Home‎ > ‎Rota das Capelas‎ > ‎2017 - ROTA DAS CAPELAS‎ > ‎

3º dia: ANDRADAS/MG a SANTA RITA DE CALDAS/MG – 34 quilômetros


3º dia: ANDRADAS/MG a SANTA RITA DE CALDAS/MG – 34 quilômetros

"O que sentimos quando caminhamos? Tudo fala conosco, nos cumprimenta, chama nossa atenção: as árvores, as flores, as cores do caminho. O sopro do vento, o zumbido dos insetos, o curso do riacho, o impacto das pisadas sobre a terra: é todo um rumorejar que responde à nossa presença. Até mesmo a chuva; uma chuva lenta e suave é um acompanhamento permanente. É impossível estar só quando caminhamos, de tanto que dispomos de coisas ao alcance dos olhos, que nos são dadas, que são nossas pela tomada de posse da contemplação. É preciso conhecer a embriaguez do monte, quando num último esforço conseguimos nos elevar sobre a ponta do rochedo, lá sentamos e descortina-se finalmente para nós a perspectiva, a paisagem. Todos esses terrenos cultivados, essas casas, essas florestas, essas trilhas, tudo é nosso, para nós. Tornamo-nos dominadores pela ascensão, agora só nos resta usufruir esse domínio." (Frédéric Gros) 


O percurso do dia seria longo e difícil, dessa forma, deixei o local de pernoite exatamente às 4 h 45 min, seguindo por ruas frias e ventosas, em direção à saída da cidade.

Alguns ônibus já circulavam pela simpática urbe, a maioria deles utilizada para o transporte de trabalhadores rurais.

Dois quilômetros percorridos em bom ritmo, quando a iluminação urbana se findou, eu acionei minha lanterna e prossegui em frente intimorato.

Momento da partida para a derradeira jornada da Rota.

90 minutos mais tarde, o dia principiou a raiar.

O dia amanhecendo. Um espetáculo diário que somente os madrugadores conseguem assistir.

10 quilômetros percorridos, cheguei à rodovia que liga Andradas a Ibitiúra de Minas.

Paisagens belíssimas desfilando pelo meu lado esquerdo.

13 quilômetros percorridos, entrei à esquerda e voltei à terra.

Caminho solitário e bucólico nesse trecho.

Para variar, nesse trecho, os cafezais continuam prolíficos.

Descendendo em direção a paisagens surreais...

Uma primavera florida me aguarda à frente...

A cidade de Ibitiúra de Minas já aparece no horizonte.

Praça central da cidade e, ao fundo, a Igreja Matriz de Ibitiúra de Minas.



Caminhando por fresco vale..

Um riozinho límpido e rumorejante.

Do cimo do morro, o derradeiro adeus a Ibitiúra de Minas.

No topo do morro, uma placa alusiva à Rota.

Trecho em forte descenso, em meio a verde vegetação.

Outro belo vale se abre a minha frente...

Mais uma igrejinha, localizada no ponto de maior altimetria dessa etapa.

Paisagens de encher os olhos do caminhante...

Muito verde no entorno, um colírio para os olhos.

Em forte descenso, com um entorno luxuriante.

Mais uma tranquila e relaxante paisagem campestre.

Céu azul e sol forte...

Quase no final da jornada... muita terra fofa no piso.

Olhando para trás, pude observar a paisagem que ficava à minha retaguarda.

Derradeiro descenso. A cidade de Santa Rita já aparece no horizonte.

Igreja matriz de Santa Rita de Caldas/MG.

Praça principal de Santa Rita de Caldas/MG.

RESUMO DO DIA:

Tempo gasto, computado desde o Pálace Hotel, em Andradas/MG até o Granville Hotel, em Santa Rita de Caldas/MG: 6 h 37 min.

Clima: Nublado no início da jornada, depois sol forte.

Pernoite no Granville Hotel, – Apartamento individual excelente – Preço: R$60,00

Almoço no Restaurante do Biguá e Dona Fiinha: Excelente – Preço: R$15,00, pode-se comer à vontade no sistema Self-Service.

Para visualizar ou baixar essa trilha, acesse o link: https://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=16434942