Home‎ > ‎Caminho da Fé‎ > ‎2015 - CAMINHO DA FÉ - 9‎ > ‎

4º dia – BORDA DA MATA/MG à ESTIVA/MG – 39.120 metros


4º dia – BORDA DA MATA/MG à ESTIVA/MG – 39.120 metros



 “Tendo sido a Santíssima Virgem elevada à dignidade de Mãe de Deus, com justa razão a Santa Igreja a honra, e quer que de todos seja honrada com o título glorioso de Rainha”. (Santo Afonso Maria de Ligório)


Sabia que seria outra etapa duríssima, talvez, em minha opinião, a mais difícil dentre todas que trilhei no Caminho da Fé.

No entanto, me encontrava animado para enfrentá-la, mormente porque, desta vez, por motivos que não saberia explicar, me sentia mais forte fisicamente.

E, no horário aprazado, exatamente 5 h, eu deixei o Hotel San Diego e segui em ascendência pelas ruas frias da cidade, em direção ao cemitério.

Ali, girei à esquerda, acessei uma larga estrada de terra e, animado, prossegui minha “viagem”, ainda sob a luz de lanterna, pois o dia demoraria a clarear. 


Km 04,3 – O dia lentamente vai clareando, mas a lua cheia persiste no céu.

Km 05,3 – Nesse primeiro trecho do caminho, a estrada serpenteia com pequenos ascensos e descensos.

Km 07,3 – Com o dia claro, paisagens monumentais de desdobram a minha frente.

Km 08,3 – Água potável oferecida pela família Xavier, onde fiz uma pausa para hidratação.


Km 08,8 – Início de forte ascenso em direção ao topo da serra do Jacu.


Km 09,0 – No topo do morro, a 1.200 m de altitude, placa que marca o local da divisa entre as cidades de Borda da Mata e Tocos do Moji.

Km 09,3 – Início de forte descenso, com vistas exuberantes no horizonte.

Km 09,5 – Ainda em descenso, pausa para tomar água na bica da gentil Família Rodrigues.

Km 11,0 – No topo da serra, a 1.260 m de altitude, o ponto de maior altimetria dessa etapa, tem início violento descenso.


Km 12,8 – Igreja dedicada a São Francisco de Assis, no bairro Capinzal.

Km 14,8 – Placa indicativa de que faltam 200 quilômetros até Aparecida. Em face da nova medição do caminho, ela se encontra um pouco a frente da anterior.

Km 16,5 – Início de fortíssimo declive em direção à cidade de Tocos do Moji.

Km 18,3 - Passagem pela avenida principal de Tocos do Moji, já seguindo em direção à cidade de Estiva/MG.

Km 18,5 - Igreja matriz de Tocos do Moji, dedicada a Nossa Senhora Aparecida, onde fiz uma pausa para orar e agradecer.

Km 19,5 - Caminho agradável e verdejante, com o sol ainda escondido sob um manto de nuvens.


Km 20,0 - 
No caminho para Estiva/MG, início de forte ascenso.

Km 20,3 - No caminho para Estiva/MG. Notícia agradável: um pé de oliveira, plantado a beira do caminho, que vingou.


Km 21,5 – Cruzamento, onde segui adiante, em direção ao distrito de Fazenda Velha.


Km 23,5 – Divisa dos municípios de Tocos do Moji/MG e Estiva/MG.

Km 24,5 – Adentrando ao distrito de Fazenda Velha, que pertence à Estiva/MG.

Km 25,0 – Simpática igrejinha existente no distrito de Fazenda Velha, que pertence à Estiva.

Km 26,0 – O caminho serpenteia e prossegue em perene aclive, com muito verde no entorno.


Km 27,0 – Mais um ascenso tem início a minha frente.


Km 27,5 – Início de violento descenso. Abaixo, o bairro de Pântano do Teodoro.

Km 27,5 –Outra foto, do mesmo local. Abaixo, o bairro de Pântano do Teodoro.


Km 28,5 – O fabuloso Pântano do Teodoro, agora mais próximo.


Km 30,0 – Igrejinha localizada no Pântano do Teodoro.

Km 32,0 – Ascensão e vista do lado oposto ao Pântano do Teodoro.


Km 32,5 – Ascensão e outra vista do lado oposto ao Pântano do Teodoro.


Km 33,0 – Primeira visão da cidade de Estiva, a 7 quilômetros de distância.

Km 36,2 – No bairro Olaria, foto de outro pé de oliveira plantado a beira do caminho, que também vingou.

Km 39,1 – Pousada do Poka, local de pernoite nesse dia.

Interior da belíssima igreja matriz de Estiva/MG

Igreja matriz de Estiva/MG, dedicada a Nossa Senhora Aparecida.

Praça principal de Estiva/MG.



RESUMO DO DIA:

Tempo gasto, computado desde o Hotel San Diego, em Borda da Mata/MG, até a Pousada do Poka, em Estiva/MG: 8 h 10 min.

Clima: frio e nublado de manhã. Porém, após as 10 horas, com muito sol e calor, variando a temperatura entre 16 e 28 graus.

Pernoite: Pousada do Poka: Excelente! – Apartamento individual – Preço R$50,00.

Almoço: Restaurante Mãe Geralda: Razoável – Preço: R$15,00, pode-se comer à vontade no Self-Service.


VOLTAR    -    5º dia – ESTIVA/MG à PARAISÓPOLIS/MG – 40.800 metros