VOCÊ SABE A ORIGEM DA EXPRESSÃO “BUEN CAMINO”?


VOCÊ SABE A ORIGEM DA EXPRESSÃO “BUEN CAMINO”?

(Segundo pesquisas realizadas em várias fontes espanholas



Todas as pessoas que lhe saudarem no Caminho de Santiago, certamente, utilizarão a frase: “Buen Camino!”

Mas você sabe qual é a origem dessa expressão?

Por centenas de anos, os peregrinos no Caminho de Santiago se cumprimentavam como um sinal de encorajamento.

Agora, a “saudação” mais ouvida no Caminho é a frase “Buen Camino”, mas ela nem sempre foi a única.

No entanto, ela resume ambos os conceitos e, de alguma forma, resulta na ideia de fraternidade entre as pessoas que estão no caminho.

Uma vantagem de usar esta frase é sua simplicidade, porque em duas sílabas você pode desejar encorajamento a qualquer pessoa e que a viagem corra bem.

É realmente difícil dizer tanto em tão poucas palavras.

Se considerarmos que o Caminho de Santiago é uma rota global desde suas origens, não deveríamos nos surpreender que ela faça tanto sucesso entre viajantes do mundo todo.

Contudo, antigamente, era comum ouvir a palavra Ultreia, que significa “Vamos mais longe” ou “Continue indo!”.

Ou, então, com “Ultreia, Suseia, Santiago”, que significa: “Coragem, que além, mais acima, é Santiago!"

Essa saudação era geralmente respondida com “Et Suseia”, que significava “E vamos mais alto!” 


Santo Apóstolo Santiago: a vossa benção e proteção!

Embora Ultreia não seja uma saudação usada regularmente nos dias atuais, é importante destacar que, de tempos em tempos, ela soa no Caminho pela boca de algum peregrino veterano.

Sabemos que esta é uma expressão muito popular de encorajamento e alegria entre os peregrinos e que significa: Adelante!

Segundo a história, essa expressão era típica de peregrinos medievais, principalmente germânicos, de origem flamenca.

Mas os cruzados também a usaram em sua época e no Codex Calixtino ela foi refletida em uma música.

Para entender melhor seu significado, de origem latina, ele pode ser dividido em et [e] ultra [forward] ea [ea!]. Como a forma esuseya [acima!].

Também faz parte da estrofe mais famosa das famílias de Dum Pater, que dizia o seguinte: Herru Sanctiagu, Sanctiagu, E ultreia, e suseia, Deus aia nos.

Que significa: Senhor Santiago / Bom Santiago / Vá em frente! Up / Deus, nos ajude!

Como esclarece a história, é, sem dúvida, uma palavra totalmente intercultural e que superou os limites territoriais e linguísticos - na estrofe há, pelo menos, três referências idiomáticas diferentes -, como é a essência da peregrinação.

Existem, entretanto, outras teorias de historiadores medievais que apoiam o conceito de que o verdadeiro significado dessa palavra é “Aleluia!”

Defendendo que era um grito que os peregrinos soltavam quando conseguiam chegar à Catedral de Santiago de Compostela.
 

Catedral de Santiago de Compostela: local mágico e inesquecível!

Não há dúvida de que esta palavra está intimamente ligada ao mundo da peregrinação jacobeia.

Essa saudação ou “brado” aparece nas letras da conhecida “Canção dos Peregrinos Flamencos”, na seção musical do Apêndice II do Códice Calixtino.

E, também, no Capítulo XXVI do Livro I (Livro de Liturgias), que contém a missa do Papa Callixtus, recitado todos os anos na missa de 25 de julho (dia do Apóstolo Santiago).

Hoje ela ainda é usada, principalmente pelos peregrinos mais experientes e fiéis ao espírito da peregrinação.

Já que o mais comum é se cumprimentar com um “Bom Caminho”, expressão bem mais recente, que surgiu, espontaneamente, no Caminho Francês e que depois foi estendida para as outras Rotas.

Sua utilização também é curiosa, porque é sempre dita em espanhol, mesmo por peregrinos de outras nacionalidades.

De qualquer forma, é verdade que essa nova frase se tornou geral, a ponto de ser a mais comum.

E, por conta disso, ela é utilizada, universalmente, em todos os Caminhos que retalham a nossa terra...

Para que essa bela tradição não se perca, incentivemos todos os peregrinos que estão a Caminho de Compostela com essa bela expressão.

Então:

BOM CAMINHO A TODOS!
Junho/2020