CAMINHO DE SANTIAGO: QUANDO ECONOMIZAR É FUNDAMENTAL


QUANDO ECONOMIZAR É FUNDAMENTAL

Fonte: http://www.caminhodesantiago.org.br/



Você já conhece o seu limite de gastos e, obviamente, definiu a distância média que terá de percorrer a cada dia. Se você é como eu, a grana levada a mais, como margem de segurança, não é lá muito grande, e será preciso alguma disciplina para não consumi-la logo.

O problema é que esta é sua primeira vez e você não conhece o dia a dia do Caminho. É natural uma certa dose de insegurança. Existem algumas dicas que poderão ser valiosas. Então, anote.

1. Considere que o custo do pernoite em albergues está (aproximadamente, em 2014) entre 7 e 10 Euros. Peça ao hospitaleiro do albergue onde você pernoitar informações sobre as acomodações que existem no povoado de destino. É bem provável que haja mais de uma opção.

2. O custo de alimentos para o jantar, o desjejum do dia seguinte e de alguma coisa para ser consumida como almoço será bem menor se dividido por duas ou três pessoas. Com 15 Euros três pessoas fazem a festa!

3. Essa "alguma coisa" que eu citei é muito importante. Um sanduíche comprado em um bar pode custar até três vezes mais que um feito por você, na noite anterior.

4. Se você é daquelas pessoas que adoram um cafezinho ou um refrigerante, seja parcimonioso. Um cafezinho ou um refrigerante aqui e outro ali, e você acaba gastando mais do que gastou com a comida do item 2.



5. Sempre é possível que não haja mais acomodações no albergue onde você pretendia ficar. Nestes casos, você terá que passar a noite em alguma casa rural ou hostal (pequeno hotel). Se isto acontecer, pergunte ao hospitaleiro do local qual das opções fica mais em conta. Lembre-se de comprar sua comida em uma venda ou em um supermercado, pois a refeição no hostal vai custar bem mais.

6. Em alguns locais (Astorga, Ponferrada, etc) o custo de visitação a certos locais poderá ficar menor se você se identificar como peregrino.

7. Se você precisar fazer o trajeto do dia com uma condução - pode acontecer, sim -, informe-se se ir de trem (quando existir uma estação) é mais barato.

8. Em alguns locais pode não haver utensílios de cozinha no albergue. Se você puder levar uma pequena panela (preferencialmente de ágata) e, pelo menos uma pequena colher, será fácil fazer sua refeição.

9. Algumas dicas sobre alimentação:

- Com um saquinho de “capelleti” ou macarrão desidratados, e uma lata de sardinha ou atum, e algo para beber você gastará cerca de 3 Euros.

- Existem pratos prontos de massa, com opções variadas de molhos (carbonara, bolonhesa, etc), que só precisam ser cozidos por 5 minutos. Dá um prato fundo cheio. Custam 1,5 Euro, mais ou menos.

- Na Espanha, é possível comprar 1 ovo, 1 cebola, etc. Assim, fica menor a necessidade de se carregar certas coisas na mochila.

10. Se você não usar estas dicas é porque tá montado na grana ou é daquele tipo de peregrino que precisa levar um escorpião em cada bolso. :O))




Buen Camino!


VOLTAR