CRÔNICAS DE DUBLIN/IRLANDA X CAMINHO DE SANTIAGO


DUBLIN – CRÔNICAS DE VIAGEM x CAMINHO DE SANTIAGO


Com o objetivo de rever meu filho, nora e netas, viajei novamente à Irlanda, onde passei 2 semanas maravilhosas, desta vez, na cidade de Dublin, onde a família Buzzo/Oppermann trabalha, estuda e reside atualmente.

Posto que, em 2015, quando lá estive, seu domicílio era no interior do país, na cidade de Athlone, que está distante, por rodovia, 120 quilômetros de sua capital.

Durante minha estadia em solo irlandês caminhei todos os dias, em média, 20/25 quilômetros, conhecendo bairros periféricos, o centro novo e velho de Dublin, e alguns parques ecológicos situados no perímetro urbano.

Foi possível, também, percorrer uma trilha pertencente ao Caminho de Wicklow, visitar locais históricos em Belfast, Irlanda do Norte, e passear à beira mar, tudo na companhia de minha família.

Em alguns instantes, contudo, emergiu o Caminho de Santiago em minha memória, face à similitude de situações vivenciadas em momentos únicos, que pretendo relatar abaixo.

Diga-se de passagem que, embora a Irlanda seja um país laico em termos religiosos, aproximadamente, 90% de sua população é católica, apostólica e romana.

Para comprovar tal fé, em 2015, ela ficou em 8º lugar, com 5.367 peregrinos (3,83% do total), dentre os países que mais remeteram peregrinos ao Caminho de Santiago, atrás apenas da Espanha, Itália, Alemanha, Estados Unidos, Portugal, França e Reino Unido.