2015 - CAMINHO DE SANTIAGO: DÚVIDAS FREQUENTES!



DÚVIDAS FREQUENTES - Fonte ACACS-SP


• Gostaria de percorrer parte do caminho que se inicia na França, disponho de 10 dias inteiros para fazer parte do caminho de Santiago. Com este tempo disponível qual cidade devo iniciar o meu caminho?
Se puder inicie o Caminho desde Astorga, ou Ponferrada, procure planejar bem o seu caminho e quantos quilômetros consegue caminhar por dia, segue uma opção de caminho: 
01º dia De Astorga a Foncebadon 
02º dia Ponferrada 
03º dia Villa Franca Del Bierzo 
04º dia O Cebreiro 
05º dia Sarria 
06º dia Portomarin 
07º dia Palas del Rei 
08º dia Ribadiso de Baixo 
09º dia Predrouzo/Arca 
10º dia Santiago de Compostela

• Estou querendo fazer o caminho, mas por ser a primeira vez, não gostaria de ir sozinha (o). A ACACS-SP sabe se tem algum "grupo" que irá fazer o caminho?
Recomendamos participar das palestras e caminhadas da Associação ACACS-SP que o grupo se forma sozinho. São muitos os peregrinos que estão se preparando na Associação e procuram companhia para fazer a Peregrinação. 
Se não quiser, tem o grupo do Curso da Universidade de Santiago de Compostela que tem saídas duas vezes ao ano a um custo de $1.600,00 euros saindo desde o Cebreiro. Veja maiores informações no link
Referência: http://www.santiago.org.br/noticias-boletins.asp?id=333

• Como faço para adquirir um bom guia do Caminho Francês, A ACACS-SP tem mapas e guias do caminho?
A ACACS-SP tem disponível aos Associados o Guia do Peregrino do Caminho Francês, porém em língua espanhola.
Caso não possa retirar na Associação enviaremos o guia via correios, basta solicita-lo por e-mail acacs-sp@santiago.org.br, o custo do valor do SEDEX deverá ser depositado na conta da Associação.

• Onde posso retirar o Passaporte Peregrino ou a CREDENCIAL OFICIAL DO PEREGRINO na Espanha?
Caso não queira levar do Brasil o Passaporte Peregrino junto a Associação ACACS-SP, de São Paulo, acesse o link abaixo onde retirar a sua Credencial Oficial do Peregrino diretamente na Espanha (Caminhos Francês e Aragonês) .
Referência: 
http://www.santiago.org.br/credencial.asp#Credencial%20Espanha

• Posso me tornar sócio só para fazer as caminhadas preparatórias? Qual o valor da anuidade?
Sim, o valor da anuidade de 2012 é de R$100,00 e para se tornar sócio tem uma taxa de R$20,00.

• Como fica a situação da entrada do peregrino devido às relações Brasil X Espanha?
Tem que atender as exigências da Espanha, veja a lista de documentos necessários: 
a. Passaporte válido por ao menos mais seis meses; 
b. Bilhete de volta; 
c. Ter ao menos 57,06 euros por dia de permanência, por pessoa (o montante total mínimo é de 513,54 euros), ou apresentação de documentos que comprovem as condições da estada e disposição de meios econômicos suficientes para sustento durante o período de permanência na Espanha; 
d. Ter seguro médico internacional ou com cobertura no exterior com, no mínimo, garantia de repatriação em caso de doença grave ou acidente e cobertura de 30 mil euros; 
e. A Credencial do Peregrino ou comprovante de reserva em hotéis, no período de permanência, ou matrícula de eventuais cursos teóricos ou práticos; 
f. Carteira de Vacinação (Não obrigatório) mas verifique se está em dia com as vacinas obrigatórias (Tétano, hepatite, sarampo, e outras
Referência: http://www.santiago.org.br/preparacao-o-que-levar.asp

• Qual cidade posso iniciar o Caminho de Santiago percorrendo a pé apenas os últimos 100 quilômetros até Santiago de Compostela?
- Sarria se for pelo Caminho Francês; - Tui se for pelo Caminho Português; - Lugo se for pelo Caminho Primitivo; - Ferrol pelo Caminho Inglês e Ourense pela Via de La Plata.

• Como funciona a alimentação nos refúgios e albergues, há café da manhã e jantar, ou cozinha que possamos utilizar?
A maioria dos refúgios e albergues não tem café da manhã e nem jantar, porém estes albergues oferecem a cozinha com todos os utensílios para você cozinhar. 
Os Albergues que possuem café da manhã e jantar, geralmente não oferecem a cozinha para os peregrinos, e caso desejem devem pagar a parte pelo que vai consumir. Geralmente um café da manhã é em torno de $3,00 euros e o jantar (menú do peregrino) de $8,00 a $15,00 euros

• Gostaria de saber se tem uma lista do que levar para o Caminho de Santiago destinada às mulheres, mais específica?
1 Anorak - casaco impermeável, 
2 Calças-bermudas: tactel, suplex etc..., 
3 Camisetas do tipo dry fit, 
3 Calcinhas, 
2 Soutiens, 
3 Pares de meias cool max, 
1 Moleton, 
1 Capa de chuva tipo camelo, 
2 Toalhas fralda, 
1 Chapéu, 
1 Chinelo, 
1 Mochila de 35 litros, 
1 Saco de dormir, 
1 joelheira, 
Veja a lista completa no link
Referência: http://www.santiago.org.br/noticias-boletins.asp?id=612

• Qual o idioma a ser utilizado na peregrinação do Caminho de Santiago de Compostela?
Na Espanha é importante saber pelo menos o básico do Espanhol, em Santiago de Compostela e na região da Galícia, fala-se o Galego que é um idioma bem parecido com o Português. Se for iniciar o Caminho no França será importante saber pelo menos o básico do Francês ou do Inglês. No Caminho de Santiago encontramos peregrinos de todo o mundo, entre eles, a linguagem universal utilizada é a dos gestos, onde todos se entendem.

• Qual o valor do Táxi de Pamplona?
Custo do Táxi no Caminho de Santiago: de Pamplona - Roncesvalles... $ 55,00 a $ 68,00 euros. Do Aeroporto de Pamplona a Roncesvalles de $ 58,00 euros a $ 72,00 euros, de Pamplona a Saint Jean Pied-de-Port $ 93,00 a $ 116,00 euros e do Aeroporto de Pamplona a Sain Jean Pied-de-Port de $ 96,00 euros a 120,00 euros RESERVAS: info@taxipamplona.com
Referência: http://www.taxipamplona.com/comparte.php

• Estou planejando fazer o Caminho de Santiago no mês de outubro, ainda é um bom mês para se percorrer o Caminho de Santiago?
O importante é não deixar para fazer no final do mês de outubro, pois entrará no mês de novembro quando está no final do outono e inicio de Inverno. Veja no link as melhores épocas para fazer a peregrinação.
Referência: http://www.santiago.org.br/preparacao-melhor-epoca.asp

• O que é o PASSAPORTE do peregrino, e como obtê-lo?
É a credencial do peregrino, enquanto estiver trilhando o Caminho de Santiago. O documento é uma espécie de passaporte que dá direito ao portador de pernoitar em albergues especiais, igrejas e monastérios ao longo de todo caminho. 
Nele, há várias lacunas em branco para serem postos de carimbos ("sellos") nos lugares que hospedar a fim de comprovar sua passagem. Para provar que cumpriu o trajeto mínimo para ter o direito a receber a chamada "Compostelana" (Certificado de conclusão do Caminho de Santiago). 
Veja no link como obtêr o seu passaporte.
Referência: http://www.santiago.org.br/credencial.asp

• Qual dificuldade de se fazer a peregrinação final de dezembro e começo de janeiro?
Regra geral: percorrer o Caminho no inverno europeu, de dezembro a fevereiro, é totalmente desaconselhável. Estatisticamente a possibilidade de encontrar gelo e neve em algum lugares é muito alto.
A neve bloqueia a passagem dos peregrinos, principalmente nas regiões de maior altitude, como nos Pirineus, Foncebadón e Cebreiro, o que pode tornar a peregrinação uma experiência perigosa. Além disso, para enfrentar o frio é necessário estar muito bem agasalhado, o que representará um peso excessivo em sua mochila.
Referência: http://www.santiago.org.br/preparacao-melhor-epoca.asp

• Pretendo percorrer 150 quilômetros, de onde devo começar?
Deve iniciar o seu caminho em O Cebreiro.

• Quero fazer o caminho de Santiago, mas não posso carregar peso nas costas. Há algum transporte de bagagem durante o caminho?
O empresário José Luis Pardo Rodríguez, há três anos está dedicando-se ao transporte de mochila dos peregrinos, e é a «única empresa legalizada» para este serviço na província de León: www.caminodesantiago2010.com.es 
Referência: http://www.santiago.org.br/noticias-boletins.asp?id=91

• Foi definitivamente encerrado o pousar da mão no pórtico de glória, e as cabeçadas ao Santo dos croques?
Sim, está permanentemente proibido colocar a mão no pórtico da glória e dar as cabeçadas.

• Posso parcelar Seguro viagem Vital Cards? Quantas vezes? Eu posso fazer direto na Associação ACACS-SP?
Sim, pode parcelar em até 3 vezes no cartão de crédito, para tanto é necessário ir até a Associação ACACS-SP
Referência: http://www.santiago.org.br/noticias-boletins.asp?id=413

• Não tenho seguro viagem (estou com pouco dinheiro), só a credencial me assegura de entrar na Espanha?
Não, a Credencial de Peregrino não assegura o peregrino a entrar na Espanha. 
É necessário ter o seguro obrigatório do acordo de SHENGEN. O Acordo Previdência Social Brasil Espanha está suspenso e sem previsão de retorno. A informação foi passada pelo Ministério da Saúde via telefone: (11) 3291-8975 
Veja no link além do seguro quais os documentos necessários para entrar na Espanha. 
Referência: http://www.santiago.org.br/preparacao-o-que-levar.asp

• Qual é a companhia seguradora da Vital Cards? É conhecida internacionalmente?
A Seguradora da Vital Cards é a Zurich Seguros, empresa fundada na Suíça em 1872, com atuação em mais de 170 países.
Referência: http://www.santiago.org.br/noticias-boletins.asp?id=413

• Qual a maneira mais viável para ir de Pamplona até San Jean Pied de Port? Táxi ou ônibus?
Recomendamos pegar um táxi e indicamos o Sr. Juan Gonzalez; o telefone dele já com código: 002134689800152

• O plano de Seguro Saúde da Vital Cards, o Europe Slim é bem aceito para entrar na Espanha?
O Europe Slim é o mais básico dos planos para a Europa, ele possui menos itens de cobertura em relação ao Europe Schengen e ao Europe Schengen Plus, por isto o preço é bem mais em conta. Para efeitos de imigração, o Europe Slim está adequado ao que pede o Tratado de Schengen, então, quanto à aceitação, não há problemas, é um plano formatado com o que pede a Europa, que são os 30 mil euros para cobertura médica. 
O que o Europe Slim não cobre e que os outros planos de Europa cobrem são os seguintes itens: 
- Seguro de extravio de bagagem 
- Seguro por morte acidental 
- Seguro de cancelamento de viagem (acidente com o segurado ou falecimento de familiar de 1º grau, antes do embarque) 
- Seguro de despesas por atraso de voo 
- Seguro de despesas por atraso de bagagem

• Como devo proceder para participar das caminhadas preparatórias da ACACS-SP?
Faça a inscrição no site e comece a acompanhar a divulgação das caminhadas, assim que surgir uma de seu interesse envie um e-mail para acacs-sp@santiago.org.br solicitando a inscrição na caminhada.
Referência: http://www.santiago.org.br/noticias-boletins-lista.asp?grup=Caminhadas

• Existem grupos que saem juntos na peregrinação? Tenho vontade de fazer a peregrinação, mas me sinto insegura (o) de ir sozinha (o).
No Caminho de Santiago você nunca estará sozinha, veja estatisticas do caminho a quantidade de peregrinos que percorrem o caminho de Santiago, mesmo de brasileiros, é possível que você faça amizades desdo o aeroporto de São Paulo. 
Caso ainda sinta-se insegura de ir sozinha (o) participe das Caminhadas Preparatórias da ACACS-SP que sempre encontra peregrinos que estão se preparando para fazer o caminho de Santiago e poderá fazer novas amizades.

• Existe alguma Associação em Curitiba, que eu possa conhecer pra saber mais sobre caminhadas e peregrinação?
Sim, os Curitigrinos é um grupo de amigos, peregrinos ou simplesmente caminhantes, que gostam de se reunir para caminhar, conhecer novos lugares, novas culturas que tem como objetivo valorizar a amizade, compreender a natureza, descobrir a simplicidade com conhecimento, diversão e boa comida.
Referência: http://www.santiago.org.br/links-interessantes.asp

• Eu fiz o seguro Vital Card indicado pela Associação ACACS-SP, porém como devo proceder em caso de algum imprevisto?
a) É imprescindível acionar a Central de Atendimento VITAL CARD antes de qualquer atendimento. Não havendo prévio acionamento ocorrerá a perda do direito a cobertura e reembolso. 
b) Informe seu nome, CPF, número do voucher, telefone e cidade onde se encontra e siga as instruções. Estando no BRASIL ligue: 0800-7070-349 Estando no EXTERIOR ligue: (+55) 11 4126-7479 
Telefones Embratel - Ligação a cobrar para o Brasil: (Informe à telefonista o número de nossa central de atendimento) Alemanha 0800 08 0055 | Áustria 0800 20 0255 | Bélgica 0800 10 055 | Dinamarca 80 8855 25 | Eslováquia 0800 00 5500 | Espanha 1800 3441 055 | Finlândia 0800 110 550 | França 0800 99 0055 | Grécia 00800 1612 20 54194 | Holanda 0800 02 20655 | Hungria 068 000 5511 | Itália 8001 72 211 | Monaco 800 900 55 | Noruega 800 19 550 | Polônia 0080 0491 1488 | Portugal 800 800 550 | Reino Unido 0800 89 0055 | Rússia 8108 00 2097 1049 | Suécia 0207 99 055 | Suiça 0800 55 5251

• Como faço para adquirir o Seguro Viagem do Acordo de Shengen?
Para a comodidade do peregrino, entre em contato com a Associação ACACS-SP pelo telefone (11) 5549.6160 ou e-mail: acacs-sp@santiago.org.br e faça uma cotação de preços, com pagamentos em até 6 vezes no cartão de crédito ou boleto bancário diretamente para a Vital Card. 
Para atender aos peregrinos e viajantes que vão para a Espanha e Europa, a ACACS-SP realizou uma parceria com a Seguro Viagem Vital Cards que desenvolveu o plano para os peregrinos, garantindo aos passageiros assistência completa, 24 hs, de acordo com as exigências consulares para entrada na Espanha.

• Pretendo dormir em hostel durante todo o nosso Caminho de Santiago, preciso fazer reservas ou conseguirei hospedagem sem maiores problemas.
Deverá fazer a reserva com antecedência. recomendamos percorrer o caminho de Santiago e ficar pelo menos uma noite nos albergues de peregrinos de acolhida religiosa para que tenham a experiência e viver o caminho de Santiago como um Peregrino. Se deseja se hospedar em hotel deverá fazer reservas, poderá ser feita um dia antes por telefone, mas não é garantido que encontrará vagas, assim deverá fazer um planejamento das cidades que ficará hospedado, pode ser que terá que percorrer longos trechos do caminho para encontrar um hostel, pois poderá acontecer que não tenha hotel em todas as cidades que pretende se hospedar.

• Pretendo caminhar 300 quilômetros do Caminho de Santiago por onde devo começar? Onde comprar um bom Guia com Mapa?
Faça uma visita à nossa Associação ACACS-SP, lá encontrará mapas e guias do caminho de Santiago. Se morar distante da Cidade e São Paulo, solicite por e-mail os folhetos e guias que enviaremos por SEDEX. O valor do correio deve ser pago antecipadamente.

• Vou fazer o Caminho de Santiago com um casal de amigos, se por acaso eles tiverem algum problema, é fácil seguir sozinha?
A Associação ACACS-SP aconselha aos Peregrinos que o Caminho de Santiago de Compostela deve ser percorrido sozinho, por isto não terá nenhum problema em ficar sozinha. O Caminho Francês é todo demarcado por setas e de fácil visualização. Entre em contato e inscreva-se em uma das Palestras preparatórias do Caminho de Santiago programadas para tirar todas as dúvidas.

• Durante o Caminho de Santiago, quais os locais que devo procurar para colher o carimbo na minha credencial de peregrinos?
Você deverá colher carimbos nas localidades por onde passar, preferencialmente naquelas onde dormir. No caminho, procure as secretarias das catedrais, prefeituras, bares, restaurantes, museus e no próprio albergue para carimbar a credencial. Chegando em Santiago, aqueles que desejam, poderão solicitar a "Compostela", certificado que comprova a peregrinação.

• Onde posso conseguir a credencial de peregrinos se moro longe da Cidade de São Paulo?
Veja no link abaixo se existe uma Associação do Caminho de Santiago na sua cidade, caso não tenha, e para quem mora fora da Cidade de São Paulo, deverá solicitar o formulário pelo e-mail acacs-sp@santiago.org.br ou pelo telefone/fax (11) 5549.6160. Preencher o formulário da credencial e enviar para a Associação ACACS-SP, por fax, junto com a uma cópia do bilhete aéreo, solicitando a credencial do peregrino. Obs: No caso de envio da credencial via correios/sedex, as despesas correrão às expensas do peregrino.
Referência: http://www.santiago.org.br/links-interessantes.asp

• Existe alguma agência de turismo ou Associação que programa alguma excursão para fazer o Caminho de Santiago a rota francesa tradicional saindo do Brasil?
Não, não exite agência de turismo ou Associação que programa alguma excursão para o Caminho de Santiago, pois as Associações do Caminho de Santiago entede que o peregrino deve realiza-lo sozinho, e para isto, é que as Associações exitem, pois é por meio delas que o peregrino terá uma preparação fisica e espiritual como Palestras preparatórias, Caminhadas preparatórias e eventos, onde os peregrinos possam ter informações, conhecimentos, convivência e depoimentos de pessoas que já percorreram o Caminho de Santiago. Ao participar e associar-se da ACACS-SP, o peregrino poderá conhecer pessoas que tenham afinidades e os mesmos interesses e queiram companhia para iniciar a peregrinação a Santiago na mesma data. Participe!

• Gostaria de receber por e-mail as informações da ACACS-SP como fazer?
Preencha o seu cadastro no site em inscreva-se, e ou envie um e-mail para acacs-sp@santiago.org.br e solicite que o seu e-mail esteja cadastrado no banco de dados da Associação.

 Existem caminhadas preparatórias para iniciantes em São Paulo?
Sim, a Associação ACACS-SP mensalmente realiza caminhadas preparatórias para o Caminho de Santiago. Verifique a programação no site, associe-se e/ou solicite por meio do e-mail acacs-sp@santiago.org.br a inclusão no cadastro para receber mensalmente a programação.

• Gostaria de fazer apenas 100 KM do Caminho de Santiago Francês. Qual é a cidade onde devo iniciar o caminho?
A Cidade que está a 100 quilômetros no caminho de Santiago, Caminho Francês, é a Cidade de Sarria.

• Gostaria de saber se posso começar a caminhada por outro local sem ser França?
Sim, existem diversos Caminhos que levam até Santiago de Compostela, pode iniciar de Ronscesvalles na Espanha o caminho Francês, ou da Cidade do Porto, em Portugal o Caminho português.

• Os valores das despesas estão atualizados?
Sim, sempre atualizamos os valores com as informações dos peregrinos que recentemente retornaram do caminho de Santiago, porém pode ocorrer alguma diferença e aumento em alguns albergues e restaurante (menu do peregrino). Por isto, consideramos importante que o peregrino leve uma quantia reserva para imprevistos, procure levar de 20% a 30% da estimativa de gastos para esse fim. Vela no link Despesas
Referência: http://www.santiago.org.br/despesas.asp

• Vale a pena levar um cartão visa travel money?
Sim, caso deseje adquirir moedas, travel checks ou até mesmo o visa travel money entre em contato com a ACACS-SP pelo e-mail acacs-sp@santiago.org.br, que indicaremos para que um representante da empresa Cotação para entrar em contato.

• Teria alguma loja para comprar uma bicicleta de confiança em Madri ou Pamplona que a Associação possa indicar?
Não temos a indicação de lojas para se comprar uma bicicleta, procure informações com os bicigrinos no link abaixo
Referência: http://www.santiago.org.br/preparacao-bicigrinos.asp

• Onde encontro uma loja para comprar mochilas adequadas para o Caminho de Santiago?
Você poderá encontrar em diversas lojas como a Mundo Terra e Pé na Trilha. O importante é uma mochila com um tipo anatômico, com correias grossas na cintura e nos ombros e prendedor no peito, pois o peso deve ser distribuído de forma equilibrada, não ficando os ombros sobrecarregados. O tamanho ideal está entre 32 e 42 litros. Menos peso, melhor Caminho. Evite mochilas muito largas e desformes e dê preferência àquelas com pequenos bolsos laterais e bolso superior. Outra boa característica de uma mochila é abrir também por baixo, para evitar que sempre que você queira pegar algo que se encontra no fundo, como o saco de dormir, tenha que tirar tudo que está por cima.
Referência: http://www.mundoterra.com.br/?orig=acacs

• Existe uma associação de amigos do Caminho de Compostela em Porto Alegre, ou no Rio Grande do Sul?
Sim, em Porto Alegre temos a Associação dos Amigos do Caminho de Santiago do Rio Grande do Sul
Referência: http://www.santiago.org.br/links-interessantes.asp

 Devo levar repelente para evitar possíveis ataques de mosquitos e pernilongos?
Sim, recomendamos levar um tipo de repelente em spray, assim poderá desinfetar as camas antes de colocar o seu saco de dormir e se deitar. Constatamos relatos de peregrinos que em alguns albergues sofreram picadas de uma espécie de pulga (Chinchi);

• A Associação ACACS-SP "forma" grupos para fazer o Caminho de Santiago?
Não, a Associação ACACS-SP entende que o Caminho de Santiago deve ser realizado sozinho, e para isto, proporciona uma preparação aos peregrinos com Palestras preparatórias, Caminhadas preparatórias e eventos, onde os peregrinos possam ter informações, conhecimentos, convivência e depoimentos de pessoas que já percorreram o Caminho de Santiago. 
Entretanto ao participar e associar-se da ACACS-SP, o peregrino poderá conhecer pessoas que tenham afinidades e os mesmos interesses e queiram companhia para iniciar a peregrinação a Santiago na mesma data. Participe!

 Existem preços diferenciados de passagens aéreas para peregrinos?
Não, nenhuma companhia aérea oferece desconto para os peregrinos, porém a ACACS-SP possui convênio com empresas de Turismo, onde o peregrino que for associado ACACS-SP poderá adquirir as passagens com ótimos preços e comodidade. Entre em contato com a Associação acacs-sp@santiago.org.br

• Existem ônibus ou trem que parte de Madrid para Logroño, Leon ou Pamplona?
Consulte o site da renfe e encontrará os horários dos trens para todas as cidades da Espanha. Aconselhamos comprar as passagens pela internet com antecedência, evita não encontrar passagens para o horário que deseja e pode conseguir bons descontos.
Referência: http://www.renfe.com/

• Qual o melhor país para entrar na Europa e fazer o Caminho de Santiago?
Depende da cidade que pretende iniciar o seu caminho. Se for percorrer o Caminho Francês poderará entrar pela cidade de Madri ou Barcelona na Espanha e seguir para Pamplona. Se pretende percorrer o Caminho Português é melhor entrar por Lisboa - Portugal. Se pretende iniciar o Caminho de Le Puy entre por Paris - França

• Gostaria de me associar, como proceder?
Para tornar-se associado ACACS-SP basta preencher o formulário que encontra-se no site e efetuar a CONTRIBUIÇÃO ANUAL, veja maiores informações no link: Associe-se.
Referência: http://www.santiago.org.br/noticias-boletins.asp?id=124

• Gostaria de informações para fazer o caminho a cavalo, o que é necessário?
As pessoas que queiram obter outras informações a respeito da peregrinação a cavalo, acesse o link abaixo e comunica-se com o peregrino João José de Oliveira Machado - e-mail: jjom@zaz.com.br .
Referência: http://www.santiago.org.br/preparacao-peregrinos-cavalo.asp

• Como chegar no inicio de partida em Roncesvalles?
Roncesvalles é uma cidade muito pequena, com dezenas de pessoas. Para chegar a Roncesvalles deve-se dirigir-se à Pamplona. Há um ônibus da empresa Bus Artieda (Altivar SL) (Tel: 948 300 287 - http://www.autocaresartieda.com ) que vai em uma hora de viagem até Roncesvalles todos os dias às seis da tarde e aos sábados, às quatro da tarde. Aos domingos e feriados não há ônibus. No Verão é reforçada com um serviço de manhã. Você pode levar sua bicicleta com uma sobretaxa de 3,01 ?. 
A segunda opção é tomar um táxi de Pamplona, veja o Radiotaxi http://www.taxipamplona.com, telefone (948 23 23 00 e 949 35 13 35) . tarifa de táxi até um máximo de quatro pessoas, é entre 39 e 59 euros.

• Como posso contratar uma empresa para carregar as mochilas?
A unica empresa legalizada para este serviço na provincia de León e que há três anos tem se dedicado ao transporte de mochilas de peregrinos é a "Camino de Santiago 2010", maiores informações veja no site:
Referência: http://www.santiago.org.br/noticias-boletins.asp?id=91

• Os albergues de Peregrinos aceitam cartão Travel Check?
Não, os albergues de peregrinos somente aceitam dinheiro, não é possivel pagar os albergues de peregrinos com cartão travel check. Apenas os hoteis aceitam cartões de crédito ou cartão travel check.

• Qual o motivo verdadeiro para se percorrer o Caminho?
O motivo que leva alguém a percorrer a rota é simplesmente pessoal.
Não existe um motivo certo ou errado, adequado ou não, existe o seu motivo, aquele que é verdadeiro para você.
Quanto melhor o peregrino se prepara para a viagem, mais perto estará do próprio motivo que o leva a realizá-la. veja no link os 10 motivos para percorrer o Caminho de Santiago
Referência: http://www.santiago.org.br/caminho-de-santiago-o-que-e.asp

• Qual a rota correta a seguir?Como encontrar bancos, lugares para comer, albergues, farmácias, fontes, lojas, hotéis, postos da Cruz Vermelha?
Um guia sobre o Caminho, com mapas e distâncias precisas, é necessário e indispensável. No Brasil existe uma grande dificuldade para encontrar esses guias que são, em sua grande maioria, editados na Espanha. Enquanto você se prepara para viagem, entre em contato com a Associação e informe-se sobre os mais indicados e onde encontrá-los em nosso país.

• Quanto tempo preciso para percorrer o Caminho inteiro?
Depende. A pergunta correta seria, ao contrário, "quanto tempo disponho para fazer o Caminho?". 
É você quem vai determinar o ponto de início de sua jornada, de acordo com o tempo disponível que tem para realizá-la. Percorrer "o caminho inteiro" é simplesmente estar por inteiro no Caminho que você escolheu. Saint Jean Pied de Port não é, nem nunca foi, o "início oficial" do Caminho de Santiago, pode pesquisar. "O maior caminho não é necessariamente o melhor Caminho", pense nisso. 
Por exemplo, a média de tempo que um peregrino leva para caminhar, desde a fronteira com a França até Santiago, é de 28 a 35 dias. O período normal de férias é de 30 dias. Não adianta querer ignorar seu tempo disponível e tornar sua peregrinação uma operação aritmética onde o resultado é qualquer número absurdo de quilômetros por dia. Para que correr? A coisa realmente não funciona dessa forma. Ser capaz de caminhar uma determinada distância em apenas um dia ou dois na sua cidade é muito diferente de percorrer esta mesma distância, seguidamente, todos os dias, carregando uma mochila nas costas, até completar cerca de 800 km. 
Além disso, é importante levar em consideração o tempo de viagem até o início de seu Caminho e o tempo de volta, sem esquecer que você não conseguirá chegar em Compostela, encostar no pórtico da glória, e ir embora tranqüilamente na mesma hora. Reserve um tempo para desfrutar de sua realização e de uma das cidades mais fantásticas de todo o mundo. Siga nosso conselho : "caso não tenha o tempo necessário para o percurso desde a fronteira com a França, comece a caminhar de um ponto mais próximo à Compostela".

• Qual a distância mínima a ser percorrida para receber a Compostela?
Para quem faz o Caminho a pé: os últimos 100 quilômetros. 
Quem faz de bicicleta: os últimos 200 quilômetros.

Quem faz a cavalo: os últimos 100 quilômetros.

• No Caminho, qual é a média de caminhada por dia?
As etapas normalmente percorridas pelos peregrinos são de 20 a 30 quilômetros por dia. Porém, no início da viagem, até que você se adapte e encontre seu ritmo adequado, convém serem programadas etapas mais curtas. Após os primeiros dias , você já poderá ir aumentando a distância percorrida em cada dia. Nesse ponto, já estará "ouvindo" melhor o que seu corpo tem a lhe "dizer". Evite comparações ou, pior ainda, competições. Lembre-se que um passo bem dado é infinitamente melhor que uma longa distância mal percorrida. 
Como aconselhava Madame Debrill, responsável pela recepção dos peregrinos em Saint Jean Pied de Port, "o peregrino caminha quanto pode e não quanto quer". 
Programar alguns dias de descanso também é válido, mas não muitos. É melhor fazer etapas mais curtas, coincidindo com os lugares que queira desfrutar com mais calma, e descansar sem perder o ritmo

• O que é uma Credencial?
A Credencial del Peregrino é uma espécie de Passaporte indispensável e exclusivo para peregrinos tradicionais, ou seja, aqueles que percorrem o Caminho de Santiago a pé, de bicicleta ou a cavalo. Tal documento permite o acesso aos albergues existentes em toda a rota. 
A "Credencial Oficial do Peregrino" do caminho de Santiago de Compostela, fornecida "gratuitamente" aos peregrinos Associados da ACACS-SP, e são adquiridas diretamente da Igreja na Oficina de Acolhida dos Peregrinos, em Santiago de Compostela, (confira a foto do modelo Oficial da Credencial fornecido pela Igreja no link).
Referência: http://www.santiago.org.br/credencial.asp

• Como posso usar os refúgios ou albergues?
Os albergues ou refúgios são para utilização exclusiva dos que peregrinam a pé, de bicicleta ou a cavalo, sem fazer etapas de carro ou qualquer veículo motorizado. Não se pode fazer reservas e o acesso só é permitido mediante a apresentação da credencial do peregrino. 
Os grupos de peregrinos, com mais de 10 pessoas, necessitam procurar outros alojamentos, fora dos albergues habituais. Esses estabelecimentos não comportam um número grande de pessoas. Tais grupos, normalmente auxiliados por carros de apoio, que carregam sua bagagem, tem mais meios de hospedagem ao seu alcance.

• Será que eu posso percorrer o Caminho de Santiago? O Caminho está aberto para mim?
O Caminho de Santiago está sempre aberto a todas as pessoas, independentemente de idade, sexo, nacionalidade ou crenças religiosas. É importante que você saiba que esta viagem não está reservada apenas a algum tipo especial de pessoa. Mais importante é saber dosar o esforço em função do tempo disponível, da idade e das possibilidades físicas. 
Cada peregrino é livre para caminhar ou pedalar até Compostela quando quiser, com quem desejar e da maneira que lhe for mais conveniente. Não é necessário ser jovem, atleta ou esportista para ser um peregrino. Há histórias de jovens e idosos, sadios e doentes, famílias inteiras, fortes e fracos, e, sem dúvida, muitos, muitos mesmo, iguais a você. Também não é necessário que você saiba porque está indo. Se você não souber o motivo, certamente o descobrirá ao longo do Caminho. Ou, quem sabe, ao longo da vida, seu já conhecido caminho. 
Por ser uma viagem totalmente aberta, não há inscrições, reservas ou prazos, apenas uma credencial gratuita para quem deseja usar os albergues. Você não precisa de guias turísticos nem metas pré-determinadas para ser um peregrino tradicional. 
O Caminho está lá, você vai quando puder; inicia a caminhada onde quiser; anda a cada dia o quanto seu corpo aceitar; come, descansa e dorme onde a fome ou a noite o encontrarem. Você será seu próprio guia. Procure seguir apenas nossos conselhos práticos sobre preparação, clima e equipamentos, mas lembre-se: seu espírito, ao caminhar, será também seu próprio caminho.

• É preciso treinar para fazer o Caminho de Santiago?
É recomendavel, bem como todo exercício aeróbico, fazer um check-up prévio junto ao seu médico.
Após tomar a decisão de fazer o Caminho, o mais adequado é iniciar o quanto antes o treinamento. Realizando uma preparação bem feita, você poderá desfrutar melhor do muito que a peregrinação tem a lhe oferecer. 
A filosofia do Caminho, seus aspectos espirituais, culturais e belezas naturais não devem deixar de ser aproveitados por motivos de cansaço, falta de informação ou problemas físicos decorrentes de uma má preparação
Referência: http://www.santiago.org.br/guia-peregrino-lista.asp

• Como treinar?
Comece o treinamento realizando caminhadas de curta distância. Não adianta exagerar, percorrer dezenas de quilômetros em um dia e passar vários outros em estado de recuperação. Esta não será sua realidade no Caminho. Assim, vá aumentando progressivamente a distância percorrida e, se possível, a constância do treinamento. Com o tempo, o ideal seria percorrer a quilometragem média das etapas do Caminho (20 a 30 Km), durante dias seguidos, até a data do embarque para Espanha. 
Quando estiver próximo ao dia da partida e já houver adquirido seu equipamento, realize caminhadas com a mochila carregada com aquilo que você considera imprescindível levar. Talvez o imprescindível não seja mais tão imprescindível quando você tiver a dura noção de seu peso. A bota de trekking também deve ser amaciada. Como já comentamos, sapato novo não combina com caminhadas de longa distância. Uma forma eficiente de treinamento é realizar viagens por trilhas montanhosas, carregando todo o seu equipamento, para que o corpo acostume também com as subidas e descidas. 
Caso você não tenha a oportunidade de se preparar fisicamente para percorrer o Caminho, será o próprio Caminho o seu campo de treinamento. Prepare a mente, ouça seu corpo, abra seu coração e bom Caminho.

• Qual a melhor época para peregrinar?
A melhor época para percorrer o Caminho é o período entre maio e outubro.
Melhor ainda seria descartar julho e a primeira quinzena de agosto, devido às altas temperaturas do verão espanhol e do período de férias na Europa. Nesses meses, você poderá encontrar os refúgios lotados e, em geral, os preços mais altos. Importante: o inverno europeu torna a viagem desaconselhável. A neve bloqueia a passagem dos peregrinos, principalmente nas regiões de maior altitude, como nos Pirineus. É perigoso. Além disso, para enfrentar o frio, precisamos estar muito bem agasalhados, o que representa um peso excessivo na mochila. Resumindo : o adequado é iniciar o Caminho na primavera ou outono europeus, escolhendo alguma data entre maio e a primeira quinzena de junho, ou entre a segunda quinzena de agosto e segunda quinzena de setembro.
Leve em conta o tipo de clima que você se adapta melhor, sem esquecer do peso e da distância.

• Equipamento?
Utilizar um equipamento adequado pode ser a diferença entre o Caminho de seus sonhos e um Caminho repleto de contratempos, problemas físicos e sofrimento. 
Conta muito a boa qualidade do equipamento e a boa informação na hora de comprar. 
É caro, mas você não vai se arrepender depois.

• Qual é a melhor mochila?
A mochila carrega nossos bens materiais. Será nossa companheira do Caminho por horas. Deve ser cômoda, apropriada e durável, para que suas coisas não fiquem espalhadas por toda a rota. Procure um tipo anatômico, com correias grossas na cintura e nos ombros e prendedor no peito. É importante que o peso seja distribuído de forma equilibrada, não ficando os ombros sobrecarregados. 
Evite mochilas muito largas e desformes. 
Outra boa dica é que a mochila abra também por baixo, evitando que quando o usuário queira pegar algo que se encontra no fundo dela, tenha que tirar tudo que está por cima. 
Na hora de arrumar a bagagem, ponha as coisas que não podem ser molhadas em sacos plásticos. Isso serve como proteção em caso de chuva. Depois, vá colocando as coisas mais pesadas no fundo e as mais leves por cima. 
Esta forma ordenada de guardar a bagagem fará com que a mochila se acomode melhor ao seu corpo. Como já dissemos, o peso é um tremendo problema. A mochila totalmente carregada não pode ultrapassar a faixa de 8 a 9 kg. Caso pese mais que isso, "vai pesar". Bolhas, tendinites e outros problemas físicos são, na maior parte das vezes, resultados doloridos do excesso de peso.

• E na hora de dormir?
Saco de dormir é indispensável para quem vai usar os albergues de peregrinos. Eles não fornecem roupa de cama e aquele seu cobertor ou "edredon" de estimação certamente vai ficar fora dessa viagem. Procure um saco de dormir leve e que proteja contra frio de até 0ºC no máximo. Como já observamos, a melhor época para fazer o Caminho está entre os meses de Abril e Outubro, ou seja, fora do inverno europeu.

• Que calçado devo usar?
Quanto ao calçado, recordamos que você chegará a Santiago graças a seus pés. Tratá-los muito bem é o mínimo que o peregrino deve fazer. As breves alternativas são : botas especiais para caminhada, conhecidas como botas de trekking, ou tênis. Embora a escolha da melhor alternativa possa gerar uma longa discussão, seguramente optamos pela primeira. As botas de trekking são projetadas especialmente para longas caminhadas. 
Feitas de material especial, poderão evitar que você tenha bolhas nos pés, torções e tendinites. Outra grande vantagem deste tipo de calçado é o solado adequado. Um pouco mais rígido que o do tênis e com maior aderência ao solo, evita também, além de escorregões, o cansaço excessivo da planta do pé quando o peregrino enfrenta terrenos irregulares e pedregosos. 
Nunca, mas nunca mesmo, comece a caminhada com botas novas. Procure amaciá-las, durante alguns meses, antes de viajar. Cuidado com as bolhas.

• O que levar?
Leve somente o indispensável. Caso aquilo que você considera "indispensável" pese demasiadamente, rapidamente deixará de ser indispensável.
Referência: http://www.santiago.org.br/preparacao-o-que-levar.asp

• Como proceder nos primeiros dias de Caminho?
a-) Inicie a caminhada de forma suave e pausada. Fatores como idade, alimentação, peso corporal, peso da mochila, etc., precisam estar em perfeito equilíbrio. 
b-) Nos primeiros dias, até que você conheça seu ritmo adequado, procure não caminhar muito rápido ou percorrer etapas extremamente longas. 
c-) Acelerando o passo, tente manter uma marcha contínua e ritmada entre uma parada e outra. Vá, aos poucos, aumentando as distâncias e preste atenção em seu corpo, que seguramente irá avisá-lo se não estiver agindo corretamente.

• Por que as bolhas se formam?
Existem vários motivos que, isolados ou combinados, propiciam o aparecimento de bolhas. Os mais comuns são: 
a-) suor, que amolece a pele e a deixa mais sensível ao atrito; 
b-) desajuste das meias, causando uma fricção irregular entre meia e pele. Mesmo um desajuste mínimo vai tomando maiores proporções com o caminhar contínuo e a bolha torna-se inevitável; 
c-) tomar banho quente antes de caminhar; 
d-) utilização de calçados inadequados e não impermeáveis; 
e-) costuras ou protuberâncias internas do calçado. Nesse caso, ocorrerá outra vez um atrito irregular entre a pele e a meia e novamente irá se formar uma ou mais bolhas nas regiões afetadas.

• Como evitar o aparecimento de bolhas?
Mesmo tomando todos os cuidados necessários e utilizando o equipamento adequado não estamos livres de ter bolhas bem doloridas. Como medidas preventivas sugerimos: 
a-) verificar o perfeito ajuste das meias, que devem ser de preferência sem ou com o mínimo de costuras possível. Normalmente usamos duas meias em cada pé, uma mais fina em contato com a pele e a outra, atoalhada, sobre a fina; 
b-) utilizar um calçado adequado para trekking de preferência à prova d´água; 
c-) cuidar da higiene diária dos pés, que devem ser lavados imediatamente ao final de cada etapa. 
d-) passar vaselina, pomada de arnica ou vick vaporube entre os dedos. Esses produtos diminuem o atrito da meia contra a pele e entre os dedos, revelando-se fantástico e escorregadios preventivos contra bolhas. Muitos peregrinos seguiram viagem aliviados após descobrirem este macete. 
e-) não tomar banho antes de começar a andar, principalmente banhos longos e com água quente, pois a pele dos pés amolece e fica mais propensa às bolhas. 
f-) Enquanto estiver caminhando, logo que sentir uma região do pé dolorida ou sensível, pare e verifique a causa. Corrija o problema da meia ou da bota e cubra a região com esparadrapo especial para estes casos ou mesmo Band-Aid. 
Não deixe a situação piorar por um simples descuido seu. Nas farmácias européias, principalmente naquelas ao longo do Caminho, existem produtos especiais que aceleram a formação de um novo tecido na epiderme.

• Como cuidar de uma bolha?
Caso você não consiga evitar e seja contemplado com uma terrível bolha ou mais não desanime, pois estará na mesma situação da grande maioria dos peregrinos. Tome certas providências para que ela não comece a aumentar e incomodar ainda mais, tornando sua peregrinação uma experiência extremamente dolorosa. Dois são os métodos mais utilizados pelos peregrinos para tratar das bolhas no Caminho. Vejamos: 
Desinfete uma agulha cirúrgica e faça um ou dois pequenos furos na bolha para que o líquido de seu interior saia até que ela fique completamente vazia. Furar a bolha significa atravessar com a agulha somente a pele. Nunca, mas nunca mesmo, corte ou arranque a pele que serve como proteção para a zona lesionada. Coloque sobre a bolha, já sem líquido um esparadrapo. 
Técnica da "costura" - Trata-se de pegar agulha e linha de coser, de preferência de algodão, enfiar a linha na agulha cirúrgica como se fosse costurar e mergulhar tudo na água oxigenada ou Iodo para desinfetar. Utilizar material limpo é fundamental para evitar infeções. Então, atravesse a bolha com a agulha e prossiga até a linha ficar transpassada no interior da bolha. Corte a linha deixando um centímetro de cada lado para fora da bolha. Pressione delicadamente a região lesionada até sair toda a água da bolsa e deixe a linha lá mesmo. Ela servirá como dreno evitando que a bolha se encha novamente de água, voltando a crescer e incomodar. Passe algum tipo de pomada cicatrizante e procure deixar o local coberto com Band-Aid. 
Nunca utilize esta técnica para bolhas que surjam na planta do pé pois, ao caminhar, você irá pisar diretamente na linha, causando atrito constante na região lesionada. Evite sofrimentos desnecessários e até mesmo uma possível inflamação.
Referência: http://www.santiago.org.br/guia-peregrino.asp?id=10

• É possível aparecer uma tendinite?
Mesmo caminhando corretamente, ou seja, sem alterar a postura corporal correta, fato é que percorreremos uma média de 25 a 30 quilômetros por dia, com a mochila nas costas. 
Aparecer uma tendinite não será coisa de outro mundo ou castigo divino. Caso você procure um médico, o que deve ser feito, ele poderá lhe aconselhar a abandonar o Caminho e voltar para casa, para ficar em repouso. Porém, evite seguir este conselho ao pé da letra e preste atenção na situação real que você se encontra. Lembre-se que o Caminho de Santiago é um momento completamente diferente de sua vida cotidiana. Assim, você deve proceder de acordo com este momento, mas não esqueça da prudência. 
A tendinite dói e se você não pode resistir a dor, pare de caminhar um ou dois dias para que o problema não se agrave. Procure um médico, explique sua situação e siga suas instruções quanto ao medicamento indicado. Analgésicos e pomadas anti-inflamatória farão parte deste medicamento. Normalmente, não é permitido ao peregrino dormir mais de uma noite no mesmo refúgio. Fale com o hospitaleiro responsável pelo albergue e verifique a possibilidade de permanecer lá durante sua recuperação. Uma opção interessante para reverter a situação e transformar seu problema em aprendizado, é auxiliar o hospitaleiro em suas tarefas de acolhida a outros peregrinos. veja mais detalhes no link
Referência: http://www.santiago.org.br/guia-peregrino.asp?id=15

• Quanto dinheiro eu preciso para percorrer o Caminho de Santiago?
Seus gastos básicos estarão divididos entre: 
a-) passagem aérea: a média de gastos, por peregrino, no ano passado foi de U$ 900.00 à U$ 1.200.00 (dólares) 
b-) traslados internos até o local de início e após o final do Caminho: aproximadamente $670.00 euros 
c-) alimentação, hospedagem e extras: cada peregrino gasta, em média, cerca de 800 euros 
d-) Consideramos também importante que o peregrino leve uma quantia reserva para imprevistos. Procure levar de 20% a 30% da estimativa de gastos para esse fim. 
e-) Deixe parte do dinheiro em euros e parte em "travel checks". Não esqueça de guardar o seguro contra roubo ou extravio em local separado dos cheques. 
f-) Troque os dólares e "travel checks" por euros um pouco de cada vez. Observando seu guia, você verá que há bancos ao longo da rota, principalmente nos povoados um pouco maiores. Embora os casos de roubo ou furto no Caminho sejam atualmente irrelevantes, evite carregar grandes quantias de dinheiro. 
g-) Nunca abandone seus documentos e valores 
Veja maiores informações no link
Referência: http://www.santiago.org.br/despesas.asp

• Como chegar ao ponto inicial do Caminho?
São várias as companhias aéreas que desde o Brasil voam para a Espanha. Como já observamos, cada peregrino escolhe o ponto de início para seu Caminho. Isso também implica na escolha da forma mais racional para atingir o ponto escolhido para a partida. 
Por exemplo, quem deseja iniciar o Caminho de Roncesvalles, cerca da fronteira entre França e Espanha, poderá comprar um bilhete aéreo de ida e volta para Madrid. Chegando em Madrid, pegar um avião, trem ou ônibus até Pamplona. De lá, seguir de ônibus ou táxi até Roncesvalles. Ao terminar o Caminho, em Compostela, pegar um avião, trem ou ônibus até Madrid, retornando de avião ao Brasil. 
Agora, caso você queira começar o Caminho de outro ponto da Espanha ou França, consulte seu agente de viagens ou entre em contato com a Associação. Nós teremos o maior prazer em informá-lo sobre como proceder. 


Fonte: http://www.santiago.org.br/