como é que se diz?
- Partir-te a cara.
- Pois é. Parti-la hei de, se você não parar de me corrigir. Ou corrigir-me.
- É para o seu bem.
- Dispenso as suas correções. Vê se esquece-me. Falo como bem entender.
Mais uma correção e eu...
- O quê?
- O mato.
- Que mato?
- Mato-o. Mato-lhe. Mato você. Matar-lhe-ei-te. Ouviu bem?
- Pois esqueça-o e pára-te. Pronome no lugar certo e elitismo!
- Se você prefere falar errado...
- Falo como todo mundo fala. O importante é me entenderem. Ou entenderem-me?
- No caso... não sei.
- Ah, não sabe? Não o sabes? Sabes-lo não?
- Esquece.
- Não. Como "esquece"? Você prefere falar errado? E o certo é "esquece" ou "esqueça"? Ilumine-me. Me diga. Ensines-lo-me, vamos.
- Depende.
- Depende. Perfeito. Não o sabes. Ensinar-me-lo-ias se o soubesses, mas não sabes-o.
- Está bem, está bem. Desculpe. Fale como quiser.
- Agradeço-lhe a permissão para falar errado que mas dás. Mas não posso mais dizer-lo-te o que dizer-te-ia.
- Por que?
- Porque, com todo este papo, esqueci-lo.
(Luis Fernando Veríssimo)



58 – O SORTUDO!
Outra história que eu gosto, tanto que repito sempre, é a do sortudo. Um sortudo extraordinário. Um sortudo de nascença que conseguia tudo o que queria sem qualquer esforço. Na escola, nos negócios, no jogo. E com as mulheres. Não era um homem especialmente sedutor, apenas tinha sorte. E foi acumulando conquistas amorosas, para desespero e inveja dos outros. Foram tantas as conquistas que um dia ele parou para fazer um inventário sexual e concluiu que de todos os tipos de mulheres no mundo, ele não faturara uma hindu. Ou é hindua? Enfim, uma moça da Índia. Por sorte, conheceu uma naquela mesma noite. E naquela mesma noite ela estava em sua cama, apresentando-o às mil maneiras de fazer o amor oriental. Até que, saciados, os dois dormiram. O sortudo acordou mais cedo. Ficou olhando o rosto da moça, que dormia profundamente. E viu que ali estava a oportunidade de descobrir uma coisa que sempre o intrigara. O que é aquele sinal que as mulheres da Índia têm no meio da testa?
Então o sortudo raspou o sinal da testa da moça com a unha – e ganhou um Gol zero quilômetro!
(Luis Fernando Veríssimo)


57 - RELATOS DE UMA MULHER NO BANHEIRO PÚBLICO!
Só uma mulher consegue entender cada vírgula deste texto!!!!
O grande segredo de toda a mulher, com relação aos banheiros é que quando pequena, quem a levava ao banheiro era sua mãe. Ela ensinava a limpar o assento com papel higiênico e cuidadosamente colocava tiras de papel no perímetro do vaso e instruía: - "Nunca, nunca sente em um banheiro público"
E, em seguida, mostrava "a posição", que consiste em se equilibrar sobre o vaso numa posição de sentar, sem que o corpo, no entanto, entre em contato com o vaso.
"A Posição" é uma das primeiras lições de vida de uma menina, super importante e necessária, e irá nos acompanhar por toda a vida. No entanto, ainda hoje, em nossa vida adulta, "a posição" é dolorosamente difícil de manter quando a bexiga está quase estourando.
Quando você TEM que ir ao banheiro público, você encontra uma fila de mulheres, que faz você pensar que o Bradd Pitt deve estar lá dentro. Você se resigna e espera, sorrindo para as outras mulheres que também estão com braços e pernas cruzados na posição oficial de "estou me mijando".
Finalmente chega a sua vez, isso, se não entrar a típica mamãe com a menina que não pode mais se segurar.
Você, então verifica cada cubículo por debaixo da porta para ver se há pernas.
Todos estão ocupados.
Finalmente, um se abre e você se lança em sua direção quase puxando a pessoa que está saindo.
Você entra e percebe que o trinco não funciona (nunca funciona); não importa... você pendura a bolsa no gancho que há na porta e se não há gancho (quase nunca há gancho), você inspeciona a área.. o chão está cheio de líquidos não identificados e você não se atreve a deixar a bolsa ali, então você a pendura no pescoço enquanto observa como ela balança sob o teu corpo, sem contar que você é quase decapitada pela alça porque a bolsa está cheia de bugigangas que você foi enfiando lá dentro, a maioria das quais você não usa, mas que você guarda porque nunca se sabe...
Mas, voltando à porta...
Como não tinha trinco, a única opção é segurá-la com uma mão, enquanto, com a outra, abaixa a calcinha com um puxão e se coloca "na posição".
Alívio...... AAhhhhhh.....finalmente...
Aí é quando os teus músculos começam a tremer...
Porque você está suspensa no ar, com as pernas flexionadas e a calcinha cortando a circulação das pernas, o braço fazendo força contra a porta e uma bolsa de 5 kg pendurada no pescoço.
Você adoraria sentar, mas não teve tempo de limpar o assento nem de cobrir o vaso com papel higiênico. No fundo, você acredita que nada vai acontecer, mas a voz de tua mãe ecoa na tua cabeça "jamais sente em um banheiro público!!!" e, assim, você mantém "a posição" com o tremor nas pernas...
E, por um erro de cálculo na distância, um jato finíssimo salpica na tua própria bunda e molha até tuas meias!! Por sorte, não molha os sapatos. Adotar "a posição" requer grande concentração. Para tirar essa desgraça da cabeça, você procura o rolo de papel higiênico, maaassss, para variar, o rolo está vazio...! Então você pede aos céus para que, nos 5 kg de bugigangas que você carrega na bolsa, haja pelo menos um miserável lenço de papel. Mas, para procurar na bolsa, você tem que soltar a porta. Você pensa por um momento, mas não há opção...
E, assim que você solta a porta, alguém a empurra e você tem que freá-la com um movimento rápido e brusco enquanto grita OCUPAAADOOOO!!!
Aí, você considera que todas as mulheres esperando lá fora ouviram o recado e você pode soltar a porta sem medo, pois ninguém tentará abrí-la novamente (nisso, nós, as mulheres, nos respeitamos muito) e você pode procurar seu lenço sem angústia. Você gostaria de usar todos, mas quão valiosos são em casos similares e você guarda um, por via das dúvidas. Você então começa a contar os segundos que faltam para você sair dali, suando porque você está vestindo o casaco já que não há gancho na porta ou cabide para pendurá-lo. É incrível o calor que faz nestes lugares tão pequenos e nessa posição de força que parece que as coxas e panturrilhas vão explodir. Sem falar do soco que você levou da porta, a dor na nuca pela alça da bolsa, o suor que corre da testa, as pernas salpicadas...
A lembrança de sua mãe, que estaria morrendo de vergonha se a visse assim, porque sua bunda nunca tocou o vaso de um banheiro público, porque, francamente, "você não sabe que doenças você pode pegar ali"
...você está exausta. Ao ficar de pé você não sente mais as pernas. Você acomoda a roupa rapidíssimo e tira a alça da bolsa por cima da cabeça!...
Você, então, vai à pia lavar as mãos. Está tudo cheio de água, então você não pode soltar a bolsa nem por um segundo. Você a pendura em um ombro, e não sabendo como funciona a torneira automática, você a toca até que consegue fazer sair um filete de água fresca e estende a mão em busca de sabão. Você se lava na posição de corcunda de notre-dame para não deixar a bolsa escorregar para baixo do filete de água... O secador, você nem usa. É um traste inútil, então você seca as mãos na roupa porque nem pensar usar o último lenço de papel que sobrou na bolsa para isso.
Você então sai. Sorte se um pedaço de papel higiênico não tiver grudado no sapato e você sair arrastando-o, ou pior, a saia levantada, presa na meia-calça, que você teve que levantar à velocidade da luz, deixando tudo à mostra!
Nesse momento, você vê o seu amigo que entrou e saiu do banheiro masculino e ainda teve tempo de sobra para ler um livro enquanto esperava por você.
"Por que você demorou tanto?" - pergunta o idiota.
Você se limita a responder: - "A fila estava enorme"
E esta é a razão porque nós, as mulheres, vamos ao banheiro em grupo. Por solidariedade, já que uma segura a tua bolsa e o casaco, a outra segura a porta e assim fica muito mais simples e rápido já que você só tem que se concentrar em manter "a posição" e a dignidade.
Obrigada a todas as amigas que já me acompanharam ao banheiro.


56 – ESCAPADINHA!
Um sujeito casado volta de uma viagem de negócios na China, onde ele aproveitou para conhecer algumas garotas de programa.
Dias depois da volta, seu pênis ficou todo verde. Parecia sorvete de pistache: verde e flácido. Ele esconde isso da mulher do jeito que pode, e vai consultar um médico. O médico olha o órgão do sujeito e sentencia:
- Ahaa...! Você foi para a China! não?
- É verdade.
- E conheceu umas garotas de programa!
- É verdade!
- Infelizmente isso não tem cura. Vamos ter que cortar.
O sujeito não acredita no que ouve, e vai consultar outro médico, mas o diagnóstico é o mesmo.
Em desespero, procura urologistas, especialistas, catedráticos e, todos, sem exceção, confirmam o diagnóstico.
Arrasado e sem saída, decide confessar suas escapadas à mulher que, depois de um tremendo 'barraco', se compadece do marido, e o aconselha a procurar um médico chinês.
Um especialista em urologia na própria China. Afinal eles devem estar acostumados com esta doença.
 sujeito volta à China, paga uma nota alta de passagem, e marca uma consulta com o médico mais renomado do país.
Ao examiná-lo, ele dá uma risadinha:
- Hehehehe! O senhor esteve na China lecentemente...non?
- É verdade.
- E o senhor fez umas bobagens com as galotas...non?
- É verdade.
- E o senhor foi ver médico basileilo....non?
- É verdade.
- E médico basileilo lhe disse que telia que cortar....non?
- É verdade.
- Médico basileilo não sabe nada! Não plecisa cortar.
O sujeito nem acredita! Quase desmaia de tanta emoção.
Sai pulando pelo consultório.
Abraça e beija o médico. Seu pesadelo acabou!
- Então, existe tratamento para isso?
- No... no ... não plecisa cortar ..... Cai sozinho


55 - CENAS DE UM CASAMENTO!
Dizem que é verídica... Isso aconteceu no RS (na cidade de Amaral Ferrador).
Conheceram-se no casamento do primo Tavinho. Apaixonaram-se e, 4 meses depois, resolveram casar. Duzentas pessoas compareceram à pequena igreja.
O padre, visivelmente cansado da viagem, e com a batina amassada começou o sermão:
"A data de hoje é muito importante... Duas pessoas que se amam e se respeitam vão unir-se aos olhos de Deus... Assim como o respeito e o companheirismo, o sexo também é fundamental para uma aliança duradoura".
Os convidados se entreolharam em silêncio, pensando que ia ser só uma menção sob a ótica da procriação.
"O sexo bem feito pode segurar o homem em casa e garantir também a fidelidade da mulher..."
A mãe da noiva aperta forte a mão do marido.
"Marcelo, você deve respeitar a vontade da Tatiana quando ela não quiser ter relações... Mas isso não deve ser motivo para desgastes... O que eu sempre recomendo, nessas horas, para meus fiéis, é o prazer solitário, a masturbação... Que dá maiores resultados quando se passa um creminho na face interna da mão".
Os convidados reprimem o riso. A mãe da noiva começa a suar dentro do vestido mostarda alugado. O pai ameaça interferir, mas se coloca no seu lugar de cordeiro de Deus e relaxa.
"Tatiana, você não deve se conformar só com a posição "papai e mamãe".
Ser ativa, no matrimônio, também é muito importante. Quando seu marido chegar cansado do futebol, por exemplo, você deve ficar por cima dele. Essa posição, além de dar uma folga para o esposo, também é excelente para que a mulher atinja o orgasmo, já que o contato do clitóris com a pélvis do marido é mais intenso. Se você, Marcelo, tiver um pênis muito avantajado, e que Deus o conserve assim, é conveniente que vocês escolham fazer amor de lado. Assim, você evita machucar a sua companheira, sem perder o prazer.
Os convidados deixaram o riso transbordar como água num dique perfurado.
Algumas mães, horrorizadas, tampam os ouvidos dos filhos. A essa altura, a mãe da noiva começa a se abanar com as folhas da decoração do altar.
O pai olha o relógio na esperança do sermão estar chegando ao fim.
Mas o Padre, com a maior naturalidade do mundo, continua:
"O coito anal deve ser praticado de vez em quando para não estagnar a relação. Se o seu orifício anal for muito apertado, Tatiana, você poderá usar o lubrificante íntimo Molhadinha e Discreta da Smart & Helmet ou o famoso KY Gel da Jonhson & Jonhson que são incolores e não tem cheiro... Você também pode encontrar, em sexs shops, alguns lubrificantes de sabores extravagantes como, por exemplo, Piña Colada..."
Alguns convidados sentam para rir. Outros, começam a ficar com tesão e loucos para enfiar a mão por debaixo dos vestidos das mulheres.
O padre pega o copo de vinho e, dizendo umas palavras em latim, oferece ao casal.
"Quando a noiva estiver menstruada ela deverá avisar o marido antes da relação. Apesar das chances de engravidar serem bem menores, alguns cônjuges não gostam de fazer amor nesses dias".
A mãe da noiva já começa a apresentar sinais evidentes de tontura e o pai, de taquicardia.
Enquanto isso, o padre abençoa a hóstia e a coloca na boca dos noivos, e continua o seu discurso:
"O sexo oral também é muito importante... Tanto para o homem quanto para a mulher... Por isso é fundamental que o casal mantenha os seus órgãos sexuais sempre limpinhos e saudáveis. Muitas mulheres, só conseguem atingir o orgasmo através do sexo oral... E, a maioria dos homens, não vive sem um bom chupeteco".
A mãe da noiva faz que vai desmaiar. Os padrinhos também se controlam e, junto com os convidados, começam a rir, enquanto o fotógrafo japonês, de terno listrado, dispara um clique atrás do outro. Finalmente, o Padre abençoa o casal, introduzindo, em seus dedos, as alianças.
"Se a tentação for muito grande, a infidelidade até será permitida perante o Senhor... Mas nunca sem camisinha... Aproveito para lembrar que as camisinhas Loló, Hot, Red and Wet e Fuck me Baby foram as únicas que passaram nos testes de qualidade do Inmetro e do Ministério da Saúde. Os convidados podem sentar-se..."
Neste instante, um tio da noiva não resistiu e interveio ferozmente.
- Escuta aqui ô seu padre, que diabo de sermão é este? Isto mais parece um manual de sacanagem. Dê por encerrada esta cerimônia imediatamente!!!
Pelo jeito tu também deve ser um daqueles padres pedófilos. Cai fora, seu depravado!! E mais, o nome da minha sobrinha não é Tatiana e do noivo não é Marcelo.
Silêncio profundo no altar e no templo...
O "padre", agora com um olhar de surpresa, desculpa-se.
"Olha aí gente, não levem a mal não, eu também não sou padre, sou ator, fui contratado por amigos dos noivos pra fazer esta brincadeira, mas acho que errei de casamento!! Mas se serve de consolo, lhes asseguro que essas dicas servem muito bem para todos que moram neste cú de mundo. Fui!!!"
Dizem que a cidade de Amaral Ferrador nunca mais foi a mesma....
(Luís Fernando Veríssimo)


54 - COMO ENTROU NO CÉU O PRIMEIRO ADVOGADO!
Logo que Santo Ivo morreu, encaminhou-se ao Céu e bateu à porta, que São Pedro não se atreveu a abrir, subestimando as razões do bom santo.
— Faço o que quiseres — repetia o porteiro do Céu —, mas não acho que deva permitir a entrada a um advogado, não só porque nem um tem assento entre os santos, mas também porque; muito ao contrário, juraria que se encontram no inferno todos os de tua profissão.
Santo Ivo não se desconcertou; antes, como bom advogado, teve tão convincentes razões para rebater as de São Pedro que este lhe permitiu finalmente entrar no Céu, mas com a condição de permanecer junto à porta.
O hóspede entrou calmamente, sentou-se no lugar indicado por São Pedro, que foi participar a Nosso Senhor o sucedido...
— Fizeste mal! Muito mal, Pedro! — respondeu Deus, quando acabou de escutá-lo. — Havia resolvido que nenhum advogado entraria no Céu, e tinha cá minhas razões para isso. Mas já que está, deixa ficar; sem embargo, não deixes que ele se misture com os outros santos, pois do contrário acabarão no Céu a paz e a boa harmonia. Não o deixes passar além da porta.
Aborrecido e cabisbaixo, voltou São Pedro aonde estava Santo Ivo e comunicou-lhe as ordens dadas pelo Senhor. O Santo advogado encolheu os ombros e, à guisa de passatempo, começou a entabular conversa com São Pedro.
— Que posto ocupas aqui no Céu?
— Não sabes? Sou o porteiro.
— Por quanto tempo?...
— Para todo o sempre.
— Deixa disso. Só se tiveres algum contrato firmado...
— Não há contrato nem coisa que o valha, e para dizer a verdade não há necessidade disso.
— Como assim? Então não estás vendo, grande ingênuo, que qualquer dia Deus pode ter a idéia de te destituir, sem mais nem menos, do cargo que com zelo vens desempenhando há tanto tempo, sem que possas fazer valer teus direitos?
São Pedro coçou a orelha, e, mais amofinado que antes, foi novamente falar com Deus.
— Vamos lá, que é que pensas?
— Preciso de um contrato em que se declare que sou o porteiro do Céu para todo o sempre. Até hoje temos deixado as coisas andar à vontade; mas se vos der na idéia, qualquer dia me destituís do cargo que com tanto zelo...
— Não te dizia eu? Tudo isso são trapaças daquele advogadozinho que tens na porta e que soube encher-te a cabeça.
E ajuntou depois, tomando uma resolução:
— Anda, Pedro, corre e manda-o entrar imediatamente, pois prefiro tê-lo perto de mim a vê-lo junto à porta.
Eis como entrou no Céu o primeiro advogado.
(Barão de Itararé)


53 - 30 COISAS QUE UM HOMEM NA HORA “H” NÃO QUER OUVIR!
01. Eu já fumei cigarros mais grossos que isso.
02. Ahhh, que meigo.
03. Nós poderíamos apenas ficar abraçados.
04. Você sabia que tem uma cirurgia para consertar isso?
05. Faça-o dançar.
06. Posso desenhar aquela carinha feliz nele?
07. Uau, e seu pé era tão grande.
08. Tudo bem, nós vamos trabalhar em cima disso.
09. Ele vai fazer algum som se eu apertá-lo?
10. Ai, de repente me deu uma dor de cabeça.
11. ...(ri e aponta)
12. Posso ser honesta com você?
13. Que lindo, você trouxe incenso.
14. Isso explica o seu carro.
15. Talvez se a gente regar ele cresce.
16. Por que Deus está me punindo?
17. Pelo menos isso não vai demorar muito.
18. Eu nunca vi nada igual a isso antes.
19. Mas ele ainda funciona, né?
20. Ele tá parecendo pouco usado.
21. Talvez ele tenha uma aparência melhor na luz natural.
22. Por que nós não pulamos direto pra parte do cigarro?
23. Você está com frio?
24. Se você me embebedar primeiro...
25. Isso é uma ilusão de ótica?
26. O que é isso???
27. Sorte sua que você tem muitos outros talentos.
28. Ele vem com um compressor de ar?
29. Isso tá parecendo isca de peixe.
30. Então é por isso que você sempre julga as pessoas pela personalidade.


52 - LENDAS DO SILVIO SANTOS:
- Sílvio Santos inventou o Natal pois não sabia que nome dar para a TeleSena de Dezembro.
- Sílvio Santos joga banco imobiliário com dinheiro de verdade.
- Jesus transforma água em vinho. Sílvio Santos transforma qualquer porcaria em dinheiro.
- Na sua última tentativa de dar uma esmola, Sílvio Santos soterrou um sem teto com 3 toneladas de moedas de 5 e 10 centavos.
- Sílvio Santos é o ser humano vivo que mais possui empresas no planeta. As iniciais SA que figuram depois dos nomes das maiores empresas do mundo significam, na verdade, Senor Abravanel.
- Certa vez o coração de Sílvio Santos ficou parado por 5 minutos, ele retornou dono de 80% do além.
- Sílvio Santos pessoalmente descobriu a cura da Aids. Em 2015 ele pretende revelar esse segredo como prêmio do Raspe Aqui da Telesena de Ano Novo.
- Em 1929, Sílvio Santos jogava Banco Imobiliário e exclamou "estou falido!". O malentendido causou a quebra da bolsa de Nova York, o infarte de 67 mil economistas e o mercado financeiro levou anos para se recuperar.
- Antes da invenção da moeda o sal era usado como item para troca de valores. Sílvio Santos na verdade inventou a moeda porque o tamanho de sua montanha de sal estava se tornando excessivo. A montanha está de pé até hoje e atualmente é conhecida como Everest.
- Murphy joga pôquer com Sílvio Santos 2 vezes por mês e por mais que tente, ele nunca consegue fazer sua lei funcionar com Sílvio Santos.
- 70% do peso de uma pessoa comum é água. 70% do peso de Sílvio Santos são notas de R$50,00 e R$100,00.
- Esses fatos na verdade não são aleatórios, Sílvio Santos determina pessoalmente em que ordem serão exibidos. Quando eles se repetem após o refresh é porque ele está de sacanagem.
- Sílvio Santos pode contar até o infinito Sua fortuna, porém, continua incalculável.
- Dizem que, se você repetir "Sílvio Santos" três vezes diante do espelho, um aviãozinho feito com uma nota de R$100,00 voará pra dentro de sua casa.
- No dia em que nasceu, imediatamente após sair do útero de sua mãe, Sílvio Santos entregou uma nota de 100 reais a ela e agradeceu. Em seguida disse: "Sai pra lá! Sai pra lá!" gentilmente empurrando-a em direção à saída.
- Sílvio Santos compra cada vez menos coisas. De fato, existem cada vez menos coisas que não pertencem a ele.
- Israel só não dominou os territórios palestinos pois Sílvio Santos se recusa a financiar guerras. Ele prefere fazer uma versão Israel x Palestina do programa Family Feud.
- O número telefônico da casa de Sílvio Santos é 2. O nº 1 pertenceu à Graham-Bell, inventor do objeto em questão.
- Sílvio Santos teve que abandonar sua carreira de jogador de futebol porque no início dos jogos a moeda que o juiz jogava para o alto sempre caía em seu bolso.
- Seu Barriga deve 11 meses de aluguel para Sílvio Santos.
- O penteado de Sílvio Santos foi projetado por Oscar Niemeyer.
- O extrato bancário de Sílvio santos daria 5 vezes a volta ao redor do globo terrestre, sobrando ainda uma ponta pra fazer a rabiola.
- Para rebater os boatos de que ele é careca, Sílvio Santos arrancou um pedaço de seu couro cabeludo para testes. Esse pedaço ganhou vida e se chama Tony Ramos.


51 - O MUNDO CONFORME CASCIARI!
Li uma vez que a Argentina não é nem melhor nem pior que a Espanha, só que mais jovem. Gostei dessa teoria e ai inventei um truque para descobrir a idade dos países baseando-me no "sistema cão".
Desde meninos nos explicam que para saber se um cão é jovem ou velho deveríamos multiplicar a sua idade biológica por 7. No caso de países temos que dividir a sua idade histórica por 14 para conhecer a sua correspondência humana. Confuso? Neste artigo exponho alguns exemplares reveladores.
Argentina nasceu em 1816, assim sendo já tem 190 anos. Se dividirmos estes anos por 14 Argentina tem "humanamente" cerca de 13 anos e meio, ou seja, está na pré-adolescência. É rebelde, se masturba, não tem memória, responde sem pensar e está cheia de acne.
Quase todos os países da América Latina tem a mesma idade, e como acontece nesses casos, eles formam gangues. A gangue do Mercosul são quatro adolescentes que tem um conjunto de rock. Ensaiam em uma garagem, fazem muito barulho, e jamais gravaram um disco. A Venezuela, que já tem peitinhos, está querendo unir-se a eles para fazer o coro. Em realidade, como a maioria das mocinhas da sua idade, quer é sexo, neste caso com Brasil que tem 14 anos e um membro muito grande.
México também é adolescente, mas com ascendência indígena. Por isso ri pouco e não fuma nem um inofensivo baseado, como o resto dos seus amiguinhos. Mastiga coca e se junta com os Estados Unidos, um retardado mental de 17 anos, que se dedica a atacar os meninos famintos de 6 anos em outros continentes.
No outro extremo está a China milenária. Se dividimos os seus 1.200 anos por 14 obtemos uma senhora de 85, conservadora, com cheiro a xixi de gato, que passa o dia comendo arroz porque não tem - ainda - para comprar uma dentadura postiça.
A China tem um neto de 8 anos, Taiwan, que lhe faz a vida impossível. Está divorciada faz tempo de Japão, um velho chato, que se juntou às Filipinas, uma jovem pirada, que sempre está disposta a qualquer aberração em troca de grana.
Depois estão os países que chegaram à maioria de idade e saem com o BMW do pai. Por exemplo, Austrália e Canadá, típicos países que cresceram ao amparo de papai Inglaterra e mamãe França, com uma educação restrita e antiquada, e que agora se fingem de loucos.
Austrália é uma babaca de pouco mais de 18 anos, que faz topless e sexo com a África do Sul; enquanto que Canadá é um mocinho gay emancipado, que a qualquer momento adota o bebê Groenlândia para formar uma dessas famílias alternativas que estão em moda.
França é uma separada de 36 anos, mais puta que uma galinha, mas muito respeitada no âmbito profissional. Tem um filho de apenas 6 anos: Mônaco, que vai a caminho de ser puto ou bailarino... ou ambas coisas. É a amante esporádica da Alemanha, caminhoneiro rico que está casado com a Áustria, que sabe que é chifruda, mas não se importa.
Itália é viúva faz muito tempo. Vive cuidando de São Marino e do Vaticano, dois filhos católicos gêmeos idênticos. Esteve casada em segundas núpcias com Alemanha (por pouco tempo e tiveram a Suíça), mas agora não quer saber nada de homens. Itália gostaria de ser uma mulher como a Bélgica: advogada, executiva independente, que usa calças e fala de política de igual para igual com os homens (Bélgica também fantasia às vezes com saber preparar espaguete).
Espanha é a mulher mais linda de Europa (possivelmente França se iguale mas perde espontaneidade por usar tanto perfume). Anda muito com tetudas e quase sempre está bêbada. Geralmente se deixa foder por Inglaterra e depois denuncia. Espanha tem filhos por todas partes (quase todos de 13 anos), que moram longe. Gosta muito deles mas perturbam quando tem fome, passam uma temporada na sua casa e assaltam a geladeira.
Outro que tem filhos espalhados é Inglaterra. Sai de barco de noite, transa com algumas babacas e nove meses depois aparece uma nova ilha em alguma parte do mundo. Mas não fica de mal com ela. Em geral as ilhas vivem com a mãe, mas Inglaterra as alimenta. Escócia e Irlanda, os irmãos de Inglaterra, que moram no andar de cima, passam a vida bêbados e nem sequer sabem jogar futebol. São a vergonha da família.
Suécia e Noruega são duas lésbicas de quase 40 anos, que estão boas de corpo, apesar da idade, mas não ligam para ninguém. Trançam e trabalham pois são licenciadas em algo. As vezes fazem um trio com Holanda (quando necessitam maconha); outras vezes cutucam a Finlândia, que é um cara meio andrógino de 30 anos, que vive só em um apartamento sem mobília e passa o tempo falando pelo celular com Coréia. Aliás, a Coréia (a do sul) vive de olho na sua irmã esquizoide. São gêmeas, mas a do norte tomou líquido amniótico quando saiu do útero e ficou estúpida. Passou a infância usando pistolas e agora, que vive só, é capaz de qualquer coisa. Estados Unidos, o retardado de 17 anos, a vigia muito, não por medo, senão porque quer pegar as suas pistolas.
Israel é uma intelectual de 62 anos que teve uma vida de merda. Faz alguns anos, Alemanha, o caminhoneiro, não a viu e a atropelou. Desde esse dia Israel ficou que nem louco. Agora, em vez de ler livros, passa o dia na sacada jogando pedras na Palestina, que é uma mocinha que está lavando a roupa na casa do lado. Irã e Iraque eram dois primos de 16 que roubavam motos e vendiam as peças, até que um dia roubaram uma peça da motoca dos Estados Unidos e acabou o negócio para eles. Agora estão comendo lixo.
O mundo estava bem assim, até que um dia Rússia se juntou (sem casar) com a Perestroika e tiveram uma dúzia e meia de filhos. Todos esquisitos, alguns mongolóides, outros esquizofrênicos.
Faz uma semana, e por causa de um conflito com tiros e mortos, os habitantes sérios do mundo descobrimos que tem um país que se chama Kabardino-Balkaria. Um país com bandeira, presidente, hino, flora, fauna... e até gente! Eu fico com medo de que apareçam países de pouca idade, assim de repente.
Que saibamos por ter ouvido e que ainda tenhamos que fingir que sabíamos para não passar por ignorantes.


50 - CURIOSIDADE TECNOLÓGICA!
A bitola das ferrovias (distância entre os dois trilhos) nos Estados Unidos é de 4 pés e 8,5 polegadas.
Por que esse número foi utilizado?
Porque era esta a bitola das ferrovias inglesas e como as americanas foram construídas pelos ingleses, esta foi a medida utilizada.
Por que os ingleses usavam esta medida?
Porque as empresas inglesas que construíam os vagões eram as mesmas que construíam as carroças antes das ferrovias e se utilizavam dos mesmos ferramentais das carroças.
Por que das medidas (4 pés e 8,5 polegadas) para as carroças?
Porque a distância entre as rodas das carroças deveria servir para as estradas antigas da Europa, que tinham esta medida.
E por que tinham esta medida?
Porque essas estradas foram abertas pelo antigo império romano, quando de suas conquistas, e tinham as medidas baseadas nas antigas bigas romanas...
E por que as medidas das bigas foram definidas assim?
Porque foram feitas para acomodar dois traseiros de cavalos!
E finalmente...
O ônibus espacial americano, o SpaceShuttle, utiliza dois tanques de combustível sólido (SRB - Solid Rocket Booster) que são fabricados pela Thiokol, em Utah. Os engenheiros que os projetaram, queriam fazê-los mais largos, porém tinham a limitação dos túneis das ferrovias por onde eles seriam transportados, os quais tinham suas medidas baseadas na bitola da linha.
Conclusão: O exemplo mais avançado da engenharia mundial em design e tecnologia acaba sendo afetado pelo tamanho da bunda do cavalo da Roma antiga! 
MORAL DA HISTÓRIA: Ainda que você trabalhe com alta tecnologia, pode ser que sua empresa tenha o caminho definido por bundões... !!


49 -COMO SER LOUCO NO ELEVADOR!
01) Quando houver só uma pessoa no elevador, de um tapinha no ombro dela e finja que não foi você.
02) Aperte os botões do elevador e finja que eles dão choque. Sorria e faça novo.
03) Se ofereça para apertar os botões para os outros, mas aperte os botões errados.
04) Segure a porta e diga que está esperando por um amigo. Depois de um tempo, deixe a porta fechar e diga: "Olá Zé. Como vai você?"
05) Deixe cair sua caneta e espere até alguém se oferecer para pega-lá, então grite: "Ei, é minha!"
06) Traga uma câmera e tire fotos de todos no elevador.
07) Traga uma mesa para dentro do elevador e quando alguém entrar, pergunte se marcaram hora.
08) Leve um Banco Imobiliário e pergunte para as pessoas se elas querem jogar.
9) Deixe uma caixa no canto e quando alguém entrar pergunte se elas ouviram um tique-taque.
10) Finja ser uma aeromoça e revise os procedimentos de emergência com os passageiros.
11) Pergunte: "Você sentiu isso?"
12) Fique bem perto de alguém, fungando em seu cangote de vez em quando.
13) Quando a porta se fechar, fale: "Tudo bem. Não entrem em pânico. Ela abrirá novamente".
14) Mate moscas que não existem.
15) Diga às pessoas que você pode ver sua aura.
16) Grite: "Abraço grupal", então force as pessoas a se juntarem.
17) Faça caretas dolorosamente enquanto bate na sua testa e murmure: "Calem a boca, todos vocês, calem a boca!".
18) Abra sua pasta ou bolsa e enquanto olha dentro dela pergunte: "Tem ar suficiente aí dentro?"
19) Fique quieto e parado no canto do elevador, encarando a parede.
20) Encare outro passageiro por um tempo, e grite com horror: "Você é um deles!" e recue devagar.
21) Coloque uma marionete na mão e use-a para falar com os outros.
22) Escute as paredes do elevador com seu estetoscópio.
23) Faça barulhos de explosão quando alguém apertar um botão.
24) Encare outro passageiro por um tempo e fale: "Estou usando meias novas".
25) Desenhe um pequeno quadrado no chão com giz e diga para os outros: "Este é o meu espaço".


48 - AS CINCO PERGUNTAS QUE UM HOMEM MAIS TEME: 
As cinco perguntas mais temidas pelo homem feitas pela mulher:
1. Em que você está pensando?
2. Você me ama?
3. Você acha que estou gorda?
4. Você acha que ela é mais bonita do que eu?
5. O que você faria se eu morresse?
O que torna estas perguntas tão difíceis é que com certeza vai-se começar uma discussão se o homem responder incorretamente (isto é, se disser a verdade).
Então, para ajudar, cada questão é analisada abaixo, juntamente com possíveis respostas.

Questão 1: Em que você está pensando?
A resposta apropriada é, claro: "Desculpe-me se tenho andado pensativo, querida. Eu estava só refletindo sobre quão terna, maravilhosa, carinhosa, inteligente você é, e como tenho sorte em tê-la encontrado."
Esta resposta obviamente não tem a mínima semelhança com a resposta verdadeira, que, na maioria das vezes, é uma das seguintes:
a. Motocicletas
b. Futebol
c. Em como você está gorda.
d. Em como ela é mais bonita do que você.
e. Como eu gastaria o dinheiro do seguro, se você
morresse.
Talvez a melhor resposta a esta pergunta seja a sugerida por Al Bundy (Married with children), que uma vez falou para Peg: "Se eu quisesse que você soubesse o que estava pensando, eu estaria falando com você!"

Questão 2: Você me ama?
A resposta apropriada é: "SIM!" ou, se você sentir que uma resposta mais detalhada vale a pena, "Sim, querida."
Respostas inapropriadas incluem:
a. A sim, prá caramba
b. Se eu dissesse que sim, você se sentiria melhor?
c. Depende do que você entende por amor.
d. Isto importa?
e. Quem, eu?

Questão 3: Eu estou gorda?
A resposta correta é um enfático: "Claro que não!"
Entre as incorretas, estão:
a. Comparada com o quê?
b. Não diria gorda, mas você não está exatamente magra.
c. Uns quilinhos extras ficam bem em você.
d. Já vi mais gordas.
e. Você repetiria a pergunta? Eu estava pensando sobre como gastaria o dinheiro do seguro se você morresse.

Questão 4: Você acha que ela é mais bonita do que eu?
Mais uma vez, a resposta apropriada é um enfático:
"Claro que não!"
Respostas incorretas incluem:
a. Sim, mas você tem mais personalidade.
b. Não mais bonita, mas, definitivamente, mais magra.
c. Não tão bonita quanto você na idade dela.
d. Defina bonita.
e. Você repetiria a pergunta? Eu estava pensando sobre como gastaria o dinheiro do seguro se você morresse.

Questão 5: O que você faria se eu morresse?
Uma pergunta definitivamente sem saída. (A resposta verdadeira, claro, é "Compraria um Audi TT e um barco com o dinheiro do seguro".) Não importa qual seja a resposta, esteja preparado para, pelo menos, uma hora de perguntas e mais perguntas, mais ou menos nesta ordem:
MULHER: Você se casaria novamente?
HOMEM: Definitivamente, não!
MULHER: Por quê? Você não gosta de estar casado?
HOMEM: Claro que sim.
MULHER: Então, você não se casaria?
HOMEM: Ok, eu me casaria novamente.
MULHER: Casaria? (Com um olhar magoado.)
HOMEM: (Resmungo audível.)
MULHER: Você dormiria com ela na nossa cama?
HOMEM: Onde mais?
MULHER: Você guardaria minhas fotos e substituiria pelas fotos dela?
HOMEM: Isto seria o óbvio.
MULHER: E você a deixaria usar meus tacos de golfe?
HOMEM: Ela não pode; é canhota.
MULHER: - - - silêncio - - -
HOMEM: Putz!


47 - PARA QUEM VAI VIAJAR DE AVIÃO!
Se você pretende fazer uma viagem de avião em breve não leia este post. Você vai ficar beeeeem preocupado.
33. Um avião queima combustível para carregar combustível. Por isso um capitão de uma grande companhia aérea dos EUA reclamou que sofre constante pressão para levar menos combustível do que se sente confortável em ter nos tanques. Ele reclamou que voa com o combustível exato e as vezes encontra um atraso ou uma tempestade e é obrigado a pousar em um aeroporto alternativo.
32. Segundo um co-piloto a companhia aérea as vezes não dá intervalo para refeições e a tripulação é obrigada a atrasar voos para poder comer.
31. Um capitão da American Airlines afirmou que comunica aos passageiros apenas o que eles precisam saber, portanto vocês nunca vão ouvir “Senhoras e senhores, acabamos de perder uma turbina” para não fazer todos se borrarem de medo.
30. Um capitão da US Airwais afirmou que algumas regras realmente não fazem sentido para ele. Quando você está a 39 mil pés de altura a uma velocidade 600 km/h os comissários de bordo podem servir café quente e refrigerante, andando para lá e para cá. Mas quando você está sobre o asfalto a 10 km/h tem que ficar com o cinto afivelado, como se estivesse na Fórmula 1.
29. “Eu posso estar uniformizado mas isto não significa que eu sou a melhor pessoa para dar informações em um aeroporto. Nós passamos por tantos aeroportos que normalmente não fazemos a menor ideia.” Afirmou um piloto.
28. Na maioria das vezes a qualidade da aterrissagem é um indicador da habilidade do piloto. Portanto se quiser dizer algo agradável para ele, ao sair da aeronave fale “Excelente aterrissagem”.
27. As companhias aéreas ajustaram o horário das suas aterrissagens para terem um histórico melhor de pontualidade. Portanto quando você pega um voo que pensa que durará 2 horas de acordo com o bilhete ele possivelmente levará 1 h 45 min.
26. Um advogado de uma linha aérea e piloto aposentado afirmou que é comum o piloto ligar a luz alertando aos passageiros para afivelarem os cintos. Mas se ele mandar os comissários se sentarem fique atento. Isto significa que vem turbulência pesada pela frente.
25. Segundo um piloto este negócio de aterrissagem na água não existe. Chama-se colidir no mar.
24. Quando um avião voa e atinge uma grande corrente ascendente, invisível ao radar durante a noite, é como atingir uma lombada em alta velocidade: joga tudo para o ar e depois ao chão com violência. Isto não é o mesmo que turbulência, segundo o analista de segurança aérea e capitão aposentado John Nance.
23. Viajar com o bebê no colo é extremamente perigoso. Qualquer impacto ou desaceleração possivelmente fará com que você perca a criança das mãos e ela se torna um projétil. Mas se você é obrigado a comprar um assento caro para seu filho é porque dirige um carro, já que a chance de acidente é maior dirigindo que que voando.
22. É absurdo tanta gente ter medo de turbulência. Os pilotos a evitam não por medo da asa cair, mas porque ela é irritante. É impossível turbulência causar uma queda.
21. Um piloto de uma companhia regional disse que as aeronaves que pilotava foram atingidas duas vezes por relâmpagos e afirma que a maioria dos pilotos já passaram por isso. Mas os aviões são construídos para aguentarem. “Você ouve um grande bum e vê um grande flash e acabou. Você não vai cair do céu.
20. Segundo um capitão de uma grande companhia ninguém sequer considera andar de carro a 100 km/h sem o cinto afivelado. Mas quando o avião corta o ar a 800 km/h ele apaga a luz de afivelamento do cinto e você o retira. Se o avião atinge um pequeno bolsão de ar a sua cabeça bate no teto.
19. Quando for reclinar seu assento “pelo amor de Deus” verifique atrás de você primeiro. Muitos notebooks quebram todo ano por que um passageiro decidiu tirar uma soneca e desce o encosto com força total sem preocupação com o que há por detrás de si.
18. Não existe assento mais seguro para escolher dentro de uma aeronave. Mas a área mais suave durante o voo é comumente a asa ou próximo dela. A área mais instável é a traseira, pois o avião é como uma gangorra. Se você estiver no meio não se move tanto.
17. Um dos pilotos aconselha que, caso não goste muito de voar, compre uma passagem aérea para os voos matinais. Segundo ele o aquecimento da superfície durante o dia torna o ar mais agitado e é muito mais provável pegar uma tempestade durante a tarde.
16. “Não fazemos você guardar seu laptop por estarmos preocupados com interferência eletrônica. É para evitar você ter um projétil no seu colo.” Ninguém quer ser acertado por um MacBook zunindo a 300 km/h.
15. “As pessoas não entendem porque não podem usar seus celulares. Bem, o que acontece é que 12 pessoas decidem ligar para alguém logo antes da aterrissagem e eu posso ter uma leitura falsa nos meus instrumentos que dizem que estamos mais altos do que realmente estamos.”
14. “Não queremos acabar com a sua diversão fazendo você tirar os fones de ouvido. Apenas queremos que você possa nos ouvir em caso de emergência.”
13. “Nós pedimos para você abrir a janela para que os comissários possam ver lá fora em caso de emergência e escolher qual é o melhor lado para uma evacuação. Também permite que a luz entre na cabine caso fiquemos no escuro, ajudando os passageiros a se orientarem caso o avião role ou gire.”
12. “Está com frio no avião? Avise o comissário de bordo. Estamos em uma batalha constante com eles com a temperatura. Eles se mexem o tempo todo pelos corredores, portanto sempre estão ligando dizendo ‘aumente o ar’. Mas a maioria dos passageiros que conheço está congelando.” Afirmou um capitão.
11. “Sempre falo para os meus filhos voarem com calçados resistentes. Se você tem que evacuar a aeronave e seus chinelos caem você ficará descalço no asfalto quente ou no mato.”
10. “A maioria das pessoas que adoece logo após voar geralmente não fica assim por causa do ar que respira, mas por causa do que tocam. Sempre assuma que o botão para reclinar o banco ou a bandeja não foram limpas.”
09. Um piloto afirmou que caso você se preocupe em respirar o ar mais fresco, sente-se na frente, já que o fluxo de ar nas aeronaves é da frente para o fundo. No fundo geralmente é mais quente também, segundo ele.
08. “Se os pilotos dormem lá [no cockpit]? Certamente. Algumas vezes é só um cochilo de dez minutos, mas acontece.”
07. “Há pessoas que tendem a pensar que o avião voa sozinho. Confie em mim, não é verdade. Ele pode voar sozinho em alguns momentos. Mas você está sempre com as mãos no controle esperando para ele estragar tudo. E ele estraga.”
06. “Uma vez eu voei no assento sobressalente de um cargueiro 747, que não leva passageiros. Assim que as portas fecharam o co-piloto foi para os fundos e colocou um roupão e chinelos. Sem brincadeira. Ele disse ‘Eu não vou usar uma gravata para um monte de caixas’”.
05. “Aliás, não usamos nossos chapéus no cockpit. Na TV você sempre vê estes pilotos com seus caps na cabeça e eles usam os headsets sobre o chapéu e isso sempre nos faz rir.”
04. “Aqui vai a verdade sobre os empregos em companhias aéreas: Você não ganha tanta folga quanto seus vizinhos pensam, você não ganha tanto dinheiro quanto seus parentes pensam e você não tem tantas namoradas quanto sua esposa pensa. Mas ainda não acredito que eles me pagam para fazer isso.” Disse um piloto comercial.
03. “Estamos indo em direção a uma tempestade com relâmpagos.” O que eles dirão em vez disso: “Parece que teremos um tempo revolto [ou 'chuva'] a frente.”
02. “Um de nossos motores falhou”. O que eles falam ao invés disso: “Um de nossos motores está indicando estar inadequado”. É mais provável que não digam nada e você nunca saberá. A maioria dos aviões vai bem com uma turbina parada.
01. “Pessoal, a visibilidade é zero”. O que eles falam ao invés disso: “Parece que há alguma neblina no aeroporto de Brasília”.
Os profissionais obviamente não se identificaram para não perder seus empregos!! 


46 - FRASES HILÁRIAS E INÉDITAS!
Amigo meu não tem defeito. Inimigo, se não tiver, eu ponho.
O primeiro suicídio a gente jamais lembra.
Dívida pra mim é sagrada. Deus lhe pague!
Não tenho tudo que amo mas o muambeiro vai arrumar.
Desabrochar: dez homens com problema de impotência.
Casamento: 1º=ilusão, 2º=insistência, 3º=burrice.
Eu sou tão macho, mas tão macho, que o meu lado feminino é sapatão.
Mulher não vale nada, até pobre tem.
Macho que é macho não come mel, chupa a abelha.
Tudo na vida é passageiro, menos cobrador e motorista!
O Ministério da Saúde adverte: Ficar doente é prejudicial à saúde!
O estudo é a luz do saber: Economize energia, não estude!
“Para que ter olhos azuis, se a natureza deixa os meus vermelhos?”(Bob Marley)
“Para que serve irmão mais novo se não é para apanhar?” (Jô Soares)
O Ministério da saúde adverte: A maconha causa perda de memória e diversos outros problemas que eu já esqueci.
Todo idiota tem um dom divino: O dom de ser idiota!
Um dia todos saberão o que se passa na cabeça de uma mulher. O problema será parar de rir…!!
Onde quer que você esteja, você sempre estará lá!


45 - COMO FAZER UMA MULHER FELIZ!
A história começa assim…
No mais alto pico do Tibet vive o mais sábio homem do mundo.
Certa vez um rapaz foi à sua procura e perguntou-lhe:
- Mestre dos mestres! Qual o caminho mais curto e seguro para o coração de uma mulher?
O mestre respondeu-lhe:
- Não há caminho seguro para o coração de uma mulher, filho. Só trilhas à beira de penhascos e caminhos sem mapas, cheios de pedras e serpentes venenosas..
- Mas, então, mestre… O que devo fazer para conquistar o coração da minha amada?
Então lhe disse o grande guru:
- Fazer uma mulher feliz é fácil. Só é necessário ser:
01) Amigo
02) Companheiro
03) Amante
04) Irmão
05) Pai
06) Chefe
07) Educador
08) Cozinheiro
09) Mecânico
10) Encanador
11) Decorador de Interiores
12) Estilista
13) Eletricista
14) Sexólogo
15) Ginecologista
16) Psicólogo
17) Psiquiatra
18) Terapeuta
19) Audaz
20) Simpático
21) Esportista
22) Carinhoso
23) Atento
24) Cavalheiro
25) Inteligente
26) Imaginativo
27) Criativo
28) Doce
29) Forte
30) Compreensivo
31) Tolerante
32) Prudente
33) Ambicioso
34) Capaz
35) Valente
36) Decidido
37) Confiável
38) Respeitador
39) Apaixonado
40) E, de preferência, RICO!!!
- Não cuspa no chão;
- Não coce o saco na frente dela;
- Não arrote alto. Aliás, não arrote;
- Dê flores e muitos.. Muitos presentes;
- Corte e limpe as unhas.. Não coma as unhas;
- Não peide sob o cobertor. Aliás, não peide.
- Levante a tampa do vaso antes de mijar.
- Deixe ela ter ciúme de você, ela pode;
- Use desodorante (que preste);
- Dê descarga depois de sair da privada;
- Não fale palavrão;
- Não seja engraçadinho com os outros;
- Não fale mal da mãe dela. Aliás, ame a mãe dela;
- Não tenha ciúme dela;
- Não fique barrigudo. Aliás, não engorde;
- Não demore no banho;
- Não chegue tarde em casa.
- Saia para trabalhar e volte correndo;
- Não beba até tarde com amigos. Aliás, não tenha amigos;
- Não seja pão-duro. Use pelo menos 2 cartões de crédito;
- Não diga que mulher não sabe dirigir;
- Não olhe para outras mulheres… Aliás, não existem outras mulheres;
- Aprenda a cozinhar;
- Diga “eu te amo” pelo menos 05 vezes por dia;
- Lave a louça;
- Ligue para ela, de qualquer lugar;
- Deixe ela conversar durante horas ao telefone;
- Não ronque;
- Não seja fanático por futebol;
- Faça a barba todos os dias para não arranhá- la;
- Nunca reclame de nada;
- Repare quando ela cortar o cabelo, mesmo que seja apenas as pontinhas, e diga sempre que ficou lindo…
E é muito importante ainda não esquecer as datas do seu: aniversário, noivado, casamento, formatura, menstruação, data do primeiro beijo; aniversário da mãe, tia, irmão ou irmã mais querida; aniversário dos avós, da melhor amiga… E do gato.
Infelizmente, o cumprimento de todas estas instruções não garante 100% a felicidade dela, porque poderia sentir-se presa a uma vida sufocante e fugir com o primeiro traste “gozador da vida” que encontre.
- E o mais importante, meu rapaz… Espere… Volte aqui…
- NÃO… NÃO PULE… NÃO SE MATEEEEEEEEEEEEE!!!


44 - O QUE IMPORTA SÃO OS RESULTADOS!
Em uma cidade do interior, viviam duas mulheres que tinham o mesmo nome: Flávia.
Uma era freira e a outra, taxista. Quis o destino que elas morressem no mesmo dia. Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-as.
- O teu nome?
- Flávia
- A freira?
- Não, a taxista.
São Pedro consulta suas notas e diz:
- Bem, ganhastes o paraíso. Leva esta túnica com fios de ouro. Pode entrar.
A próxima… O teu nome?
- Flávia
- A freira?
- Sim, eu mesma.
- Bem, ganhastes o paraíso. Leva esta túnica de linho. Pode entrar.
A religiosa diz:
- Desculpe, mas deve haver algum engano. Eu sou Flávia, a freira!
- Sim, minha filha, e ganhastes o paraíso. Leva esta túnica de linho..
- Não pode ser! Eu conheço a outra, Senhor. Era taxista, vivia na minha cidade e era um desastre! Subia as calçadas, batia com o carro todos os dias, conduzia péssimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E quanto a mim, passei 65 anos pregando todos os domingos na paróquia. Como é que ela recebe a túnica com fios de ouro e eu esta?
- Não há nenhum engano – diz São Pedro. É que, aqui no céu, adotamos uma gestão mais profissional do que a de vocês lá na Terra…
- Não entendo!
- Eu explico: Já ouviu falar de Gestão de Resultados? Agora nos orientamos por objetivos e observamos que, nos últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam. E cada vez que ela conduzia o táxi, as pessoas rezavam.
Enfim, resultado é o que importa!!!


43 - DICIONÁRIO DE PRAZOS CORPORATIVOS!
No mundo corporativo, entregar os projetos dentro dos prazos é fundamental. Mas atire a primeira pedra quem nunca furou um cronograma ou foi prejudicado pelo atraso de um colega.
Para você se prevenir dessas situações, listamos alguns prazos e expressões e seus REAIS significados:
DEPENDE - Envolve a conjunção de várias incógnitas, todas desfavoráveis. Em situações anormais, pode até significar sim, embora até hoje tal fenômeno só tenha sido registrado em testes teóricos de laboratório. O mais comum é que signifique diversos pretextos para dizer não.
JÁ JÁ - Aos incautos, pode dar a impressão de ser duas vezes mais rápido do que já. Ledo engano; é muito mais lento. Faço já significa “passou a ser minha primeira prioridade”, enquanto “faço já já” quer dizer apenas “assim que eu terminar de ler alguns blogs, prometo que vou pensar a respeito.”
LOGO - Logo é bem mais tempo do que dentro em breve e muito mais do que daqui a pouco. É tão indeterminado que pode até levar séculos. Logo chegaremos a outras galáxias, por exemplo. É preciso também tomar cuidado com a frase “Mas logo eu?”, que quer dizer “tô fora!”.
MÊS QUE VEM - Parece coisa de primeiro grau, mas ainda tem brasileiro que não entendeu. Existem só três tipos de meses: aquele em que estamos agora, os que já passaram e os que ainda estão por vir. Portanto, todos os meses, do próximo até o Apocalipse, são meses que vêm!
NO MÁXIMO - Essa é fácil: quer dizer no mínimo. Exemplo: Entrego em meia hora, no máximo. Significa que a única certeza é de que a coisa não será entregue antes de meia hora.
PODE DEIXAR - Traduz-se como “nunca”.
POR VOLTA - Similar a no máximo. É uma medida de tempo dilatada, em que o limite inferior é claro, mas o superior é totalmente indefinido. Por volta das 5h quer dizer a partir das 5h.
SEM FALTA - É uma expressão que só se usa depois do terceiro atraso. Porque depois do primeiro atraso, deve-se dizer “fique tranquilo que amanhã eu entrego .” E depois do segundo atraso, “relaxa, amanhã estará em sua mesa. Só aí é que vem o amanhã, sem falta.”
UM MINUTINHO - É um período de tempo incerto e não sabido, que nada tem a ver com um intervalo de 60 segundos e raramente dura menos que cinco minutos.
TÁ SAINDO - Ou seja: vai demorar. E muito. Não adianta bufar. Os dois verbos juntos indicam tempo contínuo. Não entendeu? É para continuar a esperar? Capisce! Understood? Comprendez-vous? Sacou? Mas não esquenta que já tá saindo…
VEJA BEM - É o Day After do DEPENDE. Significa “viu como pressionar não adianta?” É utilizado da seguinte maneira: “Mas você não prometeu os cálculos para hoje?” Resposta: “Veja bem…” Se dito neste tom, após a frase “não vou mais tolerar atrasos, OK?”, exprime dó e piedade por tamanha ignorância sobre nossa cultura.
ZÁS-TRÁS - Palavra em moda até uns 50 anos atrás e que significava ligeireza no cumprimento de uma tarefa, com total eficiência e sem nenhuma desculpa. Por isso mesmo, caiu em desuso e foi abolida do dicionário.


42 - HISTÓRIA DE ARREPIAR!
Caso verídico - PARA VOCÊ QUE ACREDITA EM HISTÓRIAS DE OUTRO MUNDO, LEIA ESTA COM BASTANTE ATENÇÃO
Numa noite escura e de temporal, estava uma escultural loira de nome Paty na beira de uma estrada secundária mal iluminada pedindo carona. Nenhum carro passava, e a tempestade estava tão furiosa que ela não conseguia ver dois palmos à frente do nariz!
Subitamente, Paty viu um carro aproximar-se dela e parar. Radiante, saltou de imediato para dentro do carro, fechando a porta ,e se deparou com o fato de não haver ninguém no local do motorista!!!
O carro reiniciou então a marcha, lentamente, e Paty olha para a estrada e vê uma curva aproximar-se, estando o carro a dirigir-se para ela perigosamente.
Aterrorizada, e ainda mal refeita do choque de se encontrar num carro fantasma, começa a rezar fervorosamente para que a sua vida seja poupada.
E é nesse instante, quando a curva se encontra a apenas uns escassos metros do carro, que uma mão surge da janela do carro e move o volante.
Paralisada de terror e medo, continua a observar as constantes aparições da mão, antes de cada curva do caminho. Até que, reunindo as escassas forças que ainda possuía, salta do carro se ralando toda e sai em disparada desesperada para a cidade mais próxima.
Cansada, encharcada e em estado de choque, entra num café onde emborca de imediato dois drinques: um Martini e Blood Mary, relatando debilmente o que lhe havia acontecido, perante o olhar estarrecido dos outros clientes.
Logo depois dois homens entram no mesmo café, absolutamente encharcados, exclamando então um para o outro:
“Olha lá, a loira retardada que entrou no nosso carro quando nós estávamos empurrando!!! ”


41 - MÉTODO DO TIJOLO PARA CONTRATAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS!
O método consiste em colocar todos os candidatos num galpão e disponibilizar 200 tijolos para cada um.
Não dê orientação alguma sobre o que fazer.
Em seguida, tranque-os lá e, após seis horas, volte e verifique o que fizeram.
Segue a análise dos resultados:
01 – Os que contaram os tijolos, contrate como contadores.
02 – Os que contaram e em seguida recontaram os tijolos, são auditores.
03 – Os que espalharam os tijolos são engenheiros.
04 – Os que tiverem arrumado os tijolos de maneira muito estranha, difícil de entender, coloque-os no Planejamento, Projeto e Implantação e Controle de Produção.
05 – Os que estiverem jogando tijolos uns nos outros, coloque-os em Operações.
06 – Os que estiverem dormindo, coloque-os na Segurança.
07 – Aqueles que picaram os tijolos em pedacinhos e estiverem tentando montá-los novamente, devem ir direto à Tecnologia da Informação.
08 – Os que estiverem sentados sem fazer nada ou batendo papo-furado, são dos Recursos Humanos.
09 – Os que disserem que fizeram de tudo para diminuir o estoque mas a concorrência está desleal e será preciso pensar em maiores facilidades, são vendedores natos.
10 – Os que já tiverem saído, são gerentes.
11 – Os que estiverem olhando pela janela com o olhar perdido no infinito, são os responsáveis pelo Planejamento Estratégico.
12 – Os que estiverem conversando entre si com as mãos no bolso demonstrando que nem sequer tocaram nos tijolos e jamais fariam isso, cumprimente- os com muito respeito e coloque-os na Diretoria.
13 – Os que levantaram um muro e se esconderam atrás são do Departamento de Marketing.
14 – Os que afirmarem não estar vendo tijolo algum na sala, são do Departamento Jurídico.
15 – Os que reclamarem que os tijolos ‘estão uma merda, sem identificação, sem padronização e com medidas erradas’, coloque na Qualidade.
16 – Os que começarem a chamar os demais de ‘companheiros’ , elimine imediatamente antes que criem um sindicato.


40 - PERFIS DE PROFISSIONAIS DE TI! 
1. O terno vazio:
Cargos: Gerente do departamento, analista de negócios
Perfil: Contratado para ser uma ligação entre a gestão de alto nível e os técnicos. Atua como um intermediário durante as visitas de clientes. Decorou a maioria das siglas importantes e domina a arte de assentir conscientemente em reuniões e, em seguida, navegar pela Wikipedia para descobrir sobre o que se estava falando. Em alguns casos, pode ter um diploma ou certificado de alguma instituição online duvidosa.
Hobbies: Controlar os novatos
Último livro lido: “O Manifesto ClueTrain”
Maior realização: Perder propositalmente jogos de golfe para os executivos de nível C
Traços marcantes: Imitações baratas de roupas
Ídolo: Michael Dell
É parecido com: Michael Scott (Steve Carrel) da série de TV “The Office”

2. O assustador administrador de sistemas:
Cargos: Administrador de rede, administrador de bancos de dados.
Perfil: A companhia não funciona sem ele – e ele sabe disso. Felizmente, esse profissional gosta mais de lidar com máquinas do que com pessoas, então você pode ficar tranquilo e confiante, porque ele gasta mais tempo do que o necessário para manter os sistemas ativos.
Hobbies: Ganhar certificados, escrever subrotinas de segurança para redes em código binário para proteger dados do setor
Último livro lido: “O Livro Completo de Truques Sujos” (Get Even: The Complete Book of Dirty Tricks)
Maior realização: Manteve toda a rede refém ao se recusar a fornecer as senhas para o “Terno Vazio”
Traços marcantes: Algemas e um macacão laranja
Ídolo: Terry Childs (ex-administrador de redes nos EUA que ganhou notoriedade ao bloquear o acesso a uma rede em São Francisco, EUA)
É parecido com: Terry Childs

3. A barricada humana:
Cargos: Desenvolvedor de software, arquiteto empresarial, administrador de sistemas.
Perfil: Independente do projeto ou tarefa apresentados, a “barricada humana” sempre responde da mesma forma: não é possível. A resposta é seguida por uma lista dolorosamente detalhada de todas as razões pelas quais o projeto custará muito, terá baixo rendimento ou não poderá ser integrado no tempo necessário. E, é claro, foi uma má ideia desde o começo.
Hobbies: Reclamar
Último livro lido: “Odeio Esse Lugar: O Guia da Vida para o Pessimista” (I Hate This Place: The Pessimist’s Guide to Life).
Maior realização: Não ter realizado nada desde 1979
Traços marcantes: Camisa knit com gola, calça cáqui e ainda carrega uma régua de cálculo
Ídolo: O personagem Eeyore, o burrinho do desenho animado o “Ursinho Pooh”
Mais se parece com: O androide paranóico Marvin, de “The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy”

4. O zangão irritado do suporte:
Cargo: Técnico de suporte
Perfil: Contratado para andar de mesa em mesa consertando computadores de pessoas que parecem não valer o seu tempo. Fará o que você pedir e nada a mais. Sabe mais do que você em relação a computadores – algo que ele consegue provar em todas as conversas – mas não está interessado em compartilhar informações úteis.
Hobbies: Armas, tiroteios, atos de violência aleatórios
Último livro lido: “Qual a Cor do Seu Paraquedas?” (What Color is Your Parachute?)
Maior realização: Morte tripla jogando Halo
Traços marcantes: Carranca permanente e tênis Nike de 1982
Ídolo: William “D-fens” Foster (Michael Douglas) em “Um Dia de Fúria”
Mais se parece com: Milton Waddams (Stephen Root) em “Office Space”

5. O Supernerd:
Cargos: Engenheiro de softwares, programador sênior.
Perfil: Inteligente, lógico e antissocial, ou, em outras palavras, o que a maioria das pessoas pensa de um profissional de TI. O Supernerd pode ser classificado como introvertido, com pensamento intuitivo e julgador de caráter. Se ele precisar se comunicar com seres de inteligência inferior (exemplo: você), prefere fazer isso por e-mail.
Hobbies: O que são essas coisas chamadas hobbies?
Último livro lido: “Código: A Linguagem Oculta de Hardware e Software de Computadores” (Code: The Hidden Language of Computer Hardware and Software)
Maior realização: Reescrever completamente e analisar cada linha do código de um sistema sem ninguém ter percebido
Traços marcantes: Algumas vezes confunde a vida real com Second Life ou digita no ar sem perceber
Ídolo: Mr. Spock
Mais se parece com: Dr. Sheldon Cooper (Jim Parsons), da série de TV “The Big Bang Theory”

6. O fã de sistemas operacionais:
Cargos: Help desk, técnico de suporte, programador.
Perfil: Há apenas um caminho verdadeiro – e, mais importante, apenas um sistema operacional verdadeiro – para essa pessoa. Todos aqueles que não acreditam nisso são tolos, cujas necessidades tecnológicas serão ignoradas. Apesar de, na maioria dos casos, associados aos produtos da Apple, algumas vezes também gostam das plataformas Windows ou até mesmo Linux. Todas as conversas terminam com justificativas sobre as razões pelas quais o sistema operacional dele é melhor, apesar da companhia não utilizá-lo.
Hobbies: Retrucar comentários de artigos online que criticam o sistema operacional de sua escolha
Último livro lido: Nenhum; apenas lê blogs sobre o seu sistema operacional favorito
Maior realização: Crackear o iPhone, manter-se aliado ao Windows Vista, controlar todas as editorias da Ubuntu wiki
Traços marcantes: Botões de orelha branca, camiseta original estilo Microsoft Bob, um pinguim empanado
Ídolos: Steve Wozniak, Bill Gantes, Linus Torvalds
Mais se parece com: Steve Ballmer

7. O promessinha:
Cargos: Outbound de vendas, desenvolvedor de negócios
Perfil: Não há nada que essa pessoa não diga para fechar um negócio. Você quer recursos que o produto original não tem? Fechado. Se precisa de algo em seis meses, o “promessinha” conseguirá em três. É claro, ele não tem que entregar nada – esse é um trabalho para os desenvolvedores. Atrasos, gastos excessivos e recursos extras serão a dor de cabeça de outra pessoa.
Hobbies: golfe, Michelob Ultra
Último livro lido: “A Arte da Guerra” (Sun Tzu)
Maior realização: Fechar um negócio de software corporativo de milhões de dólares usando uma versão de demonstração baixada da internet
Traços marcantes: Sorriso de vendedor de carros usados.
Ídolo: Blake (Alec Baldwin) em “O Sucesso a Qualquer Preço”
Mais se parece com: Jack Donaghy (Alec Baldwin) em “30 Rock”

8: O vulto:
Cargos: Desconhecidos.
Perfil: Não é problema meu, não é meu trabalho, não é culpa minha – esse é o slogan do Vulto que, de alguma forma, consegue ocupar espaço no departamento de TI (e receber um pagamento) sem preenchê-lo. Ninguém sabe ao certo o que o Vulto faz, sempre porque ele ou ela se tornou um expert em não fazer quase nada. Com o tempo, o Vulto pode receber responsabilidades de gestões, para depois evoluir para a “barricada humana”.
Hobbies: Vender hardware não usado pela empresa no eBay durante o almoço.
Último livro lido: “Ninjutsu: A Arte da Invisibilidade” (Ninjutsu: The Art of Invisibility)
Maior realização: Tirar um mês de férias sem que o chefe percebesse.
Traços marcantes: Nenhum.
Ídolo: Sargento Schultz (John Banner) em “Hogan’s Heroes”.
Mais se parece com: Uma célula não identificada na folha de pagamento.


39 - CÚMULOS!
Arrepio: Ver um banguela mordendo gilete.
Arrependimento: O carrasco sentir um nó na garganta depois de enforcar alguém.
Aventura: Fazer sexo oral com uma canibal.
Barulho: Duas caveiras transando em cima de um teto de zinco.
Basquete: Jogar a bola na cesta e ela cair no sábado.
Burrice 1: Ser reprovado no exame de fezes.
Burrice 2: Abrir a caneta para ver de onde sai as letras.
Censura: Proibir a mulher de abrir as pernas na hora do parto.
Chuva: Cumulus Nimbus.
Ciúmes: Brigar com a mulher porque só um dos gêmeos se parece com o pai.
Coincidência: No cinema, extrair meleca do nariz, fazer uma bolinha e, ao grudá-la debaixo do assento, encontrar outra.
Confiança: Jogar palitinho pelo telefone.
Concisão: Numa redação sobre um jogo de futebol, escrever: "Partida adiada devido ao mau tempo".
Decepção: Na final de uma Copa do Mundo, perder para a França por 3 a 0.
Desconfiança: Fazer compras e não poder pagar nem em dinheiro.
Desespero: Fugir de um incêndio, com uma faca na mão e prender o pau na porta!
Desperdício 1: Uma Kombi com dois políticos cair num abismo. (Numa Kombi cabem doze!)
Desperdício 2: Comprar um chapéu para quem vive perdendo a cabeça.
Dificuldade: Tirar meleca do nariz com luvas de box.
Distração: Na lua-de-mel, levantar da cama, deixar 10 dólares na mesinha de cabeceira e ir embora.
Economia 1: Tirar cera do ouvido e passar no chão.
Economia 2: Usar papel higiênico dos dois lados.
Educação: O viado sendo enrabado de quatro na cama, falar para o seu amante: "Desculpe-me por lhe dar as costas".
Egoísmo: Não vou contar para ninguém.
Ejaculação Precoce: O cara já está vestindo o pijama e a mulher ainda está tirando a camisola.
Elasticidade: Colocar um pé em cima do Pão de Açúcar, o outro no Morro do Corcovado e lavar o saco na Baía da Guanabara.
Engano: Uma minhoca entrar numa macarronada pensando que é uma suruba.
Esperança: Travesti tomar groselha na esperança de ficar menstruado.
Esquecimento: Ih! Esqueci!
Exagero: Passar manteiga no Pão de Açúcar.
Feiura: Olhar-se no espelho e ter sete anos de azar.
Força: Dobrar uma esquina.
Frigidez: Você perguntar para a sua amante: "Você gostou?" E ela responder: "De quê?"
Futebol: Chutar a bola no Gol e acertar o Corsa.
Gentileza: Meu pau levantar para você sentar.
Globalização: Uma princesa inglesa e seu namorado egípcio, viajavam em um carro alemão dirigido por um motorista dinamarquês que encheu a cara de whisky escocês, sendo perseguidos em alta velocidade por fotógrafos italianos pilotando motocicletas japonesas. O carro bate em um túnel francês e a princesa é atendida por um médico brasileiro. Ela morre e seu corpo é levado para a Inglaterra em um avião americano.
Ingratidão: O adolescente entregar para o pai um vidrinho cheio de esperma e dizer-lhe: "Toma, não te devo mais nada!".
Inocência: A menininha de 12 anos espremer os peitinhos achando que é espinha.
Inteligência: Comer sopa de letrinhas e cagar em ordem alfabética.
Lerdeza 1: Apostar corrida sozinho e pegar segundo lugar.
Lerdeza 2: Assistir corrida de lesma em câmara lenta.
Magreza 1: Usar Band-Aid ao invés de Modess.
Magreza 2: Se deitar numa agulha e se cobrir com a linha.
Maldade: Colocar tachinhas na cadeira elétrica.
Masoquismo: Escorregar nu num tobogã de gilete, cair uma piscina de álcool, tomar uma ducha de sal e se enxugar com Bom-Bril.
Naniquice: Sentar no chão e balançar as pernas.
Nojeira: Chupar o nariz de um mendigo morto até esvaziar sua cabeça.
Nulidade: Ser reserva de gandula.
Paciência 1: Limpar o c* do elefante com cotonetes!
Paciência 2: Vomitar de canudinho!
Pão-durismo: Atravessar um rio a nado, com um sonrisal em cada mão e chegar do outro lado sem que eles derretam.
Pontaria: Comer uma mulher grávida e acertar o c* da criança.
Azar: A criança ser você.
Precaução 1: Bicha tomar pílula.
Precaução 2: Ouvir um disco do Cazuza com agulha descartável.
Preguiça: Casar com uma mulher grávida de outro.
Rapidez 1: Fechar a gaveta e jogar a chave dentro
Rapidez 2: Cagar da janela do 14º. andar de um edifício, descer correndo pelas escadas e ao chegar na calçada olhar para cima e ver o c* piscando.
Rapidez 3: Correr em volta de uma sala e conseguir tocar as próprias costas.
Rebeldia: Morar sozinho e fugir de casa.
Respeito: Comer uma viúva com camisinha preta.
Sacanagem: Um mudo está na privada cagando e um cego chegar para mijar.
Sede: Tomar um ônibus.
Traição: Suicidar-se com uma facada nas costas.
Vaidade: Engolir um batom para passar na boca do estômago.
Vadiagem: A morte bater à porta e o sujeito não estar em casa.
Vegetarianismo: Levar a loira para o mato e comer o mato.
Visão: Derrubar 10 faixas pretas com um golpe de vista.
Vôlei: Você dar uma Manchete e acertar na Globo.
Falta do que fazer: Entrar na Internet e ficar lendo essas baboseiras.
Idiotice: Achar graça do que leu.


38 – FÉRIAS DE VERÃO!
Certa ocasião uma família inglesa foi passar as férias na Alemanha. No decorrer de um de seus passeios, os membros da referida família perceberam uma pequena casa de campo, que lhes pareceu boa para passarem as férias de verão. Falaram com o proprietário, que era um pastor protestante, e combinaram ficar com ela para o verão. Regressando à Inglaterra, discutiram muito sobre os problemas da casa. De repente, a senhora lembrou-se de não ter visto o W.C..
Confirmando o sentido prático dos britânicos, escreveram ao pastor protestante para obter tal informação. A carta foi assim redigida:
"Gentil Pastor,
Sou membro da família que há pouco visitou-o com o fim de alugar a sua propriedade no próximo verão, mas esquecemos de um detalhe e agradeceríamos se nos informasse. Onde se encontra o W. C.."
O Pastor alemão, não compreendendo bem o sentido exato da abreviatura W. C., e julgando tratar-se de uma capela, da seita religiosa inglesa "White Chapel", mandou em resposta a seguinte carta:
"Gentil Senhora,
Recebi sua carta e tenho o prazer de comunicar-lhe que o local a que se refere fica a 12 quilômetros da casa. Isto é muito cômodo, principalmente para quem tem o hábito de ir para lá e ficar o dia todo. Alguns vão a pé, outros de bicicleta. Há lugar para 400 pessoas sentadas e 100 em pé. O ar é condicionado para evitar inconvenientes de aglomerações. Os assentos são de veludo.
Recomenda-se chegar cedo para arrumar lugar sentado. As crianças sentam-se ao lado dos adultos e todos cantam em coro.
Alguns suspiram, outros riem e ainda há os que choram de alegria. Na entrada, é fornecida uma folha de papel para cada pessoa, mas se alguém chegar atrasado, ou depois da distribuição, pode usar a folha do vizinho ao lado. Tal folha deve ser restituída na saída para ser usada durante todo o mês.
Existem amplificadores de sons. Tudo o que se recolhe é para as crianças pobres da região. Fotógrafos tiram fotografias para os jornais da cidade, de modo que todos possam ver seus semelhantes no cumprimento de seu dever, tão humano."


37 – IGNOBEL!
A seguir, alguns dos ilustres ganhadores. Gênios incontestáveis, para o bem, para o mal, ou simplesmente para o mais completo ridículo.
- 1991 -
- Biologia - Robert Graham, porque inventou um banco de sêmen que aceitava doações de esperma de ganhadores do outro prêmio, o Nobel (o de verdade). A ideia até parece boa, mas soa como um segregacionismo aos modos de Hitler. Além disso, o fato de ter sido gerado com o sêmen de um gênio não significa que uma criança receba como herança, essa virtude.
Paz - O físico Edward Teller, por ter criado a bomba de hidrogênio americana. Teller também é o mentor do programa Guerra nas Estrelas, de defesa espacial contra mísseis balísticos.
Economia - Michael Milken, operador da Bolsa de Valores de Nova York, que criou ações fantasmas e faturou milhões de dólares até ser descoberto. Por isso, foi condenado a 20 anos de cadeia e não pôde ir receber o prêmio.
- 1992 -
Medicina - Uma equipe japonesa do Centro de Pesquisa Shisedo, de Yokohama, pelas valiosas pesquisas sobre as causas do chulé. De fato, a pesquisa em si, é séria. O engraçado foi a conclusão do trabalho, que parece não concluir nada. Quem acha que tem chulé, sempre tem, e quem acha que não, não tem mesmo.
Arqueologia - Um grupo de escoteiros, o Éclaireurs de France, que apagou importantes pinturas pré-históricas em uma caverna achando que eram pichações, quando realizavam uma cruzada pela limpeza.
Literatura - Yuri Struchkov, por ter participado como coautor de 948 artigos científicos, de 1981 a 1990, o que dá uma boa média de produção intelectual: Um artigo a cada 3,7 dias. Mas Struchkov é um simples operador de um equipamento e acabou ganhando os créditos, como coautor, até em algumas pesquisas das quais não entende patavina.
Biologia - O médico americano Cecil Jacobson, pelo seu método de controle de qualidade do sêmen na inseminação artificial. Ele só inseminava mulheres com o próprio sêmen.
- 1993 -
Medicina - Os médicos James Nolan, Thomas Stilwell e John Sands Jr. Eles fizeram trabalhos, publicados em duas revistas de medicina sérias, explicando a seus colegas de profissão como se deve proceder nos casos em que um pênis fica preso em um zíper.
Química - James e Gaines Campbell, que inventaram o odioso método de se colocar perfume nas páginas de revistas.
Literatura - São 972 ganhadores, que fazem parte de uma equipe que fez uma pesquisa médica internacional, em 15 países. O resultado saiu em uma das mais prestigiosas revistas médicas do planeta, a The New England Journal of Medicine, assinado pelos 972 coautores.
- 1994 -
Física - Agência Meteorológica Japonesa, por um estudo de sete anos sobre possíveis terremotos causados pelo movimento de peixes rebolando suas caudas.
Economia - Juan Pablo Davila, corretor e ex-empregado da Codelco, uma empresa do governo do Chile. Ele instruiu seu computador para comprar quando queria vender, provocando um enorme prejuízo à estatal. Em seguida, fez negócios desastrados tentando recuperar o prejuízo que causou.
-Entomologia - Robert A. Lopez, veterinário de Westport, Nova York, que coletou parasitas Otodectes cynotis, comum em gatos, e os colocou no próprio ouvido, para ver o que acontecia.
Medicina - Richard C. Dart, do Centro de Veneno de Rocky Mountain, Richard A. Gustafson, da Universidade de Arizona, e o paciente, um ex-fuzileiro naval cujo nome foi omitido. Os médicos levaram o prêmio pelo seu artigo "Fracasso do Tratamento com Choque Elétrico para Envenenamento por Cascavel", e o paciente, por ter sido picado por sua cobra de estimação e pedido para ser tratado com choques no lábio.
Paz - John Hagelin, da Universidade Maharishi e do Instituto de Ciência, Tecnologia e Política Pública, de Washington, DC, pela sua conclusão de que uma meditação feita por 4.000 pessoas na capital dos Estados Unidos, baixou em 18% o crime violento na cidade.
Matemática - A Igreja Batista Sulista de Alabama, pela sua contagem precisa, em cada um dos municípios do Alabama, de quantos cidadãos poderão ir para o inferno caso não se arrependam de seus pecados.
Biologia - W. Brian Sweeney, Brian Kratte-Jacobs, Jeffrey W. Britton e Wayne Hansen, pelo revolucionário estudo "O soldado com prisão de ventre: Prevalência entre tropas dos EUA", publicado em Military Medicine.
Psicologia - Lee Kuan Yew, ex-primeiro-ministro de Cingapura, por punir seus cidadãos toda vez que eles cospem, mascam chiclete ou alimentam pombos.
Literatura - L. Ron Hubbard, pela sua ficção científica, por ter fundado a Cientologia e escrito o livro Dianética, altamente lucrativo para a humanidade (ou uma parte dela).
Química - Bob Glasgow, senador estadual texano, por promover uma lei para controlar drogas, tornando ilegal a compra de tubos de ensaio e outros frascos de vidro para laboratório sem a devida licença. 


36 – FRASES MÉDICAS:
As frases abaixo foram encontradas em relatórios médicos e fichas de pacientes nos Estados Unidos. Foram escritas por profissionais de saúde incluindo um ou dois médicos em hospitais de renome.
- O bebê nasceu, o cordão foi amarrado e cortado, e entregue ao pediatra, que respirou e chorou imediatamente.
- A pele estava úmida e seca.
- O paciente teve torradas no café da manhã e anorexia no almoço.
- Ela declarou que esteve constipada a maior parte de sua vida até 1989 quando ela pediu o divórcio.
- O paciente estava em seu estado de boa saúde habitual quando seu avião ficou sem gasolina e caiu.
- O paciente vive em casa com sua mãe, seu pai e sua tartaruga, que está atualmente num programa de acompanhamento médico três vezes por semana.
- O sangramento começou na região do reto e continuou por todo o trajeto até Los Angeles.
- Ambos os peitos estão iguais e reagem à luz e à acomodação.
- O exame da genitália foi completamente negativo exceto pelo pé direito.
- Enquanto estava na sala de emergência, ela foi examinada, radiografada e enviada para casa.
- O paciente deveria fazer uma cirurgia do intestino. Entretanto, ele aceitou um emprego de corretor da bolsa.
- Vindo de Detroit, este homem não tem filhos.
- Quando ela desmaiou, seus olhos rolaram pelo quarto.
- O exame revelou um homem bem desenvolvido deitado na cama com sua família não aflita. 


35 – JORNAL VANCOUVER SUN!
Esta vem originalmente do jornal Vancouver Sun. Trata-se de respostas dadas por alunos de escolas secundárias para um teste de conhecimento da Bíblia.
- A mulher de Noé se chamava Joana d`Arc.
- A mulher de Lot era um pilar de sal durante o dia e uma bola de fogo durante a noite.
- Moisés subiu ao Monte Cianureto para pegar os Dez Mandamentos.
- O sétimo mandamento é: "Não admitirás adultério".
- Josué liderou os Hebreus na batalha de Geritol.
- Jesus nasceu porque Maria teve uma imaculada contração.
- As pessoas que seguiram Jesus foram chamadas de "Os doze decibéis".
- As epístulas eram as esposas dos apóstolos.
- Paulo pregou acrimônia, que era um outro nome para casamento.
- Davi combateu os Finkenteins, uma raça de pessoas que viviam nos tempos bíblicos.
- Um homem só pode ter uma única mulher. Isso é chamado monotonia.
- Os judeus tiveram muitos problemas durante sua história por causa de suas genitálias antipáticas. 


34 – ENTREVISTA DE UMA RÁDIO CANADENSE:
O diálogo a seguir é uma entrevista de uma rádio canadense. A repórter, bem vistosa por sinal, está entrevistando o organizador de um acampamento de férias:
Repórter: "Então, senhor Jones, o que vocês farão com as crianças nestas férias?"
Sr. Jones: "Nós vamos ensinar-lhes alpinismo, canoagem, arco-e-flecha, tiro".
Repórter: "Tiro? É um tanto irresponsável, o senhor não acha?"
Sr. Jones: "Não vejo porque. As crianças estarão permanentemente supervisionadas".
Repórter: "O senhor não admite que é uma atividade extremamente perigosa para ser ensinada a crianças?"
Sr. Jones: "Não vejo porque. Nós vamos ensinar-lhes tudo sobre disciplina antes que comecem a tocar em armas de fogo".
Repórter: "Mas vocês estarão equipando estas crianças para se tornarem assassinos!"
Sr. Jones: "Bem, você está equipada para ser uma prostituta. Mas não é uma, não é?"


33 – RELATÓRIOS DE COMPANHIAS DE SEGUROS:
Mais besteirol retirado de relatórios de companhias de seguros, desta vez da Nortwitch Union:
"Comecei a reduzir, mas o tráfego estava mais imóvel do que eu imaginava."
"Percebi que saia fumaça debaixo do capô. Compreendi que o carro estava pegando fogo, então peguei meu cachorro e o sufoquei num cobertor."
Questionário preenchido após um acidente de atropelamento de uma vaca:
- Que aviso foi usado?
- Buzinei
- Qual foi a resposta da outra parte?
- Ela mugiu.
"Eu estava fazendo a curva quando notei um camelo e um elefante amarrados no acostamento. A distração me fez perder a concentração e bater no poste de sinalização."
"Eu estava a 110-120 km/h quando minha garota que estava sentada no banco de trás agarrou meus testículos. Foi nesse momento que eu perdi o controle do carro."
"Eu não pensava que a limitação de velocidade se aplicava depois da meia noite."
"Eu não sabia que a cadela era muito possessiva com seu carro, mas não teria lhe pedido para dirigir se eu soubesse que haveria algum risco."
"Vidro do para-brisa quebrado. Causa desconhecida. Provavelmente fenômeno sobrenatural."
"O carro que me precedia bateu no pedestre, mas ele se levantou e eu o atropelei novamente."
"Eu me afastei do acostamento, dei uma olhada na minha sogra e me dirigi direto para o barranco."
"Voltando para casa, entrei na casa errada e bati numa árvore que eu não possuo."
"O outro carro bateu no meu sem avisar a respeito de suas intenções."
"Eu pensava que meu vidro estava abaixado, mas percebi que não era o caso quando minha cabeça passou por ele."
"Bati num caminhão estacionado que vinha em sentido inverso."
"O caminhão recuou através do para-brisa no rosto de minha esposa."
"Um pedestre me bateu e passou por baixo do meu carro."
"O sujeito estava estatelado na estrada. Tive que desviar várias vezes antes de bater nele."
"Querendo matar uma mosca, acabei batendo num poste de luz."
"Para evitar bater no para-choque do carro em frente, atropelei o pedestre."
"Meu carro estava bem estacionado, mas ele recuou sobre o outro veículo."
"Um carro invisível, vindo de parte alguma, bateu em meu carro e se volatilizou."
"Eu tinha certeza de que o velhinho não conseguiria alcançar a outra calçada quando bati nele."
"O pedestre não sabia para que lado ir, então eu o atropelei."
"Vi aquele senhor de olhar triste, no momento em que ele se estatelava no capô do meu carro."
"Fui expulso de meu carro quando ele saiu da estrada. Mais tarde, fui encontrado no acostamento por umas vacas que passavam por lá." 


32 - LADA!
01 - Como dobrar o valor de um Lada? Encha o tanque!
02 - Por que o novo Lada tem 4 pedais? Um para o acelerador - Um para o freio - Um para a embreagem - Um para encher o air-bag;
03 - Quantas pessoas são necessárias para fabricar um Lada? Quatro. Duas dobram, e duas passam a cola.
04 - Qual é a aceleração máxima do Lada? 9.81 m/s
05 - Por que dois donos de Lada se reconhecem imediatamente quando se encontram? Eles já se viram de manhã na oficina.
06 - Quantas pessoas pode-se colocar num Lada? Depende da potência do caminhão-guincho.
07 - Qual é a diferença entre um Lada e uma Testemunha de Jeová? Com uma Testemunha de Jeová você pode fechar a porta.
08 - Qual é a diferença entre um Lada e a Aids? A Aids dá para passar adiante.
09 - O que é que está na página 39 do manual do proprietário do Lada? O horário do ônibus.
10 - O que é um Lada no alto de um morro? Um milagre.
11 - E o que são dois Ladas no alto de um morro? Ficção científica.
12 - E três Ladas no alto de um morro? Lugar esquisito para construir uma fábrica da Lada.
13 - E mil Ladas no alto de um morro? Um ferro-velho.
14 - Quantos quilômetros duram os pneus dianteiros do Lada? 150.000 km. Eles não sofrem desgaste quando o carro é guinchado.
15 - Por que não se troca óleo do Lada? Por que a primeira revisão é com 20.000 km.
16 - Onde fica o estepe do Lada? Não tem. Em caso de furar um pneu, use o volante.
17 - Quanto tempo se perde com um Lada na vistoria? Não se sabe. Nunca nenhum chegou até la.
18 - Um Lada? Legal. Um carro? Melhor.
19 - Qual é a diferença entre um Lada e uma bengala branca? Nenhuma. Só cego é que compra.
20 - O que é um Lada em mil pedaços? É o vibracall do celular do dono que tocou.
21 - Como é o novo modelo de alarme anti roubo do Lada? Aumentaram o logotipo.
22 - Qual a diferença entre um russo e um caranguejo? É que o caranguejo anda de lado, e o russo de Lada. 


31 - SABONETES: MUITO BOA!
Dizem que esta é uma história verdadeira da correspondência trocada entre um hóspede e os funcionários de um hotel que diariamente coloca novos mini sabonetes nos quartos:

Cara Arrumadeira,
por favor, não deixe mais estes pequenos sabonetes no quarto. Eu trouxe meu próprio sabonete de tamanho normal. Por favor, remova os seis sabonetes que estão na prateleira embaixo do armário do banheiro e os outros três que estão no box. Estão atrapalhando.
Obrigado.
S. Takada

Caro Hóspede,
eu não sou sua arrumadeira regular. Ela estará de volta da sua folga amanhã, quinta-feira. Eu removi os três sabonetes do box, conforme solicitado. Coloquei os seis que estavam na prateleira dentro do suporte de lenços de papel. Com isso sobram apenas os três que deixei hoje, conforme instruções da gerência. Espero que seja satisfatório.
Benita - Arrumadeira de plantão

Cara Arrumadeira (espero que seja minha arrumadeira regular)
Benita aparentemente não falou sobre o meu bilhete referente aos sabonetes. Quando voltei hoje para o quarto, encontrei mais três na prateleira embaixo do armário. Eu vou ficar hospedado aqui por duas semanas e trouxe meu próprio sabonete de tamanho normal e não necessitarei dos seis mini sabonetes que estão na prateleira. Eles atrapalham quando uso a pia. Por favor, remova-os.
S. Takada

Caro Sr. Takada,
minha folga foi na última quarta e a arrumadeira de plantão deixou os três sabonetes conforme as instruções da gerência. Eu tirei os seis sabonetes que estavam na prateleira e coloquei na saboneteira do box. Coloquei o sabonete que estava no box dentro do armário para sua comodidade. Eu não removi os três sabonetes complementares que sempre são colocados dentro do armário toda vez que o novo hóspede se registra, pois o senhor não fez objeção quando se hospedou no hotel na segunda-feira. Por favor me informe se há algo mais em que eu possa ajudar.
Fátima

Caro Sr. Takada,
o subgerente, Sr. Caio, me informou esta manhã que o senhor chamou-o ontem a noite e disse que estava insatisfeito com nosso serviço de arrumadeira. Eu designei uma nova funcionária para seu quarto. Espero que o senhor aceite minhas desculpas por qualquer inconveniência. Se tiver alguma outra reclamação, por favor entre em contato comigo e darei atenção pessoal ao caso. Estou disponível das 8 da manhã às 17:30 no ramal 1108.
Maria Toledo - supervisora das arrumadeiras

Cara Srta. Toledo,
é impossível para mim entrar em contato por telefone, pois saio para o trabalho às 7:45 e não volto antes das 17:30. Por esta razão, entrei em contato com o Sr. Caio ontem a noite. Eu pedi a ele que trouxe um sabonete de tamanho normal e não necessitarei dos seis mini sabonetes que estão na prateleira. Eles atrapalham quando uso a pia. Por favor, remova-os.
S. Takada

Caro Sr. Takada,
sua arrumadeira, Benita, foi instruída a parar de entregar os sabonetes e remover todos os que estivessem no seu quarto. Se eu puder ajudar em algo mais, estarei disponível das 8 da manhã às 17:30 no ramal 1108.
Maria Toledo - supervisora das arrumadeiras

Caro Sr. Caio
Todos os sabonetes foram removidos do quarto, inclusive o de tamanho normal!
Quando cheguei ontem à noite, tive que chamar o serviço de quarto e pedir que trouxessem mini sabonetes.
S. Takada

Caro Sr. Takada
Informei nossa supervisora, Maria Toledo, do seu problema com os sabonetes. Não posso entender a razão de não haver sabonetes no seu quarto, pois nossas arrumadeiras são instruídas para deixar três unidades toda vez que arrumam o quarto. Esta situação será reparada imediatamente. Por favor, aceite minhas desculpas por qualquer inconveniência.
Caio – subgerente

Cara Srta. Toledo,
quem diabos deixou 54 mini sabonetes no meu quarto? Eu não os quero. Eu quero de volta meu maldito sabonete de tamanho normal. É só o que quero. Por favor devolva-o.
S. Takada

Caro Sr. Takada,
primeiro o senhor se queixou que tinha sabonete demais no seu quarto. Mandei que fosse removido. Depois reclamou com o Sr. Caio que os sabonetes haviam sumido. Eu os devolvi pessoalmente: os 24 que tinham sido removidos e mais os três diários. Obviamente, Benita não sabia que eu já havia devolvido, e colocou mais 27. E eu não imagino de onde o senhor tirou a ideia que o hotel fornece sabonetes de tamanho normal.
Maria Toledo - supervisora das arrumadeiras

Cara Srta. Toledo,
apenas um bilhete para atualizá-la quanto ao inventário dos sabonetes:
Na prateleira embaixo do armário: 18, em duas pilhas de 4 e uma pilha de 2.
Dentro do armário: 14, em três pilhas de 4 e uma pilha de 2.
No suporte de lenços de papel: 11, em duas pilhas de 4 e uma pilha de 3.
No guarda-roupa: 15, em uma pilha de 3 e três pilhas de 4.
Na saboneteira do box: 6 (já se desfazendo com a umidade).
Do lado direito da banheira: 1 (ligeiramente usado).
Do lado esquerdo da banheira: 6, em duas pilhas de 3.
Por favor, peça a Fátima que mantenha as pilhas de sabonetes bem-arrumadas e limpas. Avise também que pilhas de mais de 4 sabonetes tendem a ficar muito instáveis. O mármore da janela também pode ser usado para futuras pilhas. Mais uma coisa: comprei outro sabonete de tamanho normal, que tenho mantido guardado no cofre do hotel, evitando futuros desentendimentos.
S. Takada. 


30 – SACANAGEM:
Estava um camarada no alto do World Trade Center (antes do acidente) olhando lá para baixo. Estava ele sozinho com um turista. Lá pelas tantas o camarada sobe na mureta de proteção, como se fosse se jogar lá de cima. O turista, vendo aquilo, tenta impedir o camarada de fazer isso. O seguinte diálogo começa:
- O que você está fazendo? Por que quer se matar?
- Eu não quero me matar, não. Quero é me divertir.
- Divertir?!
- É. Você não sabia? Deve ser então turista. Te explico: É que este prédio é tão alto que devido a grande altura se forma uma corrente de ar ascendente que faz com que, se alguém cair, a queda seja amortecida.
- Como é que é?
- Se você cair, tem uma corrente de ar que amortece sua queda.
- Ah, tu tá de sacanagem. Só porque sou turista tá querendo gozar com a minha cara?
- Não, é sério. Vou te mostrar!
E o cara se joga do prédio sem que o outro tenha tempo de impedi-lo. O turista vê então o outro descendo e subitamente, antes de chegar no chão, o camarada começa a diminuir a velocidade e cai em pé lá no chão. Ao chegar lá embaixo, o camarada começa a gritar:
-Vem, vem! Vem que é divertido.
O turista então pega coragem, pula e PUM, se esborracha no chão.
No dia seguinte manchete no jornal: "Super-Homem sacaneia mais um turista!" 


29 – SEXTA-FEIRA 13!
Que tal aproveitarmos a ideia do dia 13, para fazer um movimento maior?
- Ninguém sai de casa. A gasolina no Brasil é uma das mais caras do mundo, na Colômbia custa um terço. As passagens de ônibus na Bolívia são muito mais baratas. Fizeram isso na Bósnia e deu certo.
- Ninguém bebe água, lava roupa ou toma banho. A Cedae (ou Sabesp, Copasa...) cobram muito pela água. Em Iquitos, no Peru, fizeram isso e deu certo.
- Comer, nem pensar. Um hamburguer em Talahassee, capital da Flórida, custa 30 centavos em dólar. Fizeram isso na Etiópia e deu certo.
- Não usem gás no dia 13 de janeiro. O gás no Kwait é praticamente de graça para a população. Fizeram isso em Angola e deu certo.
- Ninguém usa o telefone. As tarifas nos EUA são 90% mais baratas. Fizeram isso em Bagdá e deu certo.
- Não comprem jornal. Custa US$ 0.25 em NY. Fizeram isso em Tabatinga (AM) e deu certo.
- Atenção, homens: no dia 13, ninguém vai a Rua do Rosário, 65 (nem da Rua Aurora, nem na Guaicurus...). As prostitutas cobram a metade do preço, em Buenos Aires. Fizeram isso em Paris e deu certo.
- Nada de acender luz ou usar qualquer outro aparelho elétrico. As tarifas no Paraguai são muito mais baratas. Fizeram isso em Angra dos Reis e deu certo.
- Ninguém vota mais em ninguém. Fizeram isso em Cuba e deu certo.
- Nada de trabalhar. Os salários na Dinamarca são muito maiores. Fizeram isso em Brasília e deu certo.


28 – DICAS PARA UMA REDAÇÃO PERFEITA!
01 - Desnecessário faz-se empregar estilo de escrita demasiadamente rebuscado, conforme deve ser do conhecimento de V.Sa. Outrossim, tal prática advém de esmero excessivo que beira o exibicionismo narcisístico.
02 - Evite abrev., etc.
03 - Anule aliterações altamente abusivas.
04 - "não esqueça das maiúsculas", como já dizia carlos machado, meu professor lá no colégio santa efigênia, em salvador, bahia.
05 - Evite lugares comuns como "o diabo foge da cruz".
06 - O uso de parênteses (mesmo quando for relevante) é desnecessário.
07 - Estrangeirismos estão out, palavras de origem portuguesa estão in.
08 - Seja seletivo no emprego de gíria, bicho, mesmo que sejam maneiras. Sacou, galera?
09 - Palavras de baixo calão podem transformar seu texto numa merda.
10 - Nunca generalize: generalizar sempre é um erro.
11 - Evite repetir a mesma palavra, pois essa palavra vai ficar repetitiva. A repetição vai fazer com que a palavra seja repetida.
12 - Não abuse das citações. Como costuma dizer meu pai: "Quem cita os outros não têm ideias próprias".
13 - Frases incompletas podem causar...
14 - Não seja redundante, não é preciso dizer a mesma coisa de formas diferentes, isto é, basta mencionar cada argumento uma só vez. Em outras palavras, não fique repetindo a mesma ideia.
15 - Seja mais ou menos específico.
16 - Frases com apenas uma palavra? Corta!
17 - A voz passiva deve ser evitada.
18 - Use a pontuação corretamente o ponto e a vírgula especialmente será que ninguém sabe mais usar o sinal de interrogação.
19 - Quem precisa de perguntas retóricas?
20 - Nunca use siglas desconhecidas, conforme recomenda a A.G.O.P.
21 - Exagerar é 100 bilhões de vezes pior do que a moderação.
22 - Evite mesóclises. Repita comigo: "mesóclises: evitá-las-ei!"
23 - Analogias na escrita são tão úteis quanto chifres numa galinha.
24 - Não abuse das exclamações! Seu texto fica horrível! Sério!
25 - Evite frases exageradamente longas, por dificultarem a compreensão da ideia contida nelas, e, concomitantemente, por conterem mais de uma ideia central, o que nem sempre torna o seu conteúdo acessível, forçando, desta forma, o pobre leitor a separá-la em seus componentes diversos, de forma a torná-las compreensíveis, o que não deveria ser, afinal de contas, parte do processo da leitura, hábito que devemos estimular através do uso de frases mais curtas.
26 - Cuidado com a orthographia, para não estrupar a língua.
27 - Seja incisivo e coerente. Ou talvez seja melhor não. 


27 - POR CUBA!
Um grupo de atletas cubanos passeava por Winnipeg, quando um dos cartolas da delegação - um velhinho de oitenta e tantos anos - sofreu um ataque cardíaco.
Caído no chão, pediu, como último desejo, uma bandeira para se despedir de sua querida Cuba.
Procura daqui, procura dali, não havia por perto sequer uma flâmula de mão.
Foi quando uma das mais belas atletas, penalizada com o sofrimento do ancião, confessou que tinha tatuada na bunda a bandeira de Cuba. E logo se ofereceu para ajudar.
No meio da rodinha, a mulher virou-se de costas para o moribundo, baixou o short e deixou a vista, a bandeira cubana tatuada em meio aquela colossal abundância.
O velho a agarrou fortemente e beijou a bandeira, bradando:
- Mi querida Cuba. Me despido con recuerdos, mi vieja Habana, mi hermosa tierra.
E tome de beijos e mais beijos na bandeira, diante do grupo emocionado.
Depois de um certo tempo, o moribundo pediu então a mulher:
- Mira, chica, ahora date la vuelta que tambien quiero despedirme con um beso bien grande de mi amado Fidel. 


26 - RÁDIO FM DE CHICAGO:
Uma certa rádio FM de Chicago, tem uma brincadeira que funciona assim: eles ligam para alguém e, se a pessoa for casada, fazem três perguntas. Em seguida ligam para sua esposa ou marido e fazem as mesmas três perguntas. Se as respostas combinarem eles ganham uma viagem.
Num desses programas, aconteceu o seguinte dialogo:
- Alô?
- Alô. Quem fala?
- Brian.
- Brian, aqui é da rádio WXYZ FM. Nós queremos fazer uma brincadeira. Você é casado?
- Sou.
- Ótimo, então você pode participar. A sua esposa está em algum telefone que a gente possa ligar?
- Hmm... sim.
- Perfeito. A brincadeira é a seguinte: Nós vamos lhe fazer três perguntas. Em seguida vamos fazer as mesmas três perguntas para a sua esposa. Se as respostas forem as mesmas, vocês vão ganhar um fim de semana em Orlando, Flórida, com tudo pago inclusive entradas para Disneyworld. Que tal? Você quer participar?
- Tudo bem.
- Ótimo, então vamos começar. Está preparado?
- Estou.
- OK, lá vai a primeira pergunta: "Quando foi a última vez que vocês fizeram sexo"?
- Ai, meu Deus. Minha mulher vai me matar.
- Vamos lá, Brian, valendo uma viagem para a Flórida.
- Tudo bem. Hoje, às 8 da manhã.
- Opa! Essa vai ser boa! OK, Brian, segunda pergunta: "Quanto tempo durou"?
- Hmm... Uns 10 minutos.
- Brian, você é muito corajoso. Nenhum homem gosta de admitir que foi rápido. Mas é isso ai. Está valendo uma viagem! Pronto para terceira pergunta?
- Pronto.
- Vamos lá: "Aonde foi"?
- Ai meu Deus! Minha mulher vai me matar.
- Opa! Parece que foi bom.
- Sabe o que é? É que foi na cozinha, em cima da mesa.
- Uau! Brian você está me surpreendendo. Eu estou ansioso pra ligar pra sua esposa e ouvir a versão dela. Vamos fazer o seguinte: Eu vou te colocar fora do ar, e você me dá o telefone dela. Enquanto isso, os ouvintes vão ficar com uma música.
Toca uma música. Quando o programa volta, eles ligam para a esposa:
- Alô?
- Alô. Eu gostaria de falar com Sara.
- É ela.
- Sara? Aqui é da rádio WXYZ FM. Nós acabamos de falar com seu marido, e foi ele que nos deu seu telefone. Ele está participando de uma brincadeira, e nós fizemos três perguntas a ele. Agora nós queremos fazer as mesmas perguntas para você. Se responder a mesma coisa que ele, vocês vão ganhar um fim de semana em Orlando, com tudo pago e entradas para Disneyworld. O Brian está na linha e vai falar com você.
- Oi, amor.
- Brian, o que é isso? O que é que você está aprontando?
- Não é nada, amor. Responde com sinceridade tudo que ele te perguntar, que nós vamos ganhar essa viagem.
- Ai meu Deus.
- Então, Sara, está pronta? Podemos fazer a primeira pergunta?
- Tudo bem.
- OK. "Quando foi a ultima vez que vocês fizeram sexo"?
- Brian! Você disse isso pra eles?
- Vamos lá, Sara, está valendo uma viagem para a Flórida.
- Ai meu Deus! Foi hoje de manhã, antes de ele ir para o serviço.
- Muito bem! A primeira pergunta está correta. Agora vamos a segunda: "Quanto tempo durou"?
- Hmm... Uns 12 a 15 minutos.
- Sara, eu acho que você está querendo livrar a cara do seu marido. Ele disse 10 minutos. Mas, tudo bem. Eu vou considerar essa resposta certa. Agora a última e vocês vão pra Flórida. Preparada?
- Sim.
- Então vamos lá: "Aonde foi"?
- Brian! Você contou isso? Eu não acredito!
- Tudo bem, amor. Só responde a pergunta.
- Vamos lá, Sara. Se você responder, vocês vão pra Flórida. "Aonde foi"?
- Ahnn, foi na bunda!
PAUSA:
Entram os comerciais. Na volta o locutor se desculpa:
- É, ouvintes, rádio ao vivo, acontecem essas coisas. De qualquer maneira eles ganharam a viagem! 


25 - COMO SE LIVRAR DO TELEMARKETING:
- Se estiverem te oferecendo cheque especial, diga que você acabou de ser despedido e que esta oferta caiu do céu.
- Se começarem com "Como você está?" responda com "Por que você quer saber?". Ou então você pode dizer: "Que bom que você perguntou, porque hoje em dia ninguém mais se importa... Eu estou com tantos problemas. Meu nervo ciático está doendo outra vez, minha gastrite está voltando com tudo, meu cachorro morreu." Quando começarem a querer vender algo, continue a se queixar.
- Se o sujeito disser que ele é o José Silva da empresa XYZ, peça-lhe para soletrar o nome e o sobrenome, e depois o nome da empresa. Peça para dar o endereço completo, e continue fazendo perguntas pessoais ou sobre a empresa até ele se cansar.
- Aos gritos, em tons bem simulados de prazer e surpresa, diga: "Zé? É você? Não acredito! Zé, onde é que você se meteu?". Possivelmente, isto provocará no Zé alguns momentos de terror enquanto ele tentar descobrir de onde você o conhece.
- Diga "Não" sempre. Sempre. Varie o som e a tonalidade do "não", e dê um tempinho até ele ameaçar falar algo. Esta pode ser uma das mais engraçadas se você conseguir manter o monólogo até ele desligar.
- Se te pedirem para indicar um amigo, responda, com a voz mais sinistra que possa arrumar "não tenho amigos, você quer ser meu amigo?"
- Se for um lavador de carpete: "Vocês tiram manchas de sangue? Dessas bem grandes, de sangue humano e de bezerro."
- Deixe a pessoa fazer seu discurso, com um mínimo de interferências do tipo "hãhã" ou "sei" ou "interessante". Na hora em que pedirem para dar seu número de cartão de crédito, diga que você não pode dá-lo a um estranho.
- Diga que você trabalha na mesma empresa que ele. Exemplo: - Eu sou o Zé da Aguatrônica.
- Da Aguatrônica? Eu trabalho lá também. De que unidade você está chamando?
- Da Central
- Da Central? Que legal! E como estão as vendas? Pena que a empresa não permite fazer vendas entre funcionários. Mas foi um prazer conversar com você.
- Atenda. Assim que você perceber que é telemarketing, ponha o fone na mesa e diga alto: "Oh meu Deus!" e coloque de novo no gancho.
- Diga ao sujeito que você está ocupado e que se ele lhe der seu número de telefone você ligará de volta. Se ele disser que não está autorizado a dar o número, peça para dar o de casa, que você ligará à noite. (Este é provavelmente o meio mais eficiente de se livrar deles). 


24 - O QUE A FACULDADE FAZ COM A GENTE:
Um psicólogo fazia testes para admissão de novos candidatos em uma empresa de seleção:
- O senhor pode contar até dez, por favor?
- Dez, nove, oito, sete, seis, cinco, quatro, três, dois, um.
- Por que você contou de trás pra frente?
- É que eu trabalhava na Nasa.
- Sinto muito, está reprovado.
Entra o próximo:
- O senhor pode contar até dez, por favor?
- Um, três, cinco, sete, nove, dois, quatro, seis, oito, dez.
- Por que você contou primeiro os ímpares e depois os pares?
- Porque eu trabalhava como carteiro.
- Sinto muito, está reprovado.
Entra o próximo:
- Antes de começarmos, por favor me diga uma coisa, o que o senhor fazia em seu emprego anterior?
- Eu era estagiário. Fazia faculdade.
- Ok. O senhor pode contar até dez?
- É claro. Ás, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, dama, valete e rei. Truuuuco, ladrão! 


23 - E-MAIL ENVIADO A UMA AMIGA!
Amiga:
Conforme minha promessa, estou enviando um e-mail contando as novidades da minha primeira semana depois de ser transferida pela firma para o Rio de Janeiro. Terminei hoje de arrumar as coisas no meu novo apartamento. Ficou uma gracinha, mas estou exausta. São dez da noite e já estou pregada.
Segunda-Feira: Cheguei na firma e já adorei. Entrei no elevador quase no mesmo instante que o homem mais lindo desse planeta. Ele é loiro, tem olhos verdes e o corpo musculoso parece querer arrebentar o terno. Lindooooo!
Estou apaixonada. Olhei disfarçadamente a hora no meu relógio de pulso e fiz uma promessa de estar parada defronte ao elevador todos os dias a essa mesma hora. Ele desceu no andar da engenharia.
Conheci o pessoal do setor, todos foram atenciosos comigo. Até o meu chefe foi superdelicado. Estou maravilhada com essa cidade. Cheguei em casa e comi comida enlatada. Amanhã vou a um mercado comprar alguma coisa.
Terça-Feira: Amiga! Precisava contar. Sabe aquele homem de quem falei? Ele olhou para mim e sorriu quando entramos no elevador. Fiquei sem ação e baixei a cabeça. Como sou burra! Passei o dia no trabalho pensando que preciso fazer um regime. Me olhei no espelho hoje de manhã e estou com uma barriguinha indiscreta. Fui no mercado e só comprei coisinhas leves: biscoitos, legumes e chás. Resolvido! Estou de dieta.
Quarta-Feira: Acordei com dor de cabeça. Acho que foi a folha de alface ou o biscoito do jantar. Preciso manter-me firme na dieta. Quero emagrecer dois quilos até o fim de semana. Ah! O nome dele é Marcelo. Ouvi um amigo dele falando com ele no elevador. E ainda tem mais: ele desmanchou o noivado há dois meses e está sozinho. Consegui sorrir para ele quando entrou no elevador e me cumprimentou. Estou progredindo, né? Como faço para me insinuar sem parecer vulgar? Comprei um vestido dois números menor que o meu. Será a minha meta.
Quinta-Feira: O Marcelo me cumprimentou ao entrar no elevador. Seu sorriso iluminou tudo! Ele me perguntou se eu era a arquiteta que viera transferida de Brasília e eu só fiz: "U-hum"... Ele me perguntou se eu estava gostando do Rio e eu disse: "U-hum". Aí ele perguntou se eu já havia estado antes aqui e eu disse: "U-hum". Então ele perguntou se eu só sabia falar "U-hum" e eu respondi: "Ã-hã". Será que fui muito evasiva? Será que eu deveria ter falado um pouco mais? Ai, amiga! Estou tão apaixonada! Estou resolvida! Amanhã vou perguntar se ele não gostaria de me mostrar o Rio de Janeiro no final de semana. Quanto ao resto, bem... ando com muita enxaqueca. Acho que vou quebrar meu regime hoje. Estou fazendo uma sopa de legumes. Espero que não me engorde demais.
Sexta-Feira: Amiga! Estou arruinada! Ontem à noite não resisti e me empanturrei. Coloquei bastante batata-doce na sopa, além de couve, repolho e beterraba. Menina, saí de casa que parecia um caminhão de lixo. Como eu peidava! (nossa! Você não imagina a minha vergonha de contar isto, mas se eu não desabafar, vou me jogar pela janela!).
No metrô, durante o trajeto para o trabalho, bastava um solavanco para eu soltar um futum que nem eu mesma suportava. Teve um momento em que alguém dentro do trem gritou: "Aí! Peidar até pode, mas jogar merda em pó dentro do vagão é muita sacanagem!"
Uma senhora gorda foi responsabilizada. Todo mundo olhava para ela, tadinha. Ela ficou vermelha, ficou amarela, e eu aproveitava cada mudança de cor para soltar outro. O meu maior medo era prender e sair um barulhento. Eu estava morta de vergonha. Desci na estação e parei atrás de uma moça com um bebê no colo, enquanto aguardava minha vez de sair pela roleta.
Aproveitei e soltei mais um. O senhor que estava na frente da mulher com o bebê virou-se para ela e disse: "Dona! É melhor a senhora jogar esse bebê fora porque ele está estragado!". Na entrada do prédio onde trabalho tem uma senhora que vende bolinhos, café, queijo, essas coisas de camelô. Pois eu ia passando e um freguês começou a cheirar um pastel, justo na hora em que o futum se espalhou. O sujeito jogou o pastel no lixo e reclamou: "Pó, dona Maria! Esse pastel tá bichado!"
Entrei no prédio resolvida a subir os dezesseis degraus pela escada. Meu azar foi que o Marcelo ficou segurando a porta, esperando que eu entrasse.
Como não me decidia, ele me puxou pelo braço e apertou o botão do meu andar. Já no terceiro andar ficamos sozinhos. Cheguei a me sentir aliviada, pois assim a viagem terminaria mais rápido. Pensei rápido demais. O elevador deu um solavanco e as luzes se apagaram. Quase instantaneamente a iluminação de emergência acendeu. Marcelo sorriu (ai, aquele sorriso...) e disse que era a bruxa da sexta-feira. Era assim mesmo, logo a luz voltaria, não precisava se preocupar. Mal sabia ele que eu estava mesmo preocupada.
Amiga, juro que tentei prender. Mas antes que saísse com estrondo, deixei escapar. Abaixei e fiquei respirando rápido, tentando aspirar o máximo possível, como se estivesse me sentindo mal, com falta de ar. Já se imaginou numa situação dessas? Peidar e ficar tentando aspirar o peido para que o homem mais lindo do mundo não perceba que você peidou?
Ele ficou muito preocupado comigo e, se percebeu o mau cheiro, não o demonstrou. Quando achei que a catinga havia passado, voltei a respirar normal. Disse para ele que eu era claustrófoba.
Mal ele me ajudou a levantar, eu não consegui prender o segundo, que saiu ainda pior que o anterior. O coitado dessa vez ficou meio azulado, mas ainda não disse nada.
Abaixei novamente e fiquei respirando rápido de novo, como uma mulher em estado de parto. Dessa vez Marcelo ficou afastado, no canto mais distante de mim no elevador. Na ânsia de disfarçar, fiquei olhando para a sola dos meus sapatos, como se estivesse buscando a origem daquele fedor horroroso.
Ele ficou lá, no canto, impávido. Nem bem o cheiro se esvaiu e veio outro.
Ele se desesperou e começou a apertar a campainha de emergência. Coitado! Ele esmurrou a porta, gritou, esperneou, e eu lá, na respiração cachorrinho.
Quando a catinga dissipou, ele se acalmou. As lágrimas começaram a escorrer pelos meus olhos. Ele me viu chorando, enxugou meus olhos e disse: "Meus olhos também estão ardendo..." Eu juro que pensei que ele fosse dizer algo bonito. Aquilo me magoou profundamente. Pensei: "Ah, é, FDP? Então acabou a respiração cachorrinho..."
Depois disso, no primeiro ele cobriu o rosto com o paletó. No segundo, enrolou a cabeça. No terceiro, prendeu a respiração, no quarto, ele ficou roxo. No quinto, me sacudiu pelos braços e berrou: "Mulher! Para de se cagar!". Depois disso ele só chorava. Chorou como um bebê até sermos resgatados, quatro horas depois.
Entrei no escritório e pedi minha transferência para outro lugar, de preferência outro país.
Sua amiga, Elza. 


22 - MEU DILEMA AOS 50 ANOS!
Agora que acabei de completar 50, minha mulher me presenteou com um cupom válido por uma semana de treinamento físico em uma boa academia local. Independente de que eu estou em excelente forma, pensei que era uma boa ideia para tentar deter o processo da "barriguinha" que ataca a todos nós.
Liguei para a secretária e fiz minha reserva com uma "personal-trainner" chamada Nádia, que se auto descreveu como uma instrutora de aeróbica de 26 anos e modelo de trajes de banho e roupa esportiva. E a secretária me recomendou que levasse um diário para ir documentando meu progresso e é esse que eu lhes envio:
Segunda: Comecei meu dia às 6:00. Bastante difícil levantar-se da cama a essa hora, porém toda viagem valeu a pena quando cheguei ao ginásio e vi que Nádia estava me esperando. Parecia uma deusa grega: ruiva, olhos azuis e um grande sorriso, com uns lábios carnudos e um corpo espetacular. Nádia me fez um “tour” para mostrar os aparelhos, tomou meu pulso depois de 5 minutos na bicicleta. Se alarmou que meu pulso estava tão acelerado porém eu o atribui a ela, vestida com uma malha de lycra coladinha, e estava bem perto de mim. Desfrutei bastante do exercício. Nádia estava sempre me motivando quando fazia as sessões, apesar da dor na barriga que eu sentia, de tanto encolhê-la, toda vez que ela passava perto de mim.
Terça: Tomei duas jarras de café, porém finalmente sai da porta da minha casa. Nádia estava mais linda que nunca, me pôs a levantar uma pesada barra de metal e depois se atreveu a por pesos!!! Minhas pernas estavam um pouco debilitadas, mas eu consegui completar um quilômetro completo. O sorriso arrebatador que Nádia me deu me convenceu completamente de que todo exercício valeu a pena. Me sentia fantástico. Era uma nova vida para mim.
Quarta: A única forma como consegui escovar os dentes, foi colocando a escova sobre a pia e movendo a cabeça para os lados. Creio que tenho uma hérnia nos peitorais. Dirigir não foi tão fácil: somente de frear e dar voltas no volante me doía o peito. Estacionei em cima da calcada.
Nádia estava ficando impaciente comigo por considerar que meus gritos molestavam demais os outros sócios do clube. Sua voz estava um pouco aguda a essas horas da manhã e quando gritava me incomodava muito. Meu corpo doeu inteiro quando ela me colocou uma cinta para fazer escalada. Para que merda alguém inventa um treco para se escalar quando isso já está obsoleto com os elevadores? Nádia me disse que isso me ajudaria a ficar em forma e desfrutar a vida... ou alguma dessas merdas de promessas.
Quinta: Nádia estava me esperando com seus odiosos dentes de vampiro e com seu sorrisinho estilo Jack Nicholson em Batman. Não pude evitar de chegar meia hora atrasado: foi o tempo que demorei para colocar os sapatos. A desgraçada da Nádia me colocou para trabalhar com os pesos, quando se distraiu, sai correndo para me esconder no banheiro. Mandou um outro treinador me buscar e como castigo me pôs a trabalhar na máquina de remar... e me ferrei.
Sexta: Odeio a desgraçada da Nádia mais que qualquer outro seu humano que tenha sido odiado na história do mundo. Estúpida, magra, anêmica, chata e feminista sem cérebro! Se houvesse uma parte do meu corpo que podia se mover sem uma dor angustiante, eu partiria no meio a vaca que pariu essa desgraçada. Nádia quis que eu trabalhasse meus tríceps... EU NEM SEI O QUE É UM tríceps!!! e se não bastasse me colocar o peso para que o rompesse, me colocou aquelas merdas das barras ou qualquer outra coisa que pese mais que um sanduíche. A bicicleta me fez desmaiar e acordei na cama de uma nutricionista, uma idiota que me deu uma catequese de alimentação saudável, claro. Que mal tem se entupir tanto de comida a ponto de passar mal? Por que eu não fui fazer algo mais tranquilo, como ter aulas de costura?
Sábado: A lazarenta da Nádia de deixou uma mensagem no celular com sua vozinha de lésbica assumida, perguntando-me por que eu não fui. Só com a vozinha, me deu gana de quebrar o celular, porém não tinha certeza se teria força suficiente para levantá-lo, inclusive para apertar os botões do controle remoto da TV estava difícil. Assim eu fiquei sentado, assistindo 11 horas seguidas o maldito National Geographics, vendo um hipopótamo maldito ficar comendo e brincando na lama.
Domingo: Pedi ao vizinho do lado para ir a missa e agradecer a Deus por mim por essa semana que terminou. Também rezei para que o ano que vem, a desgraçada de minha mulher me presenteie com algo um pouco mais divertido, como um tratamento dentário de canal, um cateterismo ou um exame de próstata!


21 - AS DIFERENÇAS ENTRE UM SÃO PAULINO E UM CORINTHIANO:
São paulino com uniforme = Coronel
Corinthiano com uniforme = Porteiro
São paulino com arma = Praticante de tiro
Corinthiano com arma = Assaltante
São paulino fresco = Playboy
Corinthiano fresco = Viado
São paulino com maleta = Executivo
Corinthiano com maleta = Office-boy
São paulino com chofer = Milionário
Corinthiano com chofer = Presidiário
São paulino com sandálias = Turista
Corinthiano com sandálias = Mendigo
São paulino que come muito = Bem alimentado
Corinthiano que come muito = Esfomeado
São paulino lendo jornal = Intelectual
Corinthiano lendo jornal = Desempregado
São paulino se coçando = Alérgico
Corinthiano se coçando = Sarnento
São paulino correndo = Esportista
Corinthiano correndo = Ladrão
São paulino vestido de branco = Médico
Corinthiano vestido de branco = Pai de Santo
São paulino pescando = Lazer
Corinthiano pescando = À toa
São paulino subindo morro = Rapel
Corinthiano subindo morro = Voltando pra casa
São paulino em restaurante = Cliente
Corinthiano em restaurante = Garçom
São paulino bem-vestido = Executivo
Corinthiano bem-vestido = Estelionatário
São paulino barrigudo = Bem sucedido
Corinthiano barrigudo = Com vermes
São paulino coçando a cabeça = Pensativo
Corinthiano coçando a cabeça = Piolhento
São paulino parado na rua = Pedestre
Corinthiano parado na rua = Suspeito
São paulino de terno = Empresário
Corinthiano de terno = Defunto
São paulino dirigindo = Proprietário de Carro
Corinthiano dirigindo = Chofer

São paulino em loja = "Vou levar!"
Corinthiano em loja = "Estou só olhando!"
São paulino traído = Adultério
Corinthiano traído = Corno 


20 - TRABALHO OU PRAZER?
O presidente de uma Grande empresa sentado em sua enorme sala sem absolutamente nada para fazer começa a pensar sobre o que é trabalho e o que é lazer em seu dia-a-dia. Após uma enorme lista de diversões ele chegou na hora em que transa com sua esposa, com a qual já está casado há 15 anos.
Sem conseguir concluir ao certo se transar com sua esposa é trabalho ou prazer ele chama o vice-presidente em sua sala. Um pouco menos desocupado, o vice para de ler as reportagens sobre a empresa que haviam sido publicadas no jornal e vai até a sala do Presidente que lhe pergunta:
- Transar com minha esposa é trabalho ou prazer?
O vice pensa alguns segundos e incerto da resposta pede duas horas para responder.
Volta para sua sala, chama o diretor-geral da empresa e faz a mesma pergunta:
- Quando o presidente dorme com a mulher dele é trabalho ou prazer? - dando ao diretor-geral o prazo de uma hora para responder.
Imediatamente o diretor-geral, mesmo sem nada pra fazer, delega a função para ao diretor jurídico que passa a pergunta para o advogado sênior e assim vai até chegar no babaca do advogado júnior que se formou há seis meses mas esqueceu que foi estagiário.
Assim como o resto da empresa o advogado Jr. fica na dúvida e vai até a mesa de seu estagiário:
- Você tem cinco minutos pra descobrir se quando o presidente transa com a mulher dele é trabalho ou prazer!
O estagiário então, sem parar de digitar com a mão direita e separar uma pilha de documentos com a mão esquerda, olha para o advogado Jr. por cima das milhares de pastas que estão em sua mesa e responde, na lata:
- É prazer!
Espantado com a rapidez e confiança da resposta do estagiário, o advogado Jr. pergunta:
- Mas como você tem tanta segurança em sua resposta?
Ainda sem parar de trabalhar o estagiário responde:
- Porque se fosse trabalho era eu quem ia fazer!!! 


19 - A FORMIGA E O MUNDO CORPORATIVO:
Todos os dias, a formiga chegava cedinho ao escritório e pegava duro no trabalho. Era produtiva e feliz.
O gerente marimbondo estranhou a formiga trabalhar sem supervisão. Se ela era produtiva sem supervisão, seria ainda mais se fosse supervisionada. E colocou uma barata, que preparava belíssimos relatórios e tinha muita experiência, como supervisora.
A primeira preocupação da barata foi a de padronizar o horário de entrada e saída da formiga. Logo, a barata precisou de uma secretária para ajudar a preparar os relatórios e contratou também uma aranha para organizar os arquivos e controlar as ligações telefônicas.
O marimbondo ficou encantado com os relatórios da barata e pediu também gráficos com indicadores e análise das tendências que eram mostradas em reuniões.
A barata, então, contratou uma mosca, e comprou um computador com impressora colorida.
Logo, a formiga produtiva e feliz, começou a se lamentar de toda aquela movimentação de papéis e reuniões!
O marimbondo concluiu que era o momento de criar a função de gestor para a área onde a formiga produtiva e feliz, trabalhava.
O cargo foi dado a uma cigarra, que mandou colocar carpete no seu escritório e comprar uma cadeira especial. A nova gestora cigarra logo precisou de um computador e de uma assistente (sua assistente na empresa anterior) para ajudá-la a preparar um plano estratégico de melhorias e um controle do orçamento para a área onde trabalhava a formiga, que já não cantarolava mais e cada dia se tornava mais chateada.
A cigarra, então, convenceu o gerente marimbondo, que era preciso fazer um estudo de clima. Mas, o marimbondo, ao rever as cifras, se deu conta de que a unidade na qual a formiga trabalhava já não rendia como antes e contratou a coruja, uma prestigiada consultora, muito famosa, para que fizesse um diagnóstico da situação.
A coruja permaneceu três meses nos escritórios e emitiu um volumoso relatório, com vários volumes que concluía: "Há muita gente nesta empresa!"
E adivinha quem o marimbondo mandou demitir?
A formiga, claro, porque ela andava muito desmotivada e aborrecida.
Tenho certeza que você está pensando: "Já vi esse filme em algum lugar!” 


18 - MANEIRAS DE IRRITAR UMA MULHER!
01. Excite-a ao máximo e depois durma.
02. Leve-a a uma bela sorveteria, peça para você o maior e mais calórico sorvete e um “diet frozen” sem cobertura para ela.
03. Elogie a nova estagiária, diga como é brilhante, entusiasmada, inexperiente. E bonita.
04. Peça-lhe para espremer suas espinhas.
05. Quando estiverem no carro, buzine quando vir uma mulher gostosa.
06. Saia do futebol e vá direto (sem tomar banho) para o jantar com o pessoal do escritório dela, marcado há 15 dias.
07. Ao chegar ao restaurante, não perca a oportunidade de dar uma coçadinha. Não precisa ser discreto, ajeite mesmo!
08. Palite os dentes sonoramente.
09. Encaminhe a conversa para a sacanagem e, quando o assunto estiver bem picante, fale alto sobre a transa mais ridícula que tiveram.
10. Ao pegar a Playboy diga, com o maior sarcasmo de que for capaz: “Esse biquíni de oncinha ficaria hilário em você!”.
11. Peça-lhe para falar mais baixo.
12. Fique amigo da mãe dela, mande flores, ligue sempre. E não esqueça de dizer: “Conversei com sua mãe sobre nós dois e ela concorda que você anda meio desequilibrada”
13. Após transarem, pergunte (como quem não quer nada) o que ela pensa sobre lipoaspiração.
14. Ao atender o telefone (é claro que é ela!!) faça questão de dizer: “Quem está falando?” (expectativa) Ah! É você? (decepção)”.
15. Não repare quando ela comprar uma roupa nova, emagrecer, cortar o cabelo ou se fantasiar de King Kong.
16. Assista ao jogo de futebol com a televisão sem som e o rádio no volume máximo, grudado na orelha.
17. Peça-lhe uma cerveja, dê um tapa na bunda dela e indague: “Faz tempo que você não vai à academia, né?”.
18. Comece a narrar a conversa que teve com seu amigo poeta e interrompa no meio com a seguinte declaração: “Para que estou te contando isso? Você não entende nada de poesia, mesmo”.
19. Quando ela estiver contando alguma coisa que aconteceu no dia dela, finja que não está prestando atenção, quando ela perguntar se você está escutando você fala: hã?
20. E, por fim, declare: “Seu manequim aumentou? Nossa! Deus é justo, mas essa calça!!!”


17 – BANHO DOS HOMENS E BANHO DAS MULHERES!
- O BANHO DAS MULHERES:
01. Tira a roupa e coloca no cesto de roupa suja, separando as roupas por tonalidade das cores.
02. Vai para o banheiro de roupão.
03. Se cruza com o marido no caminho, cobre o corpo e sai correndo para o banheiro.
04. Para diante do espelho e analisa o corpo.
05. Força a barriga para fora para poder se queixar que está mais gorda do que realmente está.
06. De costas, empina a bunda para verificar a celulite.
07. Antes de entrar no box, organiza a toalha para o rosto, a toalha para os braços e pernas, a das costas, a de entre os dedos dos pés, etc.
08. Lava o cabelo com xampu de abacate/mel com 83 vitaminas.
09. Enxágua longamente.
10. Repete o processo de lavar o cabelo com o xampu de 83 vitaminas.
11. Enxágua longamente de novo.
12. Enche o cabelo com condicionador de aveia e própolis com 71 vitaminas e deixa por 15 minutos.
13. Lava o rosto com sabonete de calêndula por 10 minutos até que o rosto fique vermelho.
14. Lava o resto do corpo com sabonete de alfazema e leite de cabra para o corpo.
15. Tira o condicionador do cabelo.
16. Este processo leva 10 minutos. Ela deve estar segura que todo o condicionador foi retirado.
17. Depilação de axilas, pernas e virilha.
18. Desliga a ducha. Escorre toda a água dentro da ducha.
19. Sai da ducha e se seca com uma toalha do tamanho da África Meridional.
20. Enrola uma toalha superabsorvente na cabeça.
21. Passa creme por todo o corpo para não deixar a pele ressecada.
21. Revisa mais uma vez o corpo em busca de detalhes.
22. Retorna ao quarto com o roupão e um preparado cremoso de rosa-mosqueta com erva-doce espalhado no rosto..
23. Se encontra o marido, se cobre mais ainda e corre para o quarto.
24. Uma hora e quarenta minutos depois, está vestida e pronta.
- O BANHO DOS HOMENS:
01. Sentado na cama, vai tirando toda a roupa, arrotando, peidando e jogando tudo no piso em frente.
02. Cheira as meias e a cueca, para depois lançá-las sobre o montinho formado.
03. Vai pelado até o banheiro.
04. Se encontra a esposa no caminho, balança o pinto imitando um ventilador.
05. Para defronte ao espelho para ver o físico.
06. Encolhe a barriga.
07. Faz pose de halterofilista.
08. Checa o tamanho do pinto.
09. Por fim, coça o saco.
10. Entra na ducha.
11. Não se preocupa com toalhas. Se não tiver por ali uma de banho, vai se secar com a de rosto mesmo.
12. Lava o rosto com qualquer coisa que faça espuma.
13. Se mata de rir com o eco que faz dentro do box quando peida.
15. No banho, deixa pentelhos no sabão.
16. Lava o cabelo com qualquer xampu.
17. Não usa condicionador.
18. Faz um penteado moicano coma espuma no cabelo.
19.. Sai da ducha para ver no espelho como ficou seu penteado moicano.
20. Morre de rir.
21. Mija dentro do box.
22. Faz toda a vizinhança ouvir quando assoa o nariz dentro do box.
23. Tira o xampu e sai imediatamente da ducha.
24. Não se dá conta de que todo o banheiro está molhado pois, tomou banho com o box aberto.
25. Quase seco, para outra vez diante do espelho.
26. Contrai os músculos e revisa o tamanho do pinto.
27. Coça o saco.
28. Sai do banheiro e deixa a luz acesa.
29. Deixa pegadas molhadas com espuma de sabão.
30. Volta para o quarto.
31. Se encontra a esposa no caminho, volta a balançar o pinto, imitando ventilador.
32. Dá um tapa na bunda da esposa.
33. Chuta as roupas que estão no piso do quarto para um canto.
34. Quatro minutos depois está vestido, pronto e perguntando se a esposa ainda vai demorar muito. 


16 - A MALDIÇÃO DO FEIJÃO:
Um homem tinha verdadeira paixão por feijão, mas ele lhe provocava muitos gases, criando situações embaraçosas sempre que o comia.
Um dia ele conheceu uma garota e se apaixonou.
Mas pensou: Ela nunca vai se casar comigo se eu continuar desse jeito.
Então fez um sacrifício enorme e deixou de comer feijão.
Pouco depois os dois se casaram.
Passados alguns meses, quando ele voltava para casa, seu carro quebrou.
Ele telefonou para a esposa e avisou que ia chegar mais tarde, pois voltaria a pé.
No caminho de volta para casa, passou por um restaurante e o aroma maravilhoso do feijão lhe atingiu em cheio. Como ainda estava distante de casa, pensou que qualquer efeito negativo passaria antes de chegar. Então entrou e comeu três pratos fundos de feijão.
Durante todo o caminho, foi para casa peidando, feliz da vida. E quando chegou já se sentia bem melhor. A esposa o encontrou na porta e parecia bastante excitada.
Ela disse: Querido, o jantar hoje é uma surpresa. Então ela lhe colocou uma venda nos olhos e o levou até a mesa, fazendo-o sentar-se na cabeceira.
Nesse momento, aflito, ele pressentiu que havia um novo peido a caminho.
Quando a esposa estava prestes a lhe remover a venda, o telefone tocou ela foi atender, mas antes o fez prometer que não tiraria a venda enquanto não voltasse.
Ele, claro, aproveitou a oportunidade. E, assim que ficou sozinho, jogando seu peso para apenas uma perna, soltou um senhor peido.
Não foi apenas alto, mas também longo e picotado. Parecia um ovo fritando.
Com dificuldade para respirar, devido a venda apertada, ele tateou na mesa procurando um guardanapo e começou a abanar o ar em volta de si, para espantar o cheiro.
Mas, logo em seguida, teve vontade de soltar outro. Levantou a perna e...
RRRRRRRRRRRROOOOOOOOOOOOUUUUUUUUUUMMMMMMM!!...
Esse, então, soou como um motor a diesel pegando e cheirou ainda pior!...
Esperando que o odor se dissipasse, ele voltou a sacudir os braços e o guardanapo, freneticamente, numa animada e ridícula coreografia.
E quando pensou que tudo voltaria ao normal, lá veio a vontade outra vez.
Como ouvia a mulher, lá dentro, continuando a falar no telefone, não teve dúvidas: jogou o peso sobre a outra perna e mandou ver.
Desta vez merecia medalha de ouro na categoria. Enxofre puro.
As janelas vibraram, a louça na mesa sacudiu, e em dez segundos as flores no vaso sobre a mesa estavam mortas.
Ouvido atento a conversa da mulher no telefone, e mantendo a promessa de não tirar a venda, continuou peidando e abanando os braços por mais uns três minutos.
Quando ouviu a mulher se despedir no telefone, ele já estava totalmente aliviado.
Colocou o guardanapo suavemente no colo, cruzou as mãos sobre ele e chegou a sorrir vitorioso, estampando no rosto a inocência de um anjo.
Então a esposa voltou a sala, pedindo desculpas por ter demorado tanto ao telefone, e lhe perguntou se ele havia tirado a venda e olhado a mesa de jantar.
Quando teve a certeza de que isso não havia acontecido, ela própria lhe removeu a venda e gritou: 'SURPRESAAAA!!!
E ele, finalmente, deu de cara com os doze convidados sentados a mesa para comemorar o seu aniversário!!!!!!!!!!!!!!!! 


15 - COMO PEDIR UMA PIZZA EM 2018:
* Cliente: Boa noite! Quero encomendar pizzas...
* Telefonista: Pode me dar o seu NIDN?
* Cliente: Sim, o meu número de identificação nacional é 6102-1993-8456-54632107.
* Telefonista: Obrigada, Sr. Lacerda. Seu endereço é Avenida Paes de Barros, 1988 ap. 52 B, e o número de seu telefone é 5494-2366, certo? O telefone do seu escritório da Lincoln Seguros é o 5745-2302 e o seu celular é 9266-2566.
* Cliente: Como você conseguiu essas informações todas?
* Telefonista: Nós estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central.
* Cliente: Ah, sim, é verdade! Eu queria encomendar duas pizzas, uma de quatro queijos e outra de calabresa...
* Telefonista: Talvez não seja uma boa ideia...
* Cliente: O quê?
* Telefonista: Consta na sua ficha médica que o Senhor sofre de hipertensão e tem a taxa de colesterol muito alta.
Além disso, o seu seguro de vida proíbe categoricamente escolhas perigosas para a sua saúde.
* Cliente: É você tem razão! O que você sugere?
* Telefonista: Por que o Senhor não experimenta a nossa pizza “Superlight”, com tofu e rabanetes? O Senhor vai adorar!
* Cliente: Como é que você sabe que vou adorar?
* Telefonista: O Senhor consultou o site “Recettes Gourmandes au Soja” da Biblioteca Municipal, dia 15 de janeiro, às 4 h 27 min, onde permaneceu conectado à rede durante 39 minutos. Daí a minha sugestão...
 Cliente: OK está bem! Mande-me duas pizzas tamanho família!
* Telefonista: É a escolha certa para o Senhor, sua esposa e seus 4 filhos, pode ter certeza.
* Cliente: Quanto é?
* Telefonista: São R$ 49,99.
* Cliente: Você quer o número do meu cartão de crédito?
* Telefonista: Lamento, mas o Senhor vai ter que pagar em dinheiro. O limite do seu cartão de crédito já foi ultrapassado.
* Cliente: Tudo bem, eu posso ir ao Multibanco sacar dinheiro antes que chegue a pizza.
* Telefonista: Duvido que consiga! O Senhor está com o saldo negativo no banco.
* Cliente: Meta-se com a sua vida! Mande-me as pizzas que eu arranjo o dinheiro. Quando é que entregam?
* Telefonista: Estamos um pouco atrasados, serão entregues em 45 minutos. Se o Senhor estiver com muita pressa pode vir buscá-las, se bem que transportar duas pizzas na moto não é aconselhável, além de ser perigoso....
* Cliente: Mas que história é essa, como é que você sabe que eu vou de moto?
* Telefonista: Peço desculpas, mas reparei aqui que o Sr. não pagou as últimas prestações do carro e ele foi penhorado. Mas a sua moto está paga, e então pensei que fosse utilizá-la.
* Cliente: @#%/§@&?#>§/%#!!!!!!!!!!!!!
* Telefonista: Gostaria de pedir ao Senhor para não me insultar... Não se esqueça de que o Senhor já foi condenado em julho de 2006, por desacato em público a um Agente Regional.
* Cliente: (Silêncio)
* Telefonista: Mais alguma coisa?
* Cliente: Não, é só isso... Não, espere... Não se esqueça dos 2 litros de Coca-Cola que constam na promoção.
* Telefonista: Senhor, o regulamento da nossa promoção, conforme citado no artigo 3095423/12, nos proíbe de vender bebidas com açúcar a pessoas diabéticas...
* Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh!!!!!!!!!!! Vou me atirar pela janela!!!!!
* Telefonista: E machucar o joelho? O Senhor mora no andar térreo! 


14 - MAMEDE:
Luiz Fuinha parou o caminhão na frente da loja do turco Mamede e fala pra este:
- Seu Mamede, tem aqui um caminhão de arroz sem nota, o preço é metade, o siô aceita?
- Claro que Mamede aceita - e vira-se para o filho:
- Caledinho, vai na esquina e se abarecer o fiscal vem correndo pra visá Bábai.
Começam a descarga e, no meio, aparece Caledinho:
- Bábai!... Fiscal vem vindo!
- Bára tudo e volta carregar - grita Mamede.
Chega o fiscal:
- Venda grande não é seu Mamede?
- Ôh ôh, melhó venda de ano que Mamede feis...
- E isso aí tem nota?
- Ainda num tem nota borquê Mamede está esberando carregar bra ver quanto mercadoria quê cabe na caminhón... daí, Mamede tira nota.
- Não pode! A nota fiscal tem de ser emitida antes de carregar!
- Ah!... Antão bára tudo, que Mamede non qué broblema com receita!... Volta descarregar tudo caminhón e guardar lá dentro do loja...!! 


13 – ATENTADO:
Nova York 11 de setembro de 2001, às 7 h da manhã.
O sujeito despede-se da esposa e vai para seu escritório no 85º andar de uma das torres do Word Trade Center.
No caminho resolve de mudar os planos e segue direto para a casa de sua amante.
Chegando lá desliga o seu celular, despe-se e vai com ela para cama...
Ás 11: 00, já feliz e bem disposto, resolve ir para o escritório.
Veste-se e, antes de sair, liga o seu celular... Que toca na mesma hora!
Ao atender, é sua mulher gritando em pânico e aos prantos:
-Graças a Deus! Querido... Onde você está?
-Estou aqui no escritório querida.... Tomando um cafezinho... Aconteceu alguma coisa? 


12 - CONFISSÕES DE UMA MULHER MADURA:
Quando menina esperava um dia ter um namorado… seria bom se fosse alegre e amigo…
Quando tinha 18 anos, encontrei esse garoto e namoramos; ele era meu amigo, mas não tinha paixão por mim.
Então percebi que precisava de um homem apaixonado, com vontade de viver, que se emocionasse…
Na faculdade saía com um cara apaixonado, mas era emocional demais.
Tudo era terrível, era o rei dos problemas, chorava o tempo todo e ameaçava suicidar-se.
Descobri então, que precisava de um rapaz estável.
Quando tinha 25 anos encontrei um homem bem estável, sabia o que queria da vida; mas era muito chato: queria sempre as mesmas coisas - dormir no mesmo lado da cama, feira no sábado e cinema no domingo. Era totalmente previsível e nunca nada o excitava.
A vida tornou-se tão monótona que decidi que precisava de um homem mais excitante.
Aos 30, encontrei um tudo de bom, brilhante, bonito, falante e excitante, mas não consegui acompanhá-lo. Ele ia de um lado para o outro, sem se deter em lugar nenhum. Fazia coisas impetuosas, paquerava com qualquer uma e me fez sentir tão miserável, quanto feliz.
No começo foi divertido e eletrizante, mas sem futuro. Decidi buscar um homem com alguma ambição para com ele construir uma vida segura.
Quando cheguei aos 35, encontrei um homem inteligente, ambicioso e com os pés no chão. Apartamento próprio, casa na praia, carro importado, desimpedido, e sem rolos! Pensei logo em casar com ele.
Mas era tão ambicioso que me trocou por uma herdeira…
Procurei bastante, incansavelmente…
Hoje, depois de tudo isso, hoje aos 40 anos, gosto de homens com pau duro…
E só!
Nada como a simplicidade! 


11 – COMO EMAGRECER RÁPIDO:
Você sabia que transar… ou melhor fazer Sexo é a maneira mais eficaz de perder peso?
Veja quantas calorias você pode perder durante uma transa:

TIRANDO A ROUPA
Com o consentimento dela - 10 Cal
Sem o consentimento dela - 190 Cal 

ABRINDO O SUTIÃ
Com as duas mãos - 8 Cal
Com uma mão - 32 Cal
Com uma mão, sendo espancado por ela - 107 Cal 

COLOCANDO A CAMISINHA
Com ereção - 6 Cal
Sem ereção - 644 Cal 

NA HORA DA TRANSA
Tentando encontrar o clitóris - 12 Cal
Tentando encontrar o ponto “G” - 13 Cal
Tentando fazer ela virar - 348 Cal

POSIÇÕES
Papai e Mamãe - 12 Cal
Frango Assado - 20 Cal
Peão do Boiadeiro - 89 Cal
69 deitado - 10 Cal
69 em pé - 912 Cal
120 deitado – 1.150 Cal
120 em pé – 2.500 Cal
Tocha Cubana – 5.000 Cal

APÓS O ORGASMO
Ficar na cama abraçadinho - 18 Cal
Virar de lado - 36 Cal
Explicar para ela por que virou de lado - 814 Cal

TENTANDO DAR A SEGUNDA
Se você tem de 16 a 19 anos - 12 Cal
Se você tem de 20 a 29 anos - 38 Cal
Se você tem de 30 a 39 anos - 112 Cal
Se você tem de 40 a 49 anos - 326 Cal
Se você tem de 50 a 59 anos - 973 Cal
Se você tem acima de 60 anos - 2.926 Cal

COLOCANDO A ROUPA
Colocando a roupa calmamente - 32 Cal
Com pressa de se mandar - 96 Cal

Com o marido dela batendo na porta - 2.438 Cal 


10 – PALAVRAS GRANDES:
As 10 maiores palavras do Português
Talvez não seja assim tão engraçado, mas não deixa de ser uma curiosidade inútil que pessoas desocupadas adorariam ler, por isso eu posto mesmo assim...
10ª – Inconstitucionalissimamente (27 letras): Sinônimo de anticonstitucionalissimamente.
9ª – Oftalmotorrinolaringologista (28 letras): Profissional especializado nas doenças dos olhos, ouvidos, nariz e garganta.
8ª – Anticonstitucionalissimamente (29 letras): Maior advérbio da língua portuguesa, significa o mais alto grau de inconstitucionalidade.
7ª – Monosialotetraesosilgangliosideo (32 letras): Substância presente em medicamentos como o sinaxial e o sygen.
6ª – Hipopotomonstrosesquipedaliofobia (33 letras): Doença psicológica que se caracteriza pelo medo irracional (ou fobia) de pronunciar palavras grandes ou complicadas (como essa e as outras nove palavras).
5ª – Dimetilaminofenildimetilpirazolona (34 letras): Substância ativa em vários comprimidos para dor de cabeça.
4ª – Tetrabrometacresolsulfonoftaleína (35 letras): Termo específico da área de química.
3ª – Piperidinoetoxicarbometoxibenzofenona (37 letras): Substância presente em medicamentos como o Baralgin.
2ª – Paraclorobenzilpirrolidinonetilbenzimidazol (43 letras): Substância presente em medicamentos como o Ultraproct.
1ª – Pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico (46 letras): Relativo a uma doença pulmonar aguda causada pela aspiração de cinzas vulcânicas.
Que conclusão vocês tiram disso? Eu descobri que todos médicos devem andar com um dicionário de baixo do braço... 


09 – PAPAI NOEL EXISTE?
Veja a opinião de um engenheiro:
1. Existem aproximadamente dois bilhões de crianças (pessoas com menos de 18 anos) no mundo. Porém, como Papai Noel não visita criança das religiões Muçulmana, Hindu, Judaica e Budista, isso reduz o trabalho na noite de Natal para 15% do total, ou 378 milhões de pessoas (de acordo com o Bureau de Referência de população). A uma taxa média (censo) de 3,5 crianças por lar, tem-se um total de 108 milhões de lares, considerando que haja pelo menos uma criança boazinha em cada lar.
2. Papai Noel tem cerca de 31 horas de Natal para trabalhar, graças à diferença de fuso-horário e à rotação da Terra, considerando que ele viaje de leste para oeste (o que parece lógico). Isso resultaria em 967,7 visitas por segundo, e significa que, para cada casa cristã com uma criança boazinha, Papai Noel tem cerca de 1/1000 segundo para estacionar o trenó, saltar, pular na chaminé, encher as meias, distribuir os presentes restantes sob a árvore, comer algum lanche que tenha sido deixado para ele, subir de volta pela chaminé, entrar no trenó e ir até a próxima casa.
Considerando que cada uma das 108 milhões de paradas esteja distribuída uniformemente pelo mundo (o que, naturalmente, sabemos ser falso, mas será aceito para fins de cálculo), estamos falando agora de aproximadamente 1,25 km por casa - uma viajem total de 121,5 milhões de km, sem contar idas ao banheiro e descansos. Isso significa que o trenó do Papai Noel move-se a uma velocidade de 1.046 km/s - 3.000 vezes a velocidade do som. Para fins de comparação, o veículo mais veloz já construído pelo homem, a sonda espacial Ulisses, move-se a acanhados 44,1 km/s, e uma rena normal pode correr a 24 km/h (no máximo).
3. A carga útil do trenó representa um outro elemento interessante. Considerando que cada criança não receba nada mais que um Lego médio (907 g), o trenó levaria mais de 500 mil toneladas, sem contar o peso do "bom velhinho". Em terra, uma rena normal não puxa mais que 136 kg.
Mesmo admitindo que renas "voadoras" pudessem puxar dez vezes o normal, o serviço não poderia ser feito com oito ou nove delas - Papai Noel precisaria de 360.000 renas. Isso aumentaria a carga, sem contar o peso do trenó, mais 54 mil toneladas, ou aproximadamente sete vezes o peso do Queen Elizabeth (o navio, não a monarca).
4. Cinquenta mil toneladas viajando a 1.046km/s cria uma enorme resistência do ar isso aqueceria as renas da mesma maneira que uma nave espacial ao reentrar na atmosfera da Terra. O primeiro par de renas absorveria 14,3x10 elevado a 19 joules de energia por segundo. Em resumo, elas explodiriam em chamas quase que instantaneamente, explodindo as renas atrás delas e criando estrondos sônicos ensurdecedores em seu rastro.
Todo o conjunto de renas seria vaporizado em 4,26 milésimos de segundo, ou quase quando Papai Noel atingisse a quinta casa em sua viagem. Porém, nada disso importa, pois o Papai Noel, com a aceleração resultante de uma parada brusca a partir de 1.046 km/s em 0,001 segundo, estaria sujeito a uma força de 17.000 G's. Um Papai Noel de 113 kg (que parece ridiculamente magro) seria imobilizado no fundo do trenó por 1.957.258 kgf o que esmagaria instantaneamente os seus ossos e órgãos, reduzindo-o a uma bolha trêmula de meleca pegajosa cor-de-rosa.
5. Conclusão: Se Papai Noel existiu, ele já está morto! 


08 - PROFUNDO, TOCANTE, EMOCIONANTE! !!!!
Nossos corpos estão tão unidos, que posso sentir as batidas do seu coração.
Nossa respiração confunde-se com a do outro...
Nossos movimentos são sincronizados ... indo e voltando... para frente e para trás ....
Às vezes para, e então, quando nos cansamos da mesma posição, nos esforçamos para mudar, mesmo que seja só por pouco tempo.
O suor de nossos corpos começa a fluir sem nada que possamos fazer...
Um calor enorme parece que nos fará desmaiar...
Uma força ainda maior nos faz ficar ainda mais colados um ao outro e, quando não aguentamos mais segurar...
Uma voz ecoa em nossos ouvidos:
.
.
.
- Estação Armênia, desembarque pelo lado esquerdo do trem!!!! 


07 - VORTEMO!
O pessoal tava tomando “umas” num bar de beira de estrada, quando um deles, metido a esperto, diz pra um caipira:
- Ô Zé! Vamos brincar de antônimo?
- O que co sor falô?
- Brincar de antônimo. Quer dizer, uma coisa contrária da outra! Por exemplo: alto e baixo, forte e fraco...
- Ah! ...intindi! então, vamu brincá!
- O que vai valê?
- Uma cerveja. Eu começo tá?
Começaram a brincadeira, e o espertalhão disse:
- Gordo?
E o caipira:
- Magro!
- Homem?
- Muié!
- Preto?
- Branco!
E o espertalhão:
- Verde?
- Verde? Nada! Verde num tem antônimo não...
- Claro que tem!
- Então exprica...
- Maduro!
- Ai, caraio! pirdi a aposta. Vamo de novo, valendo ôtra cerveja? Mas desta vece ieu cumeço.
- Pode começar!
- Saúde?
- Doença!
- Molhado?
- Seco!
Aí o caipira disse:
- Agora ocê vai sifudê, seu fiu duma égua! Qué vê só?
- Fumo?
- Não, não! Para! Peraí... fumo não tem antônimo!
- Claro que tem, uai!
- Então diz aí: qual o antônimo de fumo?
-Vortemo... 


06 - BATMAN!
Três amigas, uma noiva, uma casada e uma amante decidiram fazer uma brincadeira: seduzir seus homens usando uma capa, corpete de couro, máscara nos olhos e botas de cano alto, para depois dividir a experiência entre elas.
No dia seguinte, a noiva iniciou a conversa:
- Quando meu namorado me viu usando o corpete de couro, botas com 12 cm de salto e máscara sobre os olhos, me olhou intensamente e disse: “Você é a mulher da minha vida, eu te amo”. Em seguida, fizemos amor apaixonadamente.
A amante contou a sua versão:
- Encontrei meu amante no escritório, com o equipamento completo! Quando abri a capa, ele não disse nada, me agarrou e fizemos amor a noite toda, na mesa, no chão, de pé, na janela, até no hall do elevador!
Aí a casada contou sua história:
- Mandei as crianças para a casa da minha mãe, dei folga pra empregada, fiz depilação completa, as unhas, escova, passei creme no corpo inteiro, perfume em lugares estratégicos e caprichei: capa preta, corpete de couro, botas com salto de 15 cm, máscara sobre os olhos e um batom vermelho que nunca tinha usado.
Pra incrementar, comprei uma calcinha de lycra preta com um lacinho de cetim no ponto G. Apaguei todas as luzes da casa e deixei só velas iluminando o ambiente. Meu marido chegou, me olhou de cima abaixo e disse:
- Fala aí, Batman, cadê a janta? 


05 – ENTENDA O MERCOSUL:
Países: Argentina, Bolívia, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Mercados, Brasil.
Aprenda antes que acabe:
ARGENTINA - Eles confundem primeira-dama com chefe de governo, luta-livre com futebol e lamúrias de corno com música. Fizeram uma guerra contra uma ilha habitada apenas por pinguins. E perderam.
PARAGUAI - A rigor não é nem país - é apenas uma feira livre com status de nação. Falsificam tudo: DVDs, cigarros, videogames e a história de Itaipu.
URUGUAI - Também não é exatamente um país, é uma fazenda. 90% da população é vaca. O resto é ovelha.
VENEZUELA - Eles têm certeza de que Simon Bolívar e o Batman são a mesma pessoa. O presidente é uma mistura de Fidel Castro com Didi Mocó. Têm muito petróleo. Eles usam pra beber e tomar banho.
PAÍSES ASSOCIADOS:
Bolívia: o presidente é a cara do Zacarias.
Chile: não é país, é molho apimentado.
Peru: você levaria a sério um lugar chamado Frango? Pois é.
Colômbia: a maior intelectual deles é a Shakira o restante vive em função da “farinha”.
Equador: não é país, é linha.
E finalmente...
BRASIL - Metade da população passa o dia inteiro batendo tambor pra outra metade rebolar. Têm bananas na cabeça e tocam pandeiro por qualquer motivo besta (epidemia de disenteria, volta da dengue, aumento da inflação, etc). O presidente é um homem singular: nunca acertou um plural.
Me digam, como é que o MERCOSUL ainda não acabou? 


04 - EMPREGADA PEDINDO AUMENTO:
- Madame, estou precisando de um aumento.
A senhora muito chateada pergunta:
- Maria, porque você acha que merece um aumento?
- Você só está aqui há 3 meses.
- Madame, há três razões porque eu acho que mereço um aumento.
- Em primeiro lugar eu passo as roupas melhor do que a senhora.
- Quem foi que disse isso?
- Foi o patrão quem disse. Em segundo lugar eu cozinho melhor do que a senhora.
- Que absurdo, quem disse isso?
- Foi o patrão quem disse. Em terceiro lugar eu sou melhor na cama que a senhora.
- Filha da Puta. Foi meu marido quem disse isso também?
- Não madame, foi o motorista...
- QUANTO VOCÊ QUER DE AUMENTO ???? 


03 - CHECÁPE!
Seu Antônio, aproveitando a viagem pra Belzonte, foi no médico fazer um 'checápe'.
Diz-lhe o médico:
- Sr. Antônio, o senhor está em muito boa forma para 40 anos - diz o médico.
- E eu disse ter 40 anos?
- Quantos anos o senhor tem?! - indaga o médico.
- Fiz 57 em maio que passou.
- Puxa! E quantos anos tinha seu pai quando morreu?
- E eu disse que meu pai morreu?
- Oh, desculpe! Quantos anos tem seu pai?
- O véio manteiga tem 81!
- 81? Que bom! E quantos anos tinha seu avô quando morreu?
- E eu disse que ele morreu?
- Sinto muito. E quantos anos ele tem?
- 103, e anda de bicicleta até hoje!
- Fico feliz em saber. E seu bisavô? Morreu de quê?
- E eu disse que ele tinha morrido? Ele está com 124 e vai casar na semana que vem!
- Agora já é demais! - diz o médico revoltado. - Por que um homem de 124 anos iria querer casar?
- E eu disse que ele QUERIA se casar? Engravidou a moça...


02 - LOIRA NO CASSINO!
Uma loura muito sensual entrou num cassino. Trocou dez mil dólares por fichas e dirigiu-se à mesa da roleta. Lá chegando, anunciou que apostaria todo o seu dinheiro e que acertaria os números em um único lance. E, fitando os dois empregados responsáveis pela roleta acrescentou:
- Olha, espero que vocês não se importem, mas tenho mais sorte quando estou toda nua...
Dito isto, ela se despiu completamente, e depois colocou as fichas todas sobre a mesa. Inteiramente abestalhado, o "croupier" acionou a roleta.
Enquanto esta girava, a loura cantava:
- MÃEZINHA PRECISA DE ROUPAS NOVAS!...
- MÃEZINHA PRECISA DE ROUPAS NOVAS!...
Assim que a roleta parou, ela começou a dar grandes pulos e a gritar:
- GANHEI!!! GANHEI!!! QUE MARAVIIIIILHAAA!!! GANHEEEI!!!
Ela então abraçou e beijou cada um dos “croupier”. Em seguida debruçou-se sobre a mesa e recolheu todo o dinheiro e as fichas. Vestiu-se rapidamente e se mandou. Os “croupiers” se entreolharam boquiabertos. Finalmente, um deles, voltando a si, perguntou:
- Em que número ela apostou, você viu?
E o outro:
- Eu não... Pensei que VOCÊ estivesse olhando...
Moral: Nem toda loura é burra, mas HOMEM É TUDO IGUAL! 


01 - A TRANSA DA FANHA!
A fanha foi ao baile e lá conheceu um cara.
Conversa vai, conversa vem, foram para um motel...
Lá chegando, iniciaram as preliminares e ela disse, com toda sua dificuldade de articulação:
- Vohê habe, eu hosto de apanhar um houco an-hes de huder.
Enhão, Bahe um pouhinho na miha bun-ha?
O cara responde:
- Claro, eu te dou umas palmadas nessa sua bundinha gostosa... Foi tapa, dois, três...
E a fanha diz:
- Bahe mais fohe, Fiha a Huta!
Ele bateu mais forte.
De novo: Bahe mais fohe!! Fiha a Huta!
E o tapa foi maior.
- Cahaio, bahe mais fohe !!! Fiha a Huta, Bahe mais fohe !!!
E o cara achou estranho, mas usou toda sua força para um baita tapão no traseiro da fanha e não satisfeito pegou sua sandália Rider, tamanho 44, embaixo da cama e sapecou no traseiro da fanha com toda força que até rasgou a Rider.
Aí, a mulher levanta cambaleando e já cheia de hematomas, pega um pedaço de papel e uma caneta de sua bolsa e escreve:
- Seu imbecil... Bate, mas fode !! Filho da puta !!!