Home‎ > ‎Cam da Divina Providência‎ > ‎

FINAL


FINAL


Nossa Senhora, me dê a mão. Cuida do meu coração. Da minha vida. Do meu destino. Do meu caminho, cuida de mim!” (Roberto Carlos)




ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS

Virgem puríssima, concebida sem pecado, e desde aquele primeiro instante toda bela e sem mancha, gloriosa Maria, cheia de graça, Mãe de meu Deus, Rainha dos anjos e dos homens: eu vos saúdo humildemente como Mãe do meu Salvador, que com aquela estima, respeito e submissão, com que vos tratava, me ensinou quais sejam as honras e a veneração que eu devo prestar-vos; dignai-vos, eu vo-lo rogo, de receber as que nesta Novena vos consagro. Vós sois o seguro asilo dos pecadores penitentes, e assim tenho razão para recorrer a vós; sois Mãe de misericórdia, e por este título não podeis deixar de enternecer-vos à vista das minhas misérias; sois depois de Jesus Cristo toda a minha esperança, e por esta razão não podereis deixar de reconhecer a terna confiança que tenho em vós; fazei-me digno de chamar-me vosso filho, para que possa confiadamente dizer-vos: mostrai que sois nossa Mãe!” 



MÃE APARECIDA, a vossa benção e proteção para todos os meus familiares e amigos!


EPÍLOGO

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a Vós e por todos que não recorrem a Vós especialmente pelos inimigos da Santa igreja e por todos que são a Vós recomendados.” 


A imaginação, a criatividade, os valores, a confiança, a energia, a perseverança, a superação, a capacidade de decidir, o controle dos medos, a gestão das emoções, a capacidade de enfrentar fracassos, a ambição, o amor-próprio, o bom humor, a serenidade e muitos outros fatores essenciais para planejar e realizar desafios enriquecedores são elementos que não podem ser treinados em uma academia, nem comprados em uma loja, nem mesmo aprendidos em uma escola, em um livro ou manual teórico.

Todos esses aspectos são ferramentas indispensáveis para poder abrir o caminho em direção à qualquer um dos nossos objetivos, e só conseguiremos isso a partir do curso das nossas ações e atitudes que, para o bem ou para o mal, vão formando nosso caráter.

Nós não somos obrigados a passar os anos que nos foram concedidos neste mundo de forma rotineira, como se fosse algo predestinado ou programado anteriormente por uma existência na qual devemos fazer em cada momento o que nos cabe, como uma busca permanente do conforto e da segurança, como um caminho puro que nos leva a consumir etapas predeterminadas e sempre previsíveis.

A vida pode ser muito mais do que isso, e pode ser considerada em um projeto emocionante, uma imensa aventura em todos os níveis, um caminho que escolhemos a cada momento e, acima de tudo, uma ação permanente que decidimos conduzir em cada etapa.

Mas, o que me levou a percorrer o Caminho da Divina Providência, dentre tantos outros possíveis?

A curiosidade, pois, dizem muitos, que ele se chama de caminho de meditação, outros de desafio, da espiritualidade, o reencontro do homem com a natureza preservada, etc...

Mas, uma palavra de duas letras, traduz tudo: a fé! 


Momentos felizes, por mais uma vitória alcançada!

Que é crer em algo, é acreditar em si, é ter esperança, pois é ela que vai nortear os nossos dias.

É essa firmeza de vencer, que faz aqueles que têm determinação e persistência chegarem ao seu destino aspirado.

Posto que, com certeza, o que resume esse caminho é a perseverança e a obstinação.

Nesse sentido, diria que vivenciei dias maravilhosos, conheci pessoas especialíssimas, cidades hospitaleiras, povo educado, matas preservadas, nascentes de águas límpidas, na verdade, em alguns locais, nem parecia estar no Brasil.

Um dia no futuro, certamente, com mais calma, refarei esse percurso, de excelsa beleza plástica, que recomendo a todos, com efusão. 


Com a Elen Cristina e a peregrina Sõnia, minha "Companheira de Viagem", na Pousada do Sr. Agenor.

Por derradeiro, um agradecimento especial a Sônia, peregrina de quatro costados, com quem dividi a trilha, pois, sua coragem e convicção na vitória foram fatores decisivos para o aporte, sem maiores intercorrências, ao Santuário de Aparecida, nosso objetivo final.

Finalizando, transcrevo breve pensamento, inerente ao tema em comento, com o qual muito me identifico:

"O caminho ideal é aquele que não tem fim, não tem retorno, mas que nos leva sempre em frente para descobrir o que está atrás da próxima curva e além da próxima montanha." (Elmer Adams) 


Bom Caminho a todos! 

Julho/2018